Ir para conteúdo

DigooRodrigo

Membros
  • Total de itens

    21
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Fala, Mochileiros. Em janeiro realizarei o meu sonho de fazer uma trip para a Islândia e venho através desta publicação tentar achar uma companhia. Atualmente estou morando na Irlanda e, antes de ir para a Islândia, farei uma trip pelo Reino Unido, tendo Londres como última parada antes de ir para a terra do fogo e gelo. Sempre fiz minhas viagens pelo Brasil no estilo mochileiro mas, como irei em pleno inverno, as condições climáticas da Islândia dificultam fazer um roteiro nesse estilo, mas não nada impossível. Como irei sozinho, planejei fazer essa trip contratando o serviço da agência Gateway to Iceland para fazer um tour por dia, visto que cada tour leva praticamente um dia inteiro para ser concluído. Caso eu consiga alguma companhia para essa viagem a opção de alugar um carro ganhar mais força, pois diminuiria e MUITO os custos da viagem com a divisão das contas. A Islândia é um país CARO! O roteiro da viagem é o seguinte: January 20th: Arrival - Luton (LTN) / Keflavík (KEF) - Blue Lagoon + Northern Lights January 21st: Hot Golden Circle (12.800 ISK - 104,13€) January 22nd: Reykjanes Geopark (9900 ISK - 80,54€) January 23rd: South Shore Adventure (13700 ISK - 111,45€) January 24th: Snæfellsnes National Park (16900 ISK - 137,49€) January 25th: Glacier Lagoon (19900 ISK - 161,89€) January 26th: Day free January 27th: Departure - Keflavík (KEF) / Edinburgh (EDI) / Dublin (DUB) Passagens: Saindo de Londres, a passagem de ida custou 43,29 GBP, aproximadamente 48,19€. A passagem de volta será para Edimburgo e eu sigo para Dublin, ficando por 48€. Transfer: No dia da chegada, utilizarei o transfer da empresa Destination Blue Lagoon (acredito que seja o transfer oficial da atração turística). Após algumas pesquisas, vi que esse é o meio mais barato para se deslocar do aeroporto direto para o Blue Lagoon e de lá ir direto para a capital Reykjavík. Total: 44€ De Reykjavík para o aeroporto eu seguirei de transporte público. Total: 15€ Ainda há a opção de ir do aeroporto para o hostel utilizando o transporte público, deixando o Blue Lagoon para o dia free. Não sei se compensa, pois o aeroporto fica muito mais próximo da atração do que o hostel, o que gera uma economia de tempo. https://destinationbluelagoon.is/transport/ https://www.straeto.is/is/upplysingar/spurt-svarad/spurt-og-svarad-fargjold Blue Lagoon: A chegada no aeroporto de Keflavík será na parte da manhã, com destino para o Blue Lagoon. O preço da atração varia de acordo com o horário de visita. Neste caso, a visita será feita às 1pm. Total: 78€ https://www.bluelagoon.com/day-visit/the-blue-lagoon Hospedagem: A hospedagem de 8 dias e 7 noites será feita no Hostel B47, o mais em conta que eu encontrei no Booking.com. Total: 140€ TOTAL DA VIAGEM: ~970€ (sem refeição). Como vocês podem ver, se a viagem for feita contratando os tours da agência o valor total fica muito elevado. Alugando um carro e dividindo as contas entre duas ou três pessoas esse valor cairia pelo menos pela metade ou até menos. Mas, como eu disse, o inverno da Islândia é imprevisível, atrações turísticas podem ser fechadas assim como as estradas também. Isso acaba com qualquer roteiro se a viagem for feita de carro. Esse aí é o plano da minha viagem, se alguém que esteja pela Europa ou até mesmo no Brasil tiver interesse de fazer deixa uma mensagem aqui nesse tópico. Sugestões também são bem vindas.
  2. DigooRodrigo

    Eurotrip - Islândia

    Fala, Mochileiros. Em janeiro realizarei o meu sonho de fazer uma trip para a Islândia e venho através desta publicação tentar achar uma companhia. Atualmente estou morando na Irlanda e, antes de ir para a Islândia, farei uma trip pelo Reino Unido, tendo Londres como última parada antes de ir para a terra do fogo e gelo. Sempre fiz minhas viagens pelo Brasil no estilo mochileiro mas, como irei em pleno inverno, as condições climáticas da Islândia dificultam fazer um roteiro nesse estilo, mas não nada impossível. Como irei sozinho, planejei fazer essa trip contratando o serviço da agência Gateway to Iceland para fazer um tour por dia, visto que cada tour leva praticamente um dia inteiro para ser concluído. Caso eu consiga alguma companhia para essa viagem a opção de alugar um carro ganhar mais força, pois diminuiria e MUITO os custos da viagem com a divisão das contas. A Islândia é um país CARO! O roteiro da viagem é o seguinte: January 20th: Arrival - Luton (LTN) / Keflavík (KEF) - Blue Lagoon + Northern Lights January 21st: Hot Golden Circle (12.800 ISK - 104,13€) January 22nd: Reykjanes Geopark (9900 ISK - 80,54€) January 23rd: South Shore Adventure (13700 ISK - 111,45€) January 24th: Snæfellsnes National Park (16900 ISK - 137,49€) January 25th: Glacier Lagoon (19900 ISK - 161,89€) January 26th: Day free January 27th: Departure - Keflavík (KEF) / Edinburgh (EDI) / Dublin (DUB) Passagens: Saindo de Londres, a passagem de ida custou 43,29 GBP, aproximadamente 48,19€. A passagem de volta será para Edimburgo e eu sigo para Dublin, ficando por 48€. Transfer: No dia da chegada, utilizarei o transfer da empresa Destination Blue Lagoon (acredito que seja o transfer oficial da atração turística). Após algumas pesquisas, vi que esse é o meio mais barato para se deslocar do aeroporto direto para o Blue Lagoon e de lá ir direto para a capital Reykjavík. Total: 44€ De Reykjavík para o aeroporto eu seguirei de transporte público. Total: 15€ Ainda há a opção de ir do aeroporto para o hostel utilizando o transporte público, deixando o Blue Lagoon para o dia free. Não sei se compensa, pois o aeroporto fica muito mais próximo da atração do que o hostel, o que gera uma economia de tempo. https://destinationbluelagoon.is/transport/ https://www.straeto.is/is/upplysingar/spurt-svarad/spurt-og-svarad-fargjold Blue Lagoon: A chegada no aeroporto de Keflavík será na parte da manhã, com destino para o Blue Lagoon. O preço da atração varia de acordo com o horário de visita. Neste caso, a visita será feita às 1pm. Total: 78€ https://www.bluelagoon.com/day-visit/the-blue-lagoon Hospedagem: A hospedagem de 8 dias e 7 noites será feita no Hostel B47, o mais em conta que eu encontrei no Booking.com. Total: 140€ TOTAL DA VIAGEM: ~970€ (sem refeição). Como vocês podem ver, se a viagem for feita contratando os tours da agência o valor total fica muito elevado. Alugando um carro e dividindo as contas entre duas ou três pessoas esse valor cairia pelo menos pela metade ou até menos. Mas, como eu disse, o inverno da Islândia é imprevisível, atrações turísticas podem ser fechadas assim como as estradas também. Isso acaba com qualquer roteiro se a viagem for feita de carro. Esse aí é o plano da minha viagem, se alguém que esteja pela Europa ou até mesmo no Brasil tiver interesse de fazer deixa uma mensagem aqui nesse tópico. Sugestões também são bem vindas.
  3. R$ 3,26 agora. Do jeito que as coisas estão indo chega fácil aos R$ 4,00 até o fim do mês!
  4. Galera, não sei se já foi comentado alguma vez aqui nesse tópico mas os bilhetes para o Trem da Morte podem ser comprados pela internet, não precisando esperar o dia da viagem e correr o risco de ficar sem. Basta entrar em http://www.ticketsbolivia.com.bo/ e, lá em cima onde está escrito "PASAJES DE TREN", selecionem Ferroviaria Oriental. Depois basta colocar a rota e o dia da viagem que está tudo certo. Com a atual cotação do dólar eu acredito que não compense muito fazer essa compra via internet, pois eles cobram comissão e uma taxa chamada IVA. Os valores são mínimos, mas com o dólar a quase R$3,00 a passagem de Puerto Quijarro para Santa Cruz na categoria Súper Pullman gira em torno de R$57,00 contra os R$30,00 reais da passagem comprada diretamente na bilheteria. Fica a dica!
  5. Olá, já que foi criado este tópico vou aproveitar pra fazer uma pergunta com relação ao ferry saindo de Buenos Aires para Montevidéu! Estou cotando com as principais empresas o traslado Buenos Aires > Montevidéu, talvez as únicas que existam: Colonia Express (a mais em conta), Buquebus e Seacat. A passagem pela Colonia Express sai por ARS $ 158.00, porém, há uma taxa de ARS $ 175.30. Essa taxa também é paga nas bilheterias ou apenas no site? Não gostaria de me precipitar comprando pela internet com muita antecedência!
  6. jefcsouza, no roteiro da B.G. ela cita a Trans Emperador e a Diana Tours que fazem o trajeto Uyuni-Potosí! De Potosí para La Paz eu não sei, mas se você for de Uyuni direto para La Paz a Panasur e a Todo Turismo fazem esse trajeto. bolivia-abril-de-2011-16-dias-la-paz-copa-uyuni-potosi-sucre-e-sta-cruz-dicas-e-custos-t55551.html
  7. Vlw pelas dicas, isso vai me ajudar a finalizar alguns detalhes do meu roteiro :'>
  8. alexandresfcpg, você lembra quanto dura o passeio da Reserva de Paracas?
  9. Rodrigo e Gí e camilalisboa, obrigado! Eu acabei reformulando o meu roteiro. Eu incluí Santiago e ficou assim: Oruro > Iquique > Santiago > Buenos Aires. Sobre o tempo de viagem, terei um tempo livre a partir de setembro e fiz um roteiro de 97 dias, saindo no dia 2 de setembro e voltando no dia 8 de dezembro. Queria muito conhecer Quebrada de Humahuaca e Salta, mas acho que vai ficar pra uma próxima! Vlw!
  10. Rachel, tudo bem? Não sei se sou a melhor pessoa pra te ajudar pois montei o roteiro do meu primeiro mochilão a pouco tempo, ainda faltam alguns detalhes. Mas vamos lá: De Lima pra Paracas você pode ir pela Cruz del Sur (http://www.cruzdelsur.com.pe/). Caso você tenha um cartão de crédito internacional, aproveite as "tarifas insuperables", foi o que eu fiz! No próprio site você encontra informações sobre horário de saída e chegada da viagem selecionada. Para Paracas eu reservei apenas dois dias, pois não é muito bem o meu foco na viagem. Você pode fazer isso também, encaixando o passeio para as Ilhas Ballestas no primeiro dia e o passeio para a Reserva de Paracas no segundo dia. O que pode ser feito é fazer os dois passeios no mesmo dia (acredito que dê tempo), e o segundo dia você tirar pra conhecer o local. Sobre os passeios e os custos eu não posso te falar como são pois eu ainda vou, mas procure nos relatos que a galera dá uma bela de um ajuda. Ainda sobre os custos dos passeios, vão variar caso você resolva fazê-los sozinha (mais caro) ou se jogue em algum grupo (mais barato)! Não encontrei informações sobre ônibus que saia de Paracas com Cusco como destino, acredito que a região de Paracas seja um pouco limitada e os ônibus circulem apenas pelo lado Sul (Paracas, Ica, Nasca, Arequipa). Talvez você primeiro tenha que voltar pra Lima pegando um outro ônibus para Cusco. Você pode dar uma olhada nos sites das principais cias de ônibus no Peru: Cruz del Sur - http://www.cruzdelsur.com.pe/ Oltursa - http://www.oltursa.pe/ Movil Tours - http://moviltours.com.pe/ Excluciva - http://www.excluciva.com.pe/ Tepsa - http://www.tepsa.com.pe/ Emtrafesa - http://www.emtrafesa.com/ Por você ainda não saber a duração da sua viagem fica um pouco complicado te dizer o que fazer em cada um desses lugares, mas em Cusco você pode fazer o City Tour (Catedral Metropolitana, Qorikancha, Qenqo, Tambomachay e Sacsayhuaman), Vale Sul (Tipon, Piquillacta e Andahuaylillas), Moray (Maras) e o Vale Sagrado (Pisaq, Chinchero, Ollantaytambo). Caso você fique apenas um dia em Cusco, faça o último e abandone a excursão em Ollantaytambo, de lá você pega o trem e segue para Águas Calientes. O que você também pode fazer é voltar para Cusco depois da excursão e pegar o trem a partir de lá! Se você tiver tempo para todas as excursões, compre o Boleto Turístico categoria "General", que dá acesso a todos os lugares. Ou senão você pode escolher um desses circuitos e comprar separadamente. Chegue de preferência no fim da tarde em Águas Calientes e suba para Machu Picchu no outro dia no primeiro horário, pois assim você evita a multidão, aproveitando pra tirar fotos melhores do local. A passagem para Águas Calientes pode ser comprada através do site da Peru Rail (http://www.perurail.com/). Lá você indica o dia de ida e de volta ("Round trip"), assim como o lugar ("Where do you want to go?") que você pretende visitar (Machu Picchu). Como eu disse anteriormente, você pode ir para Águas Calientes saindo de Ollantaytambo ou até mesmo de Cusco, e é isso que você vai indicar em "Routes". A saída a partir de Ollantaytambo está descrita como "Sacred Valley > M. Picchu". Já a passagem para Machu Picchu você pode comprar no site oficial (http://www.machupicchu.gob.pe/) ou até mesmo arriscar e deixar pra comprar no local que é mais vantajoso caso você consiga, pois você pode pagar meia-entrada se você ainda for uma estudante. No site oficial só é possível comprar a entrada inteira! Dizem que Cusco é um lugar muito bacana com várias opções para sair durante a noite, vale a pena passar pelo menos uns 5 dias. Para Puno, acredito que o passeio para as Ilhas Flutuantes e Taquile sejam as únicas coisas que valham a pena, reserve uns 3 dias. La Paz acredito que eu não preciso dizer muito, já que você conhece. Mas também tem os passeios tradicionais: Tiwanaku, Valle de La Luna + Nevado Chalcataya. Reserve um dia para cada! Sobre os ônibus, você acha a duração da viagem e o custo de cada uma delas nos sites das cias. Para comprar é fácil, basta ter um cartão internacional para comprar pela internet ou comprando no local. Com a informação dos horários dos ônibus fica fácil de você se planejar. O seu roteiro ficaria assim: Lima - Paracas (Cruz del Sur) Paracas - Cusco (Primeiro ir para Lima e pegar outro ônibus para Cusco, melhor verificar antes!) Cusco - Puno (Ônibus turístico) Puno - La Paz (acredito que a Trans Salvador faça esse roteiro - http://www.trans-salvador.com/) O ônibus turístico faz o trajeto Cusco-Puno e vice-versa. A viagem é um pouco mais demorada e mais cara se comparada à viagem feita com um ônibus convencional porque ele faz a famosa Rota do Sol, parando em alguns pontos turísticos (Pukara, La Raya, Sicuani, Raqchi, Andahuaylillas). Se você optar por fazer uma viagem com um ônibus convencional, a Cruz del Sur faz esse roteiro! Para a Rota do Sol, você tem algumas opções para escolher: Turismo Mer (http://www.turismomer.com/) Inka Express (http://www.inkaexpress.com.pe/) Wonder Peru Expedition (http://www.wonderperuexpedition.com/) Deve ter ficado meio repetitivo, mas basicamente é isso, a galera que já foi pode te ajudar muito mais. Dê uma lida nos relatos aqui no fórum, são bem ricos em informações. Se tiver algo de errado espero que alguém venha aqui e corrija
  11. Pessoal, independente de quantas horas dure... alguém sabe se sai algum ônibus de determinado local na Bolívia para Santiago? Obs: Termino meu roteiro em Oruro, na Bolívia!
  12. Fala, galera! Tudo certo? É o seguinte, em setembro estou partindo para o meu primeiro mochilão e decidi encarar essa parada sozinho. A princípio, irei fazer tudo por terra. Como ando lendo alguns relatos, imprevistos podem acontecer com relação ao tempo de viagem entre um lugar e outro, portanto, não irei colocar quantos dias ficarei em cada um dos lugares, mas a prioridade é colocar pelo menos um dia de folga em cada um desses lugares devido aos imprevistos. Nunca se sabe! O roteiro é o seguinte: - São Paulo > Campo Grande - Campo Grande > Corumbá - Corumbá > Puerto Quijarro - Puerto Quijarro > Santa Cruz de la Sierra - Santa Cruz de la Sierra > Cochabamba - Cochabamba > La Paz - La Paz > Copacabana - Copacabana > Puno - Puno > Cusco - Cusco > Lima - Lima > Paracas - Paracas > Ica - Ica > Nasca - Nasca > Arequipa - Arequipa > Tacna - Tacna > Arica - Arica > Calama - Calama > San Pedro de Atacama - San Pedro de Atacama > Salar de Uyuni - Salar de Uyuni > Potosí - Potosí > Sucre - Sucre > Oruro O problema no meu roteiro começa aqui: de Oruro pretendo partir para Villazon (fronteira com a Argentina) e logo após ir para La Quiaca (já na Argentina) e de lá partir para Buenos Aires. A questão é que eu não encontro relatos atuais sobre alguém que tenha feito o caminho de Oruro para Villazon. Antigamente, esse caminho era feito de trem, porém, parece que o trem entre os dois pontos está suspenso e me parece que não existe transporte direito entre os dois lugares. Alguém que já tenha feito esse roteiro saberia dizer se há algum ônibus que saia de Oruro com destino a Villazon? Mesmo que esse ônibus não vá direto e que faça algumas paradas no caminho. Sugestões no roteiro visando uma melhor locomoção entre os destinos também são bem-vindas! Valeu!
  13. Fala, dan_vieira. O que você achou da Deuter Traveller 70+10? Em setembro irei fazer uma viagem para Bolívia, Peru e Chile. Ainda estou em fase de planejamento da trip, mas pretendo ficar algo em torno de 30 a 40 dias. Por ser o meu primeiro mochilão estou com dúvidas se compro o mesmo modelo da sua ou a 80+10. Eu não faço trekking nem nada do tipo, mas acredito que para o tempo que ficarei fora esse modelo seja o suficiente. Gostaria de pedir a ajuda do gvogetta, você acha que a Traveller 80+10 (ou 70+10) difere muito de uma Aircontact PRO 60+15? Pode parecer uma pergunta um tanto quanto besta, mas estou com essa dúvida pela capacidade da Traveller ser consideravelmente maior! Abraços.
  14. Fala, pessoal. Beleza? Comecei a montar o meu roteiro Bolívia, Peru, Chile e estou com uma dúvida logo de cara. Não estou conseguindo assimilar algumas informações retiradas de outros tópicos e criei este tópico com a finalidade de que alguém posso tirar essa minha dúvida. É o seguinte, estou saindo de SP para Campo Grande de avião, além de ser mais barato do que o ônibus saindo daqui direto para Corumbá eu ainda ganho em tempo. Já em Campo Grande, eu pego um ônibus da Viação Andorinha direto para Corumbá, é aqui que começa a minha dúvida: - De Corumbá para Puerto Suarez eu devo ir de táxi ou o ônibus da Viação Andorinha segue pra lá? Eu já vi relatos de pessoas que foram pela viação, foram de táxi e até mesmo a pé numa caminhada de 20min. - De Puerto Suarez existe a necessidade de ir para Puerto Quijarro para pegar o Trem da Morte ou eu posso pegá-lo já em Puerto Suarez? Caso exista essa necessidade, a travessia é feita de táxi também? Essas são as minhas dúvidas! Rodrigo.
×
×
  • Criar Novo...