Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Augusto Casa Tática

Membros
  • Total de itens

    22
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre Augusto Casa Tática

  • Data de Nascimento 07-08-1982

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Pico do Gavião em Sobradinho - MG próximo a São Tomé das Letras
    Travessia Paranapiacaba/Cubatão Pela antiga Funicular de 2007 a 2016 (6x)
    Pico da Bandeira - Pico dos Marins - Pico do Agudo Sto. Antonio do Pinhal - Serra Fina - Itatiaia e outros
    Falésia Paraíso (Escalada) - Pedra Bela (Escalada) - Pedra do Baú (escalada) - Ana Chata (Escalada) - Dib (Escalada) - Chaminé Idalicio, Prateleira, Itatiaia (Escalada)
  • Próximo Destino
    Dedo de Deus, Pão de Açúcar, Urca, Itatiaia
  • Ocupação
    Comerciante
  • Meu Blog

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Faz tempo que quero postar esse vídeo, sobre nossa viagem de trem de carga de São Paulo até Santos pela Ferrovia Sorocabana. Uma aventura inesquecível. Foi o mais longe que eu fui com a integração do Bilhete Único :'>
  2. Muito bom, gostei do: Cutting - Corte Combustion - Combustão Cordage - Cordas e Amarrações Container - Contenção de Agua Cover - Cobertura / Abrigo
  3. Ótimo post, extremamente útil, mesmo para pessoas com experiência, se atualizar e agregar conhecimento é fundamental para praticantes de atividades outdoors. Todos estão sujeitos a passarem por situações adversas, iniciantes e "macacos-velhos". Vou salvar todos os livros e ler com calma. Obrigado!
  4. A questão não é quanto investir, mas sim em qual equipamento investir, existem muitos vídeos sobre esse assunto no Youtube. Primeiro é procurar saber sobre o local onde vai ficar, saber sobre o clima, fonte de água e possíveis recursos que você possa usar. Se vai levar uma barraca, procure comprar uma que resista a chuva severa. Se a barraca for nova, treine montar e desmonta-la em casa antes, não deixe para fazer isso na hora que for montar seu abrigo. Conforto térmico é muito importante, não passar frio e não derreter de calor vai deixar sua aventura menos estressante, planejar as roupas que vai levar e manter tudo seco é fundamental. Remédios, protetor solar, repelente e primeiro socorros, monte um pequeno kit. (Não exclua esses itens, são muito importantes) Alimentação e hidratação. Levar alimentos de preparo rápido e itens para purificar a água. Cuidado com água de fontes duvidosas. Itens para fazer fogo, leve mais de um item e mantenha-os secos. Levar uma isca de fogo é muito importante, um algodão embebido em parafina (tem muitos vídeos falando sobre isso no Youtube). Um fogareiro e o combustível para ele, tem fogareiros de R$20,00 a R$800,00. Um de R$20,00 dá para preparar um belo miojo :'> Uma corda fina ou barbante de qualidade ajuda em várias situações, faca (uma boa faca), caneca, sabão, mini bucha para lavar as coisas, itens de higiene pessoal. Lanterna, leve uma boa lanterna e pilhas extras. OBS: Nunca faça fogo em épocas de estiagem, se fizer cerque o fogo ou faça um buraco, apague 100% o fogo, não cague perto de cursos d´água, lagoas, cachoeiras ou morros onde a água da chuva possa levar suas fezes para um rio. Procure enterrar a pelo meno um palmo de profundidade o papel tu leva de volta. Leve seu lixo com você! Se for sozinho avise alguém de confiança quando vai e quando pretende voltar e o local aproximado que vai ficar ou explorar. Com a prática você aos poucos vai aprimorando sua mochila.
  5. Cara, um dos maiores medos dos escaladores são as abelhas, em uma escalada enfiei a mão em uma fenda e saíram alguns maribondos grandes, eles ficaram me analisando como se fossem helicópteros de combate. Fiquei com medo, imaginei que sairia um enxame gigante para me atacar, mas foram poucos e não fizeram nada. Estava a uns 80 ou 100 metros de altura na rocha e realmente não tem o que fazer. Não tem água para entrar, não tem como correr, se eles me atacassem eu só iria torcer para não ser muito picado e sobreviver.
  6. A Funicular como destino radical é fantástica, mas infelizmente nem todos entendem e respeitam o que é esse lugar! A MRS (Logística) estuda fechar a Funicular. A antiga Funicular corre paralela a nova via Férrea com sistema de cremalheira. (Para permitir a operação, o sistema de tração da locomotiva é feito com uma roda dentada que incide sobre um terceiro trilho, também dentado, colocado no centro da via. Além disso, os vagões são ancorados por duas locomotivas, que garantem a segurança operacional e trabalham segurando a carga na descida ou empurrando a carga na subida o antigo sistema "Funicular" era feito por cabos). Só a proibição não está sendo suficiente. Quase 20% de tudo o que o Brasil exporta passam pelos trilhos da MRS, que concentra, apesar da extensão relativamente curta de sua malha, um terço de toda a carga transportada por trens no país (em 2014, mais de 164 milhões de toneladas úteis de carga). (Dados site da MRS). Existem aventureiros que frequentam o lugar por anos ou décadas sem interferir no local. Todas as vezes que fiz essa travessia (3x) eu e meus amigos tomamos cuidado para não caminhar sobre os novos trilhos por onde passam os trens de carga! Mas não é o que as pessoas vem fazendo nos ultimamente... Talvez por medo de passar nas velhas pontes as pessoas estão utilizando as vias férreas novas.
  7. Amigo, é só seguir os trilhos, mas se por acaso for desviar de alguma ponte (da quarta em diante) não tem trilha marcada. O mato se fecha e tudo está tomado pela vegetação nativa. A paisagem muda constantemente os desvios! Todas as vezes que fui algo tinha mudado! É sempre bom ir com alguém que já fez a travessia!
  8. Paulistanos na Serra do Caparaó – Pico da Bandeira - Divisa do ES com MG Breve relato de um grupo de Paulistanos no Pico da Bandeiras! Grupo composto por 4 pessoas 3 homens e 1 mulher Data 1º de mais de 2015 - Aproximadamente 760km 10 horas de viagem - Destino Camping Casa Queimada do lado ES Obs: É necessário efetuar uma reserva em um dos campings do Parque Nacional do Caparaó e ao se apresentar pagar uma taxa (ver valores no site) - http://www.icmbio.gov.br/parnacaparao/reservas.html A trilha começa e termina no camping Casa Queimada o Macieira fica a uma boa distância da entrada da trilha. Todos os campings contam com banheiros, pias, chuveiros! São limpos e bem conservados! A trilha é bem marcada, com vários totens de madeira pintados com tinta refletiva na pontas e em muitos pontos existem setas indicativa pintadas nas rochas! Não é uma trilha difícil, qualquer pessoa em boas condições de saúde pode termina-la! Geralmente as pessoas saem as 2:00am para verem o nascer do sol do Pico da Bandeira, relmente um espetáculo ver o sol acima daquele tapete de nuvens que fica abaixo do cume! Relato: Saimo de São Paulo por volta da 23:30 no metro Penha e chegamos perto da 12:30pm no Camping Casa Queimada, tempo aberto sol quente e clima de montanha com um vento fresco. Montamos acampamento e preparamos almoço. Quando chegamos haviam pouquissimas barracas 3 ou 4. Após o almoço fomos descansar da cansativa viagem. Ao acordar com muito barulho e um falatório diferente de quando chegamos, abri a barraca e me surpreendi com uma ocupação e dezenas de barracas e muitas pessoas perambulando pelo camping. O área de acampamento estava em sua lotação máxima. Creio que eramos os únicos de São Paulo. A maioria eram de pessoas do ES, RJ e MG. Por volta de umas 16:30 começou a garoar e então a chover, tempo fechado e a temperatura caia cada vez mais, sem muita perspectiva de melhora do tempo, tomamos uma café da tarde e ficamos conversando. A noite após o jantar o tempo abriu era por volta de 21:00. A lua iluminava o camping, haviam poucas nuvens! Nos reunimos e decidimos que iriamos fazer a ascensão do pico naquele momento aproveitando que a chuva havia parado, justamente para não perder a oportunidade já que a previsão era para mais chuva! Juntamos o necessário e entramos na trilha chegamos ao cume as 00:00! Muito frio, ventos fortes e a temperatura muito baixa, como o tempo no pico estava aberto e não aparentava chover decidimos permanecer no pico e esperar o nascer do sol! Escutamos o primeiro grupo chegando por volta de 4:30 e foram chegando outro grupos, quase amanhecendo o pico já estava lotado. Com o nascer do sol o pico estava tomado pessoas! Resolvemos descer, pelo caminho encontramos muitos grupos seguindo a trilha rumo ao pico! Chegamos ao acampamento, arrumamos nossos equipamentos, desmontamos nossas barracas e fomos tomar banho no camping Macieira, já que o mesmo tem água quente nos chuveiros! Almoçamos e voltamos para sampa! Impressões: O Parque é bem organizado, seguro e tem uma ótima estrutura. O camping é ótimo com um gramado baixo, perfeito para montar as barracas. A trilha é de média dificuldade, qualquer pessoa gozando de boa saúde é capaz de completar o trajeto. O pico em feriados prolongados é muito cheio, gostaria de visita-lo em um final de semana normal ou durante a semana para aproveitar melhor o nascer e por do sol! Acampamento Casa Queimada Cume da Pico da Bandeira - Detalhe da Lua Já sinais do nascer do sol com um grupo desconhecido sentados a nossa frente O que levar para pernoitar: - Barraca que suporte chuvas e ventos - Saco de dormir - Isolante térmico - Lanterna (de mão ou de cabeça) - Cantil ou reservatório de água (Tipo Camelback) - Squeeze - Clorin (Pastilhas que purificam a água exitem vários pontos para pegar água no caminho, mas alguns são de origem duvidosa) - Fogareiro (Não precisa cada um levar seu fogareiro, combinem entre os amigos para dividir quem leva o que) - Panela pequena - Talher e utensílios de camping - Canivete - Caneca plástica ou de alumínio - Repelente (quase não vi insetos) - Lenço umedecido - Papel higiênico - Fósforos - Alimento de preparo rápido: macarrão instantâneo/enlatados/frutas secas/barras de cerais/paio/café solúvel/sopas rápidas/pão etc. (lanche/almoço/lanche/jantar/desjejum/lanche) - O camping é bem estruturado e permite levar alimentos mais tradicionais como arroz, macarrão, batata, cenoura e alguma proteína. - Um mini kit primeiros socorros e remédios que você use - Não tem sinal de celular em grande parte do trajeto um HT é um item de segurança! - Óculos escuros (opcional) - Sacola plástica para o lixo - Barbante ou alguma cordinha fina e resistente de nylon - Segunda pele - Calça de tecido leve e secagem rápida/camiseta manga curta ou comprida/blusa de frio/uma muda de roupa/meias adequadas - Capa de chuva - Luvas são importantes - Touca, gorro - Uma boa bota já laceada de preferência impermeável - Lampião - Pequena mochila para ataque (se achar necessário) Obs: alguns grupos levaram kit´s completos, com caixas térmicas, gazebos, colchões infláveis e muitos itens que se leva para um camping com a família para proporcionar todo conforto! Essa lista não é apenas para orientação, a mesma pode ser aprimorada ou você pode retirar itens! Agradecimentos aos amigos Marcelo, Martim e Maressa Imagens: Augusto
  9. Prezado, você fez um ótimo comentário! Não postei por respeito a privacidade! Como não tenho autorização e nem todo mundo gosta de ter suas fotos circulando na rede optei por não postar a foto do grupo! Obrigado por prestigiar o tópico!
  10. Na minha opinião de bike não dá! Tem trechos de mato muito fechado, troncos, galhos onde mal passa uma pessoa! Tem outros tópicos com os arquivos para GPS, essa imagem do trajeto um amigo me enviou, mas não tem erro é só seguir os trilhos, mas atenção estão muito bem escondidos pela vegetação!
  11. Mande uma mensagem pelo whatsapp tem um grupo para o próximo mês! Obrigado por prestigiar o tópico!
  12. Obrigado por prestigiar o meu breve relato! Concordo com você essa trip deve ser respeitada! As pontes são muito perigosas!
×
×
  • Criar Novo...