Ir para conteúdo

bruna.moraes

Membros
  • Total de itens

    15
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Adriano, dá pra visitar o parque de carro sim, você consegue ver paisagens incríveis, mesmo das estradas principais. Claro que grande parte do parque não é acessível de carro, mas o visual de fora também compensa. Se você puder gastar um pouquinho e sua lesão permitir, também é possível visitar algumas trilhas a cavalo, eles alugam lá. Não é muito barato, mas deve ser um passeio e tanto.
  2. Marina, só vi sua pergunta agora, espero que ainda dê tempo de responder! Tem casas de câmbio em Puerto Natales sim, é bem tranquilo. Só tome o cuidado de não ficar com pesos argentinos excedentes, para os chilenos eles não valem muita coisa, então o câmbio não compensa de argentinos p/ chilenos. Real e dolar quase equivalem, nós levamos dolar, mas nesse momento eu levaria real.
  3. Oi Francisco! Fomos para esses mesmos lugares em janeiro desse ano e foi fantástico, pode esperar paisagens de tirar o fôlego! O que eu diria sobre Punta Arenas é o seguinte. Se você tiver muuuuita vontade de ver pinguins, vá até lá, porque é bem mais barato que o mesmo passeio em Ushuaia, porém se não for tão imprescindível assim pra você, pode pular a cidade. Não tem muito mais a se fazer por lá não. Ushuaia é incrível, não deixe de ir à laguna Esmeralda e ao Parque Nacional Tierra del Fuego. O passeio pelo canal de Beagle de veleiro também é sensacional. Se você ainda não tiver hoste
  4. Essa foi a viagem das nossas vidas (até agora, pelo menos). No final do ano passado eu e meu namorado Diego decidimos fazer uma viagem que fosse um rompimento do nosso modo de vida até então. Iríamos sair dos lugares onde morávamos, deixar os empregos, desprender de contas e qualquer compromisso para viajar pela Patagônia sem preocupação com a volta. Tem muita coisa mesmo para falar sobre esses 110 dias intensos e nós relatamos cada um deles no nosso blog, mas em tempos onde a tensão está grande por conta da alta do dólar, queria deixar registrado aqui o quanto gastamos e mostrar que ainda é
  5. Obrigada pessoal, escrevemos com muita atenção pois foi o preparo mais difícil em toda a viagem, é bom poder ser útil para outros viajantes. Mais uma vez, se precisarem de outras dicas, é só perguntar. E caso interesse, no blog tem os relatos de cada dia no parque, além de vídeos e outras fotos: http://anaturezahumana.com/torres-del-paine/ Abraços!
  6. Oi Lucas, tudo bem? Adorei o seu roteiro. Você vai aproveitar as belezas que tem perto de casa e conhecer o sul do Brasil, que é cheio de encantos. O Brasil é gigante e é claro que tem muito para conhecer em todas as regiões, mas escolher uma e conhecer bem pra começar é certamente uma decisão acertada, é ótimo viajar por uma região conhecendo bem as cidades e indo a pontos que muitas vezes fogem do turismo tradicional. Só fico um pouco em dúvida com relação ao tempo, talvez tendo apenas 15 dias você tenha que passar um pouco batido pelos lugares, mas se a ideia for mesmo curtir a road tri
  7. Oi Vickaaa! Então, nós estamos aqui no Chile e passamos por regiões próximas ao vulcão bem nos dias da erupção. O que acontece é o seguinte... Complicado mesmo ficam apenas nas cidades muito perto, ou que recebem cinzas levadas pelo vento, mas é um pouco difícil prever se até lá ainda vai estar assim ou não. Por enquanto as cidades mais afetadas pelas cinzas são Pucón e Puerto Varas. Além das cinzas, em Puerto Varas o acesso a alguns pontos turísticos fica impossibilitado, por serem ainda mais próximos do vulcão (mas pode ser que até lá esteja tudo normal). Nos dias da erupção a fronte
  8. Olá Norberto! R$8000,00! São 800 por dia, é isso mesmo? Garanto que é mais que suficiente! Para ter uma ideia, os passeios mais caros que vocês provavelmente vão querer fazer é a pinguineira em Ushuaia e o minitrekking no glaciar em El Calafate, vão custar cerca de R$300,00 por pessoa cada passeio. Mas são atrações à parte, o restante é muuuuuito mais barato. Você pode jantar nos restaurantes mais caros e ainda assim, estará tudo certo com esse valor.
  9. O Mileima! Acho que a passagem por Porto Natales é meio que obrigatória, porque é no meio do caminho, mas algumas empresas de transporte fazem os dois trajetos: Punta Arenas - Porto Natales e Porto Natales - Torres del Paine, como é o caso do Buses Pacheco. Pode ser que você consiga comprar as passagens todas já em Punta Arenas, com saída as 07:30h e consiga embarcar no das 14:30h em Natales. É um pouco arriscado fazer tudo no mesmo dia, porque esse é último horário de saída, mas pode dar certo, é bom checar com a compania em Punta Arenas.
  10. O QUE LEVAR PARA COMER? Existe a possibilidade de comprar comida no parque sim, porém as opções são limitadas e é muito caro mesmo. Pra dar uma ideia, um ovo cozido custa o equivalente a R$ 2,25, então se quiser economizar, o ideal é comprar toda a comida na cidade e levar na mochila. Carregar nas costas comida para 10 dias gera mesmo um monte de dúvidas, esperamos poder responder algumas delas (as dicas servem para qualquer acampamento de mais dias, na verdade) Dica 1: procure alimentos que cozinhem rápido, assim você gasta menos gás. Além disso, vai por mim, depois de um dia inteiro
  11. Eu e meu namorado Diego fizemos o famoso Circuito Paine Maciço (ou circuito O) no Parque Nacional Torres del Paine e foi uma jornada simplesmente mágica. As paisagens, o contato com os outros caminhantes, a fauna e a flora, as reflexões durante a caminhada, todas as dificuldades que enfrentamos e os prazeres que tivemos, foram experiências únicas. Mas com certeza ele requer disciplina, um pouco de preparo físico e muita organização prévia. Não poderíamos deixar de recomendar o trekking e para facilitar a vida de quem esteja querendo encarar essa aventura resolvemos elaborar uma espécie de
  12. Claro, acredito que o que mais fez falta na nossa viagem foram informações atualizadas de preços, pois tudo aumentou muito de uns tempos para cá. Vamos às suas questões: 1) A única empresa que tem autorização para descer na pinguineira em Ushuaia é a Piratour. O escritório deles fica no mesmo local que as outras empresas de navegação, bem ao lado da entrada do porto e da famosa placa de "Fim do Mundo". O preço em janeiro estava AR$1200,00 + AR$140,00 de entrada na estancia Harberton. É um passeio bem caro, mas vocês estão mesmo a fim de ir, façam. Todos que eu conversei que fizeram vol
  13. Oi Zé Claudio! Eu e meu namorado estamos na Patagônia nesse momento, acho que podemos dar algumas dicas. Nós acabamos de sair de Ushuaia, ficamos 22 dias por lá, então não acho que você tenha deixado muitos dias não...hehe Algumas coisas que fizemos por lá que vão fazer teus 5 dias passarem rapidinho: Laguna Esmeralda: imperdível na minha opinião, vá cedo e se puder suba também o glaciar que tem logo atrás dela. É lindo, você chega até a neve e tem uma vista incrível da laguna. O transfer até a laguna está AR$ 150,00 ida e volta Glaciar Martial: passeio rápido, grátis e que pode
  14. Galera, depois de acompanhar o mochileiros.com por muito tempo enquanto preparávamos nossa viagem, eis que estamos aqui, eu e meu namorado Diego, viajando pela Patagônia há 20 dias. Nosso blog é http://anaturezahumana.com/ Nesse espaço procuramos contar um pouco da nossa viagem em forma de relatos. Somos apaixonados por fotografia e trekking, então isso é o que mais será encontrado em nossos posts. Além disso, nossa viagem é daquele formato de mochilão baixo custo (estamos tentando manter a média diária de US$ 45,00 para os dois), então vamos compartilhar todas as dicas que pudermos pa
×
×
  • Criar Novo...