Ir para conteúdo

carlos.alberto1

Membros
  • Total de itens

    99
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que carlos.alberto1 postou

  1. Eu recomendaria você procurar uma agencia para partir de Oruro (Bolívia), pois nesta rota que você estará fazendo essa será a última cidade grande antes de Uyuni, então lá terá bem mais opções de preço e qualidade. Se partir de Oruro serão apenas 4 horas de viagem, partindo de Puno serão mais de 10 horas.
  2. Olá, em março vou ao Rio e queria fazer a trilha do Parque Lage até o Corcovado, mas vi que no meio do ano passado teve alguns problemas com assaltos, mas não achei nenhuma noticia recente sobre novos assaltos. Alguém sabe me dizer se está tranquila para fazer, se recomendam ou não fazer, ou se ficaram sabendo de casos de assaltos recentes nessa trilha?
  3. Olá @Helder Walker, achei que o seu roteiro ficou bem enxuto e bem bacana, para o tempo que tem para acho que vai ser bem tranquilo. Das viagens que já fiz por duas vezes passei por trechos desses que vc vai passar. Um desses trechos foi de Antofagasta até Foz do Iguaçu, mas diferente do seu trajeto eu preferi cruzar por dentro do Paraguai. Foi até tranquilo e rápido dentro do Paraguai, mas as estradas não são 100% e sempre tem blitz. As únicas dicas que lembrei por agora é para tentar não passar no Paso Jama, na saída do Chile, no fim da tarde, pois nessa entrada na Argentina v
  4. Tenho muito vontade de conhecer a Venezuela, mas vai ficar para 2019, para esse ano já tenho outros planos. Sobre a crise lá acredito que ela não atrapalhe ou seja um problema para turistas, pois ela atingi principalmente as classes mais baixas, pessoas e regiões que a maioria dos turistas não costumem nem prestar atenção durante uma viagem. @Luis Barros vc já foi antes para Roraima de carro? Tmb sou de Goiás (Trindade), já fui para o Peru saindo pelo Acre, mas cruzar o estado Amazonas deve ser bem mais tenso, principalmente na época das chuvas, mas tenho muita vontade de fazer esse
  5. Em volta do Salar não costuma ter aquela areia mais fina, que faz atolar, é aquela terra mais batida, típica do Atacama. Um perigo é na época das chuvas, algumas das estradas que entram no salar, conforme os carros vão entrando vão criando uns atoleiros.
  6. Vai super de boa, eu fui de Celta 1.0 Se fosse eu optaria ir de Antofagasta para Uyuni, ai voltava para San Pedro do Atacama e depois Salta, mas acho que os carro de vcs estão bem mais preparados para a pedreira que é o caminho entre Uyuni e e Salta. Tipo levar combustível em tambor e mais de um step. Boa trip cara.
  7. Eu fiz o caminho inverso, de Uyuni até Calama, que é caminho entre San Pedro do Atacama e a Bolívia. Você ira passar pela passagem de Ollague. Vc pegara estrada de terra desde antes da fronteira até chegar em Uyuni, mas não é um caminho muito complicado não. GPS não funcionam bem na Bolívia, mas se vc tirar prints no Google Maps ou fazer um mapa na mão com todas as bifurcações você chega lá de boa. Seguir outros carros ou confiar que vai pedir informações não é uma boa opção, pois lá é um deserto (literal e figuralmente). Dá uma olha neste post sobre a viagem que fiz passan
  8. Claro que dá sim, fui lá com um Celta 1.0
  9. Dando uma revivada no tópico, segue o relato que fiz sobre uma viagem que fiz para o Peru passando pelo Acre.
  10. Caraca, que viagem mais incrível. Comecei a ler seu relato e só parei quando li tudo. E como vc ainda não postou tudo aqui no mochileiros eu sai doido procurando seu blog. Parabéns cara pela coragem.
  11. Ótimo roteiro para essa quantidade de dias. Já passei exatamente por essa rota vindo do Chile, a única diferença é que passei pelo Paraguai. As estradas são um pouco judiadas mas não chegam a ser um problema. E realmente tem algumas blitz mas não tivemos nenhum problema nem com os policiais paraguaios nem na fronteira com o Brasil. Para mim desse trajeto seu a parte mais tensa vai ser de Salta até Passo Jama, são várias horas de subida. Vai exigir muito do carro e tmb acaba sendo mais desgastante para o motorista. Mas de resto é só aproveitar bastante as paisagens, o Atacama é lindo,
  12. Sei que o tópico já morreu, mas como sempre tem gente buscando esse assunto vou deixar minha contribuição. Fiz uma viagem parecida saindo de Goiânia em direção ao Acre. De lá passei por Peru, Bolívia, Chile, Argentina e cruzei o Paraguai. Tudo em um Celta 1.0. Sem problema nenhum.
  13. Olá, desculpa a demora mas tinha muito tempo que não entrava aqui no blog. Então, essa questão da propina é bem sério para quem vai de carro. Já tem dois anos que fiz essa viagem e hoje não faria algumas coisas que fiz na época, como por exemplo no meio do deserto, ficar uma hora sendo enrolado por dois policiais argentinos para não pagar um "café" de 100 reais. O que eu fazia para escapar da maioria desses situações era dizer simplesmente que não tinha dinheiro, havia gastado tudo na última parada e precisa chegar em um caixa eletrônico para sacar. Esse caso da Argentina foi o mais sério,
  14. Olá, ótimo relato. Acho que eu e minha namorada fizemos quase esse mesmo trajeto nos mesmos dias que vocês, mas de carro. Inclusive esse protesto ente Puno e Oruro nos também pegamos. Se quiser dar uma olhada, segue o link do nosso relato viagem-de-carro-para-peru-bolivia-chile-argentina-e-paraguai-t112973-30.html Abraços,
  15. Obrigado cara, que bom que gostou do tópico. Janeiro é um dos períodos mais chuvosos, tanto no Brasil quanto esses outros países. Nessa época as estradas sempre ficam mais complicadas. Uma outra dificuldade seriam os passeios, que sempre ficam mais difíceis sobre chuva, especialmente no Peru. Mas falando por mim, se fosse possível viajar apenas nesta época eu não deixaria de ir por conta disso. Boa trip!!!
  16. Fico muito feliz de saber que meu relato esta servindo pra galera empolgar a colocar o pé na estrada.... Só te recomendo a pesquisar bastante sobre as estradas da região amazônica da Bolívia, na divisa com o Pantanal. O que li sobre essa região quando estava planejando minha viagem era que as rodovias lá são quase todas de terra (como grande parte do país), porém, como nesta região chove muito, e as estradas são piores com vários lamaçais e atoleiros. Eu passei na Bolívia pelo deserto do atacama, como não chove lá, as estradas mesmo de terra são muito tranquilas de rodar. Outro alerta pa
  17. Gostei sim, eu só tinha olhado essa questão do período chuvoso para Machu Picchu e vi que as chuvas estiavam em Maio. Mas tive sorte em três outros locais (que eu não sei se você vai passar). O primeiro foi na região do rio madeira em Rondônia que alaga na época das chuvas. Segundo foi no Salar de Uyuni que também não fica legal para entrar com carra sem tração 4x4 quando ele forma uma camada de água na época das chuvas. O terceiro foi na saída do Chile entre São Pedro do Atacama e Salta na Argentina, que na época do frio intenso as estradas podem ficar fechadas por dias por conta da neve
  18. Vai mesmo, com certeza foi a melhor coisa que já fiz em minha vida. Se você tem confiança no seu carro arruma as malas e vai, depois conta aqui pra gente como foi!!
  19. Olá, fico feliz por ter gostado do relato. Em Puno eu fiquei no Hostal mi Tierra, fica próximo do centra comercial e histórico da cidade e também não fica muito longe do porto do lago Titica. O preço e as acomodações são muito bons e o atendimento eu gostei demais. Já em Cusco eu fiquei no Hotel Condor. Eu não gostei, fica a uns 10 minutos de carro do centro histórico de Cusco. Tudo lá foi muito fraco. Único ponto positivo fui o valor, mas não compensa. Passeando na cidade encontrei uns turistas brasileiros que estavam hospedados em um hotel perto da Praça das Armas e pagaram quase o me
  20. Olá, essa questão de segurança também me preocupava bastante antes da viagem, mas depois vi que não dá pra fazer essas comparaçoes com o Brasil. Um item que eu sempre olhei quando ia reservar os hoteis era se tinham estacionamento, porém em algumas cidades eu achei melhor deixar na rua mesmo, para facilitar de sair para passear e por que não sentia risco dele posar fora de garagem. Um dos dias que eu deixei na rua foi em Oruro na Bolívia, ao lado do meu carro tinha vários carros que valiam 20 vezes mais que o meu, então acho que não fazem muita relação com o valor do veículo. Outra co
  21. Resumo da viagem Pra fechar o tópico vou fazer um resumo da viagem, dos preparativos, documentos... Acredito que pode ajudar por não ser uma das trips mais populares aqui no site, por fazer de carro um percurso tão grande em tão pouco tempo. Antes da viagem: - Veiculo: Celta 1.0 2010. -Documentos de identidade atualizados: Como não íamos levar passaporte, atualizamos a foto das nossas identidades para não dar nenhum problema. Elas tinham menos de 10 anos mas nas fotos estávamos bem diferentes. -Seguro do carro: Como não tinha seguro, fiz um seguro com a Porto Seguro, pois o corr
×
×
  • Criar Novo...