Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

jeff.slaid

Membros
  • Total de itens

    14
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Sobre jeff.slaid

  • Data de Nascimento 06-10-1983

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Cara, parabéns pelo relato bem detalhados! Acompanhando! P.s: Muita coragem pra comer churrasco de Lhama hein? Fresco do jeito que sou.. duvido que ia comer um! kkk
  2. Parabéns pelo seu relato, me ajudou muito nessa informação atualizada que pode fazer direto Cusco x Copacabana. Copiei suas informações pra minha trip em Junho/17. Não fez subida ao Cerro Calvário? Abs!
  3. 2º Dia 17/05 Glaciar Martial: Agora sim começa a viagem! Acordamos bem cedo, tomamos o café da manhã super tranquilo e com calma. Logo depois, partimos pro supermercado comprar alguns lanches para comer no caminho, visto que a caminhada dura aprox. total de 3h. Glaciar Martial fica cerca de 7km do centro da cidade. Para ir da cidade de Ushuaia até o Glaciar Martial existem três opções: ir de táxi ou remix (espécie de táxi sem velocímetro com uma corrida de valor fixo), utilizar o transporte de vans que fazem o transporte em horários fixos ou ir a pé em uma longa caminhada. No nosso caso resolvemos ir de táxi e voltarmos de remix e o valor pago foi exatamente o mesmo, 80 pesos argentinos o trecho. Pedimos um taxi que prontamente entendeu o meu portunhol e no caminho da montanha o motorista estava andando tão devagar, poderia jurar que era tipo 10km por hora!! ou era a minha ansiedade gritando a mil dentro do meu cerebro!! O trajeto durou cerca de 30 min, nos deixou bem no inicio da trilha. E assim que coloquei o meu pé na pista eu quase escorreguei pois o chão estava quase um gelo !!!! nessa hora eu levei um susto me segurando na porta do carro do taxi e gritando um sonoro palavrão brasileiro: oooow porr***! E o motorista sacou que somos brasileiros deste o inicio da viagem perguntou: "Estás bien? seguro?" e começou a rir.. e depois disse apontando a mão em riste de forma negativa: "acá no és Brasile!" e riu mais ainda.. Depois desse susto, começamos a preparar para encarar a caminhada e começa vento gelado demais! Estava me perguntando se escolhi o frio como destino certo (de novo) !!! A subida tem duas opções a partir da sua base no inicio: Pela aerossila (teleférico) ou caminhar atráves de uma trilha paralela ao mesmo. E nesse dia que visitamos o Glarciar Martial a aerossila estava fechado, provavelmente pelo risto de acidentes devido a enorme umidade de gelo ainda formando na região. Na medida que fomos caminhando e subindo mais, a vista é incrivel chegando mais perto daquela montanha branca e gelo! Ficava abismado com cada segundo, cada arvore, cada pedra, cada detalhe da trilha! Encantado. Cada detalhe, um flash! foto aqui e ali, e acolá! Filmar cachoeira e tudo! Enfim.. rs A subida em si é tranquilo, não tem muito mistério e é bem demarcada. E depois mais ou menos de uma 1 hora de subida, a neblina já começou dar as caras nas montanhas mas nada que possa atrapalhar a caminhada. A essa altura já estava me habituando com o tempo gelado. Encontramos algumas pessoas fazendo o trekking sozinho e outros com grupos. E ae começou ficar mais intensa a neblina mas pelo menos não tinha vento o que faz ser mais tranquila a subida. E quase no topo da montanha e para minha supresa o meu sonho começou a tornar realidade ali: começou a nevar!!! Muita sorte !!! Fiquei como? Louuuuco Virei uma criança querendo pegar vários flocos de neve caindo do céu !! E tentar registrar na fotografia os flocos.. mas nao obtive muito sucesso! Celular! sabe como é que é, entende? Finalmente cheguei no objetivo final : Depois de muito fazer ski-bunda (escorregar na neve), fazer boneco de neve, jogar neve por alto, fazer anjo..e começamos fazer o retorno e para aproveitar mais o dia fizemos outro caminho na descida para a trilha Del Filo. Trilha relativamente fácil e curta, cerca de 30 min e você pode aproveitar a vista panorâmica da encantadora cidade de Ushuaia. E por enfim, pegamos o taxi remix que tem na saída da trilha e se não tiver nenhum no local pode ir na lojinha ao lado da entrada, tipo centro de informações ao turista e solicitar um pra você. Depois voltar a cidade, aproveitamos mais conhecer Ushuaia e tirar bastantes fotos, queria provar a culinária local a centoulha, uma especie de caranguejo só que gigante e achei um pouco caro comer sozinho (aprox. 850 pesos) pois o meu amigo que estava comigo é vegetariano . No mais de volta ao albergue, fiz a primeira macarronada e bebi algumas cerveja, fizemos amizades com algumas pessoas do hostel, americano, argentino, chileno, francês e coreanos (esse não eu conseguia entender porra nenhuma! hahahaha)
  4. Desculpe a demora de postar outra parte, mas vamos lá: USHUAIA: 16/05 - 1º dia Finalmente depois de sair do Rio de janeiro e esperar quase 5 horas no aeroporto de Buenos Aires para embarcar em Ushuaia, chegamos por volta das 15h da tarde. Cheguei como? EMPOLGADAÇOOOOO ! Na pilha! Mas assim que saímos do avião veio aquela brisa e choque de temperatura, tudo gelado!!! Frio Bagaraí Quase me perguntei se é isso que eu queria pois sou friorento demais da conta! Imagina um carioca que quase nunca conheceu o frio!! hahaha! E enfim havia fechado alguns detalhes com o Mario do site Brasileiros em Ushuaia alguns passeios e ele gentilmente cedeu um transfer gratuito para gente do aeroporto até nosso hostel Yakush que fica localizado na San Martin e achei bem o hostel bem prático por ser localizado no centro da cidade e fica a um quarteirão onde trocamos o câmbio. Fiquei por 4 noites e pagamos ao total de 103 dólares no quarto para 4 pessoas. O ultimo dia check out seria as 10h da manhã então assim fica 5 dias ao total em Ushuaia. Quarto? ok! Acomodação? ok! Cozinha? ok! Banheiro? ok ! mas o Wi-Fi ainda precisa melhorar um pouco ! No modo geral daria nota 7,5 ou 8! Palavra chave? Praticidade! Depois de fazer ckeck in e guardar nossos pertences, formos fazer a troca do cambio para peso na loja de bichinhos de pelucia fica localizado na rua Belgrano com San Martin, bem na esquina: Na ocasião, trocamos 12 pesos por dólar E 3,60 pesos por real. Feito isso, fomos conhecer e andar um pouco pela cidade na San Martin. Cidade pequena, muito encantadora e as lojas cheio de vitrines parece shopping ao ar livre, só que frio.. rs Jantamos um lanche e beber cerveja Quilmes para brindar a viagem ao fim do mundo! De volta ao hostel, fomos elaborar melhor as informações sobre o nosso roteiro, ficou acertado assim: 1º dia: conhecer a cidade e descansar para dia seguinte 2º dia: Parque nacional - Tierra Del Fuego 3º dia: Canal de Beagle e depois museu Marítimo 4º dia: Glaciar Martial ou Laguma Esmeralda 5º dia: Lógico que, como toda viagem sempre rola imprevisto e já sofremos alteração pois no nosso segundo dia (17/06) não poderiamos fazer muita coisa no parque nacional Tierra Del Fuego pois tinha corrida tipo São Silvestre aqui no Brasil. Então de fato ficou assim: 1º Dia: conhecer a cidade 2º Dia: Glaciar Martial / Placa Fim do mundo / Museu Marítimo 3º Dia: Canal de Beagle / Laguna Esmeralda 4º Dia: Parque Nacional Tierra Del Fuego 5º dia: Saida para El Calafate (aprox. 13h da tarde) Site do Brasileiros em Ushuaia: http://www.brasileirosemushuaia.com.br/ Site do hostel Yakush facebook: https://www.facebook.com/pages/Hostel-Yakush/312195810704?fref=ts
  5. Olá Giovanna! Não é obrigatório a solicitação do visto para ingressar na Argentina entretanto é necessário ter um documento de viagem válido e em boas condições como Passaporte ou RG/identidade. A diferença fica dessa forma ao ingressar com: *passaporte: vai pegar sua carteira, fazer perguntas para onde vai e quanto tempo,etc e carimbar a sua entrada no país. E não te entrega nenhum papelzinho, tudo é informatizado agora. * RG: Mesmo processo de pergunta e conferem seu RG e te entrega um papelzinho na imigração do aeroporto e tu tem que cuidar bem dele na volta para entrega, senão dor de cabeça e muita burocracia para conseguir mas sem risco de ser deportado!! Obs: Carteira de motorista CNH não é aceito na alfandega. Eu fui com passaporte e é legal tu colecionar os carimbos !!
  6. Salve Galera! Meu nome é Jeff, moro em São Gonçalo, cidade de Rio de Janeiro. Chegou a minha vez de colaborar aqui depois de tanta ajuda e informações que tive nesse site de mochileiros.com. Depois de tantos anos adiando o sonho de fazer viagem internacional, de colocar mochila nas costas e ir finalmente consegui as minhas tão sonhadas férias e partiu!! Fui! E antes de fazer a minha viagem, tinha Zilhões de dúvidas coisas de viajante de primeira viagem, o primeiro mochilão e cheio de perguntas/dúvidas comuns mas super importante: como fazer, como ir, o que levar e etc. Espero poder ajudar a todos com o meu relato da minha Trip. Vou tentar ser mais dinâmico e esclarecedor o possível. Inicialmente só iria fazer viagem para BsAs por uma semana mas depois de pesquisar sobre a Argentina, descobri mais sobre a Patagônia que tanto fascina e encanta a todos. Comecei elaborar a minha primeira viagem no inicio desse ano, pesquisei de um pouco de tudo: roteiros, clima, gastronomias, idioma: espanhol (depois dessa trip posso dizer que sou expert em portunhol rs ), roupas, costumes e etc. Meu roteiro ficou acertado assim por 20 dias (Período 16/05 a 04/06) 16 a 19/05 - Ushuaia 20 a 22/05 - El Calafate 22 a 25/05 - El Chaltén 25 e 26/05 - TDP (mas acabou não dando certo) 27 a 30/05 - Buenos Aires 31/05 a 04/06 - Uruguai / Montevidéu *Se reparar, é basicamente 3 a 4 dias em cada cidade. Vale lembrar que esse relato é baseado de acordo com a minha experiência, ou seja, o objetivo era poder conhecer neve, fazer trekking, montanha, conhecer um pouco de tudo, bastante natureza, mais trekking e no final da trip ficar um pouco na civilização/cidade urbana. E que não é muito aconselhável o período de Maio só para fazer trekking (o sol se põe as 17/18h e no verão vai embora as 22/23h) e ainda corre o risco de ter algumas trilhas fechadas, pacote de turismo inviavel por causa da pré temporada de inverno. Primeiro vou mostrar como foi o processo de elaborar a viagem: passagens/mochila/roupas/cartão saúde e segurança. E no próximo post mais detalhes do roteiro pela Patagônia. PASSAGENS: Comprei tudo pela cia Aerolíneas com multi-destinos do que um trecho somente de ida e volta por ser mais em conta. Ficou acertado: 1º vôo: RJ - Ushuaia (com conexão em BsAs) 2º vôo: Ushuaia - El Calafate 3º vôo: El Calafate - BsAs 4º vôo: BsAs - RJ Pagamos no valor de R$ 1.800, quando pesquisei alguns tempos antes estava por volta de 1.450 reais. Dica: pesquise e compre as passagens o quanto antes, mais barato! MOCHILA CARGUEIRA: Comprei a mochila da marca Quechua 70+10 Litros e apesar do preço salgado (R$ 700), comprei por fazer investimento para o uso da vida toda, pretendo elaborar mais trip pelo mundo afora. Vem com uma mochila de ataque, vários compartilhamentos, cinto ajustável, etc.. ROUPAS: Comprei TUDO na loja da Decatlon mas foi de T-U-D-O mesmo e era mais em conta do que em algumas lojas especializadas em roupas de inverno iigorosos: Lista: * 1 pç de casaco 3x1 * 1 pç de calça impermeável * 1 bota impermeável (super importante esse detalhe) * 2 pçs de casaco segunda-pele * 1 pçs de calça segunda-pele * 1 par de luvas * 1 touca * 1 toalha de microfibra (super custo beneficio e leve, seca rapidinho) Com essa lista, ela super me supriu a necessidade do meu conforto durante as minhas caminhadas e tempos negativos, vento patagônico e etc. Gastei aprox. R$ 1.400 Em tempo: Leve 3 pçs de roupa de "balada" e 1 calça jeans para poder curtir a noitada ou visitar cidade, se preferir ir no estilo seu. rs SEGURO SAÚDE: Como é sábio aquela velha nota máxima: E é muito acertado e mais do que certo contratar o seguro saúde pois nunca se sabe o que pode ocorrer algum imprevisto durante a sua viagem como se machucar, acidentar, ter rinite brava, etc e torrar seu dinheiro da viagem com o médico, comprar medicamentos e não ser reembolsado. DICA: Se você já possui o plano de saúde onde trabalha, consulte o RH da sua empresa e pergunte se o plano faz extensão para seguro-saúde e dependendo da cia pode ser bem mais barato e em conta, talvez até ser gratuito por 45 dias! No meu caso, possuo plano de saúde Sul-América e consegui a extensão do seguro saúde/viagem internacional gratuito por 45 dias!! BINGO !!! Economia de uns R$ 250 (o minimo do preço de algumas cias). SEGURANÇA: Como diz a velha nota máxima: Eu logo vivo em uma cidade não muito segura (Rio de Janeiro) e então já fico "cabreiro" quando vou a alguns lugares e apesar que na minha trip pela Patagônia não senti nenhum momento de insegurança mas nunca é demais usar a prevenção, alguns procedimentos de segurança para evitar alguns dores de cabeça: * No momento de check in no aeroporto, tenha certeza que sua bagagem foi direcionada para o destino. * Guardar objetos de valor como Notebook, materiais fotográficos, verifique antes com Hostel se tem como guardar na recepção e ou se possui lockers nos quartos. * Compre e use cadeado TSA para usar nos armários lockers do Hostel e também serve para usar na sua mochila/mala e prender no ponto fixo com a outra para evitar abertura como esse vídeo abaixo explica melhor: https://www.youtube.com/watch?v=mzU4iQLnh5M Se serve cadeado comum? Serve! Porém, você vai ter levar e ter a preocupação de cuidar da chave com você o tempo todo e se de repente você perder? Vai arrebentar o armário e arcar prejuízo? Melhor não, certo? rs * Tenha bolsa interna/doleira para usar e leve com você o tempo todo seu passaporte e dinheiro por onde você vá. (essa observação é obvia, mas nunca se sabe). * Tire cópia do seu passaporte e guarde na sua caixa de e-mail, caso perca ou seja roubado, você terá mais facilidade de resolver com a cópia do seus documentos armazenados no seu e-mail. * No Hostel peça quartos em segundo andar se houver pois tivemos um amigo brasileiro em outro hostel com problema de janela arrebentada e levaram os pertences das pessoas no quarto, imagina??? Fiquei revoltado com essa situação mas infelizmente isso pode acontecer com qualquer um. (vou contar isso melhor mais a frente). Com isso, já estava pronto pra embarcar na aventura que iria marcar a minha vida pra sempre!!
×