Ir para conteúdo

abrunaviaja

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre abrunaviaja

  • Data de Nascimento 27-09-1989
  1. Fomos em setembro de 2014, as fotos (sâo muitas e lindas) estão no meu blog, nessa pagina: https://aminaviaja.wordpress.com/2015/05/23/lua-de-mel-em-los-roques/ Passamos 2 semanas em Lua de mel, maravilhosas. Pontos que considerei importante ao escolher Los Roques: É O PARAÍSO: Mar azul turquesa, sol e calor o ano inteiro, chuvas raras, mar calminho sem ondas, natureza quase intacta: muitos peixinhos, corais, passarinhos que comem na sua mão e pôr do sol lindo. Lá é o lugar mais lindo que já fui e será dificil sair da primeira colocação É ROMÂNTICO: Além do clima tropical, a ilha principal onde ficam as pousadas é bem rústica, bem pé na areia, não existem hotéis ou grandes franquias, ou grandes restaurantes, resumindo, não tem nada grande, tudo é muito caseiro e rústico, o que pra mim é romântico pois existe um limite um tanto estrito de pessoas que podem estar na ilha ao mesmo tempo. Pro Markus é muito romântico porque como ele não ta acostumado com isso, cidades rústicas e pé na areia é bem exótico pra ele. A nossa pousada foi a Guaripete e a Va Pensiero, e eu recomendo muito a Guaripete pois o quarto é bem bonitinho, tem água quente, o serviço é muito bom (no último dia eles decoraram a mesa do jantar com flores pra gente) e a comida é muito gostosa e fresca. Mas a melhor parte da pousada é com certeza o capitão do barco que nos leva as ilhas, o Chi Chi! Ele nos leva aos lugares mais isolados, faz snorkel com a gente como guia, ele vai no fundo do mar e pega peixe e polvo e te da pra segurar (depois ele solta) e um momento inesquecivel foi quando ele pegou uma TARTARUGA ENORME e colocou no barco pra gente ver e fazer carinho, e depois soltou a tartaruga liiinda, foi emocionante! Nos primeiros 3 dias como eu não sabia sobre o Chi Chi eu fui com outro barqueiro, um idiota impessoal que só te leva na ilha, não te mostra nada e nem olha na sua cara. Ainda bem que encontrei o Chi Chi, se voce ler isso, nós te amamos Chi Chi hhahaha. Para ir a Los Roques a alguns pontos a considerar antes: ACESSO Para chegar lá não é tão fácil, por que essa ilha caribenha faz parte de um país chamado Venezuela, e como não existe vôo direto para Los Roques, é necessário passar uma noite na capital, em Caracas, que é um horror! É feia, só tem gente mal educada querendo te dar golpe e tentando te vender até a própria mãe. Por isso que antes de tudo nós contratamos um “faz tudo” famoso da ilha ( Jesus Contreras) para nos ajudar com as passagens de Caracas para Los Roques e com um transporte do aeroporto de Caracas para o hotel próximo do aeroporto que sai o aviãozinho pra ilha. Ou faz isso ou vai por agência, pagando o dobro rsrs. Contratei ajudantes porque li alguns relatos de taxistas que dão golpe, roubam ou assaltam os passageiros, e ainda bem que fizemos isso porque bem na hora que cheguei tinha um casal reclamando de mais um golpe . A gente viu o nosso taxista segurando uma plaquinha com o nosso nome e tivemos um grande alívio. O cara foi muito gente boa e nos ajudou muito com dicas pra viagem. Após 3 horas no tráfego (Caracas é um inferno) nós chegamos ao nosso hotel, que fica em Maiquetia, pertinho do aeroporto de onde sai o “avião” ( um teco teco) para Los Roques. Passamos a noite em um hotel barato e tranquilo, mas que tinha piscina e ar condicionado, e até um barzinho. Curtimos um pouco e pedimos na recepcão por um táxi até o aeroporto de manhã e então fomos dormir porque acordaríamos cedo. As 7 da manhã nós acordamos e logo depois o “táxi” chegou para nos pegar. ~ TAXI ~ Não sei se posso chamar aquilo de taxi… Meu senhor, o carro tava caindo aos pedaços! Realmente as condiçöes na Venezuela tá triste… Hhahaha mas chegamos em 15 minutos no aerporto. Chegando lá, minha reserva estava confirmada pelo Jesus Contreras, portanto só esperamos dar 9 horas pra o momento tenso: embarcar no pequeníssimo avião (também conhecido como Kombi voadora) de 9 lugares. É bem barulhento e eu fiquei com medo, é uma aventura…mas o Markus adorou! A viagem durou uns 35 minutos e aí o avião começou a sobrevoar Los Roques… …minha gente! A vista é maravilhosa, de tirar o fôlego mesmo! Não da nem pra acreditar, de tão lindo, é surreal, a partir daí, todo sufoco vale a pena. Sim, foi cansativo chegar em Los Roques! O resumo do trajeto : Sao Paulo- conexão em Lima- Caracas- Maiquetia- Los Roques. UFFAA. Vale lembrar que Los Roques é completamente seguro,diferente de Caracas. Chegamos a ilha principal (GranRoque) e outro ajudante foi pegar as nossas malas e nos levar a pousada, o Eduardo, que acabou virando um amiguinho nosso na ilha. Deixamos as malas no hotel, nos trocamos e já fomos para o porto pegar um barco e comecar nossa lua de mel, afinal ainda era 11 da manhã e não víamos a hora de relaxar na praia! ** ILHAS QUE VISITEI Ilha Madrisky Linda, com um numero médio de pessoas, água calminha e morninha, perfeito pra relaxar! Mas não tem um local para snorkeling muito boa, essa ilha é mais pra relaxar na areinha branca e quente. Tem acho que 2 restaurantes lá, recomendo os dois (sim, comi nos dois uééé) Depois de um dia inteiro relaxando e nadando e comendo, voltamos pra Ilha principal. A noite visitamos a farmacia minuscula de Gran Roque, para comprar um pós sol pro Markus. Lá é tao quente que eu fui de bege a negra em uma tarde. O Markus foi de rosa á vermelho escarlate (nenhuma queimadura no entanto, lógico que após 2 litros de protetor a cada 20 minutos + blusa de surf com manga comprida + chapéu, nem um albino iria se queimar) Fizemos um tour na qual o barco nos leva a essas 3 ilhas em um dia, todas lindas e bem diferentes umas das outras. Recomendo total o tour, é lindo e eficiente. Noronsky Tem muita pedra entäo nao pude nadar muito porque esqueci meu Crocs no hotel. Então lá vai a dica! Isso é muito importante, levem um Crocs ou uma sapatilha de neoprene para Los Roques, porque vira e mexe tem coral que voce nao ve no mar e podem machucar seu pézinho lindo de cinderela, e isso vale pros homens também! Krasky É onde fica um cemitério de Conchas enormes, e lá é incrível, uma das melhores praias pois: tem uma área verde grande e cheio de animaizinhos locais e tem um local para snorkeling EXCELENTE, cheio de peixões gordos e coloridos e peixinhos fofos, ouriços do mar e polvo! Tem muitos corais enormes e coloridos, fora que encontramos um carangueijinho que o Markus quis levar pra casa hahhaha E o mais lindo de tudo, são as gigantes estrelas do mar, gigantes mesmo, e pesadas e vermelhas, lindas! Infelizmente as fotos debaixo dagua estão no meu computador do Brasil, então nao vou poder mostrar agora aaaahh mate-me. É onde fica o instituto das tartaruginhas. Nada especial, mas é bonitinho as tartaruguinhas e se voce pedir fazer carinho nelas. Fora que é bom contribuir com esse projeto lindo! Francisqui Linda demais, é grande então dá pra explorar bastante, cheia de gente na parte principal, mas vazia na parte detrás. Tem um restaurante lá, camarão fritinho com cerveja maravilhoso! A praia é muito rasa, tem que andar uns 20 metros pra água chegar na barriga, parece uma piscininha. A parte detras tem um lago rosa (!) e um local para Snorkeling muito bom também. O preferido do Markus. Levei a minha bóia e deitei lá naquele mar piscina por….5 minutos! ( O sol nao deixa). Carenero Ilha perfeita, onde as tartaurgas gostam de ficar e os polvos tambem! Tem local para Snorkeling excelente, e de um azul que eu nunca vi antes … masssss eu detestei porque machuquei meu pé já que tinha que usar nadadeira em vez de crocs (pois é muito fundo) E é realmente muito fundo então fiquei com medo! hahaha tive uma crise de panico no meio do oceano, foi dureza. O markus no entanto se divertiu, ele viu até um daqueles peixe que incham! E vimos uma raia gente…lindo! Cayo De agua Essa é a preferida da maioria, porque além de ter uma cor muito azul linda, ela tem um banco de areia que divide o mar em dois lados…simplesmente lindo. O problema é que no dia que fui a maré tava cheia então não deu pra ver muito, fora que é 1 hora de lancha até lá, e com o vento, haja bunda pra pular do banco e costas pra aguentar os tranco. Cheguei em casa moída.Snorkeling fraquinho tambem, o que compensa lá é a vista. Essa foi muito especial porque ficamos sozinhos na ilha. Sim, uma ilha para chamar de nossa! Muito topless e relaxamento TOTAL! Perfeito! Boca De Cote Esse é um recife de corais gigante, para mergulho com ou sem cilindro, com visibilidade de snorkel até uns 10 metros. Eu estava meio com medo porque é em alto mar mas quando pulei do barco tudo valeu a pena! Meu deus que lugar impressionante, é tipo uma floresta no meio do oceano haha, vimos muitos e muitos peixes, corais e tiramos varias fotos (que estao no meu pc no Brasil) dentro dágua porque cada lugar era um encanto ali, vimos um peixe grandão, do nosso tamanho! Eu amei, um dia quero mergulhar com cilindro lá. Existem muitas outras ilhas mas essas foram as que escolhemos, e da próxima vez eu quero ir na Boca de Sebastopol, que também é um lugar de mergulho, ao sul. QUANDO IR? Uma grande vantagem de Los Roques é que é quente o ano inteiro, sem muitas chuvas, de todos os dias que estivemos lá, só garoou uma vez, por 10 minutos hahaha A alta temporada (as pousadas ficam mais caras) sao os meses de dezembro, junho, julho e agosto, e entre dezembro e abril é a temporada de lagostas, LAGOSTAS ENORMES, a preço de linguiça, então muita gente vai la nesse período para poder comer muita lagosta, pois depois disso é proibido a pesca de lagosta. Nós fomos em setembro e foi excelente. Ainda sobre o clima, que, apesar de ser excelente já que é praia, o sol é muito forte. E pro meu marido que é muito branco, tem que ter muito cuidado, nós cuidamos muito e por isso ele não teve nenhuma queimadura nem ficou bronzeado, só rosinha hahaha mas se não tivéssemos cuidado ele estaria sem pele hoje em dia (sim, é quente desse jeito). QUANTO CUSTA IR A LOS ROQUES Bom eu não achei barato mas também não é tão caro assim levando em conta que passamos quase duas semanas lá. Com passagens, ajudante, passeios, taxa de entrada na ilha, hospedagem e alimentação, gastamos mais ou menos uns R$ 8.000,00, incluindo lembrancinhas e muito chocolate no Duty free. Nós levamos dólares e fizemos um pouquinho do cambio com o ajudante que contratamos em Caracas e o resto na farmácia de Los Roques. É importante ressaltar que o cambio do dólar é geralmente feito no mercado negro, porque sai muito mais caro no oficial, não vale a pena meeesmo. Nós conseguimos cambiar por um preco excelente, 1 dólar = 75 bolivares, um pouquinho em Caracas e o resto em Los Roques. É preciso tomar cuidado em Caracas ao fazer o cambio porque existem esquemas onde os caras que oferecem cambio no aeroporto te enganam com nota falsa. Por isso ressalto a importância de contatar um ajudante ou agência antes, mesmo que pra isso você gaste um pouco mais. O sistema na ilha é bem rotineiro, pois Los Roques é um destino de puro relaxamento e romantismo. Se você quer farra, festas e bebedeira é melhor escolher outro lugar no caribe para ir, como Cancun ou Bahamas. A pousada provê o café da manhã, a cava (um cooler com comida, frutas, cerveja, refrigerante e agua) O jantar é na pousada e são muito bem feitos, tudo parece prato de restaurante chique haha. Nós comemos na pousada alguns dias e em outros nós comemos em bares e restaurantes na ilha. Teve um dia que jantamos cachorro quente da barraquinha. O nosso quarto era pequeno mas muito limpo e bonitinho, bem decorado, a água do banho não tem sistema de aquecimento, mas já vem morna pois lá é muito quente. Tínhamos ar condicionado no quarto, e isso é totalmente necessário pra não cozinhar enquanto dorme. A rotina é a seguinte: O dia começa cedo, por volta das 8:30 da manhã a gente acordava e ia tomar café, organizávamos a bolsa, pediamos toalhas na recepção e íamos para o pier onde sai todos os barcos, umas 9:30 da manhã. Geralmente o passeio era decidido no dia anterior, no jantar. Pegávamos o barco e iamos a ilha, o barqueiro coloca os guarda-sol, cadeiras e a cava na areia e só voltavamos pra pousada ás 17:00 hr. Nas ilhas fazíamos muito Snorkel, mergulho, relaxar na praia, ficava deitava na bóia e por incrível que pareca o tempo passava rapidinho. Se você quiser fazer mais coisas, lá tem mergulho de cilindro, kitsurf, pesca e stand up paddle também. De volta para a pousada sempre tinha um lanchinho nos esperando com café e chá. Tomávamos um banho e iamos pro lounge deitar no sofá e usar o Wi-fi ou tirar uma soneca porque, de um modo estranho e gostoso, praia cansa! Depois nós íamos dar uma volta na ilha, brincar com cachorros da ilha, etc. Lá tem uma montanha com uma vista linda de morrer da ilha inteira, cansa um pouquinho pra subir mas vale muito a pena! O por-do-sol é um dos mais lindos que eu já vi e tem um farol no topo da montanha também. Conversamos com várias pessoas, a maioria vinha de outros países da América do Sul mesmo, mas conhecemos um casal da Inglaterra e um da Itália. Ah, e claro, um casal de brasileiros, também em Lua de mel, mas eu ouvi muuuito português por la, os brasileiros fazem a festa lá! A vida noturna vou explicar em outro tópico mais embaixo. ALIMENTACÃO A comida lá é sempre farta, deliciosa, fresca e barata! Não preciso dizer que engordei alguns kg nessa viagem rsrs, ooops eu disse. ( Isso que na época eu tava bem mais gordinha que agora) O principal lá são frutos do mar obviamente, muito peixe, lula, camarão e lagosta todo dia! O café da manhã tinha frutas, pães, frios, café, leite, bolos e um prato comum por lá: as arepas, que são tipo umas panquecas de milho, nossa como é bom! O almoço era a comida que vinha no cooler, geralmente era uma salada de macarrão com arroz ou salada de maionese e sanduíches, alguns biscoitos e frutas. E bebidas. Mas nas ilhas Francisqui e Madriski tem resurantes bem pé na areia, comemos um ceviche de peixe com limão delicioso, e um outro dia uma porção enorme de camarão ao alho e óleo muuuuito bom. Na volta tinha um lanchinho nos esperando na pousada geralmente pão ou pastelzinho e bolo. E o jantar na pousada era sempre um espetáculo, com entrada, prato principal e sobremesa. Na ilha tem uns 2 restaurantes que vendem pizza, hamburger e prato com arroz e peixe. Tem 2 bares que vendem todo tipo de drink muito barato comparado ao Brasil. Gente, da comida não tem o que reclamar lá! VIDA NOTURNA A noite lá é muito simples mas bastante animada. Na praça sempre tinha música, bandas, DJ, gente dancando, crianças brincando, todo mundo se divertindo, os caras jogando baralho e bebendo cerveja, as mulheres conversando na calçada de casa, tudo bem interior, uma delícia. Nós pegamos um dia de festa lá, no qual teve várias bandas, a praça ficou lotada e rolou até fogos de artifício- imagina o romantismo! DICAS – Leve protetor solar acima de 40 FPS. O sol não é brincadeira por lá! – Leve óculos de sol, mesmo motivo acima. – Leve um CROCS (genérico mesmo haha) ou uma sapatilha de neoprene, o mar tem pedrinhas ou restos de corais que podem machucar seu pé. – Leve um livro, pra relaxar na praia ou mesmo antes de dormir, já que o Wi-fi é geralmente só no lobbie. – Nós levamos blusa de surfista com manga longa pra proteger as costas quando eu estava mergulhando e quando estavamos no barco, achei muito importante pra evitar uma queimadura nessa região que fica muito exposta. – Leve seu kit de Snorkel com nadadeiras, isso é primordial. Mas você pode alugar um kit lá também. – Vá para os passeios com o barqueiro Chi Chi. – Leve uma câmera a prova dágua, o mundo lá embaixo é lindo e merece ser fotografado. Além disso, no barco, ás vezes uns jatos de agua vem e te molha inteira. – Leve talco se você tem pernas gordinhas. -Leve ou compre pós- sol e hidratante. Cuidar da pele na praia é trabalho dobrado. ( Dá pra comprar na farmácia de lá) -Compre as cervejas na lojinha de bebidas que tem lá, sai por 1 real a lata haha – Vá com o amor da sua vida! Recomendo a todos, mas ir a uma ilha paradisíaca com a pessoa que você ama é uma experiência fantástica!!!!! Voltamos pra casa já com vontade de voltar. É um lugar único, simplesmente o mais lindo que já fui!
×
×
  • Criar Novo...