Ir para conteúdo

augustoosilva

Membros
  • Total de itens

    56
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Oooohhh galera, muito obrigado! hahaha Fico feliz que tenham curtido e em ter ajudado, de alguma maneira!!! thiago gentil, segue o link do flickr com todas as fotos (não editadas) e videos que fiz lá: https://www.flickr.com/photos/[email protected]/ Fiz um instagram em que fico brincando com algumas fotos de viagem: @augusto.osilva Não esqueci do video que o jordy pacheco me pediu pra fazer dando uma resumida nas dicas, mas to muito afogado!!! Vou voltar pra casa no feriado da páscoa e vejo se consigo gravar hahaha Aproveito e deixo aqui os planos pro próximo, quem quiser dar uma conferida e tiver alguma dica: https://www.google.com/maps/d/edit?mid=zS-G4NNfhLDw.kreZCxeqaZUo&usp=sharing A ideia é ir até Foz, entrar pelo Paraguai, chegar a Salta, descer para Menoza, visitar a galera de Santiago que conheci em San Pedro, ir até Buenos Aires e subir pela costa do Uruguai, dentro de 40 dias!
  2. Neve! Volta pra casa Fala galera! Escrevo agora esse último post, ouvindo a trilha do Into the Wild que tanto marcou essa viagem, relembrando cada momento... Eu cheguei no hostel umas 3:30-4h da manhã tonto igual uma cabaça, dos free shots do Lion's Deen. No outro dia acordei umas 9h pra comprar a passagem pra Santa Cruz de La Sierra, ainda lembrando da Leandra me chamando pra ficar e abrirmos o Pub Irlandês Claro que a ressaca de mais de 3.000m de altitude não tardou a me recobrar a consciência O terminal de La Paz fica a 10min do Loki, é bem pertinho. E lá é aquela loucura de sempre: AAAAAREEEEEQUIIIIPA AREQUIPA AREQUIPAAAAA!!! SANTA CRU SANTA CRUUUUUUUUUUUUZZZZZZZZZ!!! Meu voo sairia no outro dia 12:45h. Então fiz as contas (é uma viagem bem demorada) e comprei a passagem no horário mais cedo, de modo que, pelo tempo de viagem, chegaria a Santa Cruz as 7h da manhã... De boa, sussa, tranquilo... Umas 3h de atraso ai de lambuja. Voltei pro Loki pra arrumar minhas coisas e depois fui dar mais uma volta pra me despedir da cidade. Eu tava com a grana bem contada, então fui atras daqueles lugares que são uma beleza pra comer. Você paga $10bol pra comer o suficiente pro dia todo É sério. Sério mesmo. Comprei algumas coisas pra viagem em uma padaria, onde acabei topando de novo com a Hilde e a Alexis. Me despedi delas, falei que estava voltando pro Brasil e fiquei com uma certa inveja, porque as duas ainda teriam mais 6 meses pra viajar hahaha Mas, o engraçado é que o povo é meio doido. Eles não pensam muito pra entrar num busão e ir pra qualquer lugar. A primeira vista parece ótimo, mas cara, se você está no lugar A e queir ir em B e C, as vezes ir em C primeiro e de lá pra B é melhor do que ir em B, voltar pra A e ir pra C, certo? Um exemplo mais concreto: A Alexis deu na cabeça que queria ir pra Salta, na Argentina. Ela saiu do Peru e foi. Voltou pra Bolivia e estava querendo agora ir pro Chile. Cada um com suas doiduras hahaha Tudo pronto, mochila nas costas e vamo embora. As plataformas onde você espera o ônibus são caóticas. O busão provavelmente não vai parar no lugar indicado na passagem Depois de uma meia hora de atraso chegou o bixão de dois andares, bem confortável. Na verdade foi o único que era realmente semi-leito, como eles falam de todos os ônibus no Peru e na Bolivia nos terminais. Ainda bem que era pelo menos confortável, aquela seria uma longa viagem Pouco depois de sairmos de La Paz, uma surpresa impressionante: Ao longe, o branco começa a tomar conta da paisagem... FIIIIHHHH, É NEEEEEEEVEEEEEEE DOOOOOOOOIDOOOOOO!!!! QUE DOIDEEEEEERAAA FIIIIIIHHHH OIIIAAA A NEEEEVEEEEEEEEE VEEEEEEEEEIIIII A NEEEEEEEVE A NEEEEVEEEEEE CARAAAAAIIIII!!!!!! NEVE DA JANELA IMG_20150812_180906405 by Augusto Silva, no Flickr COLINAS DE NEVE IMG_20150812_180355138 by Augusto Silva, no Flickr BONECO DE NEVE IMG_20150812_171739388 by Augusto Silva, no Flickr NEVE SUNSET IMG_20150812_181611935 by Augusto Silva, no Flickr Cara, que legal, conheci a neve. Massa né... Estamos seguindo viagem, de repente o busão para. Uma paradinha de uns 20 min, e começa a andar de novo. Pensei, ah, neve né, congestiona, tem que ir com cuidado, essas estradas né... Vamos indo mais devagar, agora o busão para... e desliga. Pensei uai... devem estar tirando a neve né. A essa altura eu já me indagava: Quando será que vão ligar a calefação... IMG_20150812_182117776 by Augusto Silva, no Flickr Depois de uns 40 minutos com o ônibus desligado a ficha começou a cair Eu sentei ao lado de uma senhora muito gente boa que fez a caridade de me dar um cantinho do cobertor dela, porque não, meus amigos, o ônibus não tinha calefação. Não sei o que era pior, o tempo, a temperatura, o desespero de perder o vôo ou os filmes que o povo colocava. Sério, não basta ter hipotermia, tem que morrer congelado vendo o filme de um menino com chifre que ninguém queria ensinar kung fu, e começa a lutar contra uma locomotiva que quer passar por cima da aldeia... NO VOLUME 40! Engraçado que depois de 20h nós sentimos falta de algum filme ou coisa pra entreter, e os caras simplesmente não queriam colocar de cuzoes. Tudo tem um lado positivo. A senhora que estava do meu lado era professora, muito culta. Eu acabei conversando muito com ela, até porque estavamos presos lá hahahahahaha Em termos de bagagem cultural, esse foi um momento de grande enriquecimento. Ela é de Cochabamba mas morava em Santa Cruz, me falou sobre a cultura boliviana, lugares onde poucos turistas conhecem, sobre a vida, sobre a morte, sobre tudo o que vocês pensarem... Olha, eu não sou de reclamar, mas a noite foi muito tensa. Eu sai de La Paz tava calor, então minhas roupas térmicas estavam na mochila, lá no bagageiro. Foi muito difícil dormir Afinal, meus amigos, lembram que, se não tivesse esse pequeno incidente, nossa chegada estava programada para 7h do dia seguinte? Nós chegamos 1H DA MANHÃ OUTRO DIA! Sim, eu perdi o vôo para o Brasil. Era madrugada e a rodoviária de Santa Cruz fica em uma área meio tensa da cidade, e como eu não tinha referência de nenhum hostel, tive que peitar um Hotel lá perto. Custaria $100 bol, mas não tinha jeito. Eu tava sem saída. No outro dia teria que ver o que fazer, ligar pra casa, sei lá... Naquela hora eu só queria tomar um banho quente e dormir. No outro dia, antes de ligar pra casa eu tentei sacar grana e, não sei porque, SAIU!!! Não sei exatamente o mecanismo bancário, se é por cheque especial ou cartão de crédito, mas paguei mais de R$50 conto de taxa no próximo mês por aquele dinheiro milagroso que eu consegui sacar. Minha primeira providência foi ir até a empresa de ônibus e explicar a situação. A empresa ELDORADO foi muito solícita em fazer um documento explicando que a viagem atrasou muito devido a condições climáticas, com carimbo e assinatura. Se eu tivesse que pagar alguma coisa pelo voo perdido, tentaria recuperar depois, afinal, a situação estava completamente fora do controle. DICA Sempre que acontecer algo do tipo, busque um comprovante legalmente válido da empresa que te dê suporte para buscar seus direitos. Quando contei da minha situação, um amigo e um primo meu falaram que eu ia ter que pagar taxas absurdas, mas isso não entrava na minha cabeça, alguém que passou mais de 24h em um ônibus preso na neve sem calefação é diferente de um retardatário desatento... Até foto do busão parado na estrada, mostrando a hora e a placa eu tirei. Depois de conseguir o documento com muita tranquilidade, eu fui pro Aeroporto. Tem umas vãs que você pega e paga $6 bol se não me engano, pra ir até lá. Galera, existem pessoas boas no mundo. A moça da Gol foi um amor, foi muito atenciosa e foi trás de resolver isso pra mim. Depois de mais ou menos 1h de espera ela veio com um sorriso no rosto e disse que estava tudo certo, meu voo tinha sido remarcado pro dia seguinte SEM NENHUM CUSTO ADICIONAL. Bixo, eu fiquei 50kg mais leve depois que ela falou isso hahahahahaha Na volta, peguei minhas coisas no hotel e tomei a providência de vazar de lá e procurar um Hostel. Achei um lugar muito, muuuuito bom e barato. Galera, não lembro o nome e não consegui encontra-lo no Hostel World pesquisando aqui agora Eu sei que fica perto de alguma Universidade, porque topei com vários estudantes brasileiros que estavam fazendo Medicina lá. Foi muito massa, trocamos ideia e comemos um salgadinho da tia excelente hahaha Dai pra frente, moçada, não tem muita história. Graças a Deus, agora era só relaxar que o susto tinha passado. IMG_20150814_204646358 by Augusto Silva, no Flickr Eu cheguei em Guarulhos 17:30-18h. Logo chegando fui atrás da Passaredo pra explicar a história e ver o que sucedia, mas pelo menos estava em solo brasileiro. Apesar do mal atendimento, também deu certo, eu estava com uma cópia do documento da Eldorado e repeti só umas 10 vezes "Porque a Gol... Porque a Gol..." hahahahaha Só pra não falar que teve pouco perrengue, não tinham lugares disponíveis no voo noturno. Tive que dormir no aeroporto, daquele jeito GASTOS Loki: $160 bol Passagem pra Santa Cruz (Eldorado): $150 bol Hotel Santa Cruz: $100 bol Hostel Santa Cruz: $30 bol Sobreviver: Não tem preço. ______________________________________________________________________________________________________________ E assim, meus queridos, termina essa experiência sensacional. Eu tentei passar, de alguma forma, uma visão mais emocional do que foi, saca? Foi um puta sonho, primeiro mochilão. Espero ter ajudado, de alguma forma, a galera que está se planejando. Se você está na dúvida se vai ou não, tá com medo, ah a crise, ah insegurança, ah operei de fimose... SÓ VAI! Faça como eu, compre as passagens que ai não tem mais volta! hahaha Garanto que não há arrependimento! No mais galera, to a disposição pra trocar ideia, tirar alguma dúvida... Eu sou só meio burro, fui descobrir aquele negócio de solicitação de mensagem só agora, vi que tinha gente que mandou msg em Dezembro O link do meu face tá no perfil, meu email é: [email protected] Agora é preparar pras próximas!!! Por falar nisso, já deu um joinha pro nosso video do Desafio Red Bull Can You Make It? http://www.redbullcanyoumakeit.com/pt-br/applications/4751/ Se formos selecionados, vamos ter que cruzar a Europa SEM UM CENTAVO, usando só latas de Red Bull como moeda Grande abraço pra todos!!! PS: Aguardem o MOCHILÃO POBRÃO 2016 - PARAGUAI, ARGENTINA, CHILE E URUGUAI.
  3. Fala jordy pacheco! Não sei por quê, não saiu minha resposta pra ti, deve ter sido a net medieval aqui Assim que eu fizer minha prova de estágio estarei mais tranquilo, pode ser? Ai faço um resumo do mais importante pra colocar no video. Grande abraço!
  4. Fala Guilherme henrique souza! Bixo, eu não vi camping, especificamente, mas imagino que deva ser muito tranquilo, principalmente se você chegar pela parte norte. Quando fui não vi galera acampada, talvez até tivesse, mas eu fui seguindo a trilha. A Isla é um lugar fantástico e não tem aquela pegada exploradora, saca? Os "pedágios que você paga" são pra ajudar o lugar, pois vivem de uma modalidade chamada turismo comunitário, ou seja, lá não gira em torno das agências de turismo. A parte sul tem hoteis mais caros na orla, e tem uma comunidade um pouco maior (mesmo assim é minúscula haha), por isso falo que a parte norte tem mais essa pegada, então não posso te falar com certeza, mas pela minha experiência no lugar, acredito que não tenha problema. Desde que você se certifique de não atrapalhar, seja estando em uma área de pasto ou cultivo. Só esteja preparado porque venta muito
  5. victorfirmes ooh meu caro, boa viagem pra ti! Pode entrar em contato que no que eu puder ajudar estou a disposição! Abraço!!
  6. hahahaha Foda é que estamos perdendo pra uns muito paia, pq é votação né Não sei mais se a saga do Mochilão Pobrão vai passar pela Europa
  7. GALERA, ANTES DA ÚLTIMA POSTAGEM PRA CONTAR COMO FOI A PENOSA VOLTA PRA CASA QUERIA PEDIR UM GRANDE FAVOR: AJUDE ESSE MOCHILEIRO POBRÃO A ENFRENTAR O DESAFIO DE CRUZAR A EUROPA COMPLETAMENTE SEM DINHEIRO, USANDO SOMENTE LATAS DE REDBULL COMO MOEDA. BASTA DAR O SEU VOTO E NOS AJUDAR A DIVULGAR. GRANDE ABRAÇO!!! http://www.redbullcanyoumakeit.com/pt-br/applications/4751/
  8. The Lion's Deen - A Traditional English Pub Faaala galeraaa!!! Hoje vou contar uma das experiências mais legais da viagem. Como eu estava contando, eu me peguei sem grana pra chegar a Santa Cruz de la Sierra, de onde eu voltaria para o Brasil. Confesso que na hora eu fiquei um pouco desesperado Foi então que eu, sentado no hall do Loki, fui iluminado e vi uma plaquinha dizendo que o Loki estava contratando pessoas para trabalharem no bar. Pensei "fechou"! Fui conversar com o cara, mas ele falou que o mínimo era 2 semanas Falei que estava com a passagem de volta comprada, que precisava urgente... E nada. Mas ele me deu algumas sugestões de lugares onde procurar. Pegou um mapinha da cidade e circulou os melhores locais para procurar um trampo. E eu sai, na minha peregrinação, na qual eu teria muita sorte! Consegui no primeiro lugar em que eu fui, claro, depois de jogar muito papo. Ele tinha me falado pra procurar no The English Pub. O lugar era em um prédio de esquina, mas o que que acontece: Tem dois Pubs Ingleses, UM EM CIMA DO OUTRO!!! O que ele me recomendou era no andar de baixo, e eu acabei subindo as escadas pro outro, que chamava The Lion'n Deen. AINDA BEM! Que gratidão que eu tenho com a Señorita Leandra, ela fui muito gente boa. Eu expliquei a situação, falei, falei, falei, até que finalmente a convenci de me dar um emprego só pelo dia. Eu trabalharia de 18h as 1h da manhã. Minha entrevista de emprego terminou assim: Você é brasileiro? Sabe fazer caipirinha? Faz uma ai pra eu ver! Pronto! Fiz meu merchan, que me renderia as gorjetas da noite hahahaha Deu a hora, fui dos mais empolgados pra trampar. Chegando lá, tinha outro cara que ia trabalhar também, um francês que não tava naada feliz. O coitado tinha sido roubado, estava completamente sem dinheiro, sem roupas, sem mochila e sem documentos. Nós dois tinhamos que nos revezar entre atender o bar e panfletar/chamar clientes na porta, porque a concorrência estava literalmente ao lado. A Leandra explicou que era um bar só, até que o outro cara brigou com ela e abriu o The English Pub no cômodo de baixo só pra ferrar com ela, coitada. Ela contou que o povo de lá ficava falando mal pro povo do Lion's Deen. Haaaa, que que isso, eu vesti a camisa bonito!!! Não sei como não apanhei porque a cada cliente que a gente conseguia eu zuava com a cara do povo do outro bar hahaha Enquanto eles chegavam chamando e falando que a nossa comida era ruim, eu já ia dizendo que era brasileiro e ia fazer uma caipirinha original!!! Foi uma guerra, ai eu subi pra atender. Cara, que vontade de largar tudo e ficar lá hahahahahhahaha Foi muito divertido porque eu fiz amizade com a galera, trocava ideia, e tacava caipirinha no povo. Teve um casal arequipenho que saiu trocando as pernas. Quando eles iam embora eu falei: Oh, no Brasil existe uma coisa chamada "Saideira", que é a última bebida que você toma antes de ir embora. Eles "Ah beleza, vamos tomar uma saideira". E toda hora eu jogava a prosa neles, nãao toma só mais uma saideira... Essa agora é a saideira... A próxima vai ser a saideira... A mulher do cara saiu gritando: "Yo soy una cholita peruana y peleo con las lobas". Lobas, no caso, eram biscates Ganhamos uma janta top. Além disso, eu saí de lá bêbado ãã2::'> Um dos atrativos para chamar clientes é que quem fosse ia ganhar um "Free shot". E a Leandra foi empolgando e fazendo free shots pra gente também. Um pro cliente, um pra nós hahahaha Na hora eu pensei, esse trem deve ser ruim igual o demonio. Ela pegava uma fatia de limão e colocava em cima, metade de açucar e metade de pó de café solúvel. O shot era vodka com licor de café. Ai você chupa o limão com aqueles trem tudo e vira a dose. Vo contar um trem pro ces, fiiiiiiihhh que negócio bão hahahahaha Esse dia foi tão massa que deu 1h da manhã a Leandra puxou as portas, mas continuamos lá com alguns fregueses. Aqueles piolhos de buteco que não vão embora. Ficamos até 3h da manhã bebendo, cada um colocando músicas no youtube e conversando com a galera. Era uma turma de franceses e um Chileno que tava só de papo com a Leandra Sei que no final da noite eu ganhei de gorjetas o mesmo tanto que ganhei de salário! Ganhei no total $100 bol, quase com o valor da passagem completa pra Santa Cruz. Na hora de ir embora o coração apertou viu. Ela insistiu muito pra que eu ficasse mais um tempo lá, que gostou muito de mim... Ai, conversando sobre as dificuldades do bar, que queria mudar o negócio... Antes dela terminar eu falei: Por que você não abre um Pub Irlandês?! Ela já olhou pra mim e falou: VOCÊ LEU MEU PENSAMENTO!!! Nãaao, você não vai voltar pro Brasil coisa nenhuma. Vai ficar aqui e ser meu sócio!!! Fiiihhh hahahahahahahaha Na hora balançou viu?! Nem se eu ficasse mais dois dias escrevendo, não conseguiria passar pra vocês como foi uma experiência legal. A vibe do lugar era sensacional! Ai vão algumas fotos: IMG_20150810_185910760 by Augusto Silva, no Flickr IMG_20150810_225953698 by Augusto Silva, no Flickr IMG_20150810_230000730 by Augusto Silva, no Flickr IMG_20150811_244526644 by Augusto Silva, no Flickr IMG_20150810_175810565 by Augusto Silva, no Flickr Fechando o baaaar: IMG_20150811_244555424 by Augusto Silva, no Flickr Voltei tonto igual uma cabaça pro hostel, 3h da manhã, rezando pra não ser assaltado, mas foi muito tranquilo. Meu vôo saia em dois dias, como ia de busão pra Santa Cruz, tinha que sair no dia seguinte pra chegar lá no dia de partida. Fiz as contas de horário, e peguei um ônibus que saia de La Paz na parte da tarde e chegaria por volta de 7h da manhã em Santa Cruz. Um horário bom, porque o voo era 12:45, então eu teria folga inclusive para atrasos. Seria uma pena se... nevasse.
  9. Fala Piterdog hahaha conseguir trabalho é de boa! Cara, depende pra onde vc vai ir. Eu levei segunda pele, um fleece (que é tipo um moletom) e uma impermeável, pra viagem toda. A segunda pele usei mais na travessia do Salar. E lá comprei um de lã de alpaca pra ir pra Uyuni, onde o bixo pega de frio. Peguei -15ºC lá. Agora, pro restante foi de boa. Eu fui no inverno e não peguei temperaturas muito baixas no Peru. Se você for passar por Puno, compensa proteger um pouco mais, porque é bem mais frio que Cusco por exemplo. Eu fiquei algumas horas lá na rodoviária e passei um friozim... Mas, varia de pessoa pra pessoa.
  10. LA PAZ Fala galera! Chegando ao finalzinho da viagem O busão partia de Copacabana a tarde, por volta de umas 18h se não me engano. No tempo de espera, fiz amizade com a galera que veio na balsa comigo da ilha. Não tinhamos conversado antes porque era um grupo de 6 pessoas, eles estavam falando só italiano lá, e na Isla del Sol eu estava me sentindo no Into the Wild hahahaha Ow ,que galera massa! Era um grupo de estudantes que eram da mesma turma do ensino médio, uma senhora de uns 40 e poucos anos que trabalhava naquela escola também, e todos viajaram juntos para fazer um trabalho voluntário na Bolívia, antes de entrarem pra universidade. Papo vai, papo vem, nós fomos ao busão. Sim, você tem que esperar na agência e a moça que trabalha lá te leva até onde ele parar, em alguma rua aleatória, se não você fica pra trás. É uma viagem bem tranquila, achei mto legal ter que pegar balsa, ver eles atravessarem o busão. Pena que não deu pra tirar foto, tava muito escuro. IMG_20150809_193503839 by Augusto Silva, no Flickr Cheguei a noite em La Paz bem cansado, mas matutando as coisas na cachola.Devido a “questões financeiras” já relatadas (gastar a vida com cachaça em Arequipa, e ter ido pra Huacachina, que estava fora do roteiro) eu estava com a grana bem curta. Não dava pra fazer os passeios tradicionais: Trilha da Morte-Downhill, Chalcaltaya, Tihuanaco... Mas, olhando pelo lado bom, isso me daria mais vontade de querer voltar! E outra: Mesmo assim, La Paz foi sensacional! hahahaha Eu com minhas habilidades maestrais em matemática, juntamente com o Carpe Diem que toma conta durante a viagem fiz as contas e conclui brilhantemente que estava sendo um pouco paranoico. “Aaah que isso, to exagerando...”. Claro que dava pra ir pra um Party Hostel. Claro, e ainda comprar presentes pra família, comer despreocupado. Obviamente, sobraria um pouco para o goró, comprar passagem pra Santa Cruz... VAAAMOO PROOO LLOOOKIIII!!!! Galera, sinceramente, eu não sei contar como eu voltei pro Brasil! Hahahahaha Devido ao incidente pra ir pra Santa Cruz, eu fiz uma mágica com Cartão de Crédito e Cheque especial que não sei explicar. O banco tirou taxas de cobrança da cartola por causa disso, mas eu já estava vivo e no Brasil hahahaha Opa, estou me adiantando! Enfim, eu cheguei no Loki, tomei um banho e capotei! Bem que o Sebastian, o alemão que estava com a gente em San Pedro, tinha falado: Aqueles chuveiros do Loki são de Deus!!! Aliás, só os chuveiros porque esse hostel não é de Deus! Hahahaha É um prédio de 7 andares, com um bar no último com vista pra cidade, festas insanas... Não, é um trem de doido! Só que esse dia eu não tinha forças pra viver! Hahaha Lembrem-se disso, as vezes o fardo pesa e você tem que recarregar as baterias. Eu “acordei”, naquele estado lesado em que você não está nem alerta nem dormindo, e ouvi uns axézão, funk, pagodão... Pensei, será que eu to bêbado? Né possível... Fui descobrir no outro dia que tinha tido uma Festa Brasileira!!! Anemm.... Mas tá bão, eu não ia dar conta de ir de qualquer jeito hahaha. Acordei zerado! Enchi bastante o bucho com uns trem que tinha lá. Não é um café da manhã, é uns trem que fica de open bar no hall. Café, leite, chá, umas bolachas, uns pães... Eu tirei o dia pra dar um rolê na cidade e conhecer um pouco. Aaah: DICA Se você está planejando uma viagem pra essa região, tente evitar ir direto pra La Paz. A altitude pode pesar muito! Um amigo começou por lá e passou mal, conheci uma galera ao longo do caminho que teve o mesmo problema... Falo isso porque fiquei aclimatando durante toda a viagem e sentia um pouco de falta de ar lá, algumas dores de cabelça, mas tudo bem leve. Fui no Mercado de las Brujas. É uma rua bem grande com várias coisas pra se comprar. Lá foi, durante toda a viagem, o lugar com os preços mais em conta que encontrei. Então, se tem planos pra comprar alguma coisa pra família e pros amigos, deixe pra comprar em La Paz. O lugar pode ter um ar meio sinistro no começo, porque as lojas do começo da rua tem um monte de bebes lhamas pendurados, algumas cholitas te olham com cara de... bruxas mesmo hahahaha Fazem jus ao nome do lugar. IMG_20150810_142647821 by Augusto Silva, no Flickr IMG_20150810_142202461_HDR by Augusto Silva, no Flickr IMG_20150810_141832332 by Augusto Silva, no Flickr Andei bem viu?! Nuh! Quando eu voltei, recebi um whatsapp da Hilde, a inglesa que fez o tour do Salar de Uyuni comigo. Ela também estava em La Paz e também estava no Loki! Combinamos de topar a noite, e assim fizemos. Fomos tomar uma naquela beleza de bar. Pelos meus excepcionais cálculos eu poderia beber... Fazer o que né?! Matemática. Pedi uma Cuba Libre, que veio em um barril na forma de caneca hahahaha IMG_20150811_215920147 by Augusto Silva, no Flickr Lá eu conheci a Alexis, que estava junto com a Hilde, e um holandês maluco chamado John. Ficamos conversando e bebendo, até que o cara saiu e foi comprar “um negócio”. Quando ele voltou, tava numa animação. Uma precisão de ir no banheiro toda hora, e sepre que voltava de lá estava mais “animado”. Ces entenderam né... Essa não é minha vibe, mas continuei por lá, o cara era gente fina. Fomos conhecendo a galera que tava lá, tinha um brasileiro trabalhando no bar, gente de tudo quanto é lado. Meu goró acabou e como eu tava quebrado, dei uma desanimada e falei que ia embora. Quem disse?! O cara falou: Nãaaao ce vai ficar ai, nois vai toma cachaça, pega umas muieee. Dai pra frente, virou open bar. O John buscava tudo em dobro. Jesuis que grau!!! Troquei contatos com um monte de gente, mas nunca mais, todo mundo ficou maluco. Quando o DJ encerrou, era 1h eu acho, o povo foi pra uma boate. Só que ai eu é que já não estava na vibe. A maioria do pessoal tava bem “animado”, já não era lugar pra mim. Mas a farra teve boa enquanto durou e foi só cachaça. Fui dormir e, ao acordar no outro dia, eu revivi uma lembrança: Ressaca com altitude é uma mistura que não combina! CAARAAAII!!! Eu só q ueria que alguém desligasse o sol e abaixasse o volume do mundo. Ce besta!!! Esse dia eu fui comprar as lembrancinhas pra galera, dar mais um passeio pela cidade... IMG_20150810_135137442 by Augusto Silva, no Flickr A casa do Presida ai oh: IMG_20150810_135133990 by Augusto Silva, no Flickr IMG_20150810_135119398 by Augusto Silva, no Flickr IMG_20150810_135054162 by Augusto Silva, no Flickr IMG_20150810_135051049 by Augusto Silva, no Flickr IMG_20150810_134310940_HDR by Augusto Silva, no Flickr Quando cheguei no hostel, comecei a organizar minhas coisas porque iria no outro dia pra Santa Cruz. Imaginem meu espanto ao ver que não tinha dinheiro pra comprar a passagem hahahahahaha Cara, eu tinha feito as contas!!! Né possível!!! Isso era o que, umas 13h. Eu pensei: É... Se não me engano eu tinha uns $100 e poucos BOL. Só a passagem pra SC era 150 hauhauhuahauhua Essa foi minha reação. Eu comecei a rir, porque tava no sal! Ai eu lembrei da placa que estava no hall, falando que o Loki precisava de gente pra trabalhar no bar. Estava escrito de todo tamanho “Mínimo 2 semanas”, mas o que que eu podia fazer?! Precisava de um trampo pra aquele dia. Conversei com o cara, pelejeeei, ele disse que não podia fazer algo que nunca foi feito no Hostel. Mas que podia me indicar lugares onde eu poderia procurar trampo. E lá fui eu, sair na cidade com um mapa nos lugares onde o cara tinha me indicado, tentar achar uma boa alma que me desse serviço por um dia pra eu poder ir pra Santa Cruz e não perder meu voo para o Brasil. Bom, o serviço eu consegui, já o voo...
  11. Fala jordy pacheco, esses foram meus gastos lá, mais uns 40-50 reais que eu fiz brotar do cheque especial e cartão de crédito em Santa Cruz hahahaha Cara, não laveeei laveeei roupa. Cueca eu lavava no banheiro dos hostels na hora do banho, camiseta também. Tirando a parte do deserto, em que suja até bastante, o restante do caminho é tranquilo. Eu não lembro a quantidade certa, mas levei uma quantidade de roupas pensando no número de repetições, bermudas fáceis de lavar. Mas era tudo na hora do banho mesmo, é bem de boa. Só roupa pesada que não. Por exemplo, nos últimos dias minhas calças jeans estavam todas sujas, eu usei uma calça daquelas coloridas que comprei lá.
  12. fabriofreitas4 nossa bixo, cê me apertou pq o dolar agora a quase R$4,00 tenho que pensar... Mas em dólar já te ajuda? Eu fiquei 3 dias e duas noites no Atacama e gastei US$100 dolares no total, contando hospedagem, alimentação, passagem pra Arica, aluguél de bikes e pranchas e cachaça. Pra conhecer sem miserê, pode preparar o bolso porque tudo lá é bem caro. Ai vai depender do tempo que vc vai ficar e do que vai querer conhecer. Eu não lembro ao certo os valores dos passeios, mas eram mais ou menos: (Quando eu fui 1US$ = +- 650 CLP, ai deixo a matemática por sua conta) 11.000 CLP Valle de la Luna e Valle de la Muerte 23 ou 28.000 Laguna Cejar com mais algum E tinha um pacote com quase todos que era uns 40-45.000, incluindo o Salar de Tara que é o mais caro. Ah, eu comprei comida e cozinhei lá, então se vc for gastar com comida, prepara também porque os restaurantes são muito caros. Espero que tenha ajudado. Qualquer coisa tamo ae!
×
×
  • Criar Novo...