Ir para conteúdo

Sérgio Vilela

Membros
  • Total de itens

    130
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Sérgio Vilela postou

  1. Olá Mateus, Show de bola seu vídeo! Fotos fantásticas! Estamos aguardando seu relato. Abraços e parabéns pela viagem
  2. Olá Marco, beleza? Não sei se vou conseguir te ajudar, mas quando fui para a Chapada, e fiquei em Lençóis, lembro sim de áreas de camping. A chapada é muito grande, e se vc for de carro vc vai acabar achando areas de camping, oficiais ou não. Algumas coisas você vê rápido, tipo o poço encantado, e vai pra próxima. Agora ficar andando... ou na carona... não acho uma boa não. O ideal na minha visão é ter um acampamento base e um carro. Aí é de boa. Lembro que na região da cachoeira da Fumaça tinha uma area de camping bacana. Faz tempo que eu fui e a memória tá meio ruim, mas espero ter ajudado. Fiz um relato da minha viagem também, se quiser detalhes das atrações. Abraços e boa sorte! Sergio
  3. Oi Adriana! As dicas foram show! Nota dez o lugar... Dá vontade de voltar, porém preciso conhecer todos os outros lugares primeiro. Abs
  4. Oi Laura, 7 dias é mais do que eu fiquei por lá. Planeja os locais onde você vai ficar à noite, e de dia é só alegria. Não deixe de passar por Glencoe e conhecer Skye. Abs!
  5. Fala Kleber! Cara, dá pra ir de boa. Alguns trechos têm mais buracos, mas a estrada em geral estava bem conservada. Melhor que muitas de Minas... Eu falo do trecho que eu peguei, pois tem várias formas de chegar em Lençóis! Abraços Sérgio
  6. Fábio, desculpe a demora! Fomos em um Palio. Um Corsinha aguenta o tranco, pode ir tranquilo. É tudo asfaltado e as estradas na Bahia estão razoáveis. Abraços
  7. Olá Natasha e Kleber, Faz tempo e a memória já era, mas veja no inicio do relato, após Montes Claros, as cidades que nós passamos: em Minas, após Montes Claros: Janaúba Porteirinha Mato Verde Monte Azul Espinosa Já na Bahia: Urandi Guanambi Povoado de Pilões Caetité Paramirim Seabra Lençóis Lençóis é o melhor ponto de partida para conhecer a Chapada (na minha opinião). Espero ter ajudado! Traçando essa rota no Google talvez fique mais claro... Abraços
  8. Fala Petroni! Cara, gastamos pouco, pois ficamos nos sanduíches e fast food. A comida lá é muito cara. Vc pode gastar tranquilamente uns R$ 80 por refeição se quiser comer bem. Os sanduíches, McDonalds, Subway da vida são mais ou menos o preço no Brasil, convertendo a moeda. Abraços
  9. Fala Felipe! Blz? Cara, desculpa pela demora. Só agora que fui ver sua mensagem. Se ainda der tempo, fica em Lençóis. Lá é o melhor lugar de base para conhecer a Chapada. Se já tiver ido, não deixa de postar como foi! Abraços, Sérgio
  10. Oi Natygirl, Infelizmente não sei o nome da estação de ski. Procure nos arredores de Aviemore, talvez vc acha. Oi Thais, Alugamos o carro na Europcar, em uma loja que fica embaixo da estação de trem principal da cidade. Não sei quanto a esse site! Verifique qual é o carro e a condição de seguro! E veja se o tanque é entregue cheio tb, isso faz diferença. Abs, Sérgio
  11. Oi Thais! Eu só reservei o hostel em Londres e Edimburgo, com medo de estar cheio. O resto eu reservei lá, usando as redes wi-fi. Não recomendo, a não ser que vc goste de roteiros flexíveis e assuma o risco (tal como eu!). Mas como vc vai com a sua mãe, a minha sugestão é reservar todos antes. Usei o hostels.com e o hostelsworld.com. As opinioes dos hospedes são bem sinceras e vc pode se basear nelas. A estrutura dos hostels é muito boa! Com relação à passagem de trem para Edimburgo, eu sugiro que vc compre com antecedência, pois quanto mais perto do dia mais caro é. Mas eu não me lembro mais da empresa de trem... Lembro que a estação de metrô, onde você sobe pega os trens em Londres é a Kings Cross. Não sei se é boa, mas tente http://www.thetrainline.com/ Com relação ao dinheiro, sinceramente, não precisa levar dinheiro em moeda, leve tudo em VTM. TODOS os lugares aceitam VTM. Te mandei uma MP com os meus contatos. O IOF do VTM é 0,38% e o de cartão de crédito é 6,38%. Esqueça os cartões de crédito! Vc pode até recarregar o VTM de lá mesmo se o dinheiro acabar, desde que vc tenha um smartphone habilitado para fazer DOC/TED. Na Europa vc acha vários locais com wi-fi grátis, tal como no Starbucks... Em Inverness, faça uma gracinha para sua mãe, e fique no Mardon Guest House! Em Edimburgo, sugiro a você ficar no Westend, que é menos mochilão que o Caledonians Backpackers... A não ser que sua mãe seja doidona. Dirigir na mão inglesa é muito doido! Mas faça uma força e alugue um carro com câmbio automático. Acredite em mim, é mais estranho passar marcha com a mão esquerda do que inverter o lado da via... Espero ter ajudado! Abraços Sérgio
  12. Olá Luciano, Desculpe a demora. Gastei em torno de R$ 3.000 sem contar as passagens aéreas (fui com pontos TAM) e compras. Lembrando que só ficamos em Hostels, o que deu pra economizar bem, e nossa alimentação foi a base de fast food. Fomos mais ao estilo mochilão mesmo, dando uma segurada. Até pq a comida lá é MUITO cara e nem por isso boa. Uma semana comendo sanduíches (que até são bem bons) não mata ninguém! O carro deu uma encarecida, mas valeu muito a pena! Esse valeu a pena cada centavo de libra! Irlanda deve ser fantástico tb, não fomos por causa de tempo... Procure os Cliffs of Moher. Abraços e boa viagem! Não deixe de fazer o seu relato!! Sérgio
  13. Oi Amanda! Muito obrigado, você que me ajudou bastante com as dicas! As fotos nunca fazem justiça, mas talvez o justo seja isso mesmo, tem que ir lá, pra ver. Abraços!
  14. Adriana, Fiz um relato mais ou menos, e postei em: londres-e-escocia-de-edimburgo-pelas-highlands-ate-isle-of-skye-em-busca-de-paisagens-t81372.html#p828771 Lá eu deixo algumas dicas e fotos da minha viagem. Obrigado a você pelas dicas e ajuda. Abraços!
  15. Relato - viagem Reino Unido Oi pessoal! Este é um relato de uma viagem feita por dois amigos entre 28 de março a 7 de abril de 2013. Foi uma viagem curta. Mas com muitas paisagens deslumbrantes, que foi o que fomos buscar. Mais uma vez usamos e abusamos do Mochileiros.com, que como sempre se mostrou um companheirão. Queria agradecer aos colegas que ajudaram a esclarecer nossas dúvidas. Minha contribuição é tentar passar um pouco da nossa viagem, com detalhes relevantes para o viajante. Nosso objetivo era ver e curtir paisagens. Se você procura um roteiro com dicas urbanas de Londres, ou Edimburgo, poderá achar algumas aqui. Mas ver prédios e construções não foi o nosso objetivo. Se você procura paisagens deslumbrantes, castelos, cidades pequenas do interior do Reino Unido, talvez possa encontrar algumas respostas. Vamos ao que interessa! Formas de transporte: 28/3 - BH - Rio - Londres (TAM) 07/4 - Londres - SP - BH (TAM) Gastei todas as milhas acumuladas durante um bom tempo... 01/04 - Londres - Edimburgo: trem (compramos passagens na estação Charing Cross em Londres mas o trem saiu da estação King's Cross). Duração da viagem: 04h50 (o trem pára em várias estações ao longo do caminho, mas é bem confortável). Em Edimburgo nós alugamos um carro, o que foi uma das melhores decisões que já tomamos. Rodamos por 5 dias. Não nos pediram permissão internacional para dirigir. Mas eu sugiro ir com uma, pois acho que tivemos sorte de não ter sido parados pela polícia. Fomos apenas com a CNH brasileira mesmo. Moeda: Cotação: 1 libra esterlina = 3,30 reais (libras são adotadas em todo o Reino Unido - e a Escócia também faz parte disso). Usei e sempre uso na minha viagem o cartão VTM. Como funciona? Você coloca dinheiro em um cartão, que serve como cartão de débito e para saques nos terminais de auto-atendimento, conhecidos como ATM's. Funcionou direitinho. Em praticamente qualquer lugar, até mesmo no interior da Escócia, eles aceitam cartão (a bandeira do VTM era VISA mas pelo jeito aceitam MasterCard e outras também)... Seguro viagem Fiz e recomendo. De qualquer forma, eles não pediram na entrada ao país, que foi bem tranquila. Comprei o seguro que me foi oferecido por parceiro da TAM após fechar as passagens. O seguro chamava Mondial Travel Euro e foi por volta de R$ 180. O importante é adquirir um seguro que cubra despesas de 30.000 euros em caso de acidentes pessoais ou doenças, que é o que já me avisaram que pode ser que solicitem na entrada no Reino Unido. Um lugar que comprei o seguro da minha última viagem e que também indico é a Central de Intercâmbio (www.ci.com.br). Mais informações, no relato em si! Chegamos dia 29/3 após um voo vazio da TAM. Londres 29, 30/03 e 01/04 - 3 dias 29/03 Dica de transporte em Londres: Pelo amor de Deus, não vá de taxi para Londres! Há uma estação de metrô no aeroporto, que te leva para qualquer lugar da cidade. A diferença de preço é algo gigante. Tipo 70 libras para um taxi contra umas 2,10 libras para o metrô. É super seguro, como toda a cidade de Londres. Ao chegar em Londres compre um Oyster Card na estação de metrô (Underground) e carregue-o como algumas libras. Usamos umas 20 libras em três dias. As 5 libras para comprar o Oyster e o dinheiro que sobrar, você coleta na volta na mesma estação do aeroporto de Heathrow - tudo fácil e organizado. E vá usando os créditos. Em todas as estações vc pode conferir o saldo e depositar mais alguma grana, seja com dinheiro ou com o VTM. É muito rápido e prático. Compramos um Oyster card em Heathrow, com £15, sendo que o cartao custou £5, reembolsáveis. No total foram 20 libras para cada um. Pegamos o tube, que levou uma hora ate a estação de Elephant and Castle. Estava bastante frio, fazendo em torno de 1 a 2ºC. Se você nunca pegou um frio desses, se prepare. Pra falar a verdade, de -10ºC a 5ºC a sensação não é muito diferente. Os londrinos não ficam igual a você, caminhando pela cidade o dia todo e se expondo à temperatura baixa, portanto não compare as roupas que eles usam com as que vc precisa. Eles fazem o circuito casa-metrô-trabalho-metrô-casa ou balada, portanto não ficam trocando calor com o ambiente igual aos turistas. Pois caminhar é o melhor para se conhecer qualquer lugar! Se você é marinheiro(a) de primeira viagem: sugiro usar uma segunda pele ou underwear embaixo das roupas, isso segura bem a temperatura. Costumam ser vendidos em lojas de artigos esportivos. Lá também são encontrados. Uma bota ou sapato de couro fechado e confortável ajudam também a isolar, esqueça seus tênis de corrida no Brasil (nada arejado é bom nesse frio!). Quanto mais espessa a sola melhor! Proteja as mãos com luvas, que vc pode comprar lá se for o caso, e o pescoço com um cachecol ou com um gorro na cabeça. Use protetor labial. Não dê bobeira porque senão é doença na certa. No mais, no terceiro dia vc acostuma com o frio e começa a deixá-lo em segundo plano, pelo menos! Estadia em Londres: Safestay at Elephant and Castle - hostel reservado no Hostels.com O hostel Safestay at Elephant and Castle é muito bom, muito limpo e organizado, com decoração bem moderna. Wifi só no primeiro andar, que tem um ambiente bacana, com varias mesas e som ambiente. Pagamos £140 para duas pessoas por três noites. O único porém é o atendimento britânico típico, sem nada da simpatia a que estamos acostumados nas pousadas e hotéis do Brasil. Mas são eficientes e têm as informações que você precisa. Fachada do Hostel Safestay at Elephant and Castle Saímos para comer após deixar as coisas no hostel Uma das primeiras coisas que vc verá, é o quanto que é caro para comer bem em Londres. Mais do que o resto. Nós tivemos que usar e abusar da junk food: KFC, Mc Donalds, Burger King, Pizza Hut... economizamos bem, mas comemos porcaria a viagem inteira... Considere por volta de 5 a 10 libras um refeição fast food, e de 10 a 30 libras uma refeição em um lugar bacana, com comida de verdade... No interior da Escócia nós comemos muitos sanduíches. Eles são vendidos em lojas de conveniência e custam de 2 a 4 libras. Eles fazem os sandubas no mesmo dia e são bem saborosos, tem de tudo, até de camarões (lá não são shrimp e sim prawns). Nesse primeiro dia usamos o KFC, que uma refeição dá em torno de 6 libras. Tivemos nossa primeira visão (e noturna) do Big Ben! E do London Eye: Policiais muito educados isolaram a área não sei o porquê e tivemos que achar outro modo de voltar. Perguntei e eles me falaram que era por motivos de segurança. Dia 30/03 Fomos ao Hyde Park, de metro pela estacao Knightsbridge. É um parque muito bonito e limpo, que deve ser muito procurado no verão para passar o tempo. É o maior parque de Londres e vale conhecer! Com uma vontade consumista que todo turista brasileiro é tomado, entramos em algumas lojas. Harrods é caro demais, sem noção. H&m tb. Beneton tb. Sports Direct com boas promoções. Se quer gastar alguma coisa em Londres, pelo menos a Sports Direct tem preços muito bons para artigos esportivos... Na verdade procure uma loja que se chama Lillywhites, pois SportDirect era a inscrição na sacola. Londres não é definitivamente uma cidade para se comprar muitas coisas. Fomos ao estádio do Arsenal e estava tendo um jogo, fomos embora antes de acabar e lotar o metro. O estádio é muito limpo e organizado. Uma dica, tente ir a um jogo mas não faça como nós fizemos, procure se informar antes se haverá jogos durante sua estadia em Londres antes de ir ao estádio rs Fomos à Tower of London e Tower Bridge. Tiramos fotos noturnas do lugar. Muito bonito e turístico. Fomos depois ao Starbucks para um chocolate quente pois 1ºC estava meio foda. Olha a quantidade de chapas e de rebites!! Isso não cai nem com terremoto. 31/3 fomos ao Charing Cross station depois de acordar 12:20 Compramos as passagens de trem para Edimburgo. Pagamos super caro por comprar em cima da hora (iriamos viajar no dia seguinte): £253,40 para duas pessoas, ida e volta (Londres - Edimburgo - Londres). Segundo o cara que nos atendeu, cada trecho desse por pessoa sai normalmente por £40... Fazer o quê, roteiro flexível dá nisso. Almoçamos no Burger King da estação Charing Cross, já cansados de fast food. Deu £6,29. Fomos ao Palácio de Buckingham via metro, estação Green Park. Fomos à Westminster Abbey a pé do palácio de Buckingham e tiramos fotos diurnas do Big Ben. Westminster Abbey Palácio de Buckingham Fomos ao Imperial War Museum, pela estação Lambeth North, mas o museu está fechado ate julho. Dica: Imperial War Musem estará fechado até julho/2013 portanto retire-o do seu roteiro! Andamos bastante, curtindo a cidade e a pressa dos londrinos. Foram-se embora mais £22,60 no pizza hut (pelo menos no pizza hut vc pode comer salada liberada). À noite, descobrimos q os caras q estavam no nosso quarto do hostel eram muito gente fina: três alemães, um casal americano e uma japa. 01/04 Saímos do hostel por volta das 10h após o check out. Chegamos à estação Kings Cross e compramos lanche no Pret a Monger. Os funcionários do metro estavam dando chocolate comemorando a Páscoa. A estação King's Cross em Londres - lugar para partir de trem para o resto do Reino Unido O trem saiu as 11:02, mas o meu relógio é que devia estar adiantado dois minutos. Edimburgo, Escócia Chegamos em Edimburgo. Cidade muito bonita! Cheia de castelos, catedrais e muitos prédios antigos. Vista na entrada do Castelo - olhando para a esquerda Vista na entrada do Castelo - olhando para a direita E um sol que não vimos em Londres, uma cidade nublada eternamente. Gostamos logo de cara da Escócia e de Edimburgo. Ao longe, a vista do castelo. A rua da estação de trem, a Princes Street, é uma rua muito bonita e bem movimentada, sendo a principal da cidade e o coração de Edimburgo. Estadia em Edimburgo: Westend Hostel, na 35 Palmerston Place. Fomos a pé da estação. O hostel é bacana, pode ir sem medo. Os quartos são bem limpos e o staff é bastante educado e prestativo. Tudo funcionou beleza nesse dia que passamos lá, o aquecedor inclusive. O café da manhã é cobrado à parte e preferimos comer uns sanduíches numa lanchonete lá perto, cuja atendente era uma senhora bastante simpática e com sotaque carregado. Fomos ao castelo mas já estava fechado. Andamos a Royal Mile, muito legal, cheio de turistas. A Royal Mile é uma junção de três ruas ao lado do castelo de Edimburgo, que é cheia de lojinhas de souvenirs e de turistas também. É uma rua bonita com vários prédios históricos. Esse nome é uma referência à extensão dessas ruas, que é mais ou menos uma milha mesmo (1,6 km). Royal Mile - a tradicional junção de ruas de Edimburgo À noite tiramos algumas fotos e caminhamos bastante na cidade, que é bem segura. Edinburgh Castle Comemos na pizza hut (de novo). 02/04 Fizemos check out, comemos sanduiches em uma lanchonete próxima do hostel e fomos alugar o carro. Alugamos um VW Golf na Europcar 5 diárias sem GPS por £ 270. A Europcar é uma locadora de veículos cuja loja fica na própria estação de trem. Estavam cobrando £ 14 a diária do GPS. Preferi comprar um Garmin em uma loja Currys na Princes Street por £ 69,99. Melhor coisa que eu fiz, pois consegui baixar o mapa do Brasil de graça pelo track source depois. Não foi pedida permissão internacional na locadora. Apenas a CNH... Fomos assim mesmo. Saímos, passando alguns apertos. Rotatória na mão inglesa é o bicho! Dicas para dirigir na mão inglesa: - faça igual vc fazia quando era criança - olhe para os dois lados sempre, antes de entrar em uma rotatória, ou antes de uma conversão para qualquer lado, pois seu cérebro irá pregar peças com vc ãã2::'> - alugue um carro automático se possível e se seu bolso permitir - passar marcha com a mão esquerda é muito esquisito e é uma coisa a mais para vc se preocupar; - lembre que vc tem uma noção que não tem mais carro à sua esquerda, em outras palavras, ao dirigir com o volante à direita vc irá se esquecer que tem muito "carro" à sua esquerda. Na hora de estacionar por exemplo, meu amigo subiu no meio-fio. Isso é o mais dificil: você tende a passar beirando o meio-fio do lado esquerdo o tempo todo, pois vc está acostumado a se preocupar muito mais com o lado direito que o esquerdo; - fique tranquilo. Os motoristas são muito educados. Todos eles mantém distância segura de você. Faça o mesmo. Obedeça a sinalização que é clara. No segundo dia já estará de boa... - leve CD com músicas ou um pen drive, pois dirigir com trilha sonora é sempre mais emocionante. Nós não levamos e por sorte o carro tinha bluetooth aí usamos os celulares... Na estrada, os escoceses dirigem só na faixa da esquerda, igual aos brasileiros. Sim, isso foi uma piada! Chegamos em Stirling, pagamos £ 4 para estacionar o carro no castelo. O ingresso para o castelo era uns £ 14 e o mesmo não parecia grande coisa, se comparado ao castelo de Edimburgo, por exemplo, dai resolvemos ir embora. Stirling Castle Super experiência essa de dirigir na mão direita! Dá um medão danado! Paramos na estrada, no Real Food Cafe Ltd. £33,30. Hamburguers fantásticos e um atendimento de primeira. Os escoceses nos impressionaram pela educação e pelo bom humor, coisa que não vimos nos poucos ingleses que conversamos. Recomendo muito esse lugar, que fica na estrada, antes de Fort William. Real Food - comida de verdade na estrada, em direção a Fort William. Recomendado! Depois de uma estrada maravilhosa, simplesmente perfeita, com lagos e montanhas e paisagens inesquecíveis, passamos por Glencoe, Fort William, e chegamos no hostel, o Glen Nevis Youth Hostel. Esse trecho de Edimburgo até Fort William é fantástico... As paisagens são indescritíveis. Paisagens dessas eram comuns na estrada... Luz de ouro nessa estrada - privilégio! O Hostel aconchegante, ao lado do inicio da trilha para o Ben Nevis - chama Glen Nevis Youth Hostel Estadia em Fort William: Glen Nevis Youth Hostel - hostel bacana, com staff mínimo mas muito eficiente e educado (o Nicolas nos recebeu). O hostel é bem aconchegante e muito bem localizado, caso vc queira ver o Ben Nevis (pico mais alto do Reino Unido, com 1344m de altutide), caminhando até o seu topo ou a até a lagoa que fica no meio da caminho até o pico (detalhes mais a frente no relato), ou apenas chegar e admirar ao pé da montanha. Se pretende ficar em Fort William para conhecer a cidade, que é minúscula e sem grandes atrativos urbanos, talvez esse não seja o melhor hostel, que já é bem ao lado do início da trilha para o Ben Nevis. O café da manhã é cobrado à parte, com dois tipos, o continental e o "cozinhado". Pedimos o "cozinhado" que era do tipo americano com ovos, bacon, salsichas e outras gorduras, que custou 6 libras por pessoa. Eles possuem serviço pago de internet wi-fi. Fort William 03/04 Meu amigo foi ao Ben Nevis e eu dormi até mais tarde. Meu pé esquerdo estava reclamando da bota velha e das caminhadas longas em Londres e Edimburgo. O café (pago - 6 libras) foi às 7:30 (horário vc marca) bem ao estilo americano, com ovos e bacon. Dica: se você deseja subir o Ben Nevis - pico mais alto do Reino Unido Só tente se tiver bom preparo físico. Só tente se o clima e a velocidade do vento estiverem adequados. Pergunte no seu Hostel, eles têm boas informações. A caminhada leva de 6 a 8 horas, dependendo do seu ritmo, da trilha, do gelo e do clima. Depende muito do clima, que muda muito. Lá em cima é muito frio, então mesmo que esteja um sol bacana em baixo, não se iluda. Não deixe de levar comida e água na subida. Se estiver animado, mas nem tanto, não perca a vista do lago, que fica na metade do caminho, e que vale o início que é extremamente inclinado! Afinal, vc está indo do nível do mar ao nível 1300m (topo do pico). Avise ao Hostel que vc tentará subir. Caso tudo dê errado, eles poderão te resgatar. Subi até o lago congelado na base do Ben Nevis, com paisagens sensacionais! Encontrei com meu amigo já voltando do pico, no lago. Aviso aos aventureiros - não dê bobeira! Marco do inicio da trilha para o Ben Nevis Tava morrendo nessa subidona Já chegando ao lago e encontrando gelo Ao lado do lago Esse é o lago. Por si só não estava tão bacana, mas a vista lá de cima vale muito a pena. Após a caminhada árdua, pegamos a estrada de novo. Passamos no Eilean Donan Castle. Estava fechado. Castelo muito bonito, pegamos a luz de ouro (luz antes do pôr-do-sol, ideal para a fotografia). Pena que estava em reformas e os andaimes atrapalham a visão. Eilean Donan Castle - fechado no momento da nossa passagem e em reformas. Mas show de bola assim mesmo. Chegamos ao Hostel em Broadford, em Skye após mais paisagens maravilhosas... Broadford, Isle of Skye - Escócia 04/04 Estadia em Broadford: Ficamos no Broadford Youth Hostel - foi o "piorzinho" que ficamos em toda a viagem, apesar de limpo e de um staff bacana. A menina que estava na recepção chegou a imprimir um mapa do Google maps com as melhores vistas da Isle of Skye, o que foi fantástico! O problema do hostel é quartos com beliches praticamente coladas uma na outra, e o nosso quarto ficava ao lado do banheiro, que emitia um barulho super alto toda vez que alguém abria a água fria, o que ocorreu durante quase toda a madrugada... Não recomendo tanto, mas considerando que não tem muitas opções na região. Ficamos lá pois todos os hostels em Portree estavam cheios. Estrada. Saímos de Broadford e fomos em direção a Staffin, Uig, Dunvegan e Egol, para conhecer a Isle of Skye. Passamos em Portree, onde compramos sanduíches, bebidas, chocolate, etc. Não queríamos parar muito. Mercearia em Portree onde compramos comida e bebidas Mais uma vez paisagens espetaculares! Dava vontade de parar o carro toda hora!! Montanhas, lagos, mar, cachoeiras. Em uma dessas, vimos alguns carros parados em um lugar no meio do nada, e resolvemos pagar para ver... Subimos uma trilha, e veja o que achamos... Subimos um pouco e vimos um canyon com uma cachoeira. Um pouco mais em cima e... Sem palavras... A Isle of Skye é um lugar fantástico. Não deixe de apreciar cada minuto lá. Casas no caminho... Não gostou muito da nossa presença... Estradas estreitas o tempo todo. Bem-vindo(a) a Isle of Skye. As cidadezinhas que passamos eram desse tipo: No caminho para Inverness, passamos pelo Urquhart Castle. Mais uma vez, chegamos tarde e estava fechado... As ruínas do Urquhart Castle Chegamos em Inverness, na Mardon B&B, por volta das 19:00h, onde fomos muito bem recebidos pela Val. Inverness - Highlands - Escócia 05/04 Estadia em Inveness: Mardon Bed & Breakfast - após dormirmos vários dias em seguida em quartos compartilhados com 6 a 8 camas, pagamos um pouco mais por um quarto com um banheiro privativo. Foi o melhor lugar na viagem. Os anfitriões, o casal Val e Chris nos recebeu como parentes, com muita alegria, simpatia e com muita disposição para passar várias informações úteis. Os quartos estavam mais limpos que os de um hotel 5 estrelas e o café da manhã com opções diversas tais como salmão defumado com ovos e cogumelos e por aí vai. Altamente recomendado, apesar de caro se lembrarmos que estávamos pagando uma média de 20 libras por pessoa por dia nos hostels e passamos a pagar 36. Nesse dia, não estávamos muito a fim de ver museus sobre o monstro Ness, nem conhecer a cidadezinha de Inverness, apesar das dicas da nossa host Val que nos entregou um mapa completo. Queríamos mais montanhas e lagos, e estávamos dispostos a dirigir bastante para isso, voltando até Skye. Fomos ate Fort Augustus, paramos para abastecer em um posto da Tesco. Passamos ao lado do lago Ness, da famosa história do monstro. O lago é muito bonito, tal como toda a região. Museu sobre a história do monstro do lago Ness Subimos para Skye por outras estradas em busca de paisagens. Encontramos essa: Passamos um aperto e quase ficamos sem gasolina, mas enfim abastecemos perto de Inverness e voltamos para a estrada! rs Fomos até Aviemore onde paramos em um lago com vista para a estação de ski, e tiramos fotos bacanas! Aviemore Despedindo do Reino Unido com mais uma paisagem fantástica. Caminho de volta para Edimburgo... 06/04 Voltamos para Londres. Ficamos no Caledonian Backpackers Hostel. Um lugar muito mais "hostel" que o Westend. Bem legal, porém um pouco mais sujo e um café da manhã mais sem vergonha mesmo, estilo pão e geléia e um "suco". Curtimos o resto do dia e no dia seguinte retornamos a Londres cedo, após devolver o carro na estação do trem, e fomos direto ao aeroporto. É isso galera, espero que tenha ajudado. Se você procura paisagens inesquecíveis, o Reino Unido é sem dúvida o seu lugar! Não deixe de programar a Isle of Skye no seu roteiro. Não pense duas vezes antes de alugar um carro, e vá precavido com uma licença internacional para dirigir. Vale cada centavo alugar um carro por lá. De ônibus não dá para parar em cada curva para curtir e viajar naquelas paisagens espetaculares... Abraços e boa viagem!
  16. Oi Adriana, Estamos em Inverness! Rodamos hoje o dia todo por Skye. Ficamos doidos com as paisagens!! Dava vontade de parar o carro toda hora, pra tirar fotos. Lá ficamos em Broadford, pois não tinha vagas em Portree. Passamos por Staffin, Uig e Elgol. Impressionante mesmo!! Valeu a pena demais alugar o carro. Quanto ao incêndio nós chegamos a ver alguns na estrada, depois do Eilean Donan em direção a Inverness. Não nos atrapalhou. A senhora do nosso BB aqui disse que a vegetação esta muito seca. Qdo voltar vou fazer um relato decente. Valeu a força!
  17. Adriana, Boa idéia, talvez eu tire um dia de Londres e Edimburgo. Não reservei nada além de Londres, vc acha arriscado? Nem hostel. Estamos indo assim mesmo, na lata. Alguma dessas cidades vale a pena ficar mais de um dia (Portree, Fort William, Inverness)? Quais as maiores atrações? Anotei: Ben Nevis Eilean Donan Castle Lago de Ness Urquhart Castle Kilchurn Castle Tô esquecendo alguma importante? Obrigado demais pela ajuda! Amanhã eu já vou...
  18. Amanda, Adriana e Robério, Obrigado pelas respostas. Já abandonei a ideia de subir o Ben Nevis. Valeu o toque. Abrindo o meu roteiro um pouco mais, com os lugares de pernoite: 28/3 - Brasil - Londres 29/3 - Londres (chegada) 30/3 - Londres 31/3 - Londres 01/04 - Edimburgo (via trem ou bus de Londres) 02/04 - Edimburgo 03/04 - Fort William (via carro alugado em Edimburgo) 04/04 - Portree 05/04 - Inverness 06/04 - Retornando para Edimburgo e Londres (devolvendo o carro alugado em Edimburgo) 07/04 - Londres - Brasil (voo à noite) O que vocês acham? Minha prioridade agora é reservar os hostels, até hoje só fiz o de Londres. Abraços!! PS: posso dirigir com minha CNH brasileira ou precisa de licença internacional? Algum documento necessário para entrar na Inglaterra e Escócia além do passaporte e seguro médico?
  19. Amanda, obrigado por sua resposta! Quantos dias em cada local você recomendaria? Você acha uma boa alugar um carro em Edimburgo para percorrer esses lugares? Quais são os melhores para quem quer ver paisagens? Abraço!!
  20. Galera, Estarei no Reino Unido entre 29/3 e 6/4, chegando e partindo de Londres. Eu e meu amigo vamos de mochilão e queremos ver paisagens bacanas, não somos muito vidrados em conhecer cidades. Pelo que entendi as melhores paisagens eu encontro na Escócia, por isso estou postando aqui. Queremos ficar uns 3 dias em Londres, e dai teremos uns 5 a 6 dias para conhecer a Escócia. Pelo que li aqui no site e no guia do viajante independente, talvez o melhor roteiro seja: Alugar um carro e subir até Edimburgo - 1 dia. Ficar lá 1 dia. Ir até Stirling, conhecer o castelo e seguir viagem até Fort William. Dedicar 1 dia para subir o Ben Nevis. Seguir no dia seguinte, parar no Eilean Donan Castle e depois pousar em Kyle of Lochalsh. Retornar a Londres. Dá pra esticar até as Cuillin Hills com esse tempo disponivel? Vcs mudariam alguma coisa no roteiro? Qualquer ajuda é bem vinda!! Abraços Sérgio
  21. Pessoal, Acabei de chegar de Bonito!! O lugar é inesquecível! Infelizmente não conseguimos fazer a Gruta do Lago Azul e Rio da Prata, mas mesmo assim foi maravilhoso. Pegamos alguns dias de chuva de verão, e por isso cancelaram bastante a gruta do lago azul... Pretendo fazer um relato, mas deixo três fotitas, pra tirar a dúvida de quem ainda não tem certeza se vai ou não. Aquário Natural Aquário Natural Nascente Azul Fizemos: Balneário Municipal Flutuação no Aquário Natural Passeio de bote no rio formoso Flutuação na Nascente Azul Parque das Cachoeiras - passeio onde conhecemos e nadamos em 7 cachoeiras + almoço Flutuação no Rio Formoso Resumindo bem, sugiro reservar o Rio da Prata e a Gruta do Lago Azul até mesmo ANTES que hotel/pousada/hostel ou avião, pois os passeios são muito procurados, o ano inteiro! Alugamos carro e não tivemos dificuldade nenhuma. A estrada Campo Grande - Bonito é bem conservada, toda asfaltada, e pouco movimentada. Fomos a todos os passeios sem dificuldades, pois são bem sinalizados e próximos ao centro de Bonito. Pegamos um Uno, que deu conta do recado apesar de termos pego algumas estradas de terra, para alguns passeios. E o melhor de Bonito, na minha opinião, são as flutuações! Faça no mínimo 2! E alugue as câmeras subaquáticas, é R$ 35 por dia e te entregam um CD com as fotos, incluido no preço. As fotos acima foi com essa câmera alugada. Abraços e obrigado a todos pelas dicas!
  22. Oi samy! Obrigado pela mensagem! Realmente deixei pra ultima hora e perdi o rio da Prata e a gruta azul. Rio da Prata inclusive esgotou antes do reveillon!! Consegui: Aquario Natural Nascente Azul Parque das cachoeiras Bote pelo rio Formoso Vou tentar mais alguns mas daqui foi isso... Pousada eu já tinha reservado entao esse stress eu nao tive, vou ficar na Gira Sol. Perdi algumas das melhores atrações... Mas prefiro pensar que mesmo assim serao duas flutuacoes e varias cachoeiras nesse lugar maravilhoso! Obrigado pelas dicas e vou torcer pra sobrar umas vagas na hora do vamo ver!!! Abraço!
  23. Oi Ivy! Vou ficar na Pousada Gira Sol. Não sei onde é o hostel! O pior é que ainda não reservei nada e tô com medo de perder alguma coisa. Abraços!
  24. Evelyn, Obrigado pela resposta rápida! Tentei reservar pela Unidas e eles já não tem carros, reservei pela Localiza (mais caro mas isso que dá deixar pra ultima hora). Sábado chegamos 10 horas em Campo Grande, por isso acho que vamos chegar bem cansados pra um passeio mais longo... Então vc substituiria o Aquario Natural pelo rio Sucuri? É uma boa mesmo, espero que a notícia que vc mandou tenha resolvido o problema e já regularizaram por lá... A Gruta São Miguel que não tem me empolgado muito! Falam que é perto da Gruta Lago Azul, por isso deixei as duas no mesmo dia. O Parque das Cachoeiras é perto das grutas tb? Alguma dica de restaurante à noite? Obrigado pelas dicas ! Abraço!!
×
×
  • Criar Novo...