Ir para conteúdo

miguel.sulis

Membros
  • Total de itens

    44
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

22 Excelente

Sobre miguel.sulis

  • Data de Nascimento 22-09-1975

Últimos Visitantes

766 visualizações
  1. há quase 10 anos que só viajo (geralmente por 30 dias) com minha mochila de 30L...
  2. por ter minhas férias nessa época fui no final de maio e fiquei até início de julho esperando um dilúvio. nada disso ocorreu. achei inclusive as chuvas de verão em florianópolis muito mais intensas e demoradas. enfim. começamos por bangkok e subimos lentamente de trem e ônibus, passando por ayutthaya, lop buri, sukhothai, kamphaeng phet, si satchanalai, chiang mai até chegar em chiang rai. de lá fomos para o laos, passando por luang namtha e luang prabang, em seguida uma parada de alguns dias em siem reap no cambodia e então myanmar. começamos por yangon, passando por bago, bagan, e termina
  3. sem 00 e sem +, só codigo do país e número. veio em seguida, questão de segundos, meu amigo teve que apertar reenviar algumas vezes.
  4. que eu saiba não é possível e o conflito continua. visitas somente no lado sul e isla de la luna, às vezes também essas podem ser fechadas para visitação.
  5. estava quase optando comprar passagens com 3os, mas resolvi tentar o cadastro na indian rail. fiz agora em fevereiro e deu tudo certo. veio uma otp por email, e outra no meu celular do brasil. com as duas otps ativei a conta e posso reservar até 6 trechos por mês (independente do nr de passageiros). achei todo o processo bem eficiente e indolor. usei sites como trainman e indiarailinfo para me familiarizar com os trechos, estações e escolher os trens mais rápidos e com menos atrasos para depois comprar no site oficial. tem ainda um serviço de comidas, dependendo de cada trecho vc escolhe a est
  6. @Paula Zurita não saberia te dizer pq não usei agências e fiz todos os passeios por conta, usando transportes locais. chinchero e moray foram os únicos sítios do boleto turístico que não fomos. mas se é o dia anterior a MP e vc quer sair de trem de ollantaytambo, não seria melhor terminar o dia lá?
  7. em teoria pode ser possível, na prática eu não faria. a trilha pra descer de machu picchu dá de 40 minutos a 1 hora (degraus) e a trilha até a hidro 2 a 2 horas e meia. se houver neblina de manhã imagino que vc vai querer esperar até o tempo abrir, senão não iria ver nada. pensávamos em subir bem cedo, mas como havia neblina muito forte, fomos depois das 9. dava uma pena de ver o pessoal que madrugou e subiu cedinho pq tinha horário a cumprir, descendo na hora em que chegamos, não dava de ver nada ainda, o tempo só começou a abrir mesmo por volta do meio dia, ficamos até às 16 noras e somen
  8. gostei muito de tiwanaku, copacabana e puno. boa viagem
  9. quando estive em junho passado era mais barato voltar a uyuni do que seguir a san pedro.
  10. tens 2 opções, seguir para são pedro de atacama -> calama -> iquique -> arica e Tacna no litoral sul do Peru. de tacna podes seguir a arequipa ou puno e daí a cusco. ou retornar a uyuni e seguir a la paz e puno ou cusco no peru. essa opção acho que é mais rápida e barata.
  11. fomos por conta própria ha alguns anos e foi bem tranquilo de se movimentar e decidir e fazer os passeios na hora. em manaus, além da cidade, mercado, museus e teatro, o passeio longo no rio achei que valeu muito a pena. ônibus de linha para presidente figueiredo são constantes, pegamos um cedinho de manhã, chegando procuramos uma pousada e ficamos alguns dias por lá. em presidente figueiredo o centro de atenção ao turista te põe em contato com guias da região para as trilhas de cachoeiras e cavernas, que são um pouco mais distantes da cidade. se estiver sem carro (como era nosso caso) te ch
  12. a última vez que fui, em junho do ano passado, saímos às 6 da manhã de águas calientes, e pelas 8:30 estávamos na hidrelétrica. a trilha de volta é bem mais tranquila que na ida. todo mundo comenta que o percurso é plano, mas não, é uma suave subida desde a hidrelétrica até águas calientes pelo vale do rio urubamba, vc não nota muito no começo, mas pesa. a volta, pelo contrário, é descendo, então pelo menos para nós, não foi nada cansativa. enfim, chegando na hidrelétrica, só havia uma van que estava vazia esperando passageiros, mas em pouco tempo chegou mais um taxi, e logo em seguida outro,
  13. a primeira vez que fui a Uyuni, fiz o tour de 1 dia e achei que valeu muito a pena. estávamos com uma criança de 6 anos e o tour de 3 dias me pareceu demasiado. como já comentaram nesse dia vc conhece basicamente o salar, o que para mim não foi pouca coisa. alguns anos depois voltei e fiz o tour de 3 dias, o primeiro dia é praticamente igual, nos outros 2 dias vc sai do salar e vai às lagunas altiplânicas, até a fronteira com o chile e uma longa volta à uyuni no 3o dia...
  14. desculpe insistir, há um alerta laranja da defesa civil para estar atento a risco de alagamentos/inundações, deslizamentos de terra e mar agitado, recomendo seguir os boletins da defesa civil de santa catarina para acessar os riscos...
  15. a cidade está em alerta laranja por acumulado de chuva, há previsão de sol só dia 18, mas acho que as condições da trilha devem estar péssimas...
×
×
  • Criar Novo...