Ir para conteúdo

LF Brasilia

Colaboradores
  • Total de itens

    727
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    7

Tudo que LF Brasilia postou

  1. @Raphael Jorge Dos Santos : eu recebi tudo em doc e achei que facilita preencher. Mas vi que tem umas pequenas diferenças no terceiro documento que você postou... de qualquer forma, você pode aproveitar o "ápság - modelo.doc", se achar mais fácil. Outra coisa: quando comecei o processo, os modelos de documentos eram diferentes. Mas é porque comi mosca e fiquei um tempo com a solicitação parada. No meu caso a cidadania foi adquirida diretamente e sem necessidade de entrevista (*). Na verdade, devo dizer que os húngaros partem do princípio de que, se seu pai ou mãe é húngaro, então voc
  2. @Raphael Jorge Dos Santos , o sono está batendo aqui (hehe), vi até que cometi uns errinhos na outra postagem. Sobre sua pergunta: "quando você soube qual tipo de procedimento seria usado contigo? " Tive essa resposta quando enviei e-mail à funcionária do consulado contando a história da minha família (é o que a gente acaba fazendo, hahaha!): é mais ou menos um jogo de perguntas e respostas. Se no e-mail original falei que minha mãe era húngara, na resposta ela perguntou em que ano ela tinha chegado ao Brasil/em que cidade a família tinha morado/etc. Em função dessas respostas q
  3. @Raphael Jorge Dos Santos , a última vez que postei neste tópico ainda não havia esse recurso das notificações e acabei sem voltar por aqui! A propósito... recebi o passaporte em dezembro/2016. Sobre esses documentos que você disponibilizou... - o primeiro segue este modelo aqui: Ápság - modelo.doc. Não detalhei todo o modelo porque ainda não tinha verificado se o seu era igual. - Não conhecia esse segundo documento. Está como uma declaração de paternidade. Talvez para filhos nascidos de união estável, ou talvez para substituir alguma certidão de casamento que não tenha sid
  4. @fecostta , seu roteiro cobre uma área geográfica muito grande e isso eleva os custos. Sugiro você considerar roteiros menores, assim: - Portugal + Espanha - Itália + Grécia - Berlim está bem fora de mão em relação aos outros destinos. Caso queira visitá-la, você pode fazer leste da Alemanha + República Tcheca e/ou oeste da Polônia. Para decidir quais cortar, depende muito dos seus interesses. Pense nos motivos que levaram você a colocar esses destinos no seu radar: relatos de amigos que foram? Praias? Baladas? História?
  5. @WanderMartins : nesse hostel onde fiquei em Medellín, peguei quarto individual e não me preocupei com isso. O local não tem uma recepção (e por isso não sei como ficaria essa questão de guardar as mochilas). A entrada no prédio é controlada pela digital (as máquinas nunca leem minhas digitais direito, mas nesse local não tive problemas) e tem também o controle de acesso ao andar e ao quarto, que é por fechadura com código numérico. O proprietário é dono do bar que fica no térreo, além de morar perto. Vi uns lockers no corredor, mas não lembro se tinha cadeado. Como o local estava meio va
  6. @ricardo.barros , esse voo é para a segunda quinzena de julho e já venho acompanhando os preços há tempos. Existe uma expectativa de que as empresas mudem a malha para lá (houve algumas mudanças recentes, com cortes de voos diretos) e por isso acho que agora não é um bom momento para comprar. Fiz a viagem inversa agora no carnaval e saiu por R$1200 (sem despacho de bagagem, assento conforto nem nada disso), e comprando com uns 3 ou 4 meses de antecedência. Voos entre Brasília e Porto Velho sempre são caros. Praticamente impossível sair por menos de 1000 reais. Interessante que eu co
  7. @Vivian Lima , em que região do Brasil você mora? Aqui em Brasília foram registrados casos autóctones, inclusive com morte. Este ano já houve registro: http://radios.ebc.com.br/reporter-nacional-brasilia/2018/02/df-tem-o-primeiro-caso-confirmado-de-febre-amarela-em-2018 Concordo com a Nani84: Serra Gaúcha e praias do Nordeste podem ser boas opções. É importante também pesquisar sobre dengue, zika e chikungunya. Dei um google para ver se os casos estão concentrados em alguma região e parece que o número de casos diminuiu, mas se espalhou...
  8. @Cah Fortunato : algumas dessas cidades são relativamente próximas entre si e a viagem por terra é viável. Ex: Paris e Londres, Berlim e Praga... Mas você tem alguns trechos muito longos que teriam que ser feitos de avião, considerando o tempo disponível. É o caso de Amsterdam - Berlim, por exemplo. Dicas: - utilize o Rome2Rio para simular os deslocamentos. Exemplo: https://www.rome2rio.com/pt/map/Amsterdam-Centraal/Berlim - Ao planejar deslocamentos, considere aquele dia como perdido para efeitos de passeio. Ou melhor: o que você conseguir passear nesses dias, é lucro.
  9. Hoje estava pesquisando pelo Kayak e encontrei uma tal de "companhia secreta": O que pode ser isso? Talvez justamente uma tentativa de forçar o internauta a comprar pelo Kayak? Está parecendo. E nem achei o preço essa coca-cola toda, não...
  10. @mikecerqueira : essas situações em Ulan Bator em que você precisou dar uma corridinha ou entrar em lojas... você chegou a ser seguido? Ou só se sentiu vulnerável (de repente, por estar andando em algum lugar com uma vibe "estranha")? Eu já tinha lido alguma coisa sobre batedores de carteira, mas nada sobre abordagem direta por parte dos amigos do alheio. Parabéns pela viagem, pelo relato e pelas fotos!
  11. @CelinePastore : VTM é a sigla para "Visa Travel Money". É um cartão magnético, parecido com esses de banco (e pode ser adquirido em bancos ou em casas de câmbio) que você carrega previamente com uma quantia de euros, dólares, etc. Ou seja: um cartão pré-pago. Esse cartão pode ser usado para operações de compra ou saque e só é válido para uso no exterior (ou para compras em sites no exterior, alguns disseram aqui). Uma vantagem é a segurança. Em caso de roubo ou furto, você pode pedir o bloqueio do cartão. Uma desvantagem é que há alguns anos passou a ser cobrado IOF de 6,38% pa
  12. Pois é, F M... nunca usei essa função débito no exterior. Uma desvantagem do VTM é que existem tarifas fixas só para se fazer o cartão, além desses outros custos já citados. Vou ver mais detalhes na agência quando renovar o cartão e qualquer coisa eu posto aqui.
  13. ^^ Chocada! Tenho um VTM com saldo de viagem anterior (também vinha fazendo isso de guardar dinheiro no VTM para uma próxima viagem) e, da última vez que tirei o extrato, ainda não havia nenhuma taxa desse tipo. Pelo que você diz, é uma coisa recente. Ele vence daqui a poucas semanas e tenho que fazer um novo de qualquer forma, transferindo o saldo do cartão antigo para o novo. Eu ia aproveitar para fazer uma recarga, mas agora já desanimei. Aliás, da última vez que estive no banco para colocar créditos, o funcionário disse que ia me convencer a não fazer isso (falou do
  14. @Flavia Mattos , veja sobre a Ormeño: https://www.mochileiros.com/topic/47518-onde-comprar-passagens-da-ormeno-no-brasil/ Aqui tem o relato de um forista que viajou de ônibus usando várias empresas: https://www.mochileiros.com/topic/40843-são-paulo-x-cusco-expresso-ormeño/?tab=comments#comment-663401
  15. @Silnei : esse usuário de nome impronunciável não vai ter ele mesmo problemas com o fórum? Por exemplo: se ele apresentar uma dúvida e algum forista responder com citação, a resposta ficará presa. O que você aconselha para usuários com esses usernames? Deve trocar? Pode trocar?
  16. Concordo com a Adriana: se você está com o destino A na cabeça e vai ao destino B... por mais legal que seja B, periga você ficar lá alimentando a frustração por não estar em A. E aí não vai conseguir curtir. Como disse o 834654, as passagens para Nova York são mais baratas. Porém, lembre-se de que para ir aos Estados Unidos você vai precisar de visto. Caso não o tenha, precisa considerar também esse custo.
  17. Testando a postagem... E sobre o tema do tópico, assino embaixo do que a @samanthavasques escreveu.
  18. ^^ Fui lá e tive acesso à postagem. Abri o mesmo tópico sem estar logada e também tive acesso. Acho que vamos precisar do apoio técnico do Silnei...
  19. Não conhecia! Vou lá no thread conferir se tenho acesso ao conteúdo desse post.
  20. Para mim isso é novidade, @Dan Wollker ... será alguma nova funcionalidade do site? [curiosa] Ah, e sobre a lentidão... hoje apareceu esse problema de novo (inclusive episódios de erro de servidor), usando a rede do trabalho (o que é novidade para mim até agora).
  21. @Alexandre Bucsky , veja: https://www.mochileiros.com/topic/62344-saí-da-europa-pela-espanha-ilegal-e-o-agente-da-imigração-disse-que-eu-ficaria-6-meses-sem-poder-entrar-na-europa/?tab=comments#comment-665403 https://www.mochileiros.com/topic/20558-europa-acordo-schengen-entrando-e-saindo-varias-vezes-como-funciona/?page=3&tab=comments#comment-676773 Se você tivesse postado há uns dias, eu teria sugerido você pegar o primeiro ônibus para a Sérvia. Mas, mesmo que você faça isso hoje, já terá ultrapassado 2 dias. A questão com a imigração na Suécia nem é se eles implicam
  22. @ramonfdantas : Não conheço Cesky Krumlov... geralmente vejo o pessoal relatar passeios bate-volta. Como você vai numa época de tempo imprevisível, a vantagem de ficar mais tempo é que aumenta a probabilidade de pegar tempo bom em algum dia. Mas seria mais uma hospedagem para você se preocupar. Duas dicas que o @365843 sempre dá e eu concordo! - o melhor bate-volta é aquele que você decide na hora se vai fazer; - em época de meteorologia desfavorável, é melhor priorizar cidades médias/grandes que tenham muitas opções de passeios em lugares fechados. Não sei se na
  23. Também quero saber! Assim como a Ise, não sou adepta do cartão. E, sempre que passei num banco para fazer VTM, me disseram isso: onde o cartão de crédito é aceito, o VTM também é. Mas uma vez fui pagar a inscrição de um curso enviando por e-mail os dados de um VTM e a responsável pela tesouraria disse que não conseguiu efetuar a operação. No fim acabei pagando por transferência bancária, com todas as taxas que isso traz de brinde.
  24. @ramonfdantas : ficou um esquema corrido, pois a cada dia inteiro passado num lugar vocês vão ter um com deslocamentos. Se vocês gostam dessa adrenalina e se correm o risco de se sentirem frustrados caso diminuam o número de cidades ("ah, daria tempo de ter ido à cidade tal"), esse seria sim um plano possível de ser executado. "Possível" num ritmo maratônico que eu e o 365843 particularmente não temos recomendado... mas, no final, viajar é um exercício de autoconhecimento. Tudo depende da expectativa de vocês em relação à viagem e aos lugares que pretendem visitar, e do ritmo de viagem qu
  25. Uma coisa que notei ontem à noite e agora de manhã: está demorando mais para carregar as páginas. Estou acessando pelo PC. Pode ser culpa da minha internet, mas o estranho é que não notei o mesmo problema em outros sites.
×
×
  • Criar Novo...