Ir para conteúdo

caio.acquesta

Colaboradores
  • Total de itens

    70
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

15 Boa

Outras informações

  1. Santuário El Cañi - Pucón

    A trilha principal autoguiada não tem escalada, Apesar que não cheguei ao topo, estive bem perto. A subida no final é bem íngreme. As demais trilhas não posso dizer . Mas vá sem medo e depois conte pra nós aqui, vc irá curtir.
  2. Sugestão: tópico sobre modo de agir no fórum

    Silnei entendo perfeitamente, e acho que a questao das TAgs sao uma otima evoluçao. Mas nao entendo bem ainda o pq necessita tirar a separaçao por paises para se implantar as Tags. Os locais (paises) que atraem menos turistas/visitantes sempre ficarao com informaçao menos atualizada aqui no forum, por falta de demanda mesmo.
  3. Sugestão: tópico sobre modo de agir no fórum

    Olá amigos, também não gostei da exclusão dos países em separado , pra mim ficou mais confuso do que podia estar antes (que pra mim não era confuso). Era bem legal procurar os países e visualizar seus tópicos específicos.
  4. Guatapé - Antioquia

    É sim Murilo, a cidade é bem pequena. Dá pra fazer tudo em 1 dia, bate-volta de Medellin.
  5. Mina de Sal de Nemocon (alternativa à Zipaquira)

    Não lembro qtos degraus tem. Se até crianças e pessoas mais idosas conseguem visitar a mina, não vejo isso como um grande empecilho. Só na subida acredito é preciso ter mais cautela e subir devagar, por causa da pressão .
  6. Bogotá

    Uma opçao bem legal é subir o Cerro Monserrate - teleferico no final da tarde, tentar pegar o por do sol e ver Bogota iluminada de noite.
  7. Guatapé - Antioquia

    Guatapé é uma cidadezinha turística bem enfeitada e colorida localizada a cerca de 80 km de Medellin, rodeada pelo Embalse del Penol (represa), e muito próxima da Piedra del Peñol, o que, no conjunto, faz do lugar a principal atração turística da região. No Embalse é possível realizar pesca, esportes aquáticos e outras atividades, mas a beleza do lugar já é suficiente para fazer a visita valer a pena. A Piedra del Peñol é um monólito de 200 metros de altura que está a 3km antes de Guatapé, e fica bem colada à estrada. É possível chegar a pé caminhando por uns 45min na estrada; ou com táxis e caminhonetes; ou se você está vindo de ônibus de Medellin, pode descer na frente do acesso à entrada da Piedra. Neste local há vários taxis/tuc-tucs oferecendo o trajeto de subida até a portaria da Piedra por uns 5.000 a 10.000 COP. Achamos que não vale a pena pagar, pois a subida é relativamente tranquila (uns 15min). Mas lembre-se que depois, para chegar ao topo da Piedra, terá que subir mais de 700 degraus. A vista lá de cima é muito bonita, com uma panorâmica de todo o entorno e da represa, podendo, inclusive, avistar os predinhos coloridos de Guatapé. Como chegar: saindo do Terminal Norte de Medellin, pegar o ônibus para Guatapé, que sai com bastante frequência. Há opção de tours para a cidade, mas costumam ser meio caros. Quanto custa: o ônibus Medellin-Guatapé custa atualmente 13.500 COP o trecho. A entrada à Piedra del Peñol está 18.000 COP. Fontes: http://www.municipiodeguatape.gov.co/ http://www.colombia.co/todos-somos-la-respuesta/guatape-pueblo-de-zocalos/ https://es.wikipedia.org/wiki/Piedra_del_Pe%C3%B1ol
  8. Guatapé - Antioquia

    fala Murilo , vou tentar fazer um resumo e postar aqui até amanha, blz ?
  9. Mina de Sal de Nemocon (alternativa à Zipaquira)

    A Mina de Sal de Nemocon está localizada na cidade de mesmo nome, a 60 km ao norte de Bogotá, e bem perto de Zipaquirá, local onde fica a famosa Catedral de Sal de Zipaquirá. A mina possui mais de 500 anos de atividade, tendo se tornado atração turística bem recentemente (reabertura ao público em 2005). A visita é feita em grupos e com guia (já incluso no valor). No início da visitação, conhecemos o Museo de Historia Natural de La Sabana, simples mas muito interessante. Daí, parte-se para o interior da mina, que chega à profundidade de 80 metros. O caminho percorre vários túneis, algumas escadas e diversos pontos de interesse, como os belos espelhos d´água naturais, a cascata de sal, estátuas e esculturas de sal, tanques/poços, estalactites, e a sala cenário onde foi feita parte da gravação do filme “Los 33” (que retrata a tragédia na mina de cobre San Jose no Chile em 2010) . Para quem está em Bogotá, vale muito a pena a visita à mina de Nemocon, que dizem ser mais bonita e interessante (e mais barata) que sua ‘rival ’ bem mais famosa Catedral de Sal de Zipaquirá. Como chegar: há opção de tours, mas é possível chegar por conta própria. Para isso, deve-se partir do Terminal Norte de Bogotá , tomando as vans/ônibus p/ Zipaquirá. Chegando em Zipaquirá, tomar outra van/micro-ônibus sentido Nemocon (avisar o motorista p/ descer no local mais apropriado). Daí, já estará praticamente na entrada do local. Para a volta, é só fazer o esquema ao contrário. Quanto custa: a entrada custa atualmente 24.000 COP. O valor dos ônibus Bogotá-Zipaquirá-Nemocon fica por volta de 8.000 COP. Fontes: https://www.minadesal.com/ http://www.colombia.travel/pt/para-onde-ir/andina/zipaquira/atividades/visite-mina-de-sal-nemocon http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2012/11/labirintos-subterraneos-levam-catedral-de-sal-na-colombia.html A seguir, algumas fotos do local, tiradas em nossa visita em outubro de 2017:
  10. Santuário El Cañi

    Show de bola, amigo . Vc pegou um dia ótimo e conseguiu ótimas fotos, diferente de mim rs... veja : https://www.mochileiros.com/topic/59863-santuário-el-cañi-pucón/ Por favor, se quiser colar o link do seu relato nesse outro tópico tbm, fique a vontade. Quanto mais divulgação melhor. Abç!
  11. A fronteira terrestre Equador-Colômbia mais utilizada é a Puente Internacional Rumichaca, ou simplesmente Rumichaca. É a ponte que passa sobre o rio Carchi e possui os postos de controle migratório em ambos os lados. Situa-se a cerca de 5km da cidade da Tulcan-Equador e 3km da cidade de Ipiales-Colômbia. Conforme o site da migração colombiana, o posto de controle está aberto 24h por dia: (http://migracioncolombia.gov.co/index.php/es/entidad/quienes-somos2/puestos-de-control-migratorio/terrestres/2460-puesto-de-control-migratorio-terrestre-rumichaca) Pelos relatos de brasileiros e por própria experiência, é possível dizer que é uma fronteira segura e a imigração costuma ser rápida (em torno de 15min em cada lado). Em ambos os lados há boa quantidade de taxis esperando para fazer o trajeto até as cidades mais próximas, bem como alguns locais de câmbio.
  12. Fronteira Equador x Colômbia - Perguntas e Respostas

    A fronteira terrestre Equador-Colômbia mais utilizada é a Puente Internacional Rumichaca, ou simplesmente Rumichaca. É a ponte que passa sobre o rio Carchi e possui os postos de controle migratório em ambos os lados. Situa-se a cerca de 5km da cidade da Tulcan-Equador e 3km da cidade de Ipiales-Colômbia. Conforme o site da migração colombiana, o posto de controle está aberto 24h por dia: (http://migracioncolombia.gov.co/index.php/es/entidad/quienes-somos2/puestos-de-control-migratorio/terrestres/2460-puesto-de-control-migratorio-terrestre-rumichaca) Pelos relatos de brasileiros e por própria experiência, é possível dizer que é uma fronteira segura e a imigração costuma ser rápida (em torno de 15min em cada lado). Em ambos os lados há boa quantidade de taxis esperando para fazer o trajeto até as cidades mais próximas, bem como alguns locais de câmbio.
  13. Colômbia

    a Bolivariano (outras devem ter tbm), em trechos grandes (tipo 20h de viagem) , possui ônibus com tv individual (igual avião), WiFi, poltronas com espaço maior , e ar-condicionado super gelado... e preço bem mais barato que no Brasil.
  14. Chegando e saindo do Equador - Perguntas e Resposta

    Há opção da Wingo (https://www.wingo.com/es), que faz vôos nos trechos Quito-Bogota e vice-versa. O problema que eu vejo são as taxas de embarque etc em Quito, muito altas. Mas é uma boa opção pra não pegar o bus.
×