Ir para conteúdo

marcelo.damasceno.37

Membros
  • Total de itens

    6
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  1. Ola pessoal, estou qrendo ir a chapada dimantina agr em agosto (ficarei 5 dias) e estou com algumas duvidas no roteiro, se vcs puderem me ajudar agradeço. vou viajar de carro, não tenho frescura chego em lençois as 7:00AM primeiro e segundo dia qria focar nas melhores atraçoes aos arredores de lençois, mas estou bem na duvida aqui.... terceiro dia: poço encantado e poço azul deslocando ate ibicoara quarto dia: fumacinha quinto dia: buracão o que acham? aceito sugestões principalmente para os dois primeiros dias
  2. Solleane, Tiradentes você pode conhecer em um dia... Me hospedei por lá, pois foi o local mais barato e queria tranquilidade. Obrigado por gostar do meu relato... Após a sua visita, posta o seu... Abração!!!
  3. Emancipada das cidades de Jaguariúna, Artur Nogueira, Cosmópolis e Santo Antônio da Posse, a cidade paulista de Holambra foi oficializada em 1991. O seu nome vem de uma junção de Holanda, América e Brasil, em virtude da colônia neerlandesa que se firmou na antiga fazenda Ribeirão. Mesmo com toda essa história, a cidade é realmente conhecida pelas suas flores e mais flores. Visitei a cidade em setembro, período da ExpoFlora, para mim o mês ideal, pois a exposição é a possibilidade ideal para comprar flores e plantas. A cidade é pacata e com aspecto de típica cidade do interior, apesar de estar bem próxima da agita São Paulo e da movimentada cidade de Campinas. Para quem vai visitar a cidade de ônibus, o ideal é sair do Terminal Rodoviário do Tietê, pois tem ônibus a cada 15 minutos para Campinas, isso mesmo Campinas, e a partir da cidade campineira, pegar um ônibus da EMTU ao lado do terminal rodoviário (é bom consultar os horários dos ônibus no site da EMTU)... O percurso da capital para Holambra dura quase duas horas. O passeio foi arquitetado três semanas antes do dia 19 de setembro. O primeiro passo foi encontrar uma pousada: BOA, BARATA e ACOCHEGANTE (pois era um passeio romântico). A Oca Pousada (http://www.pousadaoca.com.br) foi a escolhida, detalhe, além de ter ótimos quartos, a pousada serve café da manhã e da tarde = ). O que fazer na cidade, mesmo sem a ExpoFlora: Campos de flores Além de apreciar as flores em campos, estufas e viveiros, você aprende a cuidar de cada planta da melhor forma. Se desejar, pode incluir no pacote um tour por Holambra e visitas ao Sítio Estrela do Leste (leia abaixo) e ao Rancho da Cachaça (leia acima). A agência Theos (3802-4675/9168-2199, a partir de R$15) faz os passeios. Você pode ir com o próprio carro, ou optar pelo transporte da agência. A Holambrasil (8199-0072) faz só para quem está de carro (a partir de R$10). City Tour O passeio passa pelo Centro, pelo Lago Vitória-Régia e uma produção de flores. Durante o trajeto (1h30), monitores falam sobre a imigração holandesa. Há a opção de complementar o passeio fazendo paradas em mais três campos de flores (gérberas, rosas e crisântemos ou violetas). É preciso agendar. Theos (3802-4675/9168-2199, theosturismo.com.br; R$ 15). Você pode ir com o próprio carro, ou optar pelo transporte da agência. A Holambrasil (8199-0072; R$ 10) faz só para quem está de carro. Moinho Povos Unidos Projeto de um holandês, a construção tem 38 m de altura e seis pavimentos que podem ser visitados. A plataforma mais alta fica aberta para visitação apenas aos sábados (14h/17h). Lá, onde os moleiros explicam como funciona a engenhoca, há também mirante. Schornstein Filial de uma cervejaria catarinense produz seis tipos de cerveja artesanal: pilsen natural, pilsen cristal, weiss, india pale ale, bock e imperial stout. Um tour pela fábrica (sáb/dom 10h/17h; agendar) mostra os métodos de produção das cervejas e termina com degustação no terraço do bar. R$ 9 por pessoa. (3ª/6ª 16h/23h, sáb 10h/0h, dom 10h/17h) Um local ideal para comer é a Padaria Martin Holandesa, na Rua Dória Vasconcelos, 144, Centro, Holambra, próximo à pousada. Uma indicação do que comer, não darei, pois não quero cometer um sacrilégio (o cardápio é recheado de coisas boas). Você também pode aproveitar as delícias da Confeitaria do Lago, tem sorvete de rosas e vários doces de origem holandesa... Sem contar que muitos prédios da cidade têm características da arquitetura do país da seleção, popular mente, conhecida como carrossel holandês. Ops! Apenas para constar: troquei alianças de compromisso na cidade. Bom passeio para vocês!
  4. Olá Guilerme Tosetto. Fico feliz em saber que gostou do meu relato sobre Tiradentes. Fato, a cidade é fantástica e não faltam lugares bons para comer. Vou olhar o seu relato, pois ainda quero conhecer outras cidades históricas de minas. Abraços.
  5. Tiradentes: Bela e Colonial Tranquilidade, boa comida e fator histórico em todas as esquinas, assim posso definir Tiradentes (MG). As suas ruas coloniais com o seu calçamento feito de pedras irregulares complementam o charme da cidade que possui igrejas do século 18, diversas casas do mesmo valor histórico que abrigam pousadas, lojas de artesanato, restaurantes, cachaçarias e residências. Fotos no Flickr: https://flic.kr/s/aHsk41RoAH O cenário realmente é tão encantador quanto às imagens que vi em novelas e seriados da TV brasileira, além da imponente Serra de São José. Um dos melhores lugares para apreciar a vista da serra é na Igreja Matriz Santo Antônio, ótimo local para fotos. A região central de Tiradentes não é tão extensa, por isso sugiro caminhar, com calma, pela região, pois desta forma você pode aproveitar a arquitetura, visitar os museus, casas de antiquários, igrejas e tomar um café na padaria e confeitaria Padre Toledo (tem um bolo de coco maravilhoso). Mas caso você não queira fazer a caminhada, pode fazer o percurso nas charretes que ficam estacionadas no Largo das Forras, próximo à estação ferroviária. Para muitos, a igreja matriz é a mais bonita da cidade, mas eu gostei da igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, a popular igreja dos escravos, onde você paga R$ 2 para visitar... Já na igreja matriz, você paga R$ 5, porém caso você pernoite na cidade, assista a missa às 19 horas e aproveite para entrar de graça e apreciar as peças banhadas em ouro e toda arquitetura. Também vale ir até a divisa de Tiradentes com Santa Cruz de Minas para ver a queda d’água localizada entre a divisa das cidades. Ops!!! Indo até a queda d’água, aproveite para fazer trilha no local. Outro passeio bacana é comprar o pacote com trilhas pela serra, tudo feito de bike. Comida, eita parte boa, em Tiradentes. Não faltam opções para degustar, ou melhor, comer a boa comida mineira. Em todos os locais que passei, o destaque é feijão-tropeiro, além do tutu, torresmo e o frango com angu. Para apreciar uma boa comida, destaco o Bistrô Jardins de Santo Antônio e um restaurante que fica ao lado da igreja dos escravos, lembro-me do sabor da comida, mas não do nome do estabelecimento. Calma povo, pois não esqueci do passeio de Maria fumaça, o trem percorre 12 km em 40 minutos, margeando o Rio das Mortes, com uma bela vista para Serra de São José, no sentido São João Del Rei. As saídas ocorrem 6ª/sáb 13h e 17h, dom 11h e 14h (retornos 6ª/sáb 10h e 15h, dom 10h e 13h). Em função desses horários, o passeio por São João é curto, porém você pode optar conhecer um pouco mais a cidade e voltar de táxi (pagando R$ 40) para Tiradentes ou encarar o retorno de ônibus, por R$ 3, com saída da rodoviária central. Opção de hospedagem em Tiradentes na falta, mas seguem duas dicas: Pousada Encanto do Chafariz, isso mesmo, a pousada fica ao lado do histórico chafariz (wwww.pousadaenconatodochafariz.com.br) ou uma boa garimpada no Hotel Urbano.
×
×
  • Criar Novo...