Ir para conteúdo

Marco_AV

Colaboradores
  • Total de itens

    39
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra
  1. Acredito que de sim! Quando mochilei na Europa em 2013, gastei um total em torno de R$ 13 mil. Incluindo tudo, passagens (Brasil + passagens locais), alimentação, hospedagem, etc. Foram em torno de 7 países, dentre eles Alemanha, França, Bélgica, Inglaterra, etc. Como pretende ficar em hostel e comer por lá mesmo, acho que isso que te consumiria mais dinheiro. Obs: Pretendo fazer esse roteiro futuramente! Se possível faça um relato quando voltar! Boa viagem!
  2. @NicolasBRodrigues Cara, antes de tudo, fique ciente que locomoção pela África do Sul é um caso bem sério. Eles não tem transporte público (especialmente na região de Johanesburgo/Norte da África do Sul), Uber é quase inexistente, Táxis são caríssimos e o transporte privado com vans que eles disponibilizam é muito perigoso para estrangeiros. Eu viagem para África do Sul em Setembro de 2016, com mais dois amigos, e fizemos a viagem toda de carro. Para nós ficou mais em conta pois dividimos, mas pegando um carro barato, menos você sozinho, acho que vale mais a pena! Não sai tão mais caro, e a gasolina é muito barata. Agora, a parte do Kruger, eu não recomendo você fazer por conta, ainda mais sozinho. Primeiro por ser perigoso, segundo porque você não vai entender nada do parque, ele é gigantesco e é difícil encontrar todos os animais sem um guia que saiba localizá-los. Aqui vale ressaltar dois pontos, existe o Kruger, que é o parque nacional, e existem outras reservas ao redor do Kruger, que são reservas privadas. Quando fomos, ficamos em uma dessas reservas, e em um dos dias, nós fomos ao Kruger com o guia. Eu acho que é um passeio que valha mais a pena, mas acredito que tenha também excursões apenas para o Kruger. Se quiser saber mais, segue o link do meu relato: A África do Sul é um país incrível. Com certeza está no top 3 que já fui. Boa viagem!
  3. Marco_AV

    Airbnb

    Minha primeira experiência com Airbnb foi nos EUA. Eu e minha namorada cruzamos os EUA pela Route 66, em torno de 16 cidades, todas ficamos em Airbnb. Tivemos ótimas experiências com quase todas, onde conseguimos conversar diretamente com os moradores, obter informações de onde ir, o que fazer, além de ter a oportunidade de conhecer a cultura local. Tivemos apenas dois problemas, o primeiro foi logo no primeiro destino, onde o proprietário não estava no local, foi muito confuso pra pegar as chaves, etc. E o segundo foi o último destino, em Los Angeles, onde cheguei a discutir com o proprietário. Mas por fim, acho um ótimo meio de viajar, por ser mais em conta e também ter contato com as pessoas locais. Contudo, certifique-se bem pelo site, por tudo que está ou não incluso, o que pode ou não fazer em cada moradia que escolher, para não ter problemas na hora.
  4. Bom dia pessoal. Estou pra tirar cidadania em Fevereiro de 2020, e queria saber mais sobre quem tirou recentemente. Meu primo tirou no ano passado, e disse que em torno de 13 dias já havia assinado a papelada e pôde viajar por lá, voltando apenas para pegar os documentos e voltar pro Brasil (total em torno de 30 dias). Contudo, tenho visto algumas pessoas dizerem que esse prazo aumentou agora, para em torno de 45 dias. Procede?
  5. @poiuy obrigado pela resposta! É, realmente eu não tinha levado isso em consideração.. hormônios pré-viagem estão à mil, ai já viu.. rs. Nesse meio tempo eu cogitei uma outra possibilidade.. pegar esses dias e realmente explorar a Itália.. porém se estendendo apenas à Itália. É uma possibilidade por causa dos trâmites da cidadania (ter que ficar na cidade, ter que voltar para pegar os documentos, e tudo mais), acho que seria uma ocupação melhor para os dias que vou estar lá. Levando em consideração o que falou também, acho que na Itália sofreria menos essa ação do clima durante a viagem. Porém ai, esse "lado b" ficaria para uma próxima viagem. O que acha?
  6. Opa, tudo bem?

    Vi teu comentário em um post sobre a Itália, e queria fazer algumas perguntas..

    Estou indo pra lá em Fevereiro, pra tirar cidadania italiana.. Contudo, ficarei ao todo 35 dias, e queria me programar pra viajar por lá por esse período.

    Você acha viável alugar carro por lá? Tanto pelo custo benefício quanto locomoção, etc?

    Obrigado!!

    1. MMarttins

      MMarttins

      Bom dia Marco. 

      Eu fiquei 13 dias na Itália. Optei por não alugar carro. Na época achei que ficava mais econômico de trem, e também exigia a habilitação internacional (pelo que vi não é mais necessário). Terá que fazer uma simulação dos preços, mas se estiver sozinho acho que será mais viável trem (que funciona muito bem lá).

      Sobre deslocamento, apesar de eu não ter usado carro, percebi o seguinte. Dirigir nas rodovias e pelo interior acho que é muito tranqüilo . Já nas cidades maiores é  bem complicado. Além do transito e lugar para estacionar nas partes históricas existe inúmeras restrições para os carros, e se não tiver muito atente e informado é muito fácil levar multa.

      Caso queira mais qualquer ajuda fique a vontade em perguntar. 

      Abraços. 

       

       

  7. Bom dia, pessoal. Em Fevereiro de 2020, vou para Itália, tirar cidadania. Peguei férias de 35 dias da empresa, e amigos que já tiraram a cidadania disseram que precisaram ficar em torno de 15 dias na cidade da Itália, e que conseguiram viajar os outros 15 dias.Minha ideia era ficar os 15 dias na cidade da Itália (próximo à Roma), e depois passar os restante (entre 15 e 20 dias) viajando para o Leste Europeu. Nessa viagem, gostaria de ir para um "Lado B", destinos pouco visados pela maioria, mas desconheço sobre os destinos. Como os dias são restritos, pensei em nada muito distante da Itália, pois vou ter que voltar pra lá para pegar os documentos antes de voltar pro Brasil. Em um roteiro primário, não necessariamente passando por essas cidades, mas talvez esses países. Gostaria de opiniões de quem já foi, ou já pesquisou sobre o assunto. Muito obrigado desde já!
  8. Salve Mochileiros! Preparativos para a viagem estão à mil!!! Acabaram ocorrendo algumas mudanças de datas e percursos e vou reportar aqui. Fechamos o nosso roteiro, o qual ficou assim: Dia 19/07 -> São Paulo - Columbus Columbus / Chicago / Nashville / Fort Smith (Para dormir) / Amarillo / Santa Fé / Flagstaff / Grand Canyon / Las Vegas / Los Angeles. Dia 08/08 -> Los Angeles - São Paulo Total de Milhas/Km -> 3.360 milhas / 5.400 km. Acabamos reservando o carro direto por lá, pela empresa Alamo. Foi a que achamos mais em conta, e o melhor é que não necessita de pagamento antecipado, será pago tudo lá na hora. Pra 20 dias de carro (carro intermediário - muita pouca diferença pra um carro simples - 3 dólares), pegando em Columbus e devolvendo em Los Angeles, ficou aproximadamente US$ 1.000,00 (com seguro incluso). Quando à acomodação, estamos pensando em utilizar do AirBnB. O qual é uma experiência bacana, tanto por conhecer pessoas novas, quanto para trocar informações/sugestões sobre passeios e atrações de cada cidade. Ainda não reservamos nada, mas capaz de optarmos por esse caminho, por questão de praticidade e também de valor. Por enquanto é isso. Grande abraço!
  9. Salve mochileiros! Estou prestes à realizar mais um mochilão, e dessa vez pretendo cruzar os Estados Unidos pela tão famosa Route 66. Criei um roteiro base que pretendo seguir, mas estou adepto à mudanças no meio do caminho. Seria então: Columbus OH / Chicago / Springfield / San Luis / Joplin / Oklahoma City / Amarillo / Santa Fé / Gallup / Grand Canyon / Las Vegas / Los Angeles Ainda não planejei quantos dias em cada cidade, mas pretendo ficar um pouco mais em Los Angeles (3, 4 dias). Vou eu e minha namorada, que está morando em Ohio atualmente. Vou encontrá-la lá, e vamos sentido Chicago, depois com destino à Los Angeles. Há muito planejamento à ser feito ainda, e estamos pouco a pouco mais próximos da viagem. Pretendia fazer a viagem de moto (Route 66 não da pra pensar em mais nada), mas em vista de estarmos cheio de bagagem, e principalmente do aluguel de moto ser MUITO caro.. Acabou não compensando.. Mesmo assim, estou esperando que a viagem de carro não vá deixar á desejar. Por enquanto é isso. Caso alguém esteja planejando ir por esses dias, ou alguém que já tenha feito a viagem e gostaria de comentar/recomendar algo, por favor, fiquem à vontade para nos contatar! Fiquem atentos aos próximos episódios!
  10. Olá Ariete Olha, lá o pessoal fala bastante inglês, e poucas pessoas que conhecemos falavam português (de países da África colonizados por Portugal). Mas o pessoal é muito prestativo em todos os lugares que estivemos.. Acredito que mesmo não sendo fluente, você pode se virar bem.. Boa viagem.
  11. Cara, esse seria o roteiro ideal.. Mas é bem longo pelo tempo que vocês estão pensando em gastar lá.. De primeira vista, acho que vão acabar aproveitando pouco de cada cidade e vão gastar muito tempo rodando direto.. A ideia era descer de Durban para a Garden Route de carro também? Para esse roteiro, aproveitando bem, gastaria fácil uns 40 - 50 dias.. No caso de vocês eu focaria.. Ou faria JNB - > Kruger -> Drakensberg -> Durban , ou JNB - > Kruger -> Drakensberg -> Durban -> Rota pela Costa Oeste, ou Garden Route - Cape Town.. Abraços
  12. Olá Mariana! Que bom que gostou! E posso garantir que vai ser uma viagem fantástica! Aproveite cada minuto! Eu fechei com uma agência aqui da minha cidade, ele ficou bem mais em conta do que o Kapama por exemplo que havíamos lido sobre anteriormente. Sobre "valer a pena o investimento" foi como eu falei no post, as reservas nada mais são do que um grande zoológico, então vai do que você quer ver e presenciar. Valer a pena, vale.. Mas eu acho que numa próxima vez ficaria apenas no Kruger, tendo mais proximidade com a vida selvagem. Boa viagem!!
  13. Fala man! Cara, quando eu fui, eu vi que valia mais a pena levar dólares e trocar por rand lá na África do Sul, do que trocar real por rand aqui no Brasil, mas existem as duas possibilidades. Eles não aceitam reais para troca. Da uma pesquisada, mas eu acredito que vale mais a pena levar dólar e trocar lá.. Mesmo porque essa mudança no cenário norte-americano valorizou o dólar em diversos países, sendo que na África do Sul foi o que mais valorizou.. Boa viagem!!
  14. Olá Jenifer! Olha, sinceramente não me pediram em nenhuma ocasião, mas não posso garantir que se você não levar o mesmo vai ocorrer com você, né? Conhecemos dois caras em JNB que foram sem... Ai fica à teu critério. JNB à noite você precisa tomar cuidado (assim como qualquer cidade grande). Nós sempre parávamos o carro na frente do hostel e não tivemos problemas.. Quanto ao voo, tivemos sim que despachar a bagagem novamente.. Chegando lá você coleta em um ponto e vai refazer o check-in para o próximo voo.. Mas é de fácil acesso, creio que não terá problemas.. Boa viagem!!
  15. Fala Diego! Utilizamos a Europcar. Dentre as opções que verificamos eles tinham o carro mais em conta. Além de que, alugamos o mais simples da categoria, e acabamos pegando um carro nível médio.. Então acho que vale a pena fazer o mesmo.. Contudo, alguns avisos: Eles, assim como todas as companhias, requerem um cartão de crédito onde é bloqueado um montante no cartão e quando você retorna o carro eles retornam esse valor, debitando possíveis gastos, como pedágio, gasolina, etc. Quando voltamos para o Brasil, recebi débitos além do acordado com eles, e até hoje estou trocando e-mails para reaver esses valores.. Não foi absurdo, mas.. Fica atento! Do mais, deu tudo certo..
×
×
  • Criar Novo...