Ir para conteúdo

FlavioToc

Membros
  • Total de itens

    184
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

FlavioToc venceu a última vez em Dezembro 31 2018

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

142 Excelente

3 Seguidores

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Obrigado por compartilhar esta experiência de um destino tão pouco conhecido dos brasileiros. Gostaria de ver fotos. Continue escrevendo que é também muito bom para reviver as viagens.
  2. Deixe para comprar lá os ingressos para tudo que precisar, os preços são semelhantes. A coisa funciona da seguinte maneira: Pequenas agências vendem e depois terceirizam guias e o transporte. Sendo que estes prestam serviços para várias, então você vai escolher uma agência e depois no embarque eles pegam um pouco de cada uma em cada lugar, vão recolhendo. Então você pode pegar o mesmo guia em roteiros diferentes com ônibus diferentes.
  3. Olha, estive no Peru em 2019 e pelos preços que cobram lá, não vale a pena arriscar e fazer por conta. Não sei da tua experiência e equipamentos e administração de riscos, mas com as agências lá tu consegues preços bem melhores que pela internet. Lá são em soles pela internet em dólares. Deixe para comprar na hora pesquise no local.
  4. @D FABIANO respondeu perfeitamente. Quanto as distâncias parecem muito maiores por conta do transito. À partir do fim de março a temperatura das águas baixa demais, ficando muito difícil para banhos em maio já faz frio fora da água. Então é para contemplar, fotografar, caminhar, o que não é pouco.
  5. Oi Bruno! Estivemos lá em junho passado e fiz um relato sobre isso. Primeiro compre os ingressos para Machu Pichu com antecedência pela internet, então, quando chegar a Águas Calientes compre um dia antes (pode ser a noite mesmo) a passagem para ir no primeiro ônibus que é as 6:00h. Vá as 5:30 para a fila que vai ser enorme, tipo uns 100m. Sai um micro-ônibus atrás do outro. Seja dos primeiros a entrar e na lá entrada pegue o primeiro guia que fale espanhol ou português. Só isto. Não é nada complicado. Quando fomos já eram as novas regras. Se fores mais tarde as fotos ficaram cheias de gente principalmente aquela clássica que todo mundo faz.
  6. Pense em fazer um trabalho voluntário por exemplo na Colômbia que os preços são mais econômicos. Você vai ter mais interação, eu creio.
  7. O serviço mais comum no estado são micro-ônibus que chamam de transporte alternativo, mas é tudo regularizado. Não sei agora, porém antes eles buscavam os passageiros nos locais, como residências e hotéis. . Se quiseres ir para outra cidade no sudeste do Tocantins, terá que ir de Arraias para Campos Belos, esse na divisa de Goiás com o Tocantins, mas todo o transito passa por ali.
  8. Gostei bastante. Especialmente pela riqueza de informações e links. Vai me ser bastante útil e guardarei para me ajudar. Obrigado por compartilhar esta experiência.
  9. Sinto muito, mas chove demais nesta época. O Panamá é um dos países com a maior densidade pluviométrica do mundo. Leia sobre o clima em San Blás e Bocas del Toro (junto da Costa Rica).
  10. Que legal. E eu que sou gaúcho, apesar de hoje viver no Tocantins, ainda não conheci a Serra Catarinense. Obrigado pela contribuição.
  11. FlavioToc

    Ayuda

    @Rogerio K C Isso mesmo, são 5 dias de barco de Manaus à Belém. De lá pode pegar um ônibus. Sugiro fazer escalas como em Brasília.
×
×
  • Criar Novo...