Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

larissachilanti

Membros
  • Total de itens

    64
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre larissachilanti

  • Data de Nascimento 15-08-1990

Outras informações

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. As regras do Parque mudaram na última temporada. Fomos em novembro do ano passado e era preciso reservar todos os campings, inclusive os pagos. Soubemos de pessas que foram sem reserva, mas passaram apuros e quase foram expulsas e outra que voltou para Puerto Natales para fazer as reservas. Abraços!
  2. Nesse caso fiz uma viagem longa e não levei o computador. Tive que salvar no cartão, pois não conseguiria registrar todas as trilhas. Acho que não tem muito jeito mesmo
  3. Fala, galera. Tenho um Garmin gpsmap 60csx e utilizo o Mapsource para importar os tracks e disponibilizar depois no Wikiloc. Quando a memória do aparelho está cheia, tenho que salvar as trilhas no cartão e apagar o registro para continuar gravando quando estou viajando. Nesses trajetos, a informação do tempo de duração da trilha se perde, mas na rota ativa não. Vocês sabem dizer se tem algum outro programa que mantenha esse registro de tempo ou a informação se perde quando eu salvo a trilha no aparelho? Google Earth ou Trackmaker resolvem? Desculpem minha ignorância, nunca usei esses programas. Valeu!
  4. Como disse, o câmbio em Ushuaia estava um pouco melhor que B.A. quando fui há 3 semanas. Conseguimos trocar real por uns R$0,20 a mais e o dólar USD 0,10 a mais também. Me surpreendi com a boa cotação em Ushuaia. Onde conseguiu fazer a troca em Ushuaia ? No Hotel Antartida (C. Rivadavia 172).
  5. Como disse, o câmbio em Ushuaia estava um pouco melhor que B.A. quando fui há 3 semanas. Conseguimos trocar real por uns R$0,20 a mais e o dólar USD 0,10 a mais também. Me surpreendi com a boa cotação em Ushuaia.
  6. Eu que agradeço, Marcos. Acho que depende do nível de trekking que as pessoas estão acostumadas a fazer. Eu confesso que não achei difícil, mas bastante cansativa. Fiquei com as pernas bambas no fim do dia. Mas praticamente todos são capazes de fazer essa trilha, é só estar disposto. Talvez hoje eu achasse moleza, depois de uns 200km de trilhas na Patagônia rsrs. Não deixe de fazer, vale a pena demias! Abraços!
  7. Os três juntos estão excelentes! Só não esqueça da calça também. Eu fui em março e vi o amanhecer no Salar de Uyuni, então estava bem frio de madrugada. Calça segunda pele também pode ser bem importante. Abraços!
  8. Por trilha Cachoeira da Fumaça, Cachoeira do Buracão e Fumacinha. Sem trilha tem a Pratinha, Poço Azul e Poço Encantado. Todos imperdíveis! Publiquei um relato da Chapada. Abraços!
  9. Comprei um cartucho em Ushuaia que renderia a viagem toda (3 semanas), mas eu não sabia. Meu fogareiro era muito econômico e com liofoods não precisava usar por muito tempo. Acabei pegando mais um cartucho no Grey, as pessoas vão se livrando de algumas coisas pelo caminho. Esse estava com pouco, mas só acabou em Chaltén. No Chile é mais barato que na Argentina. Tem que pesquisar nas lojas de camping por lá.
  10. Sim, eu sempre me arrependo de não levar mais real. Não custa nada rs
  11. Só compramos coisas para o café da manhã no mercado Unimarc de Punta Arenas. Levamos toda a comida liofilizada aqui do Brasil, vale muito mais a pena para reduzir o peso e acaba saindo barato. Em Puerto Natales tem Unimarc também, preço normal. Abraços! Valeu, acho que pra quem faz o circuito O a comida liofilizada é meio q 'obrigatorio' né, agora o W acho q n precisa tanto ja q vão ser 4 dias só, penso em comprar por lá mesmo, até pq do brasil até la vou passar por muitos lugares ainda. Tem dicas do que comprar la no mercado pra levar? Eu passei por Ushuaia antes com toda a comida liofilizada na mochila. Achei melhor. Mas para 4 dias é mais tranquilo mesmo. Cara, no Chile tem uma geléia em saquinho que eu achei sensacional. Era geléia e polenguinho (levei daqui) no pão. Também tem uns doces de fruta em barra tipo goiabada. É bom levar bastante doce para as caminhadas. Como não levamos muito, fomos racionando, emagrecendo e ficando sem energia kkkkk. Para refeição eu não sei. Sou vegetariana e em Chaltén levei massa, sopa, grão em lata (muito pesado pela água) e ovo cozido (pode cozinhar e levar com casca - dura uns 3 dias). Salame é bom tmb que não estraga. Sobre a fiscalização, acho que depende do camping e sorte também. No "O" achei o pessoal mais relaxado quanto a isso. A partir do Grey não sei, mas os campings da Fantástico Sur são muito mais chatos. Ninguém gosta do atendimento por lá.
  12. Se não me engano estava 193 (real) e 645 (CORRIGINDO 665) (dólar) em Punta Arenas. Tem duas casas de câmbio na Av. Crstobal Colón, na esquina com a Hernando de Magallanes. Olhe a cotação antes, pois as cotações estavam bem diferentes. Ali perto tem um Unimarc e o terminal da Bus-Sur. Abraços!
  13. Só compramos coisas para o café da manhã no mercado Unimarc de Punta Arenas. Levamos toda a comida liofilizada aqui do Brasil, vale muito mais a pena para reduzir o peso e acaba saindo barato. Em Puerto Natales tem Unimarc também, preço normal. Abraços!
  14. É essa trilha mesmo que estava pensando. Sobre o ônibus, eles saem primeiro da Administração, perto da Porteria Serrano (onde vc vai finalizar o roteiro), seguem para Pudendo/Pehoe e depois Laguna Amarga. Tem os horários aqui: http://www.parquetorresdelpaine.cl/es/buses-regulares. Você pode comprar a passagem de volta com data aberta, junta com a ida. O sistema de acampamento está bem chato mesmo. Estão exigindo as reservas. Conheci uma pessoa que foi sem reserva e teve que voltar a Puerto Natales para reservar na Vértice. Outra foi com reserva só no Serón e Dickson e conseguiu desenrolar os outros na hora, mas passou aperto no Campamento Torres Central, quase ficou sem ir na base das torres por isso. Vi outra pessoa que teve que pagar em dobro por que não tinha reserva. Enfim, chatice, mas vale a pena. E para não passar por essas situações agora tem que planejar com alguma antecedência. Eu resolvi fazer o "O" menos de 2 semanas antes e consegui reservar. Só não tinha no dia que queria no Campamento Paso, acabei fazendo uma loucura para encaixar esse acampamento. Juntei duas trilhas e fui em um dia do Dickson ao Paso, 10 horas de caminhada com desnível de 1.000 metros. Tudo isso para conseguir a reserva no acampamento gratuito rsrs...mas no final deu tudo certo. Abraços!
  15. Olá, o Fitz Roy está nos roteiros como Laguna de Los Tres, pois é o nome da Laguna que fica na base da montanha. Praticamente todos que vão para Chaltén vão para a Laguna. A subida desde o Acampamento Poincenot é um pouco difícil, com desnível acentuado, mas nada impossível.
×
×
  • Criar Novo...