Ir para conteúdo

MARCELO.RV

Membros
  • Total de itens

    176
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    3

MARCELO.RV venceu a última vez em Fevereiro 18 2019

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

70 Excelente

3 Seguidores

Últimos Visitantes

1.261 visualizações
  1. Em Entre Rios continua tensa a coisa, no ano passado paguei R$100,00 de propina perto de Chajarí, eu e uma família que estava nos acompanhando, nos pediram o colete reflexivo que não tínhamos, sei que no Chile é obrigatória, mas na Argentina acho que não é, pelo menos não consta este item no documento que tenho. Para evitar problemas pagamos e seguimos viagem.
  2. Parabéns pelo relato e viagem, meu destino no próximo ano se Deus quiser.
  3. Bela viagem!!! Belas fotos!!! Me diga uma coisa, como está o trecho perto de Monte Quemado vindo de Salta na província de Santiago Del Estero? No próximo ano pretendo passar por lá novamente e pelo jeito a coisa lá piorou bastante, só buracos. Abrs.
  4. O documento do carro estando no seu nome não precisa de autorização, isto em caso de financiamento. Apenas em caso leasing que o carro está em nome da financeira. Quanto ao processo burocrático se for leasing não sei te informar.
  5. @leandromelo, te passando aqui algumas informações pois fiz o trecho do Atacama a Santiago e voltei por Buenos Aires, como toda informação é válida vamos ver se te ajudo e outros viajantes podem complementar minhas informações. Em relação ao ar condicionado até dá pra ir, mas se pegar a região do Chaco com temperaturas elevadas acho que desgasta bastante, pois realmente é muito quente, o ar ajuda muito. Depois do Atacama até Santiago pegamos tb temperaturas elevadas depois de Antofagasta até praticamente Santiago. Se o calor não te incomodar então tranquilo, em relação ao carro tb tranquilo, uma boa revisão e vai sem problemas. Quanto ao valor, imagino que vc deva rodar aproximadamente 8000km se voltar por Buenos Aires, acredito que deva gastar aproximadamente 2000,00 de combustível ou um pouco mais, a gasolina no Chile está na casa dos 5,00, neste caso sobraria 3000,00 ou menos para as outras despesas e possíveis imprevistos. Se for para Buenos Aires tem que avaliar se vai embarcar o carro e colocar na conta tb, a travessia para o carro e 2 passageiros deve estar aproximadamente 800,00, a outra opção seria voltar por Uruguaiana ou Fray Bentos e atravessar o Uruguai, a gasolina por lá está na casa dos 7,00, como o Uruguai é pequeno acho que gastaria pouco com gasolina por lá. Tem muita opção de Hostels e campings pelo caminho e com boas estruturas, mas eu consideraria um valor maior apenas por segurança. Apenas algumas informações considerando a rota que eu fiz. Boa sorte no planejamento, com certeza vai dar certo e não vai se arrepender.
  6. Minha rota para o Peru inclui tb alguns dias no Atacama novamente, o lugar é fantástico. Penso tb na Bolívia, mas não queria ir de carro, penso numas férias futuras pegar um voo e alugar um 4X4 para rodar por lá uns 15 dias, um Suzuki Jimny atenderia perfeitamente. Quanto ao Cruze é turbo sim 1.4, em relação a gasolina chilena só abasteci o suficiente para rodar por lá, estava bem cara, não cheguei a completar o tanque em nenhum momento, então fiquei meio sem referência. Na média da quilometragem total ele deu 14.4km/l, mas em alguns trechos inclusive bem longos ele chegou a fazer 16km/l, achei muito bom considerando ar condicionado a maior parte do tempo e carro relativamente carregado, apesar de 3 passageiros tínhamos muita bagagem, como referência, no Cruze anterior 1.8 aspirado quando fui para o Atacama a média total foi de 12.8km/l, que também pelo motor não foi mal.
  7. Obrigado @hlirajunior, exatamente o Peru. Tenho uma rota muita parecida com a que vc fez, tudo dando certo talvez precise de seus grande conhecimentos e trocaremos informações. Mas é para o final do próximo ano. Como o tempo não dá trégua vai chegar rápido. Dando uma geral nos meus e-mails hoje na minha caixa ainda tem aqueles que trocamos em meados de 2015, quando no final daquele ano seguimos quase juntos para o Atacama, de lá vc seguiu para o Peru, lá se vão quase 4 anos, e parece que foi ontem.😨
  8. 28º dia 18/01 – Porto Alegre X Balneário Camboriú – 520km – Depois de praticamente 6 dias de tocada resolvemos curtir e descansar um pouco em Balneário Camboriú, 1 dia e meio de descanso merecidos. Chegamos em Balneário por volta das 13:hs então deu para aproveitar bem o resto do dia. 29º dia 19/01 – Balneário Camboriú – Dia de descanso e curtir uma praia. 30º dia 20/01 – Balneário Camboriú X Cambuí - MG – 770km – Dia de estrada, apenas dormimos em Cambuí porque para tocar direto seriam 1200km, aí é pesado. 31º dia 21/01 – Cambuí X Conselheiro Lafaiete - 438km – Enfim chegamos em casa, aí vem aquele sentimento fantástico de felicidade e satisfação que não tem como explicar, passa um filme em sua cabeça dos locais maravilhosos que visitamos, das estradas que rodamos, das conversas com outros viajantes, enfim simplesmente de tudo que vivemos nestes praticamente 31 dias. Como viajo com a família procuro fazer um longo planejamento, reservo hotéis antecipadamente sempre que posso, verifico as condições das estradas, documentos, os locais que vamos visitar, troco informações com outros viajantes através de sites de viagens, facebook, youtube, pesquisas pelo Google Maps, e tudo mais, tento minimizar ao máximo qualquer problema que possa ocorrer ao longo de uma jornada como esta. Apesar de alguns apertos que fazem parte, no final deu tudo certo. Para os que pensam em pegar o carro, tem vontade, mas têm receio de viajar pela América do Sul aqui vai meu incentivo, não pensei duas vezes, façam um planejamento, uma boa revisão e caiam na estrada, não vão se arrepender. Sempre tenho na mente que viagem de carro você está por sua conta e risco, apesar de tentarmos minimizar os problemas eles podem acontecer como aconteceu comigo, mas que na verdade foi até tranquilo de resolver. Mas como disse no relato, temos que ter calma e serenidade para tentar uma solução da melhor forma possível, desespero não vai ajudar em nada. A Patagônia é linda e deixou saudades, e com certeza, disso eu não tenho dúvidas, voltaremos um dia(a menos que aconteça imprevistos),tem muita coisa para ver ainda e vamos voltar para ver. Deixo aqui um agradecimento a todos do mochileiros que de alguma forma me forneceram alguma informação, e espero que as informações do relato possam ajudar futuros viajantes. Grande abraço.
×
×
  • Criar Novo...