Ir para conteúdo

Bárbara Fachinelli

Membros
  • Total de itens

    191
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Oi pessoal! Em julho vou com meus pais e minha irmã para a Itália e gostaria de opiniões e sugestões sobre o roteiro. Sempre viajei sozinha e fiquei em hostel, porém agora será uma viagem em família então o mínimo de conforto deve ter. Meus pais já são mais de idade, fazendo com que o ritmo da viagem não seja tãão forte assim. 24/07 Munique>Roma 25/07 Roma 26/07 Roma 27/07 Roma 28/07 Roma (Vaticano) 29/07 Roma>Florença 30/07 Florença 31/07 Florença 01/08 Florença> Veneza 02/08 Veneza 03/08 Veneza 04/08 Veneza>Mi
  2. Oi lourencobj! Você se recorda de onde trocou seus euros pela moeda local em Budapeste? É preciso se atentar para a mesma lógica de trocar dinheiro em Praga (casa de câmbio com comissões variadas, risco de troca de dinheiro falsificado, etc)?
  3. Também concordo com o Adriano, Freiburg está totalmente fora de mão e como você quer economizar, será um gasto bem desnecessário para um dia de passeio. Veja o mapa de Berlin e coloque as atrações mais próximas para o mesmo dia. Muitas coisas ficam bem acessíveis pela Unter den Linden. Formas econômicas de se locomover em Berlin nessas atrações: ônibus 100 ou o BerlinWelcomeCard. Tour gratuito tem a visita ao parlamento, agendado previamente pela internet. Chocolates como Lindt, Ferrero e Milka achei mais barato nos mercados da Alemanha do que na Suíça. Uma marca alemã bem famosa de
  4. Seu roteiro é viável, mas pessoalmente acho que o orçamento está apertado. Viena é uma cidade cara. Calcula-se em torno de 80 a 100 euros por dia de despesas totais. Caso compre antecipadamente alguns trechos e a hospedagem, ficando em quartos compartilhados, até dá para fazer com 3000 reais, porém nada de luxo. Praga e Berlim são cidades mais baratas, encontrando uma boa refeição por 15/20 euros e hostel de 15/25 euros por noite. Não esqueça que também vão gastos com seguro saúde (cobertura mínima de 30mil euros) e alguns euros para caso aconteça alguma emergência ou imprevisto. Com a ins
  5. A Áustria também tem esse esquema de comprar um ticket que é válido para o dia inteiro em uma certa região. De Salzburg para Hallstatt eu comprei esse ticket diário com o vendedor na loja da ÖBB na estação de Salzburg. Ele imprimiu para mim as possibilidades de ida e volta de trem/ônibus e de trem em outra estação (a que o Adriano comentou). Voltei cedo também, acho que umas 15:30 e ainda havia ônibus.
  6. Quartos privativos com banheiro normalmente são mais caros, mesmo em hostel. A vantagem deste é a área comum. Pessoalmente indico o The Circus Hostel para Berlim! Em frente tem a versão hotel deles. Não deixe de experimentar o currywurst
  7. Gostei do seu roteiro! Apesar de ter que pegar três tipos de locomoção para Hallstatt, é mais tranquilo do que parece ao pesquisar. Fiz esse roteiro bem parecido e recomendo. Mas como o Adriano disse, melhor ir no fim do dia a Salzburg e ir no dia seguinte a Hallstatt. Acredito que possa usar o mesmo Bayern Ticket para Salzburg tbm, se for no mesmo dia. Em todo caso, como ficará em Munique alguns dias, quando chegar lá confirme no posto de informações da DB Bahn na estação de trem
  8. Oi Maria Emília! Só atente para ver quando as rodadas dos campeonatos de futebol param nessa época. Quando fui para o ano novo e início de janeiro não havia nenhum jogo do campeonato alemão, por exemplo. Com o Bayern Ticket vc pode passear por toda a região da Baviera em um dia. Todos os Estados alemães têm um ticket desse, mas acho que as melhores atrações para bate-volta com esse ticket ficam na Baviera mesmo. Partindo de Munique pode-se ir a Füssen visitar o castelo Neuschwanstein (da Cinderela), Salzburg, Nuremberg etc.
  9. Se quiser ir ao teatro/ópera/ballet, recomendo comprar antes. É possível comprar pelo site, com emissão de E-ticket http://www.bohemiaticket.cz/
  10. De Stuttgart para Freiburg dá para utilizar o Baden-Württenberg Ticket (25 euros + 5 euros para cada passageiro extra, válido o dia inteiro para trens regionais. dia de semana a partir das 9h, fim de semana a partir da 0h, salvo engano). Não conheço as cidades que quer visitar ali por Stuttgart, mas uma das mais bonitas é Heidelberg, que também pode ser utilizado o ticket para locomoção
  11. Parabéns pelo relato, lourenço!! Muitos lugares que ainda estão na minha lista, inclusive o voo de asa delta, terão por base esse seu relato. Abraços!
  12. Oi Maria Emilia! Obrigada pelo feedback dos relatos fico feliz que tenha te ajudado e espero que encontre uma boa oportunidade de passagens para vc e sua família. Não sou bibliotecária não, rs. Sou apaixonada por livros e confesso que sou rata de biblioteca. Sempre que dá eu dou uma pesquisada sobre a biblioteca das cidades e as que mais adoro são as que têm uma estrutura de arrepiar, seja moderna ou clássica. Abraços!
  13. Gostei do seu roteiro, mas ainda acho que está beeem corrido para Munique e Viena. As cidades são muito grandes para apenas um dia livre nelas e não sei se será cansativo (e proveitoso) para ti arrumar mala, faz check-in, faz check-out, pega transporte toda hora etc. Outra coisa, transportes encarecem a viagem. Ônibus geralmente são bons. Não andei com a Flixbus, apenas com o da Deutsche Bahn e não tem o que reclamar.
  14. Recomendo o seguro pela Porto Seguro. Já utilizei três vezes e em uma tive que acioná-los por meio de uma ligação internacional. Correu tudo bem, foi rápido o atendimento e não tive que pagar nada. Mandaram um médico ao hostel que eu estava. O Heineken Experience em Amsterdã leva em torno de 2h. Se quiser dar uma volta nos canais, que está incluso no valor um passeio com o barco da Heineken, programe-se para ir antes do fim do dia para não correr o risco de perdê-lo! Eu fiz isso e não deu tempo de pegá-lo, rs. Particularmente gostei da atração, mas realmente tem coisa mais legal para ver n
×
×
  • Criar Novo...