Ir para conteúdo

augustoosilva

Membros
  • Total de itens

    56
  • Registro em

  • Última visita

Posts postados por augustoosilva

  1. Oooohhh galera, muito obrigado! hahaha Fico feliz que tenham curtido e em ter ajudado, de alguma maneira!!! ::otemo::

     

    Cara muito bom! ::lol4::

     

    Para uma primeira mochilada tu foi bem "batizado" viu.... ::lol4:: Altas emoções! rs...

     

    Parabéns bixo, foda a trip! Tem mais fotos postadas em algum lugar? Flickr ou algo do tipo.....

     

    thiago gentil, segue o link do flickr com todas as fotos (não editadas) e videos que fiz lá:

     

    https://www.flickr.com/photos/[email protected]/

     

    Fiz um instagram em que fico brincando com algumas fotos de viagem: @augusto.osilva

     

    Não esqueci do video que o jordy pacheco me pediu pra fazer dando uma resumida nas dicas, mas to muito afogado!!! Vou voltar pra casa no feriado da páscoa e vejo se consigo gravar hahaha

     

    Aproveito e deixo aqui os planos pro próximo, quem quiser dar uma conferida e tiver alguma dica:

     

    https://www.google.com/maps/d/edit?mid=zS-G4NNfhLDw.kreZCxeqaZUo&usp=sharing

     

    A ideia é ir até Foz, entrar pelo Paraguai, chegar a Salta, descer para Menoza, visitar a galera de Santiago que conheci em San Pedro, ir até Buenos Aires e subir pela costa do Uruguai, dentro de 40 dias! ::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::

  2. Neve! Volta pra casa

     

    Fala galera! Escrevo agora esse último post, ouvindo a trilha do Into the Wild que tanto marcou essa viagem, relembrando cada momento...

     

    Eu cheguei no hostel umas 3:30-4h da manhã tonto igual uma cabaça, dos free shots do Lion's Deen. No outro dia acordei umas 9h pra comprar a passagem pra Santa Cruz de La Sierra, ainda lembrando da Leandra me chamando pra ficar e abrirmos o Pub Irlandês ::hahaha::

     

    Claro que a ressaca de mais de 3.000m de altitude não tardou a me recobrar a consciência ::toma::

     

    O terminal de La Paz fica a 10min do Loki, é bem pertinho. E lá é aquela loucura de sempre: AAAAAREEEEEQUIIIIPA AREQUIPA AREQUIPAAAAA!!! SANTA CRU SANTA CRUUUUUUUUUUUUZZZZZZZZZ!!!

     

    Meu voo sairia no outro dia 12:45h. Então fiz as contas (é uma viagem bem demorada) e comprei a passagem no horário mais cedo, de modo que, pelo tempo de viagem, chegaria a Santa Cruz as 7h da manhã... De boa, sussa, tranquilo... Umas 3h de atraso ai de lambuja.

     

    Voltei pro Loki pra arrumar minhas coisas e depois fui dar mais uma volta pra me despedir da cidade. Eu tava com a grana bem contada, então fui atras daqueles lugares que são uma beleza pra comer. Você paga $10bol pra comer o suficiente pro dia todo ::otemo:: É sério. Sério mesmo.

     

    Comprei algumas coisas pra viagem em uma padaria, onde acabei topando de novo com a Hilde e a Alexis. Me despedi delas, falei que estava voltando pro Brasil e fiquei com uma certa inveja, porque as duas ainda teriam mais 6 meses pra viajar hahaha

     

    Mas, o engraçado é que o povo é meio doido. Eles não pensam muito pra entrar num busão e ir pra qualquer lugar. A primeira vista parece ótimo, mas cara, se você está no lugar A e queir ir em B e C, as vezes ir em C primeiro e de lá pra B é melhor do que ir em B, voltar pra A e ir pra C, certo? ::essa:: Um exemplo mais concreto: A Alexis deu na cabeça que queria ir pra Salta, na Argentina. Ela saiu do Peru e foi. Voltou pra Bolivia e estava querendo agora ir pro Chile. ::ahhhh:: Cada um com suas doiduras hahaha

     

    Tudo pronto, mochila nas costas e vamo embora. As plataformas onde você espera o ônibus são caóticas. O busão provavelmente não vai parar no lugar indicado na passagem ::hein:

     

    Depois de uma meia hora de atraso chegou o bixão de dois andares, bem confortável. Na verdade foi o único que era realmente semi-leito, como eles falam de todos os ônibus no Peru e na Bolivia nos terminais. Ainda bem que era pelo menos confortável, aquela seria uma longa viagem ::mmm:

     

    Pouco depois de sairmos de La Paz, uma surpresa impressionante: Ao longe, o branco começa a tomar conta da paisagem...

    ::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::

     

    FIIIIHHHH, É NEEEEEEEVEEEEEEE DOOOOOOOOIDOOOOOO!!!! QUE DOIDEEEEEERAAA FIIIIIIHHHH OIIIAAA A NEEEEVEEEEEEEEE VEEEEEEEEEIIIII A NEEEEEEEVE A NEEEEVEEEEEE CARAAAAAIIIII!!!!!!

     

    NEVE DA JANELA

    25197644436_46f3f221e1_k.jpgIMG_20150812_180906405 by Augusto Silva, no Flickr

     

    COLINAS DE NEVE

    25105674832_6afe1cd0aa_k.jpgIMG_20150812_180355138 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    BONECO DE NEVE

    24928344060_38c61199a8_k.jpgIMG_20150812_171739388 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    NEVE SUNSET

    25105701442_a033497e6b_z.jpgIMG_20150812_181611935 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Cara, que legal, conheci a neve. Massa né... Estamos seguindo viagem, de repente o busão para. Uma paradinha de uns 20 min, e começa a andar de novo. Pensei, ah, neve né, congestiona, tem que ir com cuidado, essas estradas né...

     

    Vamos indo mais devagar, agora o busão para... e desliga. Pensei uai... devem estar tirando a neve né. A essa altura eu já me indagava: Quando será que vão ligar a calefação...

     

    24593260994_34dfc90776_z.jpgIMG_20150812_182117776 by Augusto Silva, no Flickr

     

    Depois de uns 40 minutos com o ônibus desligado a ficha começou a cair ::hein:::hein:::hein:::hein:::hein:

     

    Eu sentei ao lado de uma senhora muito gente boa que fez a caridade de me dar um cantinho do cobertor dela, porque não, meus amigos, o ônibus não tinha calefação.

     

    Não sei o que era pior, o tempo, a temperatura, o desespero de perder o vôo ou os filmes que o povo colocava. Sério, não basta ter hipotermia, tem que morrer congelado vendo o filme de um menino com chifre que ninguém queria ensinar kung fu, e começa a lutar contra uma locomotiva que quer passar por cima da aldeia... NO VOLUME 40!

     

    Engraçado que depois de 20h nós sentimos falta de algum filme ou coisa pra entreter, e os caras simplesmente não queriam colocar de cuzoes. ::grr::

     

    Tudo tem um lado positivo. A senhora que estava do meu lado era professora, muito culta. Eu acabei conversando muito com ela, até porque estavamos presos lá hahahahahaha Em termos de bagagem cultural, esse foi um momento de grande enriquecimento. Ela é de Cochabamba mas morava em Santa Cruz, me falou sobre a cultura boliviana, lugares onde poucos turistas conhecem, sobre a vida, sobre a morte, sobre tudo o que vocês pensarem...

     

    Olha, eu não sou de reclamar, mas a noite foi muito tensa. Eu sai de La Paz tava calor, então minhas roupas térmicas estavam na mochila, lá no bagageiro. Foi muito difícil dormir ::Cold::::Cold::::Cold::

     

    Afinal, meus amigos, lembram que, se não tivesse esse pequeno incidente, nossa chegada estava programada para 7h do dia seguinte? Nós chegamos 1H DA MANHÃ OUTRO DIA!

     

    Sim, eu perdi o vôo para o Brasil. ::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::

     

    Era madrugada e a rodoviária de Santa Cruz fica em uma área meio tensa da cidade, e como eu não tinha referência de nenhum hostel, tive que peitar um Hotel lá perto. Custaria $100 bol, mas não tinha jeito. Eu tava sem saída. No outro dia teria que ver o que fazer, ligar pra casa, sei lá... Naquela hora eu só queria tomar um banho quente e dormir.

     

    No outro dia, antes de ligar pra casa eu tentei sacar grana e, não sei porque, SAIU!!! ::lol4::::lol4:: Não sei exatamente o mecanismo bancário, se é por cheque especial ou cartão de crédito, mas paguei mais de R$50 conto de taxa no próximo mês por aquele dinheiro milagroso que eu consegui sacar.

     

    Minha primeira providência foi ir até a empresa de ônibus e explicar a situação. A empresa ELDORADO foi muito solícita em fazer um documento explicando que a viagem atrasou muito devido a condições climáticas, com carimbo e assinatura. Se eu tivesse que pagar alguma coisa pelo voo perdido, tentaria recuperar depois, afinal, a situação estava completamente fora do controle.

     

    DICA

    Sempre que acontecer algo do tipo, busque um comprovante legalmente válido da empresa que te dê suporte para buscar seus direitos. Quando contei da minha situação, um amigo e um primo meu falaram que eu ia ter que pagar taxas absurdas, mas isso não entrava na minha cabeça, alguém que passou mais de 24h em um ônibus preso na neve sem calefação é diferente de um retardatário desatento... Até foto do busão parado na estrada, mostrando a hora e a placa eu tirei.

     

     

    Depois de conseguir o documento com muita tranquilidade, eu fui pro Aeroporto. Tem umas vãs que você pega e paga $6 bol se não me engano, pra ir até lá.

     

    Galera, existem pessoas boas no mundo. A moça da Gol foi um amor, foi muito atenciosa e foi trás de resolver isso pra mim. Depois de mais ou menos 1h de espera ela veio com um sorriso no rosto e disse que estava tudo certo, meu voo tinha sido remarcado pro dia seguinte SEM NENHUM CUSTO ADICIONAL. Bixo, eu fiquei 50kg mais leve depois que ela falou isso hahahahahaha

     

    Na volta, peguei minhas coisas no hotel e tomei a providência de vazar de lá e procurar um Hostel. Achei um lugar muito, muuuuito bom e barato. Galera, não lembro o nome e não consegui encontra-lo no Hostel World pesquisando aqui agora :cry:

     

    Eu sei que fica perto de alguma Universidade, porque topei com vários estudantes brasileiros que estavam fazendo Medicina lá. Foi muito massa, trocamos ideia e comemos um salgadinho da tia excelente hahaha

     

    Dai pra frente, moçada, não tem muita história. Graças a Deus, agora era só relaxar que o susto tinha passado.

     

    24857288209_c0c06d415b_k.jpgIMG_20150814_204646358 by Augusto Silva, no Flickr

     

    Eu cheguei em Guarulhos 17:30-18h. Logo chegando fui atrás da Passaredo pra explicar a história e ver o que sucedia, mas pelo menos estava em solo brasileiro. Apesar do mal atendimento, também deu certo, eu estava com uma cópia do documento da Eldorado e repeti só umas 10 vezes "Porque a Gol... Porque a Gol..." hahahahaha

     

    Só pra não falar que teve pouco perrengue, não tinham lugares disponíveis no voo noturno. Tive que dormir no aeroporto, daquele jeito ::lol3::

     

     

    GASTOS

    Loki: $160 bol

    Passagem pra Santa Cruz (Eldorado): $150 bol

    Hotel Santa Cruz: $100 bol

    Hostel Santa Cruz: $30 bol

    Sobreviver: Não tem preço.

    ______________________________________________________________________________________________________________

     

    E assim, meus queridos, termina essa experiência sensacional. Eu tentei passar, de alguma forma, uma visão mais emocional do que foi, saca? Foi um puta sonho, primeiro mochilão. Espero ter ajudado, de alguma forma, a galera que está se planejando.

     

    Se você está na dúvida se vai ou não, tá com medo, ah a crise, ah insegurança, ah operei de fimose... SÓ VAI! Faça como eu, compre as passagens que ai não tem mais volta! hahaha Garanto que não há arrependimento!

     

    No mais galera, to a disposição pra trocar ideia, tirar alguma dúvida... Eu sou só meio burro, fui descobrir aquele negócio de solicitação de mensagem só agora, vi que tinha gente que mandou msg em Dezembro ::putz::

     

    O link do meu face tá no perfil, meu email é: [email protected]

     

    Agora é preparar pras próximas!!! Por falar nisso, já deu um joinha pro nosso video do Desafio Red Bull Can You Make It?

     

    http://www.redbullcanyoumakeit.com/pt-br/applications/4751/

     

    Se formos selecionados, vamos ter que cruzar a Europa SEM UM CENTAVO, usando só latas de Red Bull como moeda ::lol4::::lol4::

     

    Grande abraço pra todos!!!

     

    PS: Aguardem o MOCHILÃO POBRÃO 2016 - PARAGUAI, ARGENTINA, CHILE E URUGUAI.

     

    ::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::

  3. AUGUSTO SEI QUE TUA ROTINA DEVE SER UMA CORRERIA, MAS CARA FAÇA UM VIDEO NO YOUTUBE ASSIM QUE VC PUDER PARA AS PESSOAS QUE ESTÃO LENDO E SE IDENTIFICANDO COM TEU RELATO POSSAM TE CONHECER E SABER MAIS DESSA TUA EXPERIÊNCIA(MUITO MASSA DIGA-SE DE PASSAGEM), UM VIDEO FALANDO DOS DETALHES E FAZENDO UM RESUMO DA SUA VIAGEM, CARA TEU RELAO É SENSACIONAL.!!! TANTO É QUE ESTOU ME BASEANDO NELE.!!!! VALEU ::otemo::::otemo::::hahaha::::hahaha::::hahaha::::hahaha::

     

    Fala jordy pacheco! Não sei por quê, não saiu minha resposta pra ti, deve ter sido a net medieval aqui ::mmm: Assim que eu fizer minha prova de estágio estarei mais tranquilo, pode ser? Ai faço um resumo do mais importante pra colocar no video. Grande abraço!

  4. Augusto, li na net uns relatos de galera que acampa na isla, rola isso? Tipo tem algum camping ou voce viu alguma galera acampada por la? Valeu, to indo em março, se alguem tiver na pegada!!!!

     

    Fala Guilherme henrique souza! Bixo, eu não vi camping, especificamente, mas imagino que deva ser muito tranquilo, principalmente se você chegar pela parte norte. Quando fui não vi galera acampada, talvez até tivesse, mas eu fui seguindo a trilha. A Isla é um lugar fantástico e não tem aquela pegada exploradora, saca? Os "pedágios que você paga" são pra ajudar o lugar, pois vivem de uma modalidade chamada turismo comunitário, ou seja, lá não gira em torno das agências de turismo. A parte sul tem hoteis mais caros na orla, e tem uma comunidade um pouco maior (mesmo assim é minúscula haha), por isso falo que a parte norte tem mais essa pegada, então não posso te falar com certeza, mas pela minha experiência no lugar, acredito que não tenha problema. Desde que você se certifique de não atrapalhar, seja estando em uma área de pasto ou cultivo. Só esteja preparado porque venta muito ::Cold::

  5. GALERA, ANTES DA ÚLTIMA POSTAGEM PRA CONTAR COMO FOI A PENOSA VOLTA PRA CASA ::Cold:: QUERIA PEDIR UM GRANDE FAVOR:

     

    AJUDE ESSE MOCHILEIRO POBRÃO A ENFRENTAR O DESAFIO DE CRUZAR A EUROPA COMPLETAMENTE SEM DINHEIRO, USANDO SOMENTE LATAS DE REDBULL COMO MOEDA. BASTA DAR O SEU VOTO E NOS AJUDAR A DIVULGAR.

    GRANDE ABRAÇO!!!

     

    http://www.redbullcanyoumakeit.com/pt-br/applications/4751/

  6. The Lion's Deen - A Traditional English Pub

     

    Faaala galeraaa!!! Hoje vou contar uma das experiências mais legais da viagem.

     

    Como eu estava contando, eu me peguei sem grana pra chegar a Santa Cruz de la Sierra, de onde eu voltaria para o Brasil. Confesso que na hora eu fiquei um pouco desesperado ::sos::::sos::::sos::::sos::

     

    Foi então que eu, sentado no hall do Loki, fui iluminado e vi uma plaquinha dizendo que o Loki estava contratando pessoas para trabalharem no bar. Pensei "fechou"! Fui conversar com o cara, mas ele falou que o mínimo era 2 semanas ::ahhhh::

    Falei que estava com a passagem de volta comprada, que precisava urgente... E nada. Mas ele me deu algumas sugestões de lugares onde procurar. Pegou um mapinha da cidade e circulou os melhores locais para procurar um trampo. E eu sai, na minha peregrinação, na qual eu teria muita sorte! Consegui no primeiro lugar em que eu fui, claro, depois de jogar muito papo.

     

    Ele tinha me falado pra procurar no The English Pub. O lugar era em um prédio de esquina, mas o que que acontece: Tem dois Pubs Ingleses, UM EM CIMA DO OUTRO!!! ::hein: O que ele me recomendou era no andar de baixo, e eu acabei subindo as escadas pro outro, que chamava The Lion'n Deen. AINDA BEM! Que gratidão que eu tenho com a Señorita Leandra, ela fui muito gente boa. Eu expliquei a situação, falei, falei, falei, até que finalmente a convenci de me dar um emprego só pelo dia. Eu trabalharia de 18h as 1h da manhã.

     

    Minha entrevista de emprego terminou assim: Você é brasileiro? Sabe fazer caipirinha? Faz uma ai pra eu ver! Pronto! Fiz meu merchan, que me renderia as gorjetas da noite hahahaha

     

    Deu a hora, fui dos mais empolgados pra trampar. Chegando lá, tinha outro cara que ia trabalhar também, um francês que não tava naada feliz. O coitado tinha sido roubado, estava completamente sem dinheiro, sem roupas, sem mochila e sem documentos. Nós dois tinhamos que nos revezar entre atender o bar e panfletar/chamar clientes na porta, porque a concorrência estava literalmente ao lado.

     

    A Leandra explicou que era um bar só, até que o outro cara brigou com ela e abriu o The English Pub no cômodo de baixo só pra ferrar com ela, coitada. Ela contou que o povo de lá ficava falando mal pro povo do Lion's Deen. Haaaa, que que isso, eu vesti a camisa bonito!!!

     

    Não sei como não apanhei porque a cada cliente que a gente conseguia eu zuava com a cara do povo do outro bar hahaha Enquanto eles chegavam chamando e falando que a nossa comida era ruim, eu já ia dizendo que era brasileiro e ia fazer uma caipirinha original!!! Foi uma guerra, ai eu subi pra atender.

     

    Cara, que vontade de largar tudo e ficar lá hahahahahhahaha

     

    Foi muito divertido porque eu fiz amizade com a galera, trocava ideia, e tacava caipirinha no povo. Teve um casal arequipenho que saiu trocando as pernas. Quando eles iam embora eu falei: Oh, no Brasil existe uma coisa chamada "Saideira", que é a última bebida que você toma antes de ir embora. Eles "Ah beleza, vamos tomar uma saideira". E toda hora eu jogava a prosa neles, nãao toma só mais uma saideira... Essa agora é a saideira... A próxima vai ser a saideira... ::lol4::::lol4::::lol4::

    A mulher do cara saiu gritando: "Yo soy una cholita peruana y peleo con las lobas". Lobas, no caso, eram biscates ::lol3::::lol3::

     

    Ganhamos uma janta top. Além disso, eu saí de lá bêbado ::dãã2::ãã2::'> Um dos atrativos para chamar clientes é que quem fosse ia ganhar um "Free shot". E a Leandra foi empolgando e fazendo free shots pra gente também. Um pro cliente, um pra nós hahahaha

    Na hora eu pensei, esse trem deve ser ruim igual o demonio. Ela pegava uma fatia de limão e colocava em cima, metade de açucar e metade de pó de café solúvel. O shot era vodka com licor de café. Ai você chupa o limão com aqueles trem tudo e vira a dose. Vo contar um trem pro ces, fiiiiiiihhh que negócio bão hahahahaha

     

    Esse dia foi tão massa que deu 1h da manhã a Leandra puxou as portas, mas continuamos lá com alguns fregueses. Aqueles piolhos de buteco que não vão embora. Ficamos até 3h da manhã bebendo, cada um colocando músicas no youtube e conversando com a galera. Era uma turma de franceses e um Chileno que tava só de papo com a Leandra :twisted:

     

    Sei que no final da noite eu ganhei de gorjetas o mesmo tanto que ganhei de salário! Ganhei no total $100 bol, quase com o valor da passagem completa pra Santa Cruz.

     

    Na hora de ir embora o coração apertou viu. Ela insistiu muito pra que eu ficasse mais um tempo lá, que gostou muito de mim... Ai, conversando sobre as dificuldades do bar, que queria mudar o negócio... Antes dela terminar eu falei: Por que você não abre um Pub Irlandês?! Ela já olhou pra mim e falou: VOCÊ LEU MEU PENSAMENTO!!! Nãaao, você não vai voltar pro Brasil coisa nenhuma. Vai ficar aqui e ser meu sócio!!! ::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::

     

    Fiiihhh hahahahahahahaha Na hora balançou viu?! ::lol4::

     

    Nem se eu ficasse mais dois dias escrevendo, não conseguiria passar pra vocês como foi uma experiência legal. A vibe do lugar era sensacional! Ai vão algumas fotos:

     

    22181179699_61bf842480_k.jpgIMG_20150810_185910760 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22181175419_da47179b6a_k.jpgIMG_20150810_225953698 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180295478_c1da1987ec_k.jpgIMG_20150810_230000730 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22179968390_f4a728cd6a_k.jpgIMG_20150811_244526644 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22181200689_5f062e917d_k.jpgIMG_20150810_175810565 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Fechando o baaaar:

     

    22181093669_1d54ad4199_h.jpgIMG_20150811_244555424 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Voltei tonto igual uma cabaça pro hostel, 3h da manhã, rezando pra não ser assaltado, mas foi muito tranquilo. Meu vôo saia em dois dias, como ia de busão pra Santa Cruz, tinha que sair no dia seguinte pra chegar lá no dia de partida. Fiz as contas de horário, e peguei um ônibus que saia de La Paz na parte da tarde e chegaria por volta de 7h da manhã em Santa Cruz. Um horário bom, porque o voo era 12:45, então eu teria folga inclusive para atrasos.

     

    Seria uma pena se... nevasse. ::Cold::::ahhhh::::putz::::grr::

  7. Aee mano valeu pelos relatos! Vou partir num mochilao nesse estilo também só que mais pobre ainda kkk indo de carona e chegando no peru mais pró norte, pelo acre ou amazonas, se eu conseguir um trabalho de 2 semanas em cada lugar que eu Passar seria ótimo!! Kkk não tenho previsão de volta.

     

    Uma dúvida: eu vou passar por muito calor no Brasil antes de sair (Goiás, Tocantins, pará, amazonas e acre) mas no peru já é muito mais frio? Uma blusa moleton, uma jaqueta são suficientes? Chegarei mais pró fim do ano lá no peru imagino... Valeu!!

     

    Fala Piterdog

    hahaha conseguir trabalho é de boa! Cara, depende pra onde vc vai ir. Eu levei segunda pele, um fleece (que é tipo um moletom) e uma impermeável, pra viagem toda. A segunda pele usei mais na travessia do Salar. E lá comprei um de lã de alpaca pra ir pra Uyuni, onde o bixo pega de frio. Peguei -15ºC lá. Agora, pro restante foi de boa. Eu fui no inverno e não peguei temperaturas muito baixas no Peru. Se você for passar por Puno, compensa proteger um pouco mais, porque é bem mais frio que Cusco por exemplo. Eu fiquei algumas horas lá na rodoviária e passei um friozim... Mas, varia de pessoa pra pessoa.

  8. LA PAZ

     

    Fala galera! Chegando ao finalzinho da viagem :cry:

     

    O busão partia de Copacabana a tarde, por volta de umas 18h se não me engano. No tempo de espera, fiz amizade com a galera que veio na balsa comigo da ilha. Não tinhamos conversado antes porque era um grupo de 6 pessoas, eles estavam falando só italiano lá, e na Isla del Sol eu estava me sentindo no Into the Wild hahahaha

     

    Ow ,que galera massa! Era um grupo de estudantes que eram da mesma turma do ensino médio, uma senhora de uns 40 e poucos anos que trabalhava naquela escola também, e todos viajaram juntos para fazer um trabalho voluntário na Bolívia, antes de entrarem pra universidade. Papo vai, papo vem, nós fomos ao busão. Sim, você tem que esperar na agência e a moça que trabalha lá te leva até onde ele parar, em alguma rua aleatória, se não você fica pra trás.

     

    É uma viagem bem tranquila, achei mto legal ter que pegar balsa, ver eles atravessarem o busão. Pena que não deu pra tirar foto, tava muito escuro.

     

    22355072492_dd30f1cb42_k.jpgIMG_20150809_193503839 by Augusto Silva, no Flickr

     

    Cheguei a noite em La Paz bem cansado, mas matutando as coisas na cachola.Devido a “questões financeiras” já relatadas (gastar a vida com cachaça em Arequipa, e ter ido pra Huacachina, que estava fora do roteiro) eu estava com a grana bem curta. Não dava pra fazer os passeios tradicionais: Trilha da Morte-Downhill, Chalcaltaya, Tihuanaco... Mas, olhando pelo lado bom, isso me daria mais vontade de querer voltar! E outra: Mesmo assim, La Paz foi sensacional! hahahaha

     

    Eu com minhas habilidades maestrais em matemática, juntamente com o Carpe Diem que toma conta durante a viagem fiz as contas e conclui brilhantemente que estava sendo um pouco paranoico. “Aaah que isso, to exagerando...”. Claro que dava pra ir pra um Party Hostel. Claro, e ainda comprar presentes pra família, comer despreocupado. Obviamente, sobraria um pouco para o goró, comprar passagem pra Santa Cruz... VAAAMOO PROOO LLOOOKIIII!!!! ::hahaha::

     

    Galera, sinceramente, eu não sei contar como eu voltei pro Brasil! Hahahahaha Devido ao incidente pra ir pra Santa Cruz, eu fiz uma mágica com Cartão de Crédito e Cheque especial que não sei explicar. O banco tirou taxas de cobrança da cartola por causa disso, mas eu já estava vivo e no Brasil hahahaha Opa, estou me adiantando!

     

    Enfim, eu cheguei no Loki, tomei um banho e capotei! Bem que o Sebastian, o alemão que estava com a gente em San Pedro, tinha falado: Aqueles chuveiros do Loki são de Deus!!! Aliás, só os chuveiros porque esse hostel não é de Deus! Hahahaha É um prédio de 7 andares, com um bar no último com vista pra cidade, festas insanas... Não, é um trem de doido!

     

    Só que esse dia eu não tinha forças pra viver! Hahaha Lembrem-se disso, as vezes o fardo pesa e você tem que recarregar as baterias. Eu “acordei”, naquele estado lesado em que você não está nem alerta nem dormindo, e ouvi uns axézão, funk, pagodão... Pensei, será que eu to bêbado? Né possível... Fui descobrir no outro dia que tinha tido uma Festa Brasileira!!! Anemm.... Mas tá bão, eu não ia dar conta de ir de qualquer jeito hahaha.

     

    Acordei zerado! Enchi bastante o bucho com uns trem que tinha lá. Não é um café da manhã, é uns trem que fica de open bar no hall. Café, leite, chá, umas bolachas, uns pães...

    Eu tirei o dia pra dar um rolê na cidade e conhecer um pouco. Aaah:

     

    DICA

    Se você está planejando uma viagem pra essa região, tente evitar ir direto pra La Paz. A altitude pode pesar muito! Um amigo começou por lá e passou mal, conheci uma galera ao longo do caminho que teve o mesmo problema... Falo isso porque fiquei aclimatando durante toda a viagem e sentia um pouco de falta de ar lá, algumas dores de cabelça, mas tudo bem leve.

     

     

    Fui no Mercado de las Brujas. É uma rua bem grande com várias coisas pra se comprar. Lá foi, durante toda a viagem, o lugar com os preços mais em conta que encontrei. Então, se tem planos pra comprar alguma coisa pra família e pros amigos, deixe pra comprar em La Paz.

     

    O lugar pode ter um ar meio sinistro no começo, porque as lojas do começo da rua tem um monte de bebes lhamas pendurados, algumas cholitas te olham com cara de... bruxas mesmo hahahaha Fazem jus ao nome do lugar.

     

    21746965013_da22c81c3f_k.jpgIMG_20150810_142647821 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180056620_4dbb0f7119_k.jpgIMG_20150810_142202461_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

    22181230049_1b32ae3fb4_k.jpgIMG_20150810_141832332 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Andei bem viu?! Nuh! Quando eu voltei, recebi um whatsapp da Hilde, a inglesa que fez o tour do Salar de Uyuni comigo. Ela também estava em La Paz e também estava no Loki! Combinamos de topar a noite, e assim fizemos. Fomos tomar uma naquela beleza de bar. Pelos meus excepcionais cálculos eu poderia beber... Fazer o que né?! Matemática. Pedi uma Cuba Libre, que veio em um barril na forma de caneca hahahaha

     

    22354924302_b8c7de5b5c_k.jpgIMG_20150811_215920147 by Augusto Silva, no Flickr

     

    Lá eu conheci a Alexis, que estava junto com a Hilde, e um holandês maluco chamado John. Ficamos conversando e bebendo, até que o cara saiu e foi comprar “um negócio”. Quando ele voltou, tava numa animação. Uma precisão de ir no banheiro toda hora, e sepre que voltava de lá estava mais “animado”. Ces entenderam né...

     

    Essa não é minha vibe, mas continuei por lá, o cara era gente fina. Fomos conhecendo a galera que tava lá, tinha um brasileiro trabalhando no bar, gente de tudo quanto é lado. Meu goró acabou e como eu tava quebrado, dei uma desanimada e falei que ia embora. Quem disse?! O cara falou: Nãaaao ce vai ficar ai, nois vai toma cachaça, pega umas muieee. Dai pra frente, virou open bar. O John buscava tudo em dobro. Jesuis que grau!!! Troquei contatos com um monte de gente, mas nunca mais, todo mundo ficou maluco. Quando o DJ encerrou, era 1h eu acho, o povo foi pra uma boate. Só que ai eu é que já não estava na vibe. A maioria do pessoal tava bem “animado”, já não era lugar pra mim. Mas a farra teve boa enquanto durou e foi só cachaça.

     

    Fui dormir e, ao acordar no outro dia, eu revivi uma lembrança: Ressaca com altitude é uma mistura que não combina! CAARAAAII!!!

    ::essa::::essa::::essa::::essa::

    Eu só q ueria que alguém desligasse o sol e abaixasse o volume do mundo. Ce besta!!!

     

    Esse dia eu fui comprar as lembrancinhas pra galera, dar mais um passeio pela cidade...

     

    22181253519_06a0254fd9_k.jpgIMG_20150810_135137442 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    A casa do Presida ai oh:

    22368119285_ec187a1ac3_k.jpgIMG_20150810_135133990 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22355035872_fafcc8958e_k.jpgIMG_20150810_135119398 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22355042932_90aa4a2678_k.jpgIMG_20150810_135054162 by Augusto Silva, no Flickr

     

    21747031103_ae850b0768_k.jpgIMG_20150810_135051049 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180408268_66ef3546bd_k.jpgIMG_20150810_134310940_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

    Quando cheguei no hostel, comecei a organizar minhas coisas porque iria no outro dia pra Santa Cruz. Imaginem meu espanto ao ver que não tinha dinheiro pra comprar a passagem hahahahahaha Cara, eu tinha feito as contas!!! Né possível!!!

    Isso era o que, umas 13h. Eu pensei: É...

     

    Se não me engano eu tinha uns $100 e poucos BOL. Só a passagem pra SC era 150 hauhauhuahauhua Essa foi minha reação. Eu comecei a rir, porque tava no sal! Ai eu lembrei da placa que estava no hall, falando que o Loki precisava de gente pra trabalhar no bar. Estava escrito de todo tamanho “Mínimo 2 semanas”, mas o que que eu podia fazer?! Precisava de um trampo pra aquele dia. Conversei com o cara, pelejeeei, ele disse que não podia fazer algo que nunca foi feito no Hostel. Mas que podia me indicar lugares onde eu poderia procurar trampo.

     

    E lá fui eu, sair na cidade com um mapa nos lugares onde o cara tinha me indicado, tentar achar uma boa alma que me desse serviço por um dia pra eu poder ir pra Santa Cruz e não perder meu voo para o Brasil.

     

    Bom, o serviço eu consegui, já o voo... ::sos::::sos::::sos::

  9. oi augusto, cara venho acompanhando teu relato do mochilão POBRÃO. hahaha me divirto com tuas histórias, bom eu também pretendo fazer o mesmo trecho que vc fez, adicionando algumas cidades , nos meses de jun/jul. tenho algumas dúvidas, se vc pudesse me esclarecer te agradeceria muuuito.

     

    você comprou a passagem Sta Cruz-Sucre, em Sta cruz, ou comprou com antecipação?

     

    vc gastou somente 700 dolares + a bolsa de 400 reais a viagem toda?

     

    Fala jordy pacheco, esses foram meus gastos lá, mais uns 40-50 reais que eu fiz brotar do cheque especial e cartão de crédito em Santa Cruz hahahaha

     

    como vc fazia com as roupas sujas? :-)::putz::

     

    Cara, não laveeei laveeei roupa. Cueca eu lavava no banheiro dos hostels na hora do banho, camiseta também. Tirando a parte do deserto, em que suja até bastante, o restante do caminho é tranquilo. Eu não lembro a quantidade certa, mas levei uma quantidade de roupas pensando no número de repetições, bermudas fáceis de lavar. Mas era tudo na hora do banho mesmo, é bem de boa. Só roupa pesada que não. Por exemplo, nos últimos dias minhas calças jeans estavam todas sujas, eu usei uma calça daquelas coloridas que comprei lá.

  10. Cara, que relato!!

    Quanto em dolar vc aconselharia levar pra não passar aperto em toda a viagem e conhecer o atacama sem "miserê"? Mal ae pela pergunta mas é que vc fala em moeda local e fica difícil converter ate chegar em real, acho q em dólar fica mais claro!!

     

    Parabéns pela viagem! A sorte andou contigo kkkkkk

     

    fabriofreitas4 nossa bixo, cê me apertou pq o dolar agora a quase R$4,00 tenho que pensar... Mas em dólar já te ajuda? Eu fiquei 3 dias e duas noites no Atacama e gastei US$100 dolares no total, contando hospedagem, alimentação, passagem pra Arica, aluguél de bikes e pranchas e cachaça. Pra conhecer sem miserê, pode preparar o bolso porque tudo lá é bem caro. Ai vai depender do tempo que vc vai ficar e do que vai querer conhecer. Eu não lembro ao certo os valores dos passeios, mas eram mais ou menos:

     

    (Quando eu fui 1US$ = +- 650 CLP, ai deixo a matemática por sua conta)

     

    11.000 CLP Valle de la Luna e Valle de la Muerte

    23 ou 28.000 Laguna Cejar com mais algum

    E tinha um pacote com quase todos que era uns 40-45.000, incluindo o Salar de Tara que é o mais caro.

     

    Ah, eu comprei comida e cozinhei lá, então se vc for gastar com comida, prepara também porque os restaurantes são muito caros.

     

    Espero que tenha ajudado. Qualquer coisa tamo ae!

  11. Augusto muito massa seu relato! ::otemo::

     

    Vou agora em fevereiro e vai ser no modo pobrão também, mas vai dar certo hahahaha.

    Só uma dúvida, o que você fez com sua mochila cargueira pra ir pra ilha?

     

    alana.barros eu levei ela pra ilha pra não gastar, pq nessa altura eu já tava com a corda no pescoço. Mas vc pode passar a noite em um hostel na cidade, fazer o check-out e pedir pra deixar a mochila no storage, é muito tranquilo. Eu fiz isso pra ir pra Machu Picchu, o pessoal dos hostels é bem de boa.

  12. cara, sensacional o seu relato! eu viajo dia 11 e tô sentindo que a minha grana também vai acabar hahahha

     

    rlx, vc sempre pode trabalhar de bartender pra comprar passagem hahahaha

     

    Sensacional!

     

    Não li todas as respostas ainda (são muitas!). Vou agora em abr/mai ! Tô planejando o roteiro! Tô super animada!

     

    Essa expectativa é boa de mais, eu debruçava no meu roteiro todo dia! No que eu puder ajudar to a disposição!

  13. Barbaridade, que relato é esse?! Chorando de rir com as cagadas aqui (não que eu goste da desgraça alheia (isso eu gosto), mas são essas cagadas e perrengues em geral que fazem o rolê valer a pena!

    Acompanhando aqui, hahahahah

     

     

     

    *Sobre o busão da torcida organizada, recomendo fortemente que todos, pelo menos uma vez na vida enfrentem alguma caravana com alguma torcida organizada... A união e energia emanada por essa galera é sensacional! ::otemo::::otemo::

     

     

    bruno.cotrim hahahaha Também recomento! Eu curti demais porque eu to nessa vibe o tempo todo na faculdade! Temos uma tradição muito forte de torcida no esporte universitário aqui, e é bom de mais!!!

     

    12039315_1167200339963792_5117165790374589564_n.jpg.da28afcf4098c3acf36a4f8af4965fb5.jpg

  14. ISLA DEL SOL - LUGAR SIMPLESMENTE FANTÁSTICO!!!

     

    Bom, eu parei contando pro ces que tava naquela dúvida né, Norte ou Sul? Norte ou Sul? Norte ou... Caraaai!!! Cada um falava uma coisa, e o mais tradicional realmente era ir pra parte norte porque lá a hospedagem era mais barata... Mas tava de tarde, e um morador da cidade disse que a melhor coisa era ir pra ver o por do sol na parte sul, e depois eu poderia ir pra parte norte. Não era o comum, mas era o ideal para a situação. Eu tava com 115 bolivianos que tinham sobrado de Uyuni. Pensei, ah, não devo gastar mais que isso, é uma fucking ilha!!! E eu não tinha certeza se minha bolsa tinha caido, tava em cima da hora e, era uma ilha... Sim, animal... é uma ilha!!! Se você achou caro o preço da água, não tem outro lugar pra comprar! hahahahaha Mas eu só fui pensar nisso depois.

     

    Bom, to lá de boa esperando a balsa, puxo papo com uma família de franceses que fazem piada sobre o Brasil na Copa América... Pá de lá pá de cá... Chegou!!! Eu tava mirando o teto da balsa né, igual menino pequeno. Pensei em me conter pra não parecer um retardado correndo pra pegar lugar lá em cima... Neem se eu quisesse, o povo saiu igual uma cavalada pra subir naquele trem!!! ::grr::

     

    Fui lá em baixo, sentei do lado de uma menina muito massa chamada Eva, da Suiça. Fomos trocando ideia e batemos um papo cabeça de Copacabana até a Isla. Falamos sobre as diferenças entra os dois paises... Ela comentou, por exemplo, que foi muito diferente pra ela ver pobreza, porque lá não existem pobres. Todas as pessoas ganham bem, só 20% da população vai pra universidade porque não é necessário um curso superior para ter um bom emprego, melhor sistema de transporte do mundo, saúde impecável... Mas o país tem a maior taxa de suicídio da Europa. Então embarcamos numa conversa sobre felicidade, muito legal mesmo. Chegamos na Isla e nos despedimos, porque ela ia ficar só meia hora e voltar (tinha essa opção da Balsa, pra mim não compensa porque o massa é a caminhada da trilha). Ai ela ai oh:

     

    24003120436_9ed44faf1b_b.jpg12037999_10207683805678998_1478428384372899322_n by Augusto Silva, no Flickr

     

    Bom, chegando lá, eu fui procurar um lugar pra ficar e já me organizar, porque eu tava muuuito cansado! O preço dos hoteis perto da orla, meu amigo, são beeem salgados. Por isso a galera prefere ir pra parte norte, mas acontece que mais pra cima, no vilarejo, tem pessoas que alugam quartos. Tudo bem simples, e bem barato!

     

    Prepara o pulmãozinho viu?!! É alto pra cacete, e o fardo pesa na subida. Cheguei e encontrei uma dessas estalagens, e já fui me acomodando. Fiquei conhecendo uma Argentina que ficou no quarto ao lado do meu (eram só dois, individuais). Eu cheguei, deitei e coloquei o celular pra despertar... Quem disse!!! ::toma::::toma::::toma:: Galera, em algum momento vocês vão passar por isso: O cansaço te vence! Infelizente... Eu fui acordar já era 18:00. Até tentei subir correndo pra ver se pegava o finalzinho, mas a dispneia veio pesaaaada. Acabou que perdi o por do sol :cry: Mas, peguei um ceu bem bonito de entardecer, e sai pra conhecer um pouco da vila. É tudo muito simples! E é nisso que está a beleza do lugar. Mais tarde eu acabei encontrando com a Argentina no lugar onde fui jantar... Tudo era mais ou menos o mesmo preço. Paguei 25 Bolivianos, mas a refeição era farta!! Fui dormir e preparar para a caminhada do outro dia.

     

    Acordei umas 9h da manhã, arrumei tudo sem pressa, fui na padaria comprar uns trem de comer, e sai numa tuada marota. Galera, essa trilha tem uma energia fora do comum!!! Sério, é indescritível. Eu me apaixonei pelo lugar. Ai vão algumas fotos:

     

    21745819314_ac2b14fe01_k.jpgIMG_20150808_153803355_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

    22355500012_5f9f8d7819_k.jpgIMG_20150808_153900885 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180846108_c84a19eae4_k.jpgIMG_20150808_153927550_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

    22355474552_5e42d5d93a_k.jpgIMG_20150808_155230346 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180813238_5a95c596b2_k.jpgIMG_20150808_182735076 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22379253021_be41c44c52_k.jpgIMG_20150808_183230448 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Uma coisa importante!!! Você passa por "pedágios", em que tem que pagar 15 Bolivianos. Eu não estou lembrado se são dois de 15 ou 3 com outro valor, sei que no final dá 30 ou 35 Bolivianos tudo. Nada mais justo, já que a Ilha sobrevive do turismo local, em uma modalidade de turismo comunitário. A renda arrecadada é revertida em benefícios para os povoados e você ainda ganha um mapinha. Só que eu não sabia que tinha que pagar isso hahahaha ::putz:: Mais uma vez, a sorte esteve do meu lado! Nessas horas que eu queria ter tudo na ponta do lápis, pra saber como é que o dinheiro rendeu todas essas vezes!!!

     

    Ah, prepara porque venta pra caraaaaaaiiii ::Cold::

     

    Mas, é lindo. Ai vão algumas fotos do caminho da Isla del Sol:

     

    22342507406_2c5f67db3c_k.jpgIMG_20150808_183335928_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

    22342455196_cf5ae72ef7_k.jpgIMG_20150809_093906682 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22342449996_5977d0782d_k.jpgIMG_20150809_094059081 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22379180941_cc1d9d8fd5_k.jpgIMG_20150809_094913974 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22379175691_5d2d2c9213_k.jpgIMG_20150809_095207887_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

    21747345023_ee1fe62ad7_k.jpgIMG_20150809_095548966 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22342406256_83b65d02ea_k.jpgIMG_20150809_101123978 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22368415265_e6542de0ee_k.jpgIMG_20150809_101434426 by Augusto Silva, no Flickr

     

    21747298373_067ee6a07c_k.jpgIMG_20150809_101437519 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22368394655_8e1472d0f5_k.jpgIMG_20150809_101831836 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180647068_7770af7da6_k.jpgIMG_20150809_102243182 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22181523539_df6b16deb3_k.jpgIMG_20150809_103440551 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22355274742_3fffd217d2_k.jpgIMG_20150809_105127804 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22181500039_ddded40ab3_k.jpgIMG_20150809_105203323 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180608688_b78513af6f_k.jpgIMG_20150809_105956717 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22355231842_cd4a58a63d_k.jpgIMG_20150809_110544757 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22181460949_5348d21fd3_k.jpgIMG_20150809_110549627 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22379020611_726e3f770f_k.jpgIMG_20150809_110849701 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22181448149_a772825d38_k.jpgIMG_20150809_112948375_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

    22355204662_6697790706_k.jpgIMG_20150809_113004209_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Pira no leitão amarrado na corda, igual seu cachorro no fundo da horta hahahahaha

     

    21745502004_6779b4571d_k.jpgIMG_20150809_113324363 by Augusto Silva, no Flickr

     

    21747164833_e6d1fc9b9f_k.jpgIMG_20150809_113332598 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Ah, e outra coisa, mais uma vez a sorte me salvou! hahahaha O único... Ú-NI-CO horário de saída da parte norte era 13:30. E eu cheguei lá tipo 12:30 (isso porque não fui até o final, porque tava ventando muuuito). Caso contrário eu teria que dormir mais uma noite lá, completamente duro! Eu já custei a pechinchar uma porção de papas fritas de 7 Bolivianos com as pratas do fundo da doleira, porque a bolacha já não tava descendo...

     

    Me disseram que tinha um brasileiro no meio da trilha organizando uma festa ::lol4:: hauhauhauhahahueha Não cheguei a encontrar com ele, mas pelo movimento não sei se ia rolar muito não ::lol4::

     

    A parte norte é bem mais simples e menos turística do que a parte sul. Como eu cheguei sem muita sobra de tempo, fiquei de boa, descansando até a saída da balsa. Troquei ideia com o muleque gente fina que vendia as passagens...

     

    Ah, comecei a trocar ideia com uma menina gatinha até! Ela era de La Paz e tinha ido com os pais de carro pra Copacabana e estavam voltando naquele dia. Eu no maior papo né, já mandei ideia de talvez pegar uma carona, não sei o que não sei o que.... A menina dando moral, e pá... De repente chega o pai. Uma pequena jamanta, um brucutu de um homi do tamanho de uma Brastemp :shock: Ele foi educado, mas não gostou nem um pouco de eu estar de papo com a filha. Ai chegou a mãe né, e tinha escutado o assunto, falou que até me daria carona mas eles estavam com muita mala... O pai deu aquela fuzilada e eu fiquei tipo: Carona?! Eu?! Imagina, eu já até comprei passagem!!! ::lol4::::lol4::::lol4::

     

    A estrutura lá é bem mais simples, oh:

     

    22181397069_b193b382ad_k.jpgIMG_20150809_122651933 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180218420_4f56cf9f75_k.jpgIMG_20150809_122912871 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Saindo de lá, agora era voltar pra Copacabana pelas tranquilas águas do Titicaca para seguir viagem para La Paz.

     

    22181371919_8ebd0886e6_k.jpgIMG_20150809_123050524 by Augusto Silva, no Flickr

     

    Oh, wait... Lembra que eu falei que tava ventando igual um burraio?! Pois é, mosssss do ceu, pensa num trem que balançou foi essa balsa!!! Moçada, a água dava cada solavanco no negócio que eu pensei: É... teve bão enquanto durou o passeio. ::sos::::sos::::sos::::sos::::sos::::sos::::sos::::sos::::sos::::sos::::sos::::sos::::sos::

     

    Todo mundo feliz na saída. Eeeh olha que lindo o Lago, vamo tirar foto (Ah, dessa vez eu consegui ir na parte de cima hahahaha):

     

    22180151260_0c3bf9fefd_k.jpgIMG_20150809_144111496_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

    22179933340_09af5236ee_h.jpgIMG_20150809_122939980 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22355126322_2b818f0d40_k.jpgIMG_20150809_135051900 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22342167726_48d619b41d_k.jpgIMG_20150809_142528348 by Augusto Silva, no Flickr

     

    Os condutores pararam em terra firme, em um lugar bem antes de Copacabana. E foi um custo até conseguirem parar e amarrar a balsa. Foi nesse momento que eu percebi o quanto alguns gringos podem ser sem noção... Tinha gente achando que era tudo um mirabolante plano dos bolivianos pra arrancar dinheiro dos turistas, porque, de lá, tinham vans pra levar a galera pra cidade. Vei, os caras tavam cobrando nem 10 Bolivianos por pessoa, é pouco mais do que um dólar, uns 3 conto... Eu já tinha percebido isso antes. O povo fala tipo: NOOSSA 20 BOLIVIANOS, pensam no número como se fosse na moeda deles, não raciocinam que a moeda local é super desvalorizada.

     

    Mas, enfim, eu vi que tinha um casal de israelenses que não tava entendendo era nada da paçoca hahahaha Eles ficaram lá dentro da balsa, e perguntaram por que tinha parado. Eu fui explicar, eles sairam meio desconfiados, e também concluiram que os bolivianos malignos estavam nos extorquindo. Eu colei com eles porque, naquele momento, eu não tinha um tustão furado. NADA! Zero. No Money! ::ahhhh::

     

    Expliquei pra eles que minha grana tinha acabado, e pedi pra me emprestarem, que quando chegassemos à cidade eu sacava (se minha bolsa tivesse caido hahahaha) e pagava. O povo ficou lá brigando com os balseiros e com quem aparecesse na frente. Nós três seguimos e pegamos uma van. O cara ia fazer a 8,50 pra cada, mas eu como um bom comerciante, pedi aquele desconto camarada e o cara fez por 20. O Guy, o cara israelense, ficou tão surpreso que eu consegui um desconto, que não me cobrou!!! Olha pro ces verem o nível da noia! hahahaha Eu não sou bom em matemática, mas ele achou que eu fiz um vantajão tão grande que não quis me cobrar. E falaram o tempo todo que estavam felizes de sair da Bolívia e ir pro Peru, que os bolivianos eram muito exploradores, só queriam o dinheiro deles... hahahaha Mal sabiam o que os esperava, a pegada turística do Peru é muito mais pesada!!!

     

    Mas, chegamos tranquilos à Copacabana, a van nos deixou numa pracinha perto do centro. Eu me despedi dos dois e fui seguir viagem.

     

    GRAAAAAAÇAAAS AAA DEEEEUSSS A MÃE DILMA DEPOSITOU MINHA BOLSA!!! ::love::::love::::love::::love::::love::

     

    Cara, que alívio!!! Ces não fazem ideia, não... sem noção!!! A única grana que eu tinha era R$40 que eu tinha guardado de emergência e pra comprar comida na volta. Nossa ou, sério hahahaha Ai eu saquei uma grana e pude ser feliz!!! Comprei a passagem pra La Paz, uns biscoitos e uns salgadinhos das tias, conectei o wifi de uma lanchonete pra dar sinal de vida e pronto, só esperar!

     

    Tirando o detalhe que metade da bolsa foi pra cobrir o especial que estava estourado, que eu fui lembrar só depois, bom... Isso eu falo mais pra frente, quando eu contar como virei bartender por um dia pra pagar minha passagem de volta pra Santa Cruz ::lol4::

     

    E é isso galera, qualquer dúvida estamos ai! Próxima parada: La Paz!!! Grande abraço!

     

    GASTOS

     

    Passagem de ida para Ilha: 20 Bol

    Hospedagem na Ilha: 25 Bol

    Janta na Ilha: 25 Bol

    Pedágios: 30 Bol

    Lanches: 15 Bol e mais uns quebrados

    Van do meio do nada para Copacabana: Naada muleque, os gringos piraram na habilidade de pechincha e não me cobraram hahaha

    Passagem para La Paz: 30 Bol

  15. Fala moçada!!! O fardo pesou com a ressaca de Natal, mas to de volta!!! hahahahaha Primeiro, às respostas:

     

    Cara, comigo foi exatamente a mesma coisa. Comprei onibus direto de Cusco pra Copacabana mas na verdade só ia até Puno e de lá pegava outra. E o pior é que meus dias sem dormir, bebendo igual um fdp e comendo mal em Cusco resolveram dar as caras logo nesse trecho e na rodoviária de puno hahaha

     

    Matheus SanSilva que hora hein?! E aquela rodoviária de Puno ainda é meio sinistra! Não sei se foi a hora, ou porque ninguém sabia ou queria informar nada, ou por causa do cara maluco que falava coisas sobre apocalipse hahahaha

     

    Demora não pra derenrolar o restante meu filho!!! Brincadeira. Então estou muito animado com essa viagem também. Vou agora dia 5/01/16 e volto dia 26/1/16 já comprei as passagens de SP>SCLS e de SCLS>SUCRE e vou praticamente fazer a mesma coisa que você. Li tudo nesse dia no trampo. Foi demais, o relato que mais se assemelha ao que eu pretendo fazer. Tinha muita vontade de fazer ICA, mas pelo relato seu acabei por desistir, pois seria algo bem turístico só para fazer um passeio de buggie (acho que não vale a pena) seria uma viagem cansativa até ICA e de lá para CUSCO. Gostaría de fazer ISLA BALLESTAS mas ainda estou decidindo. Já que decidi não ir para ICA, será que para HUARAZ vale a Pena? Vi algumas fotos de lá e achei interessante. Alguém foi, e acha que vale à pena? Bom é isso, aguardo ansioso os próximos capítulos.

    Um abração

    marceloespanha

     

    hahahaha Vou tentar desenrolar o mais rápido marceloespanha! Então, eu não ia pra Ica a princípio, mas a galera de Arequipa me animou taanto, que eu fui até sem poder. Lá, na verdade, mais é pra conhecer um negócio que vc dificilmente vai ver, que é um Oásis. Duna pra todo lado, e a lagoa. É realmente muito lindo, mas, infelizmente tem essa pegada meio turística. E lá é mão na roda pra fazer Isla Ballestras né, pertinho. Tanto que tem gente vendendo pacote em qualquer lugar que vc for ficar. Agora, Huarez eu já não sei.

    Grande abraço!

     

    Bixoo do céu! morrendo de rir aqui perrengues e acertos! ::lol4::::lol4:: ta muito massa o relato, posta logo maluco hahaha :lol:

    brincadeira, cara to esboçando uns traços do meu mochilon, e vai ser bem parecido com o seu,

    mas bateu uma duvida aqui, ja vi e tal que tem gente que vai sem saber falar nada etc..

    mas qual o teu nivel de ingles e espanhol etc, como vse foi recentemente, sabe o que se passa realmente,

    não manjo paranauê nenhum de espanhol ::mmm:::mmm: mas manjo ingles, dá pra se virar ou melhor aprender meia duzia de palavras antes :?: , digo para com relacionamentos com gringos e pessoal local..

    desde já vlw pela atenção :D

     

    hahaha que bom que ce tá curtindo uai! Vo tentar desenrolar aqui! Meu inglês é de boa, mas meu espanhol era de escola. Ai baixei um aplicativo na época, chama Duolinguo, pra refrescar a memória, mas quase não usei por preguiça. Lá a maioria dos lugares está preparada pra receber turistas. Hostels, agências de turismo e companhias de transporte estão preparadas pra receber turistas que só falam inglês, então morrer você não vai hahaha. Mas, saber um pouco do espanhol ajuda bem viu?! Principalmente a pechinchar e a pedir ajuda. A língua faz uma conexão maior, mesmo você tentando e tropeçando nas palavras, as pessoas sentem que você está tentando se comunicar na língua materna delas, e isso faz diferença no tratamento. Bom, essa foi minha impressão. Agora com gringos, é inglês!

    Qualquer dúvida vamo trocando ideia.

     

    Cara, fantástico teu relato! Tô aqui morrendo de rir e doida pra seguir seus passos...esse ano fiz o Peru, mas fiquei louca pra fazer a Bolivia e o Chile.

     

    Que bom que tá curtindo danikagomes hahaha E muito massa dividir essa trip em duas viagens, dá pra aproveitar com mais calma. Se eu pudesse teria passado mais dias no Atacama, ainda quero voltar lá!

  16. CHEGADA A COPACABANA

     

     

    Moçada, falei pro ces que com muito custo e depois de implorar a mulher da agência, ela me vendeu um ticket mais barato. Não foi muito legal essa pechincha porque eu realmente não tinha dinheiro! hahahaha

    Comprei minha passagem no "Ônibus leito com inclinação master DIRETO pra Copacabana" ::lol4::::lol4::::lol4::

     

    A essa altura eu já sabia do migué das empresas né, mas realmente acreditei que o busão era direto. Sabe de naaada inocente!

     

    O busão viajou a noite toda e parou em Puno. Simplesmente deixou a gente lá no terminal, sem informação nenhuma! Ah, prepara tá?! Puno de manhã faz um frio da muléstia! ::Cold::::Cold::::Cold::

     

    Custei a descobrir de onde ia sair o "ônibus" pra Copacabana. Fiquei lá esperando, foi aparecendo uma galera... De repente chamam a gente, falando que o transporte tinha chegado. Era uma Vanzona branca, sem nem a logo da empresa. Ninguém te dá uma informação, vc só vai, até porque não tem mais pra onde ir hahahaha

     

    Essa van foi de Puno até a fronteira com Copacabana... Foi fono, foi fono, foi fono... Chegou! Chegou, o cara desceu as malas e tava bonitinho indo embora! ::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::::ahhhh::

     

    Se eu desesperei, imagina o povo que tinha comprado passagem pra La Paz?! hahahahha O cara falava: "Meu serviço termina aqui!"; "Não sei de mais nada"; "Tenho que voltar pra Puno". Pensei que o povo ia linchar o rapaz, até que, dentre os franceses afoitos, uma moça fez uso de uma ferramenta muito poderosa em viagens: humildade e boa educação. Explicou pra ele que a empresa tinha que nos levar até Copacabana ou La Paz, que havíamos pago pra isso, que não tinhamos condição de comunicar com a empresa... Ai o rapaz gentilmente ligou pra companhia e descobrimos que tinha uma mulher responsável por fazer o restante do trecho. A "Senhorita Sofia" ia nos aguardar na alfândega e organizar tudo.

     

    Fomos pra lá na fé, e graças a Deus essa "Senhorita Sofia" apareceu. Pensa?! ::lol4:: Eu já tava pronto pra acabar de chegar em Copacabana a pé. É chão viu padrim?! Mas, a gente sempre tem que ter um plano B hahaha

     

    Mais uma vez, carimbamos os passaportes, devolvemos a tarjeta migratoria (se você perde, tem que pagar!) e pegamos outra van, que nos deixou em uma praça, perto da orla do Titicaca.

     

    Finalmente em chão Boliviano, que alívio!!! Eu cheguei quase hora do almoço. Entrei em um restaurante muito legal que tem lá, pra usar o wifi e tomar uma, porque depois daquela história, merecia!!! Eu ia pegar uma balsa pra Isla del Sol no mesmo dia, porque queria dormir na ilha. A próxima saia só as 15h, eu acho, alguma coisa assim. Peguei o último horário.

     

    Geralmente as pessoas vão pra parte norte, e fazem a trilha sagrada até a parte sul no outro dia. Mas, a galera gosta muito de ir pra parte sul pra ver o por do sol, que diziam ser muito lindo. Então, fechei o roteiro: Ia pra parte sul, dormir lá, e no outro dia seguir pra parte norte.

     

    Ai eu conto pro ces com calma amanhã, agora tenho que dar banho no Batman antes de escurecer! hahaha

     

    Fica ai com o visual da orla de Copacabana:

     

    21745855294_a3ee49d469_k.jpgIMG_20150808_093227338 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22342600986_cdee4dc43e_k.jpgIMG_20150808_150759806_HDR by Augusto Silva, no Flickr

  17. FAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAALLLLLLLAAAAAAAAAAAA NEEEEEGAAAAADAAAAAAAAAAAA!!! TOOOO DE FÉEEERRRIAAAS CARAAAAIII!!!!

     

    Agora finalmente vou poder terminar de contar essa maravilha dessa viagem pro ces!!! Primeiro deixa eu responder a galera.

     

    JéssikaCosta e Matheus SanSilva, sobre San Pedro:

     

    Eu paguei 7.000 pesos no Matty. Eu tinha lido sobre o Towanda e inclusive fui lá, mas tava 12.000, e a localização não é muito boa. O Matty fica na Calle Toconao, pertinhho da Calle Caracoles e da praça central. Além da localização a estrutura e o ambiente são muito legais! Os donos são muito massa, tem cozinha pra vc fazer uns misto e uns macarrão... E lá mesmo você pode alugar bike e prancha de sandboard. Eu recomento fortemente porque foi um dos hostels que eu mais curti durante a viagem toda.

     

    Sobre os valores, lá é tudo o olho da cara mesmo. Tudo!!! Por isso eu comprei comida, fiquei no hostel mais barato que encontrei, conheci lá por conta própria de bike, só tomei pisco... E mesmo assim gastei US$100 pra 3 dias e 2 noites (incluindo passagem pra Arica). Essa do 4x4 eu não sabia. De repente, pra quem vai com mais tempo e grana pra lá deve ser top! Quando eu tava na quebrada sinistra que falei pro ces, uma das senhoras que tava lá falou de alguns lugares pouco conhecidos também que dá pra ir de bike, mas não lembro o nome pq tava bêbado e com medo hahahaha

     

    Mas de bicicleta é de boa em um dia ir no Valle de la Muerte fazer um sandboard, e no final da tarde rasgar pro Valle de la Luna pra ver o por do sol, no outro ir no Pukara de Quitor e Gargante del Diablo... Se você encontrar uma galera massa que gosta de um goró, não se esqueça de acrescentar isso na equação, porque ressaca em altitude te faz ter sensação de morte iminente quando tá pedalando hahahaha

     

     

    HAHAHAHAHAHAHA o que seria das viagens sem os perrengues?! Cara, curti muito seu post. E coincidentemente também moro em Udia e farei um mochilão pela America do Sul em Junho de 2016. Gostaria de trocar algumas ideias. Depois me passa algum meio de contato seu. Grande abraço.

     

    caique.spr2.0 é mess?! hahaha Massa! Ow, me adiciona ai no face e a gnt troca uma ideia! https://www.facebook.com/augusto.o.silva.1

     

    Abraço!

  18. Que relato top, chorei de tanto rir e acordei todos na casa nessa madrugada kkkkkkl aguardando a continuação.

     

    Kkkkkk! Cara teu relato tá show! Estou super empolgado pra fazer meu primeiro Mochilão ano que vem! Tou rindo até 2020 com esse relato! A parte mais engraçada que achei foi "cortar o rabo do macaco" ::lol4:::lol:

     

    Fala Augusto, tudo tranquilo?

    Cara, que relato sensacional! Próximo ano, entre Março e Abril farei basicamente o mesmo roteiro que você fez, e também em um modo pobrão =) A diferença é que vou com a patroa, sorte minha que ela é mais guerreira que eu kkkkk

    Tou na expectativa de saber como foi que tu fez quando acabou o dinheiro.

     

    Abraço.

     

    hahahaha Que bom que tão curtindo uai! Vlw! Queria postar com mais frequência mas a faculdade tá desgraçando minha vida ::toma::::toma::::toma::::toma::::toma::::toma::::toma::::toma::::toma::

     

    Alguém afim de mochilar em janeiro/2016? hahahha

     

    Luana Mayer, fala um trem desse não que eu to até aguando. 2016 vai ser o último ano que eu vou ter férias normais, depois é carroça no lombo. A próxima viagem que to planejando é através de um intercâmbio de um mês em Julho do ano que vem, pra Colômbia ou Chile, dependendo de onde me aceitarem hahahaha

     

    Sempre que possível vou contando mais um dedo de prosa por aqui! Qualquer coisa tbm só dar um toque, moçada.

     

    Grande abraço!

  19. Cara, SENSACIONAL seu relato. Sério, me fez chorar e rir ao mesmo tempo. Parabéns!!

    To acompanhando, pretendo fazer Chile + Peru ano que vem.

    Fiz só Bolívia esse ano mas mesmo assim li a parte do seu relato que fala de lá, muito bom!!! hahahahahaha ::otemo::

     

    Tenho 3 dúvidas:

    - Você disse que pagou 130 soles nas passagens Arequipa x Ica x Cusco, mas que geralmente não é esse preço, pois pagou barato. Tem noção de quanto é o valor normal de cada passagem?

    - Quantas horas, em média, de Ica a Cusco?

    - A trilha da Hidroelétrica é tranquila pra fazer sozinha? Tipo, é frequente você encontrar pessoas no caminho ou é muito deserto? Inicialmente vou viajar sozinha e to com um pouco de receio da trilha.

     

    hahaha vlw JéssikaCosta! Se eu não me engano, eu tinha olhado na internet era 100 e pouco cada trecho. De Ica pra Cusco tinha opções até 165 soles, que era busão mais confortável. Mas nunca confie nas empresas, tem muita propaganda enganosa em relação a qualidade dos ônibus. Oh, demorou um tempinho bom viu?! Sai de Ica por volta de 19:30 e cheguei em Cusco no outro dia acho que umas 13, 14h. Mas acho que demorou tanto porque parou mais de meia hora na estrada pra comer, o ônibus era muito ruim...

    A trilha é super tranquila. O movimento acho que depende da época do ano em que você vai. Eu fui na alta temporada, então era gente o tempo inteiro, mas como é o principal caminho pra Aguas Callientes, imagino que durante o ano todo deve ser movimentado. Quando eu fui, olha só:

     

    22182248610_536670127f_k.jpgIMG_20150805_161134400_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

    Ah, pra vc ter uma noção melhor dos preços das passagens lá, entra no site das companhias. As mais conhecidas são a Civa e a Cruz del Sur.

     

    http://www.cruzdelsur.com.pe/

     

    http://www.excluciva.pe/online2/

     

    Precisando, no que eu puder ajudar, é só dar um toque :D

  20. Despedida de Cusco - Copacabana

     

    Lembra que eu contei pro ces que tava esperando cair R$400 reais da minha bolsa, em Agosto? Pois é, a excomungada não caia nem a poder de reza!!! Daí no outro dia eu sai cedo e rumei pro terminal, porque a passagem era o mais importante. Ow, o povo é muito espero, alta temporada aumenta meeesmo os preços de tudo, até de passagem de ônibus. Eu ia passando nos guichês das companhias olhando os preços e desesperando, porque tava tudo caro. Não caro do tipo, ah, não vai dar pra tomar uma hoje. Caro do tipo: Não vai dar pra comprar e passar o dia! ::sos::::sos::::sos::::sos::

     

    Consegui achar uma companhia que estava vendendo por $65 a passagem pra Copacabana. Eu tinha $70 soles, e MAIS NADA! Pensa num mininu que chorou pra moça do guichê. Acho que nunca fui tão convincente na pechincha, porque era verdade hahaha Falei que eu precisava comer alguma coisa e comprar alguma coisa pra comer na viagem. Com muito custo, ela fez por $55 pra mim. Foi difícil viu, mas deu certo.

     

    Voltei de ônibus, claro, porque era menos de $1 se não me engano. É bem barato! Passei o dia por conta de aproveitar a cidade e descansar.

     

    Dei uma volta, tirei umas fotos da praça central, é bem massa lá:

     

    22379478511_9ae29bf2e2_k.jpgIMG_20150807_123046260 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22368753505_54618fcc27_k.jpgIMG_20150807_123300458 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180727360_30a381629c_k.jpgIMG_20150807_123304915 by Augusto Silva, no Flickr

     

    21747623403_ccecf989a9_k.jpgIMG_20150807_123354381 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22181859979_b3de2871c1_k.jpgIMG_20150807_124055788 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180964108_ef3af963f8_k.jpgIMG_20150807_125341125 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22180917248_1110b47903_k.jpgIMG_20150807_134257477_HDR by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Lá na praça apareceu um francês vendendo uns doces. Com uma carinha mais boa, falando que era pra pagar a ida dele a Machu Picchu. Não aguentei bixo, paguei os $3 soles pra ajudar o rapaz, mesmo eu estando com a corda no pescoço hahaha

     

    Daí eu fui perguntando onde tinha um lugar barato pra comer, e o pessoal me indicou o Mercado de San Pedro. É muito legal o lugar, quem tiver oportunidade passa lá!!! É um galpão bem grande, com as tendinhas que vendem as mais variadas coisas, desde artesanatos até comida.

     

    22355604322_bd85ed014b_k.jpgIMG_20150807_125355297 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22379385611_5b050db29e_k.jpgIMG_20150807_125819409 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22355590212_20068b5eca_k.jpgIMG_20150807_125501254 by Augusto Silva, no Flickr

     

    22181837879_9c0dbcff48_k.jpgIMG_20150807_125456795 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Além de você poder desfrutar de uma baita refeição por $5 soles! ::otemo::::otemo::::otemo::

    Como de costume, você tem uma entrada que geralmente é uma sopa, um prato principal e uma bebida. As tias ficam em guerra por clientes, as vezes dá até medo haha

     

    Eu sentei pra comer né, e to lá mandando brasa na sopa. Ai, vi em frente um pratinho com o que parecia ser vinagrete. Pensei: Noh, que bão, adoro vinagrete, e taquei aquilo no prato. Raaapaaaizzz, o trem era uma mistura com pimenta colhida direto do inferno. ::putz::::putz::::putz::

     

    Ow, eu gosto de pimenta. Mas ces num tem ideia hahaha Comecei até a tossir! Ai dois caras que tavam lá começaram a rir e me mandaram a dica: Chupar limão! Não é atoa que do lado tem um pratinho cheio de limão hahaha

     

    21745886374_b47aac978d_k.jpgIMG_20150807_131311222 by Augusto Silva, no Flickr

     

     

    Dei mais uma volta, e quando voltei pro hostel comprei um pacote de bolachas e uma água, pra viagem. A caminhadinha cansou viu?! As vezes a gente esquece da altitude. Eu não passei mal em nenhum dia, mas você cansa bem mais rápido que o normal.

     

    Eu tinha almoçado bastante, de propósito pra embuchar até a hora de vazar. A tardezinha eu fui pro ponto de ônibus pra ir até o terminal, até que passei em frente a uma tendinha de Hamburguesa. Ah, bixo, tava bonito viu?! Como já tinha tudo dado certo, teoricamente, eu comprei uma antes de ir.

     

    Chegando no terminal eu tava aliviado por sair do Peru (só financeiramente, porque aguei de vontade de ficar mais, poder ter ido em Puno...) e ir pra Bolívia, porque eu tinha uns trocados em bolivianos. Antes de embarcar, só mais um apertozinho pra não ficar sem: A taxa de terminal! hahaha Caraaaaaiiii pensei que isso era só na Bolívia! Eu revirei minha mochila, meus bolsos e minha doleira pra catar as moedinhas de troco, pra inteirar a maldita taxa! ::lol3::::lol3::::lol3::

     

    Agora sim, estava indo de volta pra Bolívia, terra onde a gente não é tão pobre. Peguei um ônibus "direto" pra Copacabana. Aham... "Direto". O que que é um sustinho na fronteira, pra quem teve que contar os centavos durante um dia na viagem?! ::lol4::

     

    GASTOS

     

    Passagem pra Copacabana: $55

    Almoço: $5

    Hamburguesa: $4

    Bolacha e água pra viagem: $5

    Ônibus: Menos de $2

    Taxa de terminal: $3 ou $5 (Brotou dinheiro hahaha)

×
×
  • Criar Novo...