Ir para conteúdo

nandocota

Membros
  • Total de itens

    2
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que nandocota postou

  1. Meus amigos, em novembro de 2015 fiz minha primeira surf trip internacional, viajei para a Costa Rica e vou lhes contar por onde passei e o que considero dicas para uma viagem parecida. Primeiramente, passei 12 dias lá, poderia passar o resto da minha vida, o lugar é incrível. Primeira dica, consolidação do que já li por aqui: Não vale nada a pena ficar na capital, a capital tem um trânsito horrível, peguei essa dica nos relatos daqui e repasso a vocês. Comprem um chip e coloquem algum dinheiro, a internet lá é muito boa e funciona no país inteiro. Comecei a viagem decidindo para onde iria, afinal queria fazer uma surf trip e detinha duas coisas na minha cabeça: quero surfar com aquela grande pedra ao fundo (como no filme 'the endless summer') e também quero surfar pavones. O Problema é que são praias extremamente distantes entre si, uma ao norte do pacífico e outra no extremo sul. Optei por simplesmente descer o pacífico. Sobre alugar carro se for viajar sozinho: não me parece a melhor opção. O carro, para quem for fazer surf trip, é utilizado tão somente para se deslocar entre cidades, pois quando se hospeda, tudo é feito a pé. Dessa forma acredito que onibus deve ser melhor. Mas, para quem for alugar carro: o WAZE funciona em todo o país, a internet é incrível e também funciona em todo lugar (durante a estrada eu usava o waze e ainda fazia ligação pro whatzapp, e coloquei somente 10 doláres de crédito). Sobre a viagem mesmo: Fiz sem muitos planos, queria viver o momento e descobrir lugares, fiquei feliz com esse resultado, vamos a ele. Primeiramente, ao chegar na capital já fui buscar o carro (com transfer saindo do aeroporto) e me dirigi à cidade de Jacó (minha intenção era iniciar descendo o pacífico). Cidade legal, estava receoso de cair no mar pois seria a primeira vez.. fui junto dos instrutores do Hostel no qual me hospedei, foi tranquilo, ondas pequenas para iniciantes. Fiquei dois dias em Jacó, foi suficiente. Fiz uma pequena caminhada para chegar a um mirante, foi bacana. Em Jacó descobri sobre a cidade 'Dominical', com altas ondas, o swell indicava (baixar o MagicSeeWeed para achar as ondas) que rolaria onda lá. peguei mais 2h de estrada. No caminho para dominical resolvi que surfaria, então parei numa praia no meio do caminho, deixei o carro num resort (não me cobraram por isso e ainda tomei uma ducha antes de ir embora), surfei e continuei o caminho. Dominical é um lugar incrível. Tinha a opção de pagar 10 dólares para dormir em quarto comunitário ou pagar 11 dólares (um dólar a mais) para ficar em um quarto sozinho, com banheiro. Em dominical o surf é incrível. Em toda a Costa Rica a influência da maré é um fator muito importante a ser considerado, em questão de 10 minutos por conta da maré vi acontecer de uma praia sem onda alguma começar a quebrar um metro insano! Em dominical o surfe funciona de toda forma, com maré seca ou cheia, somente não funcionando com a maré no mais alto do dia. Com a maré seca ondas mais tubulares e com a maré cheia ondas um pouco mais gordas, sempre abrindo. O lugar é incrível, parecia que estava em woodstock, várias pessoas com barracas na praia, o astral de todo mundo é incrível. Tão legal lá que acabei ficando uns três dias. Em um dia sem onda fui a uma cachoeira ali da cidade, que coisa maravilhosa. Eram 60m de queda d'água, num lugar inóspito, incrível. Após isso continuei a viagem indo mais ainda par ao Sul do Pacífico para a tão esperada Pavones. Chegando lá me indicaram perguntar par ao cara da loja de surfe sobre as ondas e onde ficar. Fiz isso, o dono da loja de surfe é muito gente boa, assim como todas as outras pessoas que conheci lá. Me hospedei no "Cabinas Carol", quem cuida lá é o Pablo, um italiano gente boa que mora lá há uns 20 anos. Pavones é incrível, ia ficar pouco tempo (um ou dois dias) mas acabei ficando 5 dias. A vibe das pessoas é algo fora de série, me abalou muito voltar para essa vida maluca que levamos aqui. Lá o 'Pura Vida' realmente existe. Sobre o surf em pavones, ele acontece na frente do rio (nesse ri não tem crocodilos, em outros há, cuidado com isso). Fui em novembro e a temporada de altas ondas lá é em abril. Ainda assim consegui pegar um dia com quase dois metros de onda, e a onda nao acaba, 500m de extensão (nesse período que nao é o melhor, a onda chega a passar de quilometro). No dia que estava quase sem onda fomos para uma praia ao lado que recebe melhor a ondulação, Punta Banco, que tem ondas muito boas também. A natureza em toda a Costa Rica é exuberante, eu tinha vontade de parar a cada 5 minutos na estrada para tirar fotos. A energia do país é muito louca, te impacta mesmo vc se sente muito bem, abençoado. Espero poder ser vir de algo a vocês. Abraços, Fernando
  2. Thiago, poderia dar relato?? To querendo ir pra lá final de novembro, e tô eprdido ainda sobre o país. 2 semanas de surfe também. Obrigado!
×
×
  • Criar Novo...