Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

maremontanha

Membros
  • Total de itens

    23
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  • Meus Relatos de viagem
    http://maremontanha.com/janela-do-ceu/
    http://maremontanha.com/travessia-lapinha-tabuleiro-serra-cipo/
    http://maremontanha.com/destino-viagem-trekking/chapada-diamantina/
  • Meu Blog
  1. maremontanha

    Ilha de Boipeba

    Agora que voltei de Boipeba tenho um veredito. A areia é bem quente mesmo rs. Levei um chinelo com forma bem larga da Adidas, tipo rider e foi perfeito. Protegeu o peh e nao ficou roçando tipo havaiana.
  2. maremontanha

    Ilha de Boipeba

    Pois é.. o problema é que tamebm tenho a pele do pé meio sensivel.. As tiras de borracha da havaiana parece que grudam no pé junto com os graozinhos da areia e ficam roçando até ficar assado... Por um dia tudo bem... Mais por uma semana inteira fica meio brabo... Derien e Leo, na Decathlon vende essas sapatilhas.. tem de Neoprene para usar na água e tem uma tipo sapatilha para usar em praia mesmo.. ela é toda furadinha e respiravel. Fui na loja calçar e até é confortavel mas a parte de dentro, na palmilha, é meio aveludada... dá uma sensação de que tem talco no pé sabe? O problema é que em 3 minutos andando com ela pela loja a sola do pé já comecou a suar... imagina isso na praia um dia inteiro! que fedor! rs Ana, acho que podemos resolver nosso problema usando algum tipo de havaiana / chinelo que tenha a tira mais soft, sem ser de borracha.. que seja de algum paninho que deslize pela pele e que nao agarre tipo havaiana... Algo parecido com chinelo de marca de surfista.. sei la..
  3. maremontanha

    Ilha de Boipeba

    Oi gente, estou indo para Boipeba agora em Novembro e estou com uma grande duvida.. o que levar para calçar nos pes! Pensei em havaianas mas andar com elas com aquela tira de borracha por um dia inteiro na areia acaba assando o peito do pé... Sem contar que li relatos de pessoas dizendo que a areia é MUITO quente e que o pé escorregava do chinelo e a solução foi usar meias nos pés com as havaianas.... Pensei em um tenis mas ficar tirando e botando e secando o pé toda hora nao me agrada muito.. Se voce já foi em Boipeba, me conta! Como foi andar de um lado para o outro de tenis ou de havaianas? A areia é realmente tao quente assim? Qual foi sua solução?
  4. maremontanha

    Roteiro Visconde de Mauá

    Vamos entao tirar as duvidas Eu prefiro ficar em Maromba, que é a ultima Vila da estrada. A distancia a pé entre as duas Vilas é de 25 minutos. As cachoeiras são mais proximas de Maromba. Já os restaurantes mais arrumadinhos e a vida noturna (restaurantes, pizzarias, bares, musica ao vivo) está em Maringá. Hospedagem, eu gosto do Camping Cabanas da Maromba porque tem opção de acampar, de ficar em uma casinha de madeira com colchao e sem banheiro ou tem tambem Chalés com banheiro dentro. Essa pousada/camping fica na estrada principal a 5 minutos a pé da Praça da Maromba e tambem 5 minutos a pé da Ponte Santa Clara. Em um unico dia saindo de manhã e a pé dá pra passar na Cachoeira Véu da Noiva, no Poção, no Escorrega e na Cachoeira dos Macacos. Na volta pro Camping / Pousada, se o dia estiver claro ainda, dá pra esticar a pernada por mais 20 minutos a partir da Ponte Santa Clara até chegar na Cachoeira de mesmo nome. Para as Cachoeiras do Alcantilado tambem dá para ir a pé. Saindo de Maromba, em 25 minutos se chega em Maringá. É só cruzar a ponte de pedestre que divide Rio de Janeiro de Minas Gerais, seguir a estrada para a direita até chegar no Hotel Inês. Tem uma subidona do lado do Hotel. É só subir e seguir a rua que vai passando por fazendas e caminhos com Araucárias, é muito lindo! É mais descida do que subida. Levamos 1 hora andando do Hotel até a entrada onde compra o ingresso para visitar as cachoeiras. Para voltar é só seguir o mesmo caminho, mas aí vai ser mais subida do que descida. Ou pegar uma carona... Muita gente vai de carro e tem sempre um alguem voltando pra Maringá. Alem desses dois roteiros, tambem aconselho visitar as Cachoeiras do Santuario, é o mesmo esquema do Alcantilado mas é mais selvagem. Lá no blog tem um relato desse passeio: http://maremontanha.com/maromba/ A melhor coisa de visitar Maromba / Maringá é justamente ficar a pé que nem pinto no lixo andando de um lado pro outro pela estrada sem se preocupar com carro ou estacionamento.. Vale muito a pena
  5. maremontanha

    IBITIPOCA- CASAL SEM CARRO

    Fui sem carro e foi super tranquilo! Peguei um onibus do Rio de Janeiro até Juiz de Fora e de lá fui com o Lenilson da Ibitipoca Tour Transportes até dentro do Parque onde acampei. Achei o contato do Lenilson no site oficial do Parque. Por R$440 fomos 2 pessoas ida e volta da rodoviaria para o Parque, passando pela Vila de Ibitipoca para conhecer. Aconselho! Vale muito a pena nao precisar ficar fazendo baldeação de onibus e assim ganha muito mais tempo pra curtir no parque. Levamos 1h30 nesse trajeto. As trilhas são super tranquilas e seguras. São basicamente 3 trilhas... O Circuito das Águas, que é o mais tranquilo, as trilhas sao curtas entre uma atração e outra e fica tudo ali pertinho da lanchonete do parque. Toda sinalizada, ampla e de facil localização. O Circuito Janela do Céu, que é o mais distante e o mais famoso. A trilha é bem longa, exige paciencia pra conseguir andar no sol por tanto tempo, mas tambem é bem sinalizada e o terreno é bem tranquilo de andar. Vale muito a pena. Nao precisa de guia... Só persistencia rs. Levamos quase 10h nesse passeio, desde o momento em que começamos a trilha até a hora em que chegamos de volta na Lanchonete. Tem várias grutas lindas para visitação. Vale a pena levar lanterna. O Circuito Pico do Peão tambem é bem longo e bem facil, com bastante sinalização, mas no final nao tem cachoeira, só uma vista do ponto mais alto do parque. Como gostamos mais de mato do que de cidade, ficamos acampadas dentro do proprio parque e fomos uma vez só até a Vila. Fomos a pé, sempre descendo uma estrada.. Levamos 15 minutos para andar o 1km do camping / lanchonete até a portaria do parque e depois mais 40 minutos para andar os 3km até a Vila. A maior parte do caminho foi no sol.. Na volta encontramos o Lenilson e ele nos levou de carro pro camping. Falam que tem sempre uma Kombi esperando pra fazer esse trajeto da Vila até o Parque mas nesse dia nao tinha nada... e aconselharam a buscar um serviço de transfer local (um alguem com um carro, tipo o Lenilson). Se nao me engano, custa uns $10 por pessoa esse trajeto. Na estrada, as pousadas mais proximas do Parque são a Pousada Alto dos Manacás e a Pousada Casa das Bromelias. Mas lembrando sempre, que da Portaria do Parque até a Lanchonete, que é de onde saem as trilhas, a distancia é de 1km de subida. http://maremontanha.com/parque-estadual-de-ibitipoca/
  6. Oi Mariana, na Serra do Cipo tem tambem os onibus da Saritur. Ele passa na rodovia e vai parando nos pontos ao longo dela. O melhor seria ligar para a Viação e perguntar horarios e tudo mais que queira saber. Quando eu fui, liguei e falaram isso... que para na estrada mesmo... Se sua pousada for proximo da rodovia, entao é só andar até o ponto mais proximo. o Onibus foi R$13,75 da Serra do Cipo até a Rodoviaria da Lagoa Santa. Nos pegamos ele em frente a rua da pousada, em frente a um complexo com restaurante, padaria e lojinhas... Sei que tem gente que faz o serviço de transfer.. Quando fui peguei um taxi na rodoviaria de Belo Horizonte até a Lapinha da Serra por $200, a distancia é de uns 140km.. (fui para a Serra do Cipo pela travessia Lapinha x Tabuleiro) Tenho uns telefones anotados por aqui que talvez possa te ajudar: (31) 99853-8308 - Reginaldo Cipó (Cipó até Lapinha ou Tabuleiro até Cipo R$250) (31) 3868-1902 - Central de Taxi em Conceicao do Mato Dentro (31) 3718-7028 - Serginho da Padaria
  7. maremontanha

    Imprensa de Viagens (Revistas, Jornais e Blogs)

    Revista Viagem e Turismo da Abril Aventura e Ação Blog http://www.viajenaviagem.com/blog http://www.penaestrada.blog.br/ http://maremontanha.com http://www.blogapaixonadosporviagens.com.br/ no ABBV e RBBV tambem tem vario blogs http://abbv.net.br/ http://www.rbbv.com.br/ Portal http://www.extremos.com.br/ http://www.melhoresdestinos.com.br/
  8. Oi Lucas, Muitas estradas são de terra batida com alguns poucos buracos e um bocado de pedra solta.. Nao vi lama para atolar nem subida dificil.. eu so nao dirigiria com 1.0 até a cachoeira dos mosquitos, ali até carro 4x4 só com um motorista muito sagaz. Mas da pra chegar sem problemas nas principais atraçoes. Uma dica é entrar no Google Maps e jogar aquele bonequinho do Street View em cima da estrada... Dá uma olhada no caminho para Iraquara onde ficam as grutas e tambem no caminho para os Poços Azul e Encantado que ficam em Nova Redenção e em Itaeté. Essas foram as estradas mais ruinzinhas que pegamos...
  9. maremontanha

    Roteiro Chapada Diamantina Setembro 2016

    Oi Rejane, De Lençois da para conhecer várias cachoeiras e trilhas e é de onde sai a maioria dos passeios de agencia ou voce pode ir na associacao de guias (eles cobram mais barato). Os passeios normalmente incluem mais de um lugar para visitar. 1o roteiro em Lencois com agencia: Cachoeira dos Mosquitos + Serrano + Salão de areia + Poço Halley + Primavera + Mirante + Cachoeirinha. O carro sai da agencia e passa nas pousadas para buscar o pessoal. Fomos em 8 pessoas e foi bem divertido. Esse passeio nos levou por uma estrada bem ruim até a cachoeira dos mosquitos, depois voltou para Lençois e todos almoçaram (já pago) em um restaurante e fomos a pé em seguida, com o guia, fazer o percurso que liga o Serrano, Salao de Areia, Poço Halley, Primavera, um mirante lá no alto com vista para a cidade e no final, a Cachoeirinha para resfrescar. Vale a pena ir com agencia para a Cachoeira dos Mosquitos por ter um acesso bem dificil e distante. Mas a parte a pé por Lencois dá pra ir sem guia. O lado bom de ter alguem guiando é que assim nao perde tempo tentando desbravar o caminho, mas acredito que nao de pra se perder.. O 2o roteiro com agencia que fizemos incluiu o Poço do Diabo, Lapa Doce, Pratinha e Morro do Pai Inácio. Nesse dia fomos só nós duas no carro com o guia. A agencia que usamos ( Chapada Adventure ) cobra por pessoa nao importa quantos sejam. Mas acho q tem outras agencias que cobram como se fosse uma diaria do carro + guia e vai barateando de acordo com o numero de pessoas interessadas. O 3o roteiro com agencia em Lençois incluiu Poço do diabo, Gruta da Torrinha, Pratinha, Morro do Pai Inácio. Na primeira ida ao Pai Inacio estava nublado quase chovendo e ventando demais.. Decidimos repetir o passeio mudando apenas a gruta e assim conseguimos ver um por do sol fantastico! Ah, quisemos repetir a Pratinha tambem pra aproveita-la com sol.. é muito lindo o lugar! E a gruta... Ficamos com medo de ter claustrofobia na Torrinha e fomos primeiro na Lapa Doce que é mais aberta. Mas depois tomamos coragem e quisemos a Torrinha tambem.. Nao da claustrofobia, o passeio vale muito a pena! Preferimos fazer novamente com a agencia por que fica MUITO longe para ir a pé até a Torrinha, e com a agencia já está tudo incluído.. Custou R$360 pra 2 pessoas incluindo carro confortavel com ar condicionado, guia para explicar e contar as historias do lugar (ele tambem é o motorista do carro), ida até o poço do diabo que é de graça a entrada e paga só $5 de estacionamento, entrada na Gruta da Torrinha que seria $50 por pessoa, almoço self service ao custo de $20 por pessoa, entrada na Pratinha que custa $20 e subida no Pai Inácio que custa $5 também por pessoa. Se fossemos sem a agencia teriamos que pagar esses valores que somam $195 mais um meio de locomoção, que seria um aluguel de carro na Lukdan por R$150 a diaria + taxa de limpeza + gasolina. Sem contar o estres de dirigir numa estrada de terra toda esburacada que voce nem conhece... Sem agencia, em Lencois, nos fizemos apenas um passeio que foi a trilha para a Cachoeira do Sossego. A trilha vai margeando e cruzando um rio, e pra nao perdermos tempo decidimos contratar o serviço de um guia da associação, e foi a melhor escolha. Ele foi super simpatico, respeitando o nosso tempo de trilha mas ao mesmo tempo incentivando a continuar. Recomendo. Foi $150 a diaria dele. Antes passamos na agencia pra ver o preço e era MUITO caro e ainda tinha que pagar por pessoa. Tambem ficamos hospedadas no Capao, na pousada Pé no Mato, e fizemos a trilha para a Cachoeira da Fumaça (sem guia). Pegamos carona na pousada até o inicio da trilha (5 minutos de carro). Eu particularmente não gostei muito.. a trilha é muito exposta ao sol.. A cachoeira estava bem seca e tinha um povo pelado meio hippie atrapalhando as fotos.. Nao voltaria... No Capão fizemos tambem a trilha para Águas Claras passando ao lado do Morrao. Fomos sem guia e pegamos um motoboy até o inicio da trilha.. ($12 por pessoa). A trilha é bem facil e o lugar é bem bonito. Vale a pena. Tem outras cachoeiras no Capao, mas ficam afastadas do centrinho... Dá para ir andando pela estrada a pé até elas mas tava muito calor e muito seco e o chao de terra batida era todo tomado por um pó vermelho que subia a cada carro que passava... andar a pé ali estava meio sem cogitação.. rs Mas o passeio mais imbativel e imperdivel eu diria que é para os Poços Azul e Encantado. Tambem é muito oferecido por todas as agencias e sai de Lençois. Mas nao saberia dizer como é com a agencia por que quando fomos, estávamos em Andaraí querendo um meio de transporte para chegar em Mucugê. E a pousada em que estavamos nos sugeriu ir com um rapaz que faz serviço de taxi na regiao. Acabamos passando por esses dois poços no caminho e assim economizamos um bom dinheiro. Custou R$150 o trajeto inteiro. O poço azul custa R$15 a entrada e o poço encantado custa $20. Eles ficam mais ou menos proximos (30 minutos de estrada). No azul dá para flutuar por 30 minutos e no encantado nao pode, é só para contemplar, mas consegue ser ainda mais impressionante. Em Lencois nos hospedamos na Lavramor, uma pousada cheia de janelas e com um visual do alto para toda a cidade. Espero ter ajudado =) http://maremontanha.com/15-dias-na-chapada-diamantina/
  10. maremontanha

    Como fazer o primeiro mochilão?

    Sugiro um mochilão pela Chapada Diamantina. São 24 municípios, e a maioria tem alguma atração maravilhosa como uma gruta ou cachoeiras estonteantes. É o lugar onde os adjetivos "surreal", "magnifico", "absurdo" são poucos para descrever a natureza do lugar. Ficamos 15 dias e conhecemos 10 municipios, 12 cachoeiras e 5 grutas. Tudo sem carro.. usando a logistica dos transportes e alguns guias com carro proprio. Fica a dica! Para se organizar aconselho estudar tudo que voce achar sobre o lugar. Nós compramos o Guia Chapada Diamantina ( http://www.guiachapadadiamantina.com.br/ ) e um mapa maravilhoso do Roberto Sapucaia ( http://www.trilhasecaminhos.com.br/ ). Alem disso, lemos tudo o que tinha de dica no TripAdvisor, para descobrir as furadas e tambem alguns relatos de pessoas que ja tinham ido. Boa sorte =) http://maremontanha.com/15-dias-na-chapada-diamantina/
  11. maremontanha

    Isolantes Térmicos

    Tenho o isolante inflavel da CAMP e já tive o A200 Light da Quechua e quase comprei o Forclaz Air da QUechua tb.. O A200 é bem confortavel para uma noite, mas para 4 noites seguidas já começava a incomodar o corpo pra dormir, o problema dele é que ocupa muito espaço! e pesa 700 gramas. Como o conforto já estava comprometido, resolvi comprar um que pelo menos ocupasse menos espaço e fui pesquisar o Forclaz Air e o da Camp.. o Forclaz cheguei a ver na Decathlon e ocupa menos espaço que o A200 mas quanto a peso nao mudava muita coisa, ele pesa 500gr Esses dois (A200 e Forclaz) tem uma estrutura diferente, mais grossa e resistente aparentemente. Acabei comprando o da CAMP pelo tamanho impressionante dele guardado, 22x6cm! e pesa só 315 gramas! A aparencia é bem fragil e a estrutura é muito fina, ele é tipo bóia, só a camada fina das paredes, sem nada dentro, bem diferente dos outros dois. Quanto a conforto, o CAMP é bom na primeira noite mas depois de 4 noites tambem fica incomodo.. Como ele tem só 45cm de largura, o meio do corpo fica nele mas dormindo de lado as pernas ficam pra fora Costumo usar no fundo da barraca um isolante que comprei no Aliexpress http://pt.aliexpress.com/item/Dropshipping-200-200cm-Aluminum-Backing-Insulating-Insulation-Foam-Camping-Mat-Blanket-Cushion-Pad-for-Camping-Hiking/887277757.html?spm=2114.02020208.3.20.uY5352&ws_ab_test=201556_7,201527_3_71_72_73_74_75,0_0que nao deve ter nem 2mm e só a metade já cobre toda a barraca. Nesse link http://maremontanha.com/isolante/ tem um comparativo com fotos.. Não me arrependo de ter comprado o da CAMP, só trocaria pelo THERM A REST NEOAIR xLITE que tem 350gramas, a embalagem tem 23x10cm e ele aberto tem 183x51cm
  12. maremontanha

    Viagem RJ 20/11/2015 - Informações sobre transporte em Laranjeiras

    Bruna, o transporte em Laranjeiras em si é meio escasso, entao pra se locomover legal, voce tem que ir para o largo do machado ou botafogo, que sao bairros proximos. Saindo do largo do machado: - Metrô até a tijuca + Onibus até a floresta ( onibus 301 ou 302 ) Da Floresta até o JB, serão dois onibus. - Floresta até Praça Saens Pena na Tijuca - Onibus na praça até o JB (Onibus 409) E de Laranjeiras ate Copacabana sugiro que voce vá ate o largo do machado ou botafogo e pegue o metrô. é mais Pratico...
  13. maremontanha

    Dica de destino barato para janeiro de 2016

    E aí, Paulista! Esse role natureza é praia ou cachoeira?
  14. maremontanha

    Isolante Térmico Camp

    Tambem tenho o Essential Mat Camp inflavel. Comprei 2 de uma vez. Assim que enchi em casa para testar sem querer furei um deles rs. Usei na mesma hora o kit de reparo que vem junto e nunca tive problema com isso nele. Realmente ele é bem estreito. Tenho 1.60 e 50kg e meu joelho quando durmo sempre fica pra fora dele, direto no chão gelado da barraca. Quando uso em alta montanha, no frio, levo sempre um isolante que comprei no AliExpress. É um material bem fininho que transporto dobrado do lado de fora da mochila, ele isola a umidade do chão e é laminado dos dois lados. É bem vagabundo e foi bem barato. Comprei com 2m x 2m, cortei no meio e encaixa certinho no chão da barraca Azteq Nepal. Somando o conforto do Mat Camp com o isolamento desse xingling fica perfeito, muito leve e com minimo volume.
×