Ir para conteúdo

deia.castro

Membros
  • Total de itens

    26
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que deia.castro postou

  1. Uauuuu! Parabéns pelo relato, tudo muito organizado e detalhado, com certeza vai ajudar muito a galera que ainda não conhece esse paraíso! Já estou louca pra voltar!
  2. Ótimo relato, ótimas dicas, tudo muito detalhado, parabéns e obrigada! Vai ajudar muito, pois ano que vem estarei indo.
  3. Uauuuuu! Relato incrível, cheio de detalhes e sentimentos por conhecer culturas diferentes das nossas, fiquei realmente encantada com seu relato e só reforçou ainda mais meus planos para fazer o mesmo trajeto, acrescentando o Chile! Parabéns!
  4. Olá... Dicas pro seu mochilão, rs Nesses dois dias em PE vá pra Porto de Galinhas, fiquei no hostel Che Lagarto, maravilhoso, bem localizado, barato e uma infra sensacional! As coisas em porto são muito baratas, desde comida até passeios, vale muito a pena. Fiquei um dia apenas em Recife, e acabei indo pra Olinda, que é maravilhoso. E qdo estiver em Maceió, vá até a praia do Gunga, é um pouquinho distante da capital, mas o visual é sensacional! Espero ter ajudado, rs Boa viagem!
  5. Que lindo Jessica! Parabéns pela coragem! Tô querendo fazer o mesmo, mas um pouco apreensiva ainda... Muita sorte e luz na sua caminhada! :*
  6. EXTRAORDINÁRIO seu relato e sua coragem de ir sozinha! Não tenho palavras pra descrever o sentimento em ler suas palavras! Farei esse roteiro ano que vem, mas em Junho, e com certeza entrarei em contato com você por email. Os meus dias serão mais apertados, terei apenas 20 dias, mas o seu roteiro vai ser base pro meu, encurtando um pouco! Obrigada por compartilhar, :*
  7. Crys, tenho acompanhado os seus relatos, e eles são incríveis, uma riqueza de detalhes! Dias atrás, ouvi por algumas vezes uma coisa que me fez muito mais feliz do que "eu te amo", e foi: Você me inspira! E é isso que tenho a dizer pra você... PARABÉNS! Fico maravilhada com sua coragem de sair por aí sozinha, se Deus quiser, ano que vem pretendo fazer o mesmo. Você me inspira! Continue! :*
  8. Super bacana seu relato! Adorei! Qtos dias e qto vc gastou, tem ideia? Infelizmente você não deu sorte em Arraial... fui em Janeiro e Setembro de 2016 e quanto a beleza natural do lugar, não tenho nada a reclamar, peguei a água exatamente como vi nas fotos, acho que até muito melhor...
  9. Crys Obrigada, eu vou ficar ligada nele então. Sobre hospedagem, eu já tinha visto o pessoal comentar sobre hospedagem na casa dos moradores, uma curiosidade: onde você consegue os contatos dessas pessoas? Abraços
  10. Simplesmente incrível o seu relato! Me inspirou a me organizar e ir! Parabéns! Vc consultou algum site especifico para esse promoção que pegou? Pode me dar umas dicas das passagens? Beeeijos
  11. Que lugares lindos! Belo relato! Você tem ideia de quanto gastou?
  12. Aldair, muiito OBRIGADA! Com certeza faremos esse caminho, o seu relato e suas fotos também nos inspirou a conhecer algumas praias que não estavam no nosso roteiro. Valeu mesmo! :* P.S: pra um primeiro relato, você está de parabéns pela riqueza dos detalhes.
  13. Aldair, por esse caminho que vocês fizeram a partir de Paraty até Búzios, vocês passaram pela linha vermelha? Estamos indo de carro agora em setembro, e como vamos só em mulheres, estamos em dúvida de qual será o melhor caminho. Muito bom o seu relato, bela viagem!
  14. Lindo relato, linda fotos Suzy! Mas eu estou mega intrigada com uma foto... a da sua mochila, rs, você só levou aquilo mesmo? Pode me descrever a quantidade que levou de roupas, o que levou de calçados? Preciso aprender a carregar poucas coisas, rs
  15. Meu primeiro relato no Mochileiros.com, hehee , o primeiro de muitos, assim espero. De antemão já peço perdão por algum erro que eu possa não ter enxergado, alguma falta de concordância nos trechos do relato. Como trabalho e estudo, o tempo é curto, mas eu não poderia deixar de relatar os dias incríveis que eu passei nesse lugar maravilhoso! E é bem trabalhoso fazer o relato aqui, ou pode ser que eu tenha me perdido um pouco nisso aqui tbm, rs, mas estou a disposição para qualquer dúvida. Espero que ajude a todos que um dia pretendem conhecer esse lugar maravilhoso, e foi através de um relato daqui, do Vagner, que consegui com êxito visitar todos os lugares dessa pequena cidade, extremamente acolhedora. 1º dia - 05/07/2015 Calculamos a rota, gasto com combustível, gasto com pedágios no mapeia.com, e foi muito preciso todos os valores. Gastamos R$ 200,00 de combustível, R$ 82,00 em pedágios, divido por 4 pessoas, saiu R$ 70,50 pra cada uma. Esse combustível foi suficiente para ida e volta de sampa até sengés, e para rodar toda quilometragem para conhecer os principais atrativos da cidade, só não me perguntem com exatidão a quantidade de quilômetros percorridos na cidade, pois perdi as contas, rs, e nos perdemos um tiquim nada considerável. Saímos de São Paulo - Cotia as 04:20 da manhã, sentido interior, passando por Vargem Grande Paulista, São Roque, Mairinque, Sorocaba, Itapetininga, etc, etc, etc, fomos pela Raposo Tavares. A estrada é hiper mega boa, um tapete, toda sinalizada, sem nenhum buraco, foi uma reta só, chegamos em Sengés as 08:30. No hotel Sengés ( 43 3567- 1333), fomos muito bem recepcionadas pelo dono, Sr. Eunildo, excelente pessoa, o valor da diária no quarto com duas camas de solteiro foi de R$ 80,00( 40,00 p/ pessoa), e no dia de irmos embora, ele nos deu um desconto. No hotel já estava a nossa espera o guia Anderson, que nos acompanhou na trilha da 7 cachoeiras, são 14km, e como estávamos só em meninas, achamos mais prudente contratar um guia. Foi indicação de uma colega que conheceu a cidade em Maio desse ano, e confesso que foi a melhor coisa que fizemos. Ele nos cobrou R$ 150,00, que também dividimos em 4. Super hiper mega atencioso, muito bem informado, reside na cidade, uma ótima pessoa, animado, paciente, excelente fotografo, super indico o Anderson, passo o contato dele via mensagem pra quem quiser. Foram 7 horas de trilha, começamos as 10:00 e terminamos as 17:00, é bem puxada pra quem não tem condicionamento físico, mas não é impossível, pois ele respeita o limite de cada um. Antes de começarmos, ele parou na propriedade da dona Augusta, uma senhora muito simpática que prepara um super café a todos aqueles que desejam depois da trilha, combinamos com ela. O valor, você decide quanto pagar, ela faz pão fresquinho, café, bolo, bolinho de chuva, queijo, doce de leite, é renovador depois de andar 14km, e tudo uma delícia. Terminada a trilha, voltamos para o hotel, sem fome alguma, pois o café é mega reforçado. 2º dia - 06/09/2015 Acordamos cedo para tomar café, simples porém muito bom e reforçado, levando em consideração o valor da diária. Nosso próximo destino foi o Vale do Corisco, fomos até o Sr. Eunildo pedir informações sobre como chegar, e ele prontamente pegou o mapinha, feito por ele mesmo, e nos explicou tudo. Saímos do hotel as 10:00. Passamos da entrada, impossível não se distrair, rs, fomos parar no Parque da Barreira em Itararé, bacaninha até. Tem uma cachoeira lá, a gruta da Barreira. Como precisávamos ir ao banco, pois em Sengés não tem caixa 24 hrs, só tem Itaú e Bradesco, e o Bradesco estava sem dinheiro, aproveitamos e fomos pra Itararé, tiramos dinheiro, passamos em um mercadinho, e depois paramos para almoçar antes de ir ao Vale do Corisco. Foi fácil achar, mas acabamos passando um pouco da entrada, pois no mapa só marca a quilometragem, e como muita mulher junta fala demais, já viu, rs. Uma dica bacana: seguindo na estrada que ele indica no mapa, é o segundo portão azul com a plaquinha do Vale do Corisco do lado esquerdo. Não tivemos nenhum custo, só o do almoço, que foi na cidade de Itararé, em uma churrascaria, não lembro o nome, mas acho que era Gaúchos, e só tem ela na cidade. Gastamos R$ 17,00 com o refrigerante. 3º dia - 07/09/2015 Acordamos as 08:00, pois era o nosso último dia... Tomamos um café bem reforçado, levamos algumas bobeiras na mochila e fomos aos nossos dois últimos destinos: Canyon do Jaguaricatú e cachoeira Véu da Noiva. Mais uma vez pegamos o mapa com o dono do hotel e lá fomos nós... Pra variar nos perdemos um tiquim, nada considerável, rs, mas ficamos num impasse: duas concordaram que o mapa estava errado, e as outras duas disseram que eu, a co-piloto interpretei o mapa errado, mas logo nos achamos e chegamos nesses dois lugares incríveis. Os dois ficam muito próximos. Então em metade do dia deu para aproveitar bem... Chegamos na cidade por volta das 14:00, passamos no primeiro posto antes do hotel, não me lembro o nome, é uma churrascaria, comemos muito, rs, R$ 33,00 rodízio a vontade. Chegamos no hotel por volta das 15:00, ali já passava 3 horas em que deveríamos ter deixado o hotel, pois as diárias acabam as 12:00. Subimos para o quarto, arrumamos nossas coisas, uma das meninas tomou banho e fomos pagar e nos despedir do Sr. Eunildo e sua esposa. Para nossa surpresa , ele não estava, mas como brinquei com ele que queria um desconto logo que fiz o contato por email, ele deixou os valores anotados, com o desconto de R$ 17,00 para cada uma, dispensamos o desconto, pois ele não cobrou uma diária a mais, ou metade dela, devido ao horário de saída, mas quando estávamos finalizando o pagamento, ele chegou, e fez questão de dar o desconto. Um fofo gente! Considerações finais: Hotel simples, mas muito limpo, os donos maravilhosos, café da manhã muito bom; As pessoas são muito gentis e hospitaleiras, vale a ressalva para dona Augusta, um doce de pessoa; Sem palavras pro guia Anderson, só resta agradecimento; Quanto as distâncias rodadas na cidade até os atrativos, do hotel até: Cânion do Jaguaricatú, Cachoeira do Véu da Noiva Acesso: 14 km de asfalto e 23 km de estrada vicinal de terra Vale do Corisco Acesso: 15 km estrada vicinal de terra Trilha das 7 Cachoeiras Percurso: 43 km, dos quais 14 km de trekking (paradas para descanso em todas as cachoeiras) Acesso: 17 km de asfalto e 26 km de estrada vicinal de terra. Resumindo: amei, e com certeza volto para conhecer o restante, tem muita coisa pra conhecer lá! Obs: Era feriado prolongado, mas tivemos exclusividade em todos os atrativos, é uma região que ainda não é muito conhecida, visitem Sengés!
  16. Vagner, boa noite! Só mais uma pergunta, é necessário guias pra conhecer os locais, ou as trilhas são tranquilas, bem sinalizadas?
  17. Boa noite Vcs lembram quanto foi o valor da diária do hotel que ficaram? Em feriados prolongados o valor aumenta muito? Belíssimo relato!
  18. Valeuuuu Bruna, valeu mesmo! Dá pra ver muita coisa então! Vou tentar separar 7 dias... Com essas informações já consigo ir me organizando aqui... Obrigada mesmo! :*
  19. Hahaaa, verdade, eu me embaralhei com tantas informações... Bruna eu tô querendo ir conhecer alguns dos lugares que vc foi, mas é bem certeza que será só na Bolivia, pretendo conhecer o Salar, e as lagunas blanca, verde e a colorada... Em 5 dias será que consigo? Pela sua experiência quanto você acha que gastarei? Pretendo ficar em hostal tbm... Se puder me ajudar, agradeço :*
×
×
  • Criar Novo...