Ir para conteúdo

Wagner.Ricarth

Membros
  • Total de itens

    2
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Wagner.Ricarth

  • Data de Nascimento 28-03-1978

Conquistas de Wagner.Ricarth

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Olá pessoal, eu e minha esposa estaremos viajando nesse final de semana para comemorar 10 anos de casados. É a primeira vez que vamos a Europa. Também coloquei vários comentários interessantes que foram coletados pela internet, inclusive no Mochileiros.com... é uma verdadeira "colcha de retalhos" de informações (eh eh). Não é o cronograma final, pois tem muitos lugares descritos que não iremos visitar devido ao tempo, mas compartilho com vocês (em detalhes), para que possam colaborar, sugerir ou consultar. DIA 1 28/06/2015 Domingo Saída de Guarulhos DIA 2 29/06/2015 Segunda-Feira Paris Perguntas importantes para quem não sabe Francês: Combien ça cout: qto custa? Ou est sil vout plaît?: onde fica por favor? Excuse moi. He ne parle pas frances, je suis brésilien. Vous parle anglais? Vous pouvez me aidé sil vout play?: o sr (a) pode me ajudar. Je voundre alle a l' airport...lê hotel: eu quero ir... Je besoin ....eu quero Bonjour (bom dia), S´il vous plaît (por favor), merci (obrigado) e Au revoir (até logo). + 5 horas em relação a São Paulo Aeroporto fica 34 Km do centro Comprar o bilhete Paris Visite (área 1-3) para 5 dias, preço 34,70 €. Pode obter desconto em locais como Arco do Triunfo, Museu das Armas, Disneyland e Bateaux Parisiens. Vale para ônibus, metrô, RER, orlyval, tramway, funicular Montmartre, Montmartrobus, transilien suburbano SNCF, Noctilien (ônibus noturnos) e ônibus da rede Optile, de acordo com a abrangência das zonas escolhidas na compra do passe. Restante do Dia Disponível - A noite, poderemos ir na Avenida Champs-Elysees Cuidados com as filas Guardar o ticket impresso do Metro RER B (10 € - Integração Grátis Metrô): Tem muitas escadas no caminho. Do aeroporto, você poderá ter que pegar o CDGVAL para chegar à estação de trem. Normalmente os comboios para Paris saem das plataformas 11 e 12. Procure as indicações “Aéroport Charles de Gaulle 2”, “RER B” ou “All trains go to Paris”. Este trem local chega à Gare du Nord (Hotel: Linha 4-Lilás, passa 14 estações e pega linha 2-Verde e passa 6 estações), em apenas 30 minutos. Passa também na Estação Denfert-Rochereau (Hotel: 6-Verde Claro e passa 4 estações, pega a 12-Verde e passa 4 estações). Dica: para fazer o trajeto rápido, pegue os trens que dizem “Direct”. Do contrário, você vai parar em todas as estações até o aeroporto, levando mais tempo. Os ônibus da Air France (19 €) a cada 20 minutos para Estações Porte Maillot (Hotel: 19 estações-duas linhas) e Gare Montparnasse (Hotel: mesma linha 12-verde de Metro, 6 estações). Pode consultar a Air France se não dá passagem gratuíta para clientes. O ônibus Roissybus (11 €), ônibus utilitário, sem luxos, sai também do terminal 2E (onde vamos chegar), com amplo espaço para bagagem no corredor, chega a Estação Opera Garnier (Hotel: mesma linha 12-Verde, 14 estações) a cada 15 minutos. Ônibus RATP (6 €) n° 351 vai até a Praça Nation (Hotel: mesma linha 12-Verde, 13 estações). A passagem pode ser comprada a bordo, tempo de viagem em torno de 1 hora. Easy Bus Paris (3 €). Comprar apenas pela Internet. Sai do terminal 2 e vai em frente ao Museu do Louvre Hospedagem: Terminus Vaugirard Endereço: 403 Rue de Vaugirard, 15o arr., 75015 Paris, França Telefone: +33148281872 Check-In: 14:00 Check-Out: 12:00 Noite: Torre Eiffel DIA 3 30/06/2015 Terça-Feira Paris 12 a 25 € por refeição O café custa de 1,20 a 2,50 € Passeio de Ônibus Turístico: 32 € Trocadero Gardens: Para ter uma bela vista da Torre Eiffel vá até o Trocadero, localizado em frente à torre, na margem oposta do Sena. Jardins du Trocadéro. Acesso metrô: Estação Trocadéro Torre Eifel (15,00 € por pessoa até o topo). Tour eiffel, tem a opção de subir a pé ou de elevador, as duas formas são pagas Campo de Marte. Uma das maiores áreas verdes em Paris. Escola Militar de Paris. Um vasto complexo de instalações de treinamento militar. Museu dos Inválidos: onde está a tumba do Napoleão, Compre ingressos casados para o DOMO e MUSEU DAS ARMAS. Destaque merecido para a Segunda Guerra, Liberation Museum (Musee de la Liberation). Fica na colina, agradável para conhecer a história da Normandia. Vale muito a pena ir ver como foi a guerra, assistir ao filme que mostra de forma compacta tudo que a França passou e o sua rápida reconstrução. Vale a subida para as vistas, bem como o museu. Musée Rodin. Visite ao menos os jardins. Super agradavel, principalmente num dia de sol e o ingresso para os jardins e baratinho. Fica pertinho dos invalides. É um museu pequeno, mas muito bonito. Ponte Alexandre III. É considerada uma das pontes mais ornamentadas e extravagantes de Paris Grand Palais. É um edifício singular da cidade de Paris Place de l'Alma. Ponte de l'Alma é uma ponte parisiense que cruza o Rio Sena, é famosa por ser cenário da morte da Princesa Diana em 31 de agosto de 1997. Chama da Liberdade: Local do acidente com a Princesa Diana Paris Museum of Modern Art. Vale o passeio (gratuito). O museu de arte moderna de Paris reúne uma série interessante de coleções modernas e contemporâneas. Vale o passeio por sair um pouco da arte clássica dos outros museus da cidade. As exposições permanentes são gratuitas. DIA 4 01/07/2015 Quarta-Feira Paris Arco do Triunfo (9,50 € por pessoa). Procurar ir final da tarde, devido a fila. a noite uma roda gigante ao fundo toda iluminada. Av. des Champs-Élysées: Sugiro subi-la pelo lado esquerdo, aproveitando bem suas diversas atrações (cinemas, lojas, cafés...). 122 Av. des Champs-Élysées (onde morou Santos Dumont) Ladurée Champs Elysées (Casa super tradicional, onde os Macarons são o carro chefe) - Costuma ter fila grande Palais Garnier - Opéra Garnier (10 €) Galeries Lafayette Haussmann (próxima da Ópera Garnier, traz produtos para toda a família) Place Marcel Aymé (Praça que há a escultura ao personagem mais conhecido do escritor, que morava na rua. A escultura "Le Passe Muraille" ou "o homem que atravessava muros"). Montmartre (um bairro boêmio da cidade de Paris, na França. Com seus restaurantes, pubs, confeitarias, artistas.) Place du Tertre (A praça é pequena, em seu contorno existem restaurantes , pintores fazendo caricaturas e vendendo quadros. Tem muitos outros objetos de artes sendo vendidos e muitos lugares para descansar e lanchar) Basílica de Sacré Cœur (Linda a vista, Muito cuidado com uns sujeitos que ficam na escadaria para querer te "dar" a pulserinha! Saia e não dê atenção, são malandros, passe reto e não deixe que eles te peguem! Linda no alto da colina parisiense. Tem duas possibilidades para subir até a Igreja: de bondinho (funiculaire, em francês) ou as escadas) Funiculaire - Gare Basse (Não deixe de subir pelo funiculaire, conhecer a Sacre Coeur e depois andar pela pracinha e ruas do montmartre apreciando os artistas e degustando um crepe.Ótimo programa para o meio da tarde.) DIA 5 02/07/2015 Quinta-Feira Paris Madeleine [dispensável] (Situada no oitavo distrito de Paris, bairro dos negócios e da gastronomia, a Madeleine é um ponto chave da vida parisiense.) Place le la concorde: Local onde eram executados os condenados à guilhotina. Tuileries Garden (Deslumbrante. Realmente é um lugar fantástico, muito arborizado, amplo e belo jardim cheio de esculturas. Resolvemos parar e comer as famosos baguetes sentadas em um banco e vendo o movimento dos turistas.) Museu de Orsay (45 €) Espetáculo imperdível. Indescritível!!! Obras de Monet, Van gogh, Renoir e muitos outros gênios. Le Palais Royal (O Palais Royal é um palácio e jardim. Seu famoso pátio (cour d'honneur) é delimitado por colunas.) Louvre Museum: Museu do Louvre (a noite é lindo) - Tem Monalisa - Chegar cedo devido a fila. Museu do Louvre - Mas nem no Louvre não foi tanta coisa, porque entramos por trás, pela Rue de Rivoli (Carrossel du Louvre) e pegamos uma fila menor de raio X. (15,00 € por pessoa). Museu é gigante e é praticamente impossível ver tudo, escolha no mapa o que ker ver e siga a busca. Museu Louvre: Visitar neste dia (01-quarta) as 17h30min, devido estar aberto a noite. Acho uma noite o necessário. Pontos que não podem deixar de ser visitados: PIRÂMIDE INVERTIDA, MONALISA, VÊNUS DE MILO, VITÓRIA DE SAMOTRÁCIA, CÓDIGO DE HAMURÁBI, OS FOSSOS MEDIEVAIS e AS ANTIGUIDADES EGÍPCIAS. Fotos externas noturnas legais. Pont des Arts (retiraram os cadeados recentemente). Cadeados do amor começaram a ser colocados por volta de 2008. Devido ao peso, em 2014, uma secção da balaustrada cedeu, não causando qualquer vítima. Em maio de 2015 ultrapassam um milhão com um peso estimado nas 50 toneladas, que cobrem as balaustradas e parte dos candeeiros e outras estruturas da ponte. A partir de 1 de junho de 2015, a Ponte das Artes vai estar fechada ao público durante uma semana para que possam ser retirados todos os cadeados. Square du Vert-Galant (Praça charmosa e dela se pode ter uma lista vista do Louvre. Lugar ideal para se ler um livro às margens do Rio Sena.) Pont Neuf (é a mais antiga das pontes que cruzam o rio Sena, Em um dos pontos, fica a estátua equestre do rei Henrique IV) Sainte-Chapelle (12,5 €): comprar entrada casada com a CONCIERGERIE. Trata-se de uma capela gótica. Conciergerie (8,5 €) - A Conciergerie e a Sainte Chapelle são os vestígios do mais antigo palácio real parisiense, o Palácio de la Cité, considerado uma das maravilhas da arquitetura medieval na França. Ile de la Cité (Ilha da Cidade) - é uma de duas ilhas no rio Sena. É a ilha onde Jacques de Molay foi queimado vivo publicamente em 18 de março de 1314 por ordens do rei Filipe IV, o belo. Hoje, no local de sua execução, existe uma placa em homenagem ao último homem a receber o Grão-Mestrado, cuja tradução é: "Nesse local, Jacques de Molay, último Grão-Mestre da Ordem dos Templários, foi queimado, em 18 de março de 1314." Cathédrale Notre-Dame de Paris (Catedral de Notre Dame) - (8,5 €). Uma das mais antigas catedrais francesas em estilo gótico. DIA 6 03/07/2015 Sexta-Feira Paris-Londres Estação St Pancras + 4 horas em relação a São Paulo Fotografar a estação St. Pancras, pois é muito linda por fora. Na Estação do lado (King´s Cross) entre as plataformas 9 e 10, na parede entre as duas fica a mágica Plataforma do filme Harry Potter (carrinho na parede). St. Pancras-Hotel: Melhor opção é ir a pé, pois é cerca de 600 metros da estação. Hospedagem: County Hotel 8-11 Upper Woburn Place London WC1H 0JW Perto da Estação Euston Restante do dia: Madame Tussauds Museum (£28.80/ 32.90€ - com o 2 for 1, entrar pela “door number 1”.): Museu de Cera. Mostramos o bilhete do eurostar e pagamos somente uma entrada. O museu é lotado e tem fila para entrar e as fotos são disputadas. Na outra direção tem o museu de Sherlock Holmes (£10) Regent's Park: Se você gosta de correr. Conhecemos o Regent Park e ele é muito bom de correr, havendo inclusive várias pessoas que praticam o ciclismo em seus arredores. Baker Street: Tem o Museu Sherlock Holmes e tirar foto em frente ao número 221B. Noite: London Bridge (Mesma linha de metrô do Hotel) DIA 7 04/07/2015 Sábado Londres London eye (£19,35 com hora marcada): Roda-gigante instalada à beira do Tâmisa, a Volta dura 30 minutos. A vista é linda. A dica é ir no fim da tarde que a fila é pequena. Geralmente tem longas filas. Comprar ingressos compartilhados entre London Eye, London Dungeon ou Madame Tussauds. Tem como o Aquarium também. Aquarium (Sea Life London Aquarium) - £ 19,80: O aquário de Londres tem espécies muito interessantes do mundo marinho. Compramos um combo, London Eye + Aquário. Saiu mais barato do que se tivéssemos comprado os dois separadamente pela internet. Westminster Bridge: Ponte que liga big ben a london eye é parada obrigatória para as melhores fotos da região. Big Ben Palácio de Westminster (£19,35): Churchill War Rooms (Salas de Guerra de Churchill) - £16,35: Uma perfeita aula de história para os amantes do tema, acervo super completo e detalhado, com interatividade em algumas salas. Westminster Abbey (Abadia de Westminster): £20 - Vários locais tem aplicativos de áudio-guia grátis na Internet. Dá uma olhada antes na internet e baixar de graça o aplicativo e na hora é só ligar o celular sem pagar nada. Visitar o memorial de David Livingstone. Arquitetura que se destaca em meio a tantos outros monumentos da capital londrina. Parada obrigatória para os que admiram, não somente obras sacras, mas como um todo. Parliament Square: A praça em si não tem nada de mais.. Mas as coisas que tem em volta são imperdíveis como o big ben e o parlamento. St James's Park: troca dos cavalos da guarda, na entrada do ST James Park (sempre às 11h30, fica extremamente lotado na hora da troca de guarda, é melhor chegar com uma hora de antecedência!). O local é lindo, o parque é muito bem cuidado, e é interessante que dá para se chegar ao Palácio de Buckingham pela outra saída. Green Park: O parque é muito bem cuidado , ele fica em frente ao Palácio de Buckingham. Ótimo local para fazer caminhada, piquenique,e tomar sorvete. Buckingham Palace (£20,50): o local transmite o senso de nobreza da cultura britânica. Bomber Command Memorial (gratuito, fica no Green Park): Homenageia os pilotos aéreos britanicos que lutaram durante a segunda guerra mundial. Noite: Chinatown (restaurantes baratos: comer duck) - entre Picadilly Circus e Leicester sq./Soho. DIA 8 05/07/2015 Domingo Londres Hyde Park: Espaço gigantesco no centro de Londres. Tire um bom tempo para visitar esse parque ele é realmente enorme muito bem cuidado, existem várias atrações ao ar livre para se fazer. Tem estações de aluguel de bikes. Natural History Museum (Museu de História Natural): Entrada gratuita. É muito agradável e bem grande, com muita coisa para ver!! Ao lado tem outro museu, de ciência e tecnologia, também gratuito e bem divertido. Royal Albert Hall: Conhecer apenas por fora. Noite: Big Ben e London Eye (fotos noturnas) DIA 9 06/07/2015 Segunda-Feira Londres Piccadilly Circus: Centro! Movimento, mistura, gente!!! Lugar movimentado cheio de turista de artistas de ruas e todo tipo de gente, lojas para todos os gostos e bolsos. É simplesmente maravilhoso, principalmente a noite, pois as luzes, a movimentação, as opções de lazer e gastronomia deixa claro a importância da região. Leicester Square: Pode-se encontrar ótimas opções de gastronomia, cinema e teatros próximo. Alguns artistas de rua tornam a atmosfera mais interessante com frequência. Não passa veículos, só pedestres. Tem a tão famosa loja do M&M que todo mundo quer ir! (?) The National Gallery (Galeria Nacional): Entrada gratuita. O museu é enorme, tem de todo o tipo de arte. Prepara-te para andares muito! Obras importantes como Monet, Renoir. Trafalgar Square: Muita gente, muitos artistas se apresentando. Os leões também são bem legais.Ótimo lugar para sentar bater um papo e descansar as pernas St Paul's Church (£16,00): Uma linda Catedral, com muita história. Belíssima por fora e magnífica por dentro. Possui um restaurante e um café, acesso fácil pela Milenium Bridge. Pena não deixarem fotografar por dentro. London Transport Museum (£16,00): O museu, localizado em Covent Garden, tem um belo acervo das origens dos transportes coletivos. Começando com peças de 1800 (o que seria os primeiros ônibus) até os veículos em circulação nos trilhos e ruas londrinas. Covent Garden: É possível comer o típico prato de peixe com fritas Londrino, compras diversas e assistir várias apresentações de rua. Excelente lugar para compras de souvenirs, ótimas e acessíveis opções de alimentação variadas de vários países, muitos artistas de rua ficam em volta do Convent Garden se apresentando, é um lugar que vale a pena conhecer e não precisa ficar muito tempo, máximo 1h consegue ter uma boa visão do local Waterloo Bridge: Ouvimos falar que é um ótimo lugar para ver o pôr-do-Sol. Espectacular ponto de vista sobre Londres e o Tamisa. Espectacular para se conseguir maravilhosas fotografias de Londres. DIA 10 07/07/2015 Terça-Feira Londres Museu de Londres (Museum of London) - Gratuito: O mais antigo do Mundo. Certamente uma atração que você deve conhecer. Não é um imenso museum como o de New York, mas você gasta algumas horas para conhecer... A atração é gratuita e não possui restaurantes para almoço, somente sandwiches, e etc.. Catedral de São Paulo (£18,00): Esplendida. Essa catedral histórica, por si só já vale a visita. Além de linda e exuberante traz uma paz e seus detalhes encantam a qualquer pessoa. Shakespeare's Globe Theatre (£13,50): Visita muito interessante. Recomendo fazer a visita guiada a esta atração. Trata-se de uma reconstrução do teatro utilizado para encenação de peças de Shakespeare no século XVII e a 200 metros de onde se localizada o Globe original. Apesar de não ser o original, a impressão que se tem é de voltar no tempo. Tate Modern (gratuito): Lojinhas interessantes. Museu moderno, várias exposições e lojinhas muito interessantes. Pra quem gosta de museus, precisa-se de muito tempo em Londres. O prédio em si já valeria a visita, mas o acervo é excelente e vale super a pena. A parte do acervo é de graça e as exposições temporárias são pagas. Você verá Picasso, Dali, Van Gogh, Braque, Wharol, e uma grande diversidade de obras. Não deixe de ir prestar atenção na arquitetura também. Borough Market: Feira para passear e comer. Ótimo programa para quem gosta de mercados. Aliado a este fato tem vários restaurantes e comidinhas a venda por lá. O almoco la e barato e come-se informalmente sentado ao chao da igreja que ha atras do mercado. Design Museum (£9,20): Para um estabelecimento se auto denominar Museu do Design, como e a proposta aqui, precisa de muito mais. Gostei do que vi, mas falta muito ainda para se tornar de fato um museu. Acho que no maximo uma galeria de design. Por isso, a proposta me pareceu meio pretensiosa. Adoro design e sempre que uma cidade tem um museu sobre o tema, faço questão de visitá-lo. Mas achei apenas razoável o de Londres. Não se deve fazer expectativas, fiz e me decepcionei. London Bridge: É linda,arquitetura imponente, vale a pena olhar de longe, à noite quando está toda iluminada, e claro, cruzar a pé para conferir de perto os detalhes. Também tem um pequeno museu bem interessante na parte superior, além de proporcionar uma vista incrivel. London Tower (£23,10): Torre de Londres. Na minha opinião é a melhor atração de Londres. Muito completa. Você verá as joias da coroa, vários áudio tours, no seu idioma. É um legítimo castelo medieval com muita coisa legal pra ver. recomendo chegar cedo pois é uma atração muito buscada e fica realmente cheio. Destaque para as joias e armaduras. O castelo é imponente e possui jardins lindos e muito bem cuidados. Esta atração foi a que eu mais gostei em toda a minha viagem. Nela aprendi muito sobre a história de Londres. Na entrada é fornecido um áudio-guia e um mapa que explicam o que representa cada ponto da Torre. Reservei umas duas horas para visitar tudo, mas infelizmente não deu tempo de entrar em todas as "Torres". O ideal seriam pelo menos 3 horas. A vista para a Tower Bridge é linda! Não deixem de entrar na The Crown Jewels, as jóias da coroa são sensacionais! DIA 11 08/07/2015 Quarta-Feira Londres British Museum (gratuito): é impressionante! e faz-nos pensar nas origens do homem e do que este já foi capaz de fazer! Adorei! Eram precisos pelo menos 2 dias para ver grande parte do Museu, eu só estive um dia! os pontos negativos é que o Museu é tão grande que se torna muito cansativo tentar ver as grandiosas e monumentais exposições! Para mim foi do melhor que vi! É bem legal mas a coleção permanente é uma miscelânea que foge um pouco da mesmice das coleções de outros museus famosos Oxford Street: Para compras. É a rua onde tem todas as cadeias de lojas. Embora a libra esteja cara, sempre tem algo a ser comprado e certamente na Oxford tem. As lojas da primark, tipo de departamento e que tem coisinhas baratinhas e lindas, ótimas para as lembranças da viagem!!! Passeio pelas margens do rio Tâmisa Observatório Real de Greenwich (£9,50): Lugar muito bonito, tem um praça muito grande com jardim e pista para caminhar. Bairro charmoso, onde você encontra um mercado e um parque! Passe um dia inteiro neste lugar. Vai se impressionar com ambos. Com o observatório, com o museu marítimo, com o parque que tem uma vista privilegiada. Gostei muito de visitar o museu de Greenwich, foi uma nova experiencia nesse descobrimento e reordenamento de fuso horário, Antes os povos que navegava pelo o mundo não tinha uma balista exata e com isso se perdia muitos navios e produtos alem disso perdias vidas . com o ordenamento de Greenwich foi a taboa de salvação para todas as nações. Alem disso voce tem uma bela visão de parte da cidade de Londres. DIA 12 09/07/2015 Quinta-Feira Londres Livre Noite: Descansar DIA 13 10/07/2015 Sexta-Feira Bruxelas Saída do trem (Empresa Eurostar) em Londres Saída da Estação St. Pancras Check-in até 30 minutos antes Duração: 02h01m Chegada em Bruxelas: 11h05 Estação Midi + 5 horas em relação a São Paulo Hotel: ibis Hotel Brussels Centre Ste Catherine Adresse : Rue Joseph Plateau 2, 1000 Bruxelles, Belgique Téléphone: +3225137620 Caminho Midi-Hotel: Pega o metrô Linha 3-Amarela em direção a Esplanade, na 4ª parada, desce na estação De Brouckere caminhar até o hotel. Hotel fica perto das estações Sainte-Catherine e De Brouckere Pitá é um lanche que vale o almoço. Na Estação Midi, tem armários para locar. Rue Neuve. Compras econômicas. Nesta rua você vai encontrar além das marcas usuais da Europa muitas lojas de baixo custo. Aproveitei para comprar algumas lembranças e brinquedos, caso tenha crianças na família. Percorra toda a via pois você terá a chance de escolher mercadorias a preço bem acessível que não vão pesar no seu bolso. Brussels Stock Exchange. Imponente. A construção, situada próxima à Grande Place, é enorme e cheia de detalhes. A escadaria, com seus leões nas laterais é muito bonita. O local rende boas fotos. Bolsa de valores de Bruxelas. Grand Place. A praça é muito bonita e com uma arquitetura incrivel! faz parte do centro histórico da cidade! é o verdadeiro centro, com muitas opcões de restaurantes e lanchonetes proximas! Les Galeries Royales Saint-Hubert. Os preços são caros mas os chocolates em sua imensa variedade são fantásticos. E tem restaurante e cafės onde vc pode encontrar o típico belga fazendo sua refeição. É quase um shopping! Manneken Pis. Uma pequena estátua que passaria desapercebida se não fosse a referência a ela em muitos lugares como no museu onde seus trajes estão expostos. Também chama a atenção a quantidade de turistas em volta querendo fotografar e o maravilhoso cheiro de chocolate na rua! É folclórico! Estátua pequenina numa esquina com uma grade de proteção apinhado de máquinas fotográficas. Talvez não falha a pena, somente se tiver com tempo de sobra. Mont des Arts. De dia, realmente é bonito e muito florido. Bonita e moderna praça no centro. A noite, a iluminação não é das melhores. Vista bonita da cidade. Esse complexo tem muitas coisas a serem vistas e vale a pena a cada minuto que você passar lá. É um tipo de passeio a se fazer sem pressa para apreciar cada espaço. Cathedral of St. Michael and St. Gudula. Igreja bem bonita para tirar fotos. As escadarias também vale a pena. Vários papas passaram pelo local. Fantástica! Imperdível! Marco da arquitetura gótica! Belíssima por dentro e por fora! Os vitrais, o órgão, tudo muito harmônico. Brussels Park (Parc de Bruxelles). Bom para passear. Óptimo para respirar ar puro. Aproveitem para sentar e desfrutar o jardim. Definitivamente um bom lugar para fazer uma pausa no dia ou simplesmente passear. É um bom lugar para levar a família e rende boas fotos! Royal Palace of Brussels. O palácio é a morada oficial do família real belga e impressiona muito pelo tamanho e beleza. Ele é muito bem localizado, de fácil acesso e fica do lado do Parque de Bruxelas, que também é lindíssimo! Rende boas fotos e memórias. Law Courts of Brussels (Palácio da Justiça). O palácio da justiça está em plena reforma (Jan/2015) e é bem imponemte apesar da pouquissima conservação.As escadarias são varias que dão acesso a diversos setores.Estatuas são vistas nas escadarias laterais.A frente do predio esta toda tampada com andaimes e alguns tapumes.A cupula se destaca de longe. Place du Petit Sablon (Jardin du Petit Sablon). Apesar de ao lado de uma avenida, é um lugar muito tranquilo e bonito para se passear. Vale alguns minutos pois ele é pequeno, mas muito acolhedor. Esta praça na parte da cidade alta é movimentada, principalmente nos dias que acontece ali uma feira de antiguidades. Porte de Hal. Parece um pequeno castelo. Apesar de ser uma construção simples a Porte de Hal fazia parte das muralhas originais de defesa da cidade, por isso tem muito significado histórico. Cobram 5 euros pra subir. Deve valer a pena pela vista da cidade. Parking Tour du Midi. Trata-se apenas de um prédio. A torre é o edifício mais alto da Bélgica. Place du Grand Sablon/Grote Zavel. Um conjunto de ruas com diversas lojas de grife e outras nem tanto cercadas de monumentos antigos. Destacam-se as lojas de joias e pedras preciosas e, é claro, sendo Belgica, as lojas de chocolates. Da Godiva a Neuhaus, existem muitas. O difícil é não gastar muito. Praça bonita e bem cuidada (algo raro em Bruxelas!); acredito que por ser localizar numa região mais nobre da cidade. Por isso mesmo tem várias lojas e restaurantes dos mais caros da cidade. Chapel Church (Notre Dame de la Chapelle). Bela Igreja situada em local aprasível. Vale a pena conhecer. Em seu interior, além de belas obras sacras, encontramos túmulos de belgas ilustres. Parlamentarium. Excelente Organização, sobre o Parlamento Europeu. Com mapas interativos onde podemos encontrar todos os paises que estão representados no parlamento, idiomas falados. Museu interactivo. Se você gosta de história e tem interesse na União Européia, não pode perder. A interatividade é o ponto forte. O passeio é muito bem organizado, totalmente interativo e gratuito. Você conhece toda a história da integração europeia, seus problemas e avanços. Vale muito a pena! Leopold Park. O parque é bem pequeno. Porém, muito agradável e tranquilo Essa área verde, com seu laguinho e sua pista de caminhada bem ao lado do Parlamento Europeu, merece ser visitada. Bonito e relaxante. O parque Leopold, embora pequeno por ser dentro da cidade, é lindo com árvores e um pequeno lago que é visitado pelos pássaros. Dá para caminhar, levar filhos e cachorro para passear ou ficar sentado sem fazer nada. Maravilhoso para quem gosta de parques. Parque do Cinquentenário. Muito bom e muito impressionante, vale muito ir visitar esse parque... Marco importante de Bruxelas que vale ser visto e fotografado. É grande, muito agradável para se passear, um lugar calmo e muito bonito. No parque há ainda 2 museus: um das Forças Armadas (militar) e outro de arte e de história. Museu Autoworld. Para amantes de carros. Museu voltado para a história automotiva européia, com diversos carros, motos e carruagens. O museu conta com uma incrível gama de carros em seu acervo porém coloco como uma atração um pouco cara para se fazer na cidade. Grande variedade de carros, de todos os tempos e rico em informações. A entrada é paga, mas tem desconto se você tiver o cupom do hop on hop off. Museu Horta. Você vai querer morar lá! Tudo é lindo. Para os amantes da Art Nouveau, é visita imperdível em Bruxelas. Toda a decoração foi cuidadosamente cuidada por seu proprietário, considerado o maior arquiteto belga, Victor Horta. Pena não podermos tirar nenhuma fotografia para recordação. Avenue Louise. Avenida chique. Para quem gosta de observar lojas, prédios modernos e fazer compras, esse é o lugar ideal. Além de ser um local estratégico que dá acesso a diversos pontos turísticos. Esta avenida nos apresenta diversas lojas, restaurantes, fast food e esculturas. Faz frio mesmo no verão, levar casaco DIA 14 11/07/2015 Sábado Bruges Sim Bruges 1 dia dá. Chegue cedo e saia tipo 8 da noite. Inicialmente, prefiro escolher ir ou não a Bruges apenas quando estiver em Bruxelas. Como ir de Bruxelas para Bruges: Os trens para Bruges partem sempre de uma destas duas plataformas: 11 e 9 da Estação Midi Ao se aproximar de Bruges, os letreiros digitais dentro do trem irão mostrar a frase “De volgende halte is Brugge” – a próxima parada é Bruges – e basta você marcar no relógio 50 minutos a partir da saída de Bruxelas, e saberá que realmente está na parada certa (poderá ver também as imensas torres das igrejas da cidade, enquanto ainda no trem). Os pontos turísticos ficam próximos da estação, seguir para “Brugge Centrum”. Tour de barco pelos canais: Conhecida como "Veneza do Norte", Bruges é toda cercada por canais, que formam um anel em torno da cidade. Usados na Idade Média como importante rota de circulação de mercadorias, elevaram à cidade ao posto de potência comercial no século 13, aos poucos perderam importância. Daquela época, ainda estão de pé quatro impotentes pórticos (Smedenpoort, Kruispoort, Gentpoort, Ezelpoort), que ligam a cidade com o "mundo exterior". Na Bruges turística, simpáticos barquinhos cortam os canais, um passeio obrigatório para os amantes de história e arquitetura (quanto custa: € 7,60, fora a gorjeta do barqueiro). http://www.dicaseturismo.com.br/brugge-belgica/ Bruges é cortada por canais, e um passeio de barco lhe dará a oportunidade de ver mais da cidade, de um ponto de vista diferente. Geralmente conduzido por um guia, que também opera o barco, o passeio dura em torno de meia hora, e passa pelos principais canais de Bruges. O guia torna o passeio ainda mais interessante, pois dá explicações sobre os prédios e pontes da cidade, o que pode ser bastante educativo. Pontos Turísticos: Minnewater O Lago del Amor. Imagine um cenário de filme. É um parque lindíssimo, que culmina na Begijnhof, que são as casas das beguinas. É um charme a parte, é inspiração para romance! Esse passeio é exatamente a ideia que tinhamos em mente sobre Bruges! Arvores, flores, canais, lago, construçoes mediavais, tudo em perfeita harmonia. Sint-Janshospitaal. O hospital do século XI é um exemplo maravilhoso da arquitetura medieval da cidade, tem um belo jardim e de lá se tem uma linda vistas da igreja de Nossa Senhora. Igreja de Nossa Senhora. É uma das mais belas e mais visitadas igrejas de Bruges. Com sua enorme torre de 122 metros, a mais alta da cidade, é provavelmente uma das primeiras estruturas que você verá ao chegar lá. Sint-Salvatorskathedraal (Catedral do São Salvador). É ainda mais antiga que a Igreja de Nossa Senhora, e data dos tempos romanos. Da estrutura romana original, no entanto, restaram apenas pedaços de colunas que formavam o pórtico que dava acesso ao templo, e que ficam em exibição em uma seção separada da nave da igreja. Deve estar na sua lista do que ver em Bruges em um dia. Market Place (Grand Place). Onde encontra os prédios de maior esplendor arquitetônico na cidade, com fachadas elaboradas, de uma beleza quase indescritível, além também de ótimos restaurantes e bares, que oferecem uma vista privilegiada dos prédios grandiosos, e são lugares perfeitos para aproveitar um drink ou uma refeição enquanto se aprecia a paisagem. Não deixe de subir o Belfort, que é o campanário, uma torre construída para abrigar o sino da cidade (de 6 toneladas!) e teve sua construção iniciada em 1300. Do alto do Belfort se tem uma das melhores vistas de Bruges, um panorama de 360 graus de uma altura de 100 metros! Mas, prepare-se, pois para chegar ao topo você terá que subir muitos lances de escada, e a subida pode ser cansativa! Burg. Tem prédios lindíssimos para apreciar e visitar. A praça é bastante importante historicamente, já que lá foi construído o primeiro castelo de Bruges, e a pequena vila que se transformou na cidade se formou ali. Na Burg se encontra o prédio da antiga prefeitura, que, apesar de pequeno, tem um dos salões medievais mais belos de toda a Europa. Basilica of the Holy Blood (Basílica do Sangue Sagrado). A Basílica possui características marcantes, com uma belíssima arquitetura externa. A Igreja é uma verdadeira pequena notável! A sua arquitetura e riqueza histórica fazem desta igreja um ponto obrigatório de Bruges. Retorno para a estação e viagem para Bruxelas-Midi. Previsão de retorno: 20:00 DIA 15 12/07/2015 Domingo Bruxelas National Basilica of the Sacred Heart in Koekelberg. A Basilica é enorme e imponente e a sua construção belissíma. Estilo art deco, é a quinta maior igreja do mundo, o que é impressionante! É uma igreja que marca pela sua grandiosidade. Sua construção e arquitetura são muito bonitas. Não é muito perto, chegando-se de metro, mas a caminhada é bem agradável. Atente-se aos horários em que ela fica aberta! Église Notre-Dame de Laeken: Gostei muito de conhecer. A igreja é enorme vista pela lado de fora, mas achei meio longe. Vale a visita se você está com dias sobrando. Igreja espetacular.. Muito grande e diferente. Uma arquitetura de tirar o folego. Castle of Laeken. Belo palácio que vale a visita. Trata-se da residência real, cujas estufas e jardins são abertos a visitação por apenas 2 semanas no ano! Tivemos sorte! O lugar é muito bonito, muitas flores, muito verde! O único problema é que o percurso é bastante longo e pode ser meio cansativo para quem já vem de uma maratona de passeios! Além disso, do lado oposto ao palácio, há um memorial (Monumento ao Rei Leopold I), uma construção bastante interessante, mas é só aquilo! Então, vale mais a pena tirar fotos da entrada do parque do que andar até lá! Estufas Reais de Laeken. São um vasto complexo de estufas monumentais. Só pode ser visitado durante um período de duas semanas entre abril e maio, quando a maioria das plantas estão floridas. Mini-Europe: Mini Europa. Endereço: Bruparck B-1020, Bruxelas (metrô Heysel, linhas 6 e 7). Os detalhes das miniaturas são muito bem feitas. E cada item tem o hino do pais. Lugar agradavel de passear e tem até alguns bons restaurantes dentro. Achamos o preço elevadíssimo. Interessante para turistas de fora da Europa. Atomium (11 €). Vale a pena conferir, as fotos ficam lindas! é um monumento interessante e bonito! Ponto turístico bem comum. Eles tratam como uma Torre Eiffel, mas na verdade não tem muito charme. Vale pela arquitetura diferente. O Museu interno é muito fraco. Bruparck. É a praça onde fica Atomium e Mini Europe. O passeio ao Atomium demora um pouco, por ser localizado no subúrbio de Bruxelas, mas com certeza compensa. DIA 16 13/07/2015 Segunda-Feira Bruxelas-Paris Hospedagem: Hotel Paris Louis Blanc Endereço: 232 rue du Faubourg Saint¬Martin, 10o arr., 75010 Paris, França Telefone: +33140343838 O hotel fica a 800 metros da Estação Gare du Nord Saint-Jacques Tower. É uma torre gótica muito bonita.. Chama a atenção qdo se esta passando na rua pois eh relativamente bem alta e muito bonita mesmo. Hôtel de Ville: em língua francesa significa "câmara municipal". Alberga as instituições do governo municipal de Paris. Centro Georges Pompidou. É um complexo que abriga museu, biblioteca, teatros, entre outros equipamentos culturais. Le Marché des Enfants Rouges. Pólo gastronômico e excelente mercado. Uma grande mistura de aromas e sabores, para todos os gostos. Local de fácil acesso, é uma ótima opção para um almoço ou um simples passeio. L'As Du Fallafel [dispensável]. Restaurante 100% com comida de Israel. Sanduíche tradicional de Falafel delicioso. Place des Vosges. Praça linda, cheia de galerias de arte e você ainda pode visitar a casa do Victor Hugo que hoje é um museu. Primeira praça planejada de Paris, linda, andei por sua arcadas fazendo fotos. La Grande Épicerie de Paris. Templo da Gastronomia. A loja é imperdível para quem gosta de cozinhar ou de comer. Vende desde legumes, frutas e hortaliças orgânicas até pratos prontos em cada uma das estações (carnes, embutidos, peixes...). Tem temperos e ingredientes para tudo quanto é gosto, de todos os lugares do mundo. E tudo da mais alta qualidade. Só a geladeira de manteigas e iogurtes já nos mataria de inveja, pela variedade, preço e qualidade. Musée de la Société de l'histoire du Protestantisme Français. Um pedaço de vida cristã protestante. Nesta aldeia mágica, descubra uma das duas igreja protestante histórica passada em França. Todos os outros foram destruídos depois de "Editar de Nantes" revogação em 1685. Neste lugar, você pode imaginar como a congregação reunida e ouviu os pastores pregar. Fixado para o púlpito do velho, você notará uma ampulheta : protestante prega poderia ser (demasiado?) tempo ! O museu todo é bastante interessante para uma melhor compreensão do modo de vida cristã protestante e o motivo pelo qual eles através das montanhas nos arredores. Foi interessante para saber mais sobre este movimento protestante precoce (que eu nunca tinha ouvido falar). Infelizmente, tudo foi em francês. Meridiano de Saint-Sulpice. Igreja de estilo gótico. A igreja em si é magestosa, lindíssima por dentro e por fora, mas a fonte em frente a ela se destaca mais do que a própria igreja. É um chafariz lindíssimo, vale a pena conhecer! Jardim de Luxemburgo. É um jardim lindo e belo muito colorido com flores de todas as espécies, lugar tranqüilo, apesar de sempre ter muitas pessoas. Excelente lugar para passear. as flores são sempre lindas e coloridas. Bom para comer, ler ou apenas descansar. Montparnasse Tower (Torre Montparnasse). (13,50 €). É muito linda, são 56 andares com um ponto panorâmico de onde se tem a mais bela vista de Paris, e principalmente da Torre Eiffel. Latin Quarter (bairro). Perto do Jardim de Luxemburgo, Panteão, a 10 minutos de caminhada até a Notre Dame (se curtir visitar igrejas, não deixe de conhecer a de Saint Valentin, na Rue Saint Jacques, uma beleza), coberta de excelentes restaurantes, boulangeries, Saint Germain. Andar por esse bairro, que fica na margem esquerda do Sena, é muito gostoso. São ruas estreitas, pequenas lojas, livrarias, restaurantes e para completar pode se ir até a Sorbone com uma bela pracinha com fontes e cafés agradáveis. Sorbonne (Bairro). Conhecido como bairro dos intelectuais, próximo à Sorbonne, vale muito a pena uma visita a pé pelos sebos e cafés. A Sorbonne é uma das maiores faculdades do mundo e passar por seus prédios e faculdades é bastante interessante. Panthéon (8,5 €).O lugar impressiona por seu tamanho e sua arquitetura. Lá estáo sepultados vários escritores e pensadores famosos como: Victor Hugo e Voltaire. Esta construção é gigantesca e monumental. Observatório de Paris. Proporciona uma bela vista da cidade, para muitos, tão linda quanto da Torre Eiffell. Para chegar lá basta pegar a linha Roxa ou Verde e descer na estação Respail, bem em frente ao cemitério de Monteparnasse. Apreciar o por do sol, ouvido uma bela música e o champanhe nacional são alguns itens a mais que valorizam este belo passeio. Place Denfert-Rochereau. Lugar histórico. Ao lado das Catacumbas. É um bairro muito bonito, muitos restaurantes, fica perto da Torre de Montparnasse e Catacumbas de Paris museum. A praça e a estátua em si são visualmente atraentes. A área circundante é animada e "autêntico". As Catacumbas. Impressionante construção subterrânea onde inclusive colocavam os ossos... Se tem um pouco mais de tempo em Paris vale a pena ir. Não é a melhor atraçao de Paris, é interessante mas cançativa. Vc anda por longos túneis até chegar realmente nas catacumbas e depois anda e anda vendo as mesmas estruturas de ossos, mudando apenas as placas com a origem de cada um. Existem alguns tumulos diferentes, mas nada que mereça um excelente. Noite: Montmartre Secundário: Disneyland Paris, carissimo para entrar e não espere brinquedos radicais e nem muita aventura e sim um parque temático, compre ingresso para os 2 parques Passear de barco pelo Rio Sena (11 € - Um dia, ilimitado), viagem única máximo 4 estações: 7,50 € DIA 17 14/07/2015 Terça-Feira Paris-São Paulo Palácio de Versalhes: (NÃO ABRE AS SEGUNDAS-FEIRAS !!!!) Imperdível!!!!! Vá bem cedo para evitar as filas.. Recomendo Tudo, mas se não tiver com muito tempo, os imperdíveis são: A Capela Real, o Opera, O quarto de Maria Antonieta, O trono, os jardins, Grand Trianon e Petit Trianon. Mais uma vez: Chegue cedo e conheça tudo !!! METRO: VERSAILLES RIVE GAUCHE (RER). Versalhes: para ir para Versalles via RER (tipo um trem de superfície bem maior que o metrô, que faz um caminho para zonas mais afastadas da cidade) você pode utilizar o mesmo bilhete de trem (1,30 euros). Só na volta de lá que tivemos que comprar o ticket específico do RER, o qual salvo engano, custa 3,70 euros. Passeio pelo Rio Sena: Embaixo da ponte d’Lena você compra ingressos para o famoso passeio pelo Rio Sena. Você tem diversas opções. Sugiro o BATOBUS, que semelhante a um ônibus, tem um percurso de mais ou menos 1 hora, fazendo paradas, onde você pode saltar a qualquer momento, e retornar por quaisquer destes pontos, apenas apresentando o bilhete. Outros: Casa e Jardins de Claude Monet. (9,50€) Lindíssimo, mas lotado. Os jardins são magníficos e o museu, interessante. Mas procure ir durante a semana e chegue cedo, pois nos fins de semana fica realmente lotado, o que estraga um pouco o passeio. Foi um passeio adiado várias vezes. Um pouco longe de Paris (é melhor reservar um dia inteiro para a visita...). Porém, absolutamente imperdível! A natureza ali foi embelezada pelo gênio do homem que produziu uma atmosfera extremamente agradável. Dica: chegar por volta das 10:30/11:00 para uma visita mais sossegada... Air France - Terminal 2E Horário limite para check-in: 22:30 Duração da viagem: 11h35 Saída do aeroporto Charles de Gaulle (Paris): 23:30 Gare Du Nord-Aeroporto: O RER linha B (Regional Express Raiway) chega ao aeroporto Charles de Gaulle. Há um trem a cada 15 minutos. Informamos que se você tiver muita bagagem é melhor tomar outro meio de transporte. Devido ao grande número de passageiros, o serviço RER B pode sofrer alguns atrasos. Ônibus: Outra maneira barata de se fazer esse trajeto é com o Roissy Bus. O trajeto custa 10 euros e te leva da estação de metro Opera (linhas 3, 7 e até o aeroporto e vice-versa. Você vai encontrá-lo na Opera na esquina das ruas Scribe e Auber e no aeroporto nos terminais 1, 2 e 3. O trajeto dura em torno de 45-60 minutos. Trem: A mais baratas delas é o RER, ou seja, o trem metropolitano. A linha que dá acesso ao aeroporto é a linha B do RER. O bilhete custa por volta de 9 euros e você pode comprá-lo nas diversas máquinas dentro das estações ou diretamente em um balcão de informações. Esse trem para dentro do aeroporto, em 3 terminais diferentes: T1, T2 e T3. Caso você esteja fazendo o trajeto paris > aeroporto, verifique no seu bilhete de aviao em qual terminal você fará o embarque, para saber em qual dos três descer. Ônibus: Você também pode pegar o Les Cars Air France (mesmo se você não tiver viajado por essa companhia). Existem 3 linhas deste ônibus. A primeira vai até Porte Maillot e Place d’Etoile (onde situa-se o Arco do Triunfo na Champs – Élysées) e o preço é de 17 euros por um trajeto e 29 ida e volta. A segunda até o Aeroporto Paris Orly, 21 euros um trajeto e 35,50 ida e volta. A terceira até a Gare Montparnasse e a Gare de Lyon, 17,50 um trajeto e 30 ida e volta. No aeroporto as paradas desse ônibus se encontram nos terminais: 1, 2A-2C, 2D-2B, 2E-2F e 3. DIA 18 15/07/2015 Quarta-Feira Paris-São Paulo
  2. Wagner.Ricarth

    Manaus

    Pessoal, terei disponível dois dias e duas noite em Manaus, sexta e sábado. O que vocês sugerem para fazer de turismo? Ficarei em um hostel no centro e estarei sozinho. Abraço.
×
×
  • Criar Novo...