Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

LF Brasilia

Colaboradores
  • Total de itens

    642
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    7

LF Brasilia venceu a última vez em Agosto 16

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

272 Excelente

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. LF Brasilia

    DÚVIDAS - Japão e Coréia do Sul

    @reinaldov , só reforçando a questão dos deslocamentos internos: uma pessoa da minha família esteve no Japão e visitou bem menos cidades do que gostaria, justamente porque esses custos são muito altos. Salvo engano, ele ficou uns 7 ou 8 dias. O foco da viagem na verdade era a China, e daí ele esticou para o Japão. Sugiro que você dê uma olhada nos relatos. Um é muito diferente do outro, porque cada viajante foi com um enfoque diferente: templos, vida urbana moderna, cultura otaku... É diferente de outras viagens mais "clássicas" feitas por brasileiros em que muitas vezes a pessoa vai a um lugar que nem tem tanta vontade, só para dizer que esteve lá. Sobre o visto as pessoasque foram podem explicar melhor. Um dos documentos que meu parente teve que apresentar foi um roteirinho da viagem com as reservas de hospedagem. Nãoé como para os EUA, em que você primeiro tenta o visto para depois cuidar da viagem (passagem, etc).
  2. LF Brasilia

    duvidas sobre mochilão, vale a pena comprar?

    @Júlio Czar , em que cidade você está? Para termos uma ideia da sua possibilidade de testar em lojas físicas, mesmo que no final você opte por comprar pela internet. O máximo que costumo "ver" aqui pelo fórum são as de 70 litros. Lembre-se de que mochilas cargueiras têm um peso próprio considerável.
  3. LF Brasilia

    Dica!!

    @Viviane Mônica , já peguei voos de madrugada e já fui buscar gente no aeroporto nesse horário. Pernoitar mesmo nunca precisei. O @234234 tem razão: melhor passar algumas horas num hotel mais em conta. Porém, isso depende dos horários dos seus voos. Perto do aeroporto (pode-se ir a pé) tem um Ibis Style, mas a diária sai em torno de R$300. Os hotéis mais em conta ficam no Núcleo Bandeirante e você teria que ir de carro até lá. Mas ainda assim, dependendo de quanto tempo você passe em conexão, compensa sim. Nos últimos anos o aeroporto passou por ampliações, só que essas se deram na parte que os passageiros acessam após passar pelos controles de segurança. A área do desembarque e dos balcões das empresas ficou até mais pobrinha. Você encontra lugar pra sentar, mas as tomadas para carregar celular são quase um artigo de luxo na área pré-embarque. Tem voos perto da meia-noite (principalmente para a região Norte), perto das 2-3 h da manhã (Copa Airlines) e lá pelas 5:30, 6h começam a chegar voos vindos da região Norte e alguns do Sul. Ou seja, sempre tem algum movimento. Mas não é um aeroporto em que você veja mochileiros escondidos num cantinho tirando uma soneca, e nem existe uma boa estrutura para isso por lá. E pessoas sonolentas são alvo em qualquer lugar.
  4. LF Brasilia

    Como inserir tags nos tópicos

    @Silnei , não sabia. É uma boa. Caso contrário, as tags ficam muito livres e perdem o sentido. Foi aqui: https://www.mochileiros.com/topic/78625-nota-de-euro-danificada-e-agora/ Não sei se já existe alguma tag adequada para esses casos ("dinheiro", "casa de câmbio", "cédulas", "euro", etc)
  5. LF Brasilia

    Como inserir tags nos tópicos

    @Silnei, houve alguma mudança na inserção de tags pelos criadores de tópicos? Tenho perfil de colaboradora, mas a opção de adicionar tags não aparece num tópico que criei há alguns dias...
  6. LF Brasilia

    EuroTrip em Dez/2018

    Destacando uma notícia recente sobre a Ryanair: http://www.melhoresdestinos.com.br/bagagem-mao-ryanair-nova-politica.html A partir de 1º de novembro todos os passageiros que não comprarem o passe de embarque prioritário não poderão embarcar com suas malas de mão (carry on), somente um item pessoal pequeno, como bolsa, mochila ou sacola de compras (limitado a 35 cm x 20 cm x 20 cm), que caibam embaixo do assento da poltrona.
  7. LF Brasilia

    Nota de euro danificada - e agora?

    Meu irmão voltou de viagem e foi a uma casa de câmbio no aeroporto trocar os euros que sobraram. A funcionária esfregou a nota para ver se era falsa e o resultado está na foto. Ela fez tudo muito rápido e uma possibilidade é que tenha trocado a nota por esta. O fato é que ficou a palavra dele contra a dela e ela não aceitou trocar essa cédula. Acredito que nas casas de câmbio do Brasil eu teria o mesmo problema. E na zona do euro, tem alguma possibilidade de passá-la para a frente? Uma nota assim seria aceita no comércio? As que vejo estão sempre em ótimas condições, mesmo as de valores mais baixos. Agradeço desde já!
  8. @Lljj , infelizmente a violência está bastante banalizada e isso acaba deixando as pessoas um tanto paranoicas. Um mês não é suficiente para que sua família se acostume com essa novidade de ter você longe de casa. Para falar a verdade, acho importante que, entre aqueles que ficaram, haja alguém capaz de entender os alertas quando algo pode estar errado. Um contato para emergências, alguém capaz de agir com a cabeça mais fria se você precisar de ajuda à distância. É importante também que eles saibam que nem sempre você terá sinal de internet; que você precisa se conectar ao lugar onde está, e isso é difícil quando o viajante fica no whatsapp o tempo todo falando com os que ficaram; mas que sua viagem não significa um rompimento com eles. Uma vez que os papeis de cada um fiquem mais claros nessa nova realidade, as coisas tendem a se reequilibrar.
  9. LF Brasilia

    Capa do passaporte desgastada tem problema?

    Quando eu tinha perfil no Face, lembro que vi um post de uma policial federal reclamando de viajantes mal educados que ficavam bravos quando ela tirava a capinha do passaporte. E eu já tinha lido reclamações de viajantes sobre a atitude das autoridades em retirar as tais capinhas. Perguntei pra ela e a resposta foi que eles precisam conferir alguns elementos de segurança e a capinha atrapalha. Mas bem, isso foi antes do passaporte com chip. E hoje em dia alguns aeroportos já têm um sistema em que o próprio viajante, ao sair do Brasil, faz a leitura do passaporte no scanner. Só alertando caso as autoridades retirem a capinha. Normalmente uso uma bolsa transparente com zip lock para guardar o passaporte, sem encapá-lo. Pode ser uma opção para deixá-lo mais protegido.
  10. LF Brasilia

    10 dias - Bolívia (talvez Peru)

    @Thales Henrique Teles : o pessoal com mais experiência vai poder ajudar. Mas, pelo que vi nos relatos, realmente é comum haver bloqueio de estradas e atraso nos ônibus. Você está programando sair em 14/12 à noite para Uyuni e chegar lá às 6 da manhã do dia 15. Agora imagine que você chegue com 3 ou 4 horas de atraso: vai conseguir fazer o tour? Eu diminuiria o número de cidades em troca de mais segurança. O pior que pode acontecer é você ficar uns dias com tempo "sobrando". Tenha um plano B nas cidades que for visitar (aquele passeio urbano que é legal, mas não imperdível). Assim você tem margem de segurança para atrasos nos deslocamentos e também para (esperamos que não!) algum dia meio perdido porque você não se sentiu bem com a comida e/ou altitude.
  11. LF Brasilia

    Destinos bons (e baratos) para Natal e Ano Novo

    @Mari.Higa , a partir de que cidade no Brasil você vai viajar? Isso é importante para definir os destinos "baratos"...
  12. LF Brasilia

    Porta de entrada para o Leste Europeu - Milão ou Frankfurt?

    ^^ Caramba, é mesmo! Nem tinha reparado que o "dia 1" é o dia da chegada! [Geralmente eu penso em "dia zero" para a chegada e diminuo mentalmente a duração da viagem]. Concordo totalmente com o @234234 . Uma boa noite de sono antes de pegar a estrada é fundamental.
  13. LF Brasilia

    Porta de entrada para o Leste Europeu - Milão ou Frankfurt?

    @mateusmartins : num mundo ideal em que sempre houvesse vaga nas pousadas/hotéis sem necessidade de reservar, seria perfeito se vocês pudessem simplesmente visitar as cidades e decidir na hora. Gostou muito do lugar? Acha que tem muita coisa pra fazer nele? Ou: "todo mundo meio cansado, vamos curtir uma tarde de preguiça?" É só ficar mais um dia. Porém, mesmo vocês não indo em alta temporada, melhor não arriscar e ter umas reservas na manga. Ainda mais indo de carro, que vão precisar de local com estacionamento. Realmente esse dia 13 ficou puxado. 287 + 181 km no mesmo dia, ainda mais com crianças... acho que vocês poderiam pernoitar em Keszthely mesmo e no dia seguinte sair descansados para Maribor/Liubliana. Algumas ideias para esses dois dias que "sobram": 1. Usar um dia para reduzir o ritmo dos dias 13 e 14 (transformando-os em dias 13/14/15) e o outro para Viena; 2. usar um dia para reduzir o ritmo dos dias 13/14 e o outro para pernoitar em Milão na volta (estrada e aeroporto no mesmo dia? A que horas é o voo?) 3. Usar um dia para Viena e o outro para pernoitar em Milão na volta. 4. Agora tem outra questão: tem algum destino que faça brilharem mais os olhos da sua esposa? [As crianças ainda são pequenas e vão na onda, hehe]. Nesse caso valeria a pena deixar mais tempo para esse destino. E, se não houver um destino preferencial, deixar mais tempo para uma cidade maior (por isso propus Viena, que ficou só com 1 dia líquido no seu roteiro). Viena tem muitas opções que permitem a vocês podem decidir novos passeios de última hora. Na hipótese improvável de não curtirem a cidade, tem Bratislava ali pertinho. Ah, e se sua esposa estiver entre os viajantes que delegam tudo? Da turma que diz "você monta o roteiro e eu só arrumo as malas"? Este ano viajei com meu irmão e foi assim. Mandei algumas ideias de roteiro e ele me deu carta branca. Só que, faltando alguns meses, vi que ele estava mais curioso/empolgado sobre algumas cidades específicas, fazia mais perguntas sobre elas... então aumentei o tempo para essas cidades. Como foi ainda com antecedência, não foi difícil reajustar a programação. Agora o que eu não faria: incluir uma nova cidade no roteiro. Acho que é só redistribuir o tempo entre elas para acomodar esses dois dias que "sobram" (entre aspas porque tem a questão do retorno, então talvez nem esteja tão folgado assim).
  14. LF Brasilia

    Porta de entrada para o Leste Europeu - Milão ou Frankfurt?

    @mateusmartins, algumas sugestões de bate-volta perto de Budapeste: - Gödöllő: tem um palácio onde a imperatriz Sissi passava umas temporadas; - Szentendre: é uma cidade pequena, bonitinha e com vários ateliês, galerias de arte e coisas do tipo. Mais longe, temos: - Esztergom: às margens do Danúbio na fronteira com a Eslováquia. A construção mais famosa é a basílica. A partir de Budapeste gasta-se 1 hora de carro. - Lago Balaton: tem 80km de extensão e é conhecido como o "mar" dos húngaros. Tem várias cidades em volta que você pode visitar, como Veszprém e Keszthely. - Hollókő: pequena vila construída por um dos povos que formaram a Hungria. Patrimônio cultural da Unesco. - Eger, Győr, Sopron: se você gosta de cidades medievais cênicas, considere a possibilidade de visitar uma delas. - Pécs: essa fica mais distante de Budapeste (de trem são 2h e 15 minutos, mais ou menos). A praça principal é bem agradável. Ruazinhas medievais, mesquita que virou igreja, centro cultural que era uma fábrica de porcelana... (no caso, a fábrica Zsolnay). Sou suspeita pra falar dessa cidade S2 - Szeged: também dá umas 2h e 15 minutos de trem. Tem uma beleza diferente de Pécs: é mais referente ao Império Austro-Húngaro, com praças imponentes e floridas. Sugiro que você pesquise essas cidades no TripAdvisor ("o que fazer em...") e veja o que pode ser interessante. Boa viagem!
×