Ir para conteúdo

Jacques Silva Schcolnic

Membros
  • Total de itens

    4
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Segue aí as fotos da minha viagem. A camera era meio antiga então a qualidade não é das melhores
  2. Beatriz, te aconselho a reservar aqui no Brasil.....Em, cima da hora,quando vc for corre o risco de não ter vagas ou se tiver, na maioria das vezes o preço é mais salgado. reservando aqui no Brasil, com alguns meses de antecedência, Vc consegue preços que chegam a metade do que seria se vc procurasse na hora. Vai por mim....tanto hostels quanto passagens de avião e Onibus (ainda mais peça Eurolines), se vc paga adiantado a economia é grande !! Quanto mais cedo reservar mais barato e mais possibilidades de vagas vc vai ter !!
  3. Faaaaaala pessoal. Hoje darei continuidade a um relato que fiz sobre minha viagem para Israel em 2008 As fotos postarei assim que possivel, mas tenho bastante. Após sair de Israel e ir direto para o Aeroporto de Malpensa na Itália, já tinha comprado passagens para Viena pela Austrian Airlines (cerca de 30 euros). Eu iria ficar an casa de uma familia na qual conheço a filha desde bebe proximo ao centrão....um apartamento beeeeeeeeeeeeeem gigante Antes de partir de Milão, já passei pelo meu maior perrengue da viagem. Devido a 4 Narguiles comprados em Jerusalém minha mala passou do peso cerca de 18kg e a mulher falou q eu teria q pagar 10 euros por kg a mais . Por "Sorte" ela me deixou pagar apenas 100 euros. Mas ainda me lasquei ficando com migalhas no bolso pois ainda teria q pagar na volta. Chegando P... da vida em Viena, a familia me buscou no aeroporto e fomos para o Ap. Assim que cheguei o Pai da menina queria me levar em um ponto turistico. Vou pedir desculpas aos meus amigos leitores pois como faz tempo q fui, nao me lembro do nome de alguns lugares. Era um parque enorme com um palácio fechado e normalmente na primavera e verão os jardins ficam mt floridos e organizados, mas como eu fui no INVERNO estava td meio feinho. Mas deu pra curtir o role. Um fato interessante nesse dia é que normalmente eu nao costumo chamar a atenção de mulher aqui no Brasil por ser um cara desprovido de beleza. Mas como sou moreno, chamava a atenção de muitas mulheres pelo parque, loiras linda quebravam o pescoço para me ver. Não sei se elas me acharam bonito ou se foi minha feiura que chamou a atenção delas..... Outro fato que me fez ter um pouco de certeza disso foi que um dia em Viena estava andando de busao e vi uma loira absurdamente gata no maior amasso com um Africano absurdamente feio e com os dentes tortos Minha amiga realmente confirmou que como os rapazes da Austria em sua maioria são brancos, os mor3enos costumam chamar atenção ainda mais Os espanhóis morenos. Enfim... Logo mais a noite conheci o namorado da minha amiga, um Paquistanes viciado em video-game e Sujo....sim, ele era sujo Não tomava banho , Dificilmente escovava os dentes e nunca trocava de roupa Bom....cada um com seus gostos...mas ele era super gente fina e no mesmo dia fomos em um pub jogar snooker e mais tarde conhecer um dos esconderijos mais daora de Viena. Aí vai uma das melhores dicas de role em Viena. Ao lado da estação Pilgramgasse na linha verde, tem uma portinha pequena branca no meio da rua em q vc bate nela, uns turcos abrem e vc está em uma espécie de bar Narguile, com uns sofás gigantes e confortaveis e vaaaaaarios narguiles enormes. cada fumo e carvão custavam 3 euros tudo. Mas se vc dava uma chorada eles abaixavam o preço....mt daora Dia seguinte resolvi andar por conta própria. Conheci uma avenida la que é proxima um bairro judaico , e essa avenida é como se fosse a nossa avenida Paulista e a Oscar Freire, com mts lojas de marcas famosas, shoppings, escritórios e etc...mt gente bonita tbm....hahaha Perto dela ficava uma Catedral preta meio feinha e grande...nao tive curiosidade de entrar nela...ainda mais por estar em reforma na faixada. Próximo dali ficavam uns pubs mt loucos em q vc pagava 10 euros para cerca de 15 copos de tequila Eu achei barato.....saimos de la tortinhos ãã2::'> No dia seguinte o pai da minha amiga me levou ao centrão de Viena Onde ficavam todos os palacios, parques e principais partes turisticas, além da UNIWIEN. Para chegar la passamos por uma estação de metro maluca onde só haviam uns drogados meio Punks. Eles ficavam andando em camera lenta, conversando beeeeem devagar, fumando e bebendo no meio da estação, mas pra roubar cameras e celulares eles eram bem rapidos...hahaha Este centrão era bem bonito...organizado, mts crianças se divertindo , patinando nas pistas de gelo, turistas, grupos de escolas e etc. Uma coisa que não gostei desse lugar foi o fato de um chão estar cheio de coco de cavalo Muitos turistas gostam de fazer aqueles pequenos passeios de carroça e como não há outros lugares para os pobres Equinos fazerem suas necessidades, mandam por ali mesmo. Para comer em Viena, uma dica muito boa são as lanchonetes de sanduiches de frango. Sempre comprava la e pagava muito barato......na epoca custavam 2,50 euros mas era bem grande, vc montava eles igual o Subway e dava pra matar bem a fome. Um fato curioso em Viena são as portas dos metros. Assim como em mts paises não há catracas e cobradores em metros e onibus, mas as vezes aparecem os fiscais.....no meu caso não vi nenhum. Ao entrar no vagão é necessário dar um empurrão e puxao em uma alavanca na porta. O problema é q eu nao sabia fazer aquela porcaria e qndo tentava sozinho, não conseguia e chegava até a perder o metro . Mesmo insistindo eu não conseguia e a estratégia era sempre ficar atrás de alguem que iria entrar 1o para abrir. Todos os os onibus e metros possuem aquecedor e no inverno nem dava vontade de sair deles e o mais legal eram as revistas disponiveis em cada banco. Se fosse aqui no Brasil já teriam rasgado ou levado embora. Cheguei a visitar o estádio de futebol do Rapid Wien. Como la era aberto e não tinha segurança cheguei até a pisar no gramado...foi mt daora. Na época estava acontecendo alguns amistosos de preparação para a Eurocopa em Viena e houve um amistoso da Austria contra a Alemanha. a Alemanha ganhou por 3x0 e vcs precisavam ver a cara de tristeza dos austriacos......td mundo de luto...hahahaha Outro fato interessante é que os Austriacos amam os brasileiros....me sentia um Alien ali...tds queriam me tocar...conversar......saber da cultura..musicas, futebol.......os jovens austriacos são mt amigaveis e mt gente fina.....fiz varios amigos la nos quais tenho contato até hj. me davam presentes, pagavam minhas bebidas, teve um que no mesmo dia q conheci ele em deu de presente um soco ingles....hahahahaha...segundo ele era para me proteger dos Turcos. Os austriacos tem mt preconceito com os turcos......mts la sao vendedores de drogas, fazem badernas pela cidade....deixam alguns lugares sujos e arrumas brigas......mas eu nao vi nada disso por la. Quanto as baladas de Viena, achei bem sem graça...td mundo ou fica sentado fumando maconha ou de pé na frente das caixas de som dançando uma dança q nunca vi na vida......PEGAÇÃO ZERO INTERIOR DE LINZ: Na minha 2a semana por lá, a familia resolveu partir para uma cidadezinha que fica a uns 30 minutos de Linz. A casa é imensa....gigante mesmo, mas a cidadezinha é um puta saco......só tem dois bares, um mercadinho que abre de vez em nunca, só idosos e crianças residindo por ali e quase ninguem pelas ruas.....tudo vazio.....um tédio total. Mas os campos, as casas e a paisagem são mt bonitas. No 1o dia por la fomos esquiar em uma pista a uns 15 minutos de carro. Eu estava louco para fazer Snowboard....mas o negocio É MUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUITO DIFICIL. desliza q é uma beleza, e ficar em pé é mt complicado. O piro é vc treinando na pista mais facil e vendo uns garotinhos de 5 anos mandando mt no Snowboard...mau vergonha Treinamos por uma meia hora e o namorado da minha amiga resolveu pegar o teleférico.....eu achando que noa iria dar em nada resolvi acompanhar.....quando saio do tleféeeerico UMA PUTA DE UMA DESCIDA GIGANTE ãã2::'> ãã2::'> NEEEEEM A PAAAAU EU IRIA DESCER AQUILO. O Paquistanes ficava: "let's try, is easy, let's try". Mas eu nao sou nenhum maluco. Ele me deu a magnifica idéia de fazer o snowboard sentado na prancha.....que idéia hein E eu, o trouxa, fui na dele.......o pior é q fui descendo e a prancha nao parava de jeito nenhum e pegou uma velocidade absurda......as criancinhas mandando ver ali no snow e eu, o bobão sentado ali......mas bateu o desespero pq haviam arvores nos cantos da pista e eu nao conseguia parar a prancha....passei por uma rampa de manobra, voei, vi minha vida inteira passar diante dos meus olhos ãã2::'> achando q iria me estabacar no chão......ainda sim cai de volta na prancha e continuei deslizando . Tive a bendita ideia de parar abrindo as maos e as pernas na neve. Consegui parar mas minhas luvas nao eram de neve, qndo olhei minha mão estava inchada e nao conseguia mexer ela. bateu o desespero mas com uns sopros ela voltou ao normal...... Resolvi descer o resto da pista a pé...mas as botas eram mt pesadas e a prancha tb....resolvi largar a prancha na neve e descansar um pouco......PRAAAA QUEEEEEE ??? a prancha deslizou atéeee la em baixo e o bobão aqui correndo atrás dela....kkkkkkkkkkkkk . depois desse dia resolvi nao ir mais para a pista.....pegava uma bike e ficava pedalando pelas estradas, observando as casas.....passando o tempo. Uma curiosidade da Austria é que Tudo lá é de Maçã....torta...suco, pratos...tudo tem Maçã....... Uma dica legal de doce e um chocolate chamado MONZART...vem uma caixa com várias bolinhas e um retrato do Monzart na embalagem......UMA DELICIA....MELHOR CHOCOLATE Q COMI NA VIDA.......PROCUREM E NAO IRÃO SE ARREPENDER. Bom....fica por aqui minhas histórias das minhas duas semanas na Austria. Começo de 2015 estarei partindo para lá novamente fazer intercambio e final de Junho farei meu Mochilão. Meu roteiro será: Tallinn, Riga, Vilnius, Amsterdam, Berlin, Praga, Cracóvia, Budapeste, Zagreb, Zadar, Split e Hvar. Fora duas viagens para Belgrado e Bratislava. Essa trip visa mais baladas, praias e curtição...e claro, pontos turisticos (menos Museu). Assim que eu termina-la posto o relato. Tentarei postar as fotos de Viena o mais rapido possivel. Fico a disposição para esclarecer duvidas....abraço a todos.
  4. FAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAALA PESSOAL. Estou aqui para dar meu 1o depoimento de uma viagem que fiz para Israel em 2008. Como venho acompanhando esse site faz um tempo resolvi dar minha contribuição. As fotos não sao muitas pois perdi a maioria. Mas irei postar o que tenho disponivel Para começar, não indicarei muitos valores pq fui pagando apenas 500 dólares ISSO MESMO, 500 DÓLARES. Foi através de um grupo de um projeto de uma Sinagoga aqi do Brasil em q vc paga este valor e ganha TUDO (comida, dormitório, Passeios e etc). Chegou dia 27/12/2007 e Partimos em um grupo de 15 adolescentes. Voamos pela Alitalia (uma porcaria pq além de quebrarem a rodinha da minha mala, nos atenderam mt mal dentro do Avião. Nossa 1a escala era em Milão. Como nosso voo saia em 10 horas, resolvemos dar um role pela capital. PRA QUEEEEEEEEEEEE ????? SÓ PERRENGUEEE......PODEM ME ODIAR DEPOIS DISSO, MAS NUNCA MAIS PISO NA ITÁLIA. Pegamos um busão para um terminal de Trem/Metro. Descemos la e partimos para a Praça de Druomon. Mortos de fome procuramos um lugar para comer. Achamos uma lanchonete com uns sandubas mt bom. Deu td 20 euros.....mas o fdp do dono nos cobrou 70 euros. Ele disse que o cafézinho era 80 cents de pé, que como sentamos pagamos em um café 3 euros Discutimos mas nada funcionou. Desolados, com fome e pouco dinheiro ficamos andando por umas feirinhas e depois voltamos para onde o onibus havia nos deixado. achamos uma lanchonete de pizza (dessa vez comemos em pé). pedi um pedaço de pizza horrivel, duro e uma Sprite e paguei 5 Euros . Ficamos em frente a estação de Trem por alguma shrs, abrimos a capa do violão ficamos cantando e pedindo dinheiro, mas descobrimos que os Italianos são mt pão duro. Depois de um tempo voltamos para o Aeroporto de Malpensa. De lá partimos para Roma e de Roma finalmente chegamos ao aeroporto internacional de Tel Aviv. Partimos para o lugar onde ficariamos (Jerusalém, mais precisamente em Harnoov) alojados (com mais 200 judeus, e tds homens...já vi que iria pirar ali) Chegamos em um Shabat que normalmente só em Jerusalém a cidade para. SEM CARROS, SEM ONIBUS, SEM LOJAS, SEM NADAAAAAAA, TUDO PARADOOOOO Dica importante pra quem passar Shabat em Jerusalém: COMPRE A MAIOR QNTIDADE DE COMIDA POSSIVEL ATÉ AS 3 DA TARDE, POIS NÃO EXISTE MERCADO ABERTO. Após o Shabat fomos e Benehuda, uma das praças principais de Jerusalém aonde se reunem mts jovens, bares, baladas, lojas de narguiles (que me ferraram mais tarde) e alguns mercados Arabes. Fica próximo ao Kotel. Uma coisa que achei engraçada em Jerusalém é o fato de TODOS os motoristas de onibus de Jerusalém são identicos....carecas com óculos escuros....doido não ??? ANO NOVO EM JERUSALÉM: partimos em um grupo de 10 pessoas para a Benehuda no ano novo. Lá nao tem fogos nem nada.......mas brasileiros por lá só ia dar Mer*%$#A. Um fato engraçado é q qndo estavamos indo para a Benehuda Um Rabino entrou no busao e um dos nossos disse para ele: FELIZ ANO NOVO O Rabino , senhor de idade, disse|: OS JUDEUS NÃO COMEMORAM O ANO NOVO !!! VISSSSHHHH......td mundo ficou mau tenso e aquele senhor passou a viagem inteira olhando com uma cara de coitado para nós. O pior foi ter encontrado ele umas 5 vezes no busao durante a viagem....e em tds ele ficava olhando com uma cara de bravo para nós Enfim.....encontramos varios brasileiros por lá, tocamos violão na praça pedindo dinheiro, ganhamos grana para a Vodka e cantavamos "ADEEEEUS ANO VELHOOO, FELIZ AAAANO NOVOOO..." e zuavamos em uma balada por la. Voltamos tortos para o alojamento. As fotos não estão na ordem de acordo com os passeios, mas irei postando algumas que achei recentemente aos decorrer do depoimento meio fora de ordem para não ficar cansativo. Tel Aviv: Saimos de Jerusalém e fomos para Tel Aviv Cedinho. Chegamos em duas horas e conhecemos a Universidade principal de lá. Gigante, mt bonita. depois partimos para as praias. A cidade me parece muito com o Rio da Jeneiro...prédios bonitos, Muitos jovens, muita farra, muita curtição, praias bonitas e etc. Perto da ponta da ultima praia tinha vários mercados Arabes. Por lá encontramos até um Narguile de 20 bocas feito de madeira......ANIMAAAAAAAAAAL Ein Gedi (acho que é assim q se escreve): O LUGAR ERA SENSACIONAL......vc atravessa um deserto, chega a uma espécie de parque com cachoeiras e pra quem quiser se arriscar, subir 300 metros de altura sem proteção nenhuma em trilhas apertadissimas. Dali podíamos ver o Mar morto...a paisagem era animal. Haifa: Indo para Haifa, passamos antes em um lugar que era uma espécie de fortaleza e cidade dos Romanos, onde até construiram um teatro. A Praia era mt bonita. Chegando a Haifa fomos a um Jardim la no topo onde podia ver a cidade por inteira...a vista era animal . Haifa é uma cidade bem moderna, bonita e limpa. Moraria facil por la. Tsfat: Após a visita em Haifa, ainda no mesmo dia, partimos para a que talvez seja a cidade mais religiosa e mais isolada de Israel. Fica próximo a Galiléia. Chegamos la e a cidade parecia Fantasma, no meio de um morro, ruas vazias, Alguns gatos perambulando pela cidade (o que não falta em Israel são Gatos), algumas pessoas abriam as cortinas e colocavam as cabecinhas para fora para ver quem estava na Rua. Não foi um passeio muito agradável. Pior de tudo é que tinha um Cemitério Árabe IMENSO no meio da cidade e a intenção do grupo (a parte religiosa) era entrar nesse Cemitério para mergulhar em uma MIKVE (se pronuncia assim, mas não sei como se escreve). Pra quem não sabe, Mikve é uma espécie de um Poço um pouco fundo que fica dentro de uma capelinha onde o pessoal mergulha pelado e se purifica por inteiro (tanto homem quanto mulher). Mas o pior era o frio e o cheiro daquele lugar . Os loucos mergulharam. Eu recusei a proposta tentadora . Massad (acho que é assim que se escreve): partimos 3 da manhã de Jerusalém para o meio do Deserto próximo ao mar morto. Massad foi uma cidade no meio de uma montanha onde Judeus se instalavam e seria invadida pelos Romanos (acho que eram eles, não sei) e seriam escravizados. Como se recusavam a serem escravizados, antes das tropas chegarem, todos SE MATARAM. Como não havia nada pra fazer, as tropas destruíram aquela cidade e vazaram. Hoje é aberto para turistas. O local só tem umas casinhas abandonadas e destruidas. Mas a visão do Nascer do sol é sensacional la. Ainda mais com a luz refletindo o Mar Morto. A altura la é imensa e eu e vários amigos nos arriscamos em cima dos parapeitos ao lado de uma queda de 300 metros, tudo por uma foto ãã2::'> mas tudo valeu muito a pena. Não tem como chegar de busão la. vc precisa alugar van ou fechar o passeio com alguma agencia...mas vale muito a pena. No mesmo dia partimos para o Mar morto. Lá é impressionante. Como a qtidade de sal na agua é imensa, vc boia sem nenhum esforço. e ao tirar a "areia" do fundo da agua, ela se transforma em uma pedra de sal (loko né ) FAIXA DE GAZA: Muitos podem me achar maluco, mas em um fds aproveitei o Shabat para visitar minha familia desconhecida em uma cidade chamada Sderot, mais precisamente em um Kibuts chamado Kibuts Brochail. Esse Kibust ficava a cerca de 3km da faixa de Gaza. Pra quem não sabe, Kibuts é uma espécie de vila com varias casas iguais onde as pessoas se ajudam, confraternizam e tals (chutando pra umas 200 casas). Dificilmente há bombardeios por ali, mas vira e mexe uns Aviões de caça costumam passar por ali e as vezes os barulhos de bombardeios são constantes (o que não ocorreu quando eu estava la). Para chegar na cidade por Jerusalém é mt facil. Voce vai até a estação principal de onibus chamada Tahaná Merkazit, paga o busão o equivalente a 15 reais e vai tranquilo. Apesar do meu ingles na época ser péssimo, eu me virava na boa pois com qualquer ingles os atendentes e motoristas te entendem perfeitamente. Visita ao Exército: No começo da minha estadia, fomos visitar o "museu" Exercito de Israel. Para ser mais preciso, é mais uma exposição de tanques de Guerra que não funcionam mais. Mas são mt lokos...alguns vc pode entrar neles (são absurdamente apertados. O instrutor passa um video muuuuuuuuuuuuuito cara de pau Eles mostram como a vida de quem se recruta ao exército é boa, depoimento de jovens curtindo , festas, td mundo mt feliz e convidando vc (mesmo sendo estrangeiro e não Judeu) a de alistar. Pra quem não sabe, Jovens que moram em Israel tem duas opções: OU VC VIRA RELIGIOSO E PASSA A VIDA ESTUDANDO RELIGIÃO OU VC É OBRIGADO A SE ALISTAR NO EXERCITO. Cada um tem sua função la dentro. Vc pode descascar batatas assim como pode fazer linha de frente nas Guerras. Tudo vai de acordo com seu fisico e habilidades. Não importa se vc anda de cadeira de rodas, vc vai fazer algo no exercito. Normalmente são 5 anos de exercito (na época era assim pelo menos). 3 anos vc serve o exercito e 2 anos eles arranjam um emprego meia boca pra vc ser obrigado a trabalhar e ganhar mixaria. Fica pra outro dia o resto das Histórias Assim que eu encontrar mais fotos eu posto.
×
×
  • Criar Novo...