Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Adren-Aline

Membros
  • Total de itens

    124
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Adren-Aline venceu a última vez em Outubro 22 2018

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

26 Excelente

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Brasil: Bahia / Sergipe / Ceará / Rio Grande do Norte / Pernambuco / Paraíba / Alagoas / Rio de Janeiro / Paraná / Rio Grande do Sul / Roraima / Amazônia / Tocantins
    Mundo: Argentina / Paraguai / Colômbia / Venezuela / Guiana / Chile / Bolívia / Peru / Brasil / Turquia / Tailândia / Camboja / Laos / Indonésia / Singapura / Malásia
  • Próximo Destino
    África do Sul / Moçambique / Suazilândia / Lesoto
  • Meus Relatos de viagem
    Ásia 1 - https://www.mochileiros.com/topic/59221-tail%C3%A2ndia-camboja-laos-turquia-apenas-falando-hot-dog-em-ingl%C3%AAs/

    Colômbia - https://www.mochileiros.com/topic/44954-col%C3%B4mbia-15-dias-bogot%C3%A1-%E2%80%93-zipaquir%C3%A1-%E2%80%93-guatape-%E2%80%93-jard%C3%ADn-%E2%80%93-medellin-%E2%80%93-santa-marta-%E2%80%93-cartagena-%E2%80%93-san-andres/

    América do Sul 1: https://www.mochileiros.com/topic/49545-chile-bol%C3%ADvia-e-peru-julho2016-santiago-farellones-san-pedro-de-atacama-salar-de-uyuni-machu-picchu/
  • Meu Blog

Últimos Visitantes

732 visualizações
  1. Adren-Aline

    Acampamento Base do Everest + Índia + Dubai (em construção)

    Oi Babi Está incluso sim é pq eles chamam de casa de chá de montanha. Pq não chegam a ser hospedagens. Muitas vezes não há possibilidade nem de banho. E nada de calefação nos quartos. Quanto ao preparo físico é só não sair do foco! bjs
  2. Adren-Aline

    Acampamento Base do Everest + Índia + Dubai (em construção)

    Aqui vai o resumo do roteiro: Dia Roteiro 1 Saída do aeroporto de Salvador para Guarulhos no fim da noite 2 Saída do aeroporto de Guarulhos com destino à Dubai 3 Saída do aeroporto de Dubai com destino a Nova Delhi / Nova Deli com destino a Kathmandu 4 Kathmandu 5 Trekking Everest / Kathmandu (1360m) - Lukla(2840m) -Phakding(2612m). 6 Trekking Everest / Phakding - Namche Bazaar (3440m). 7 Trekking Everest / Rest in Namche Bazaar for Acclimatization 8 Trekking Everest / Namche Bazaar - Tengboche(3860m). 9 Trekking Everest / Tengboche - Dingboche(4410m). 10 Trekking Everest / Exploration/ Acclimatization at Dingboche . 11 Trekking Everest / Dingboche - Lobuche(4910m). 12 Trekking Everest / Lobuche - ABE - Gorakhshep(5140m). 13 Trekking Everest / Gorakhshep - Kalapatthar(5545m)- Dingboche(4410m). 14 Trekking Everest / Dingboche – Namche Bazaar(3440m). 15 Trekking Everest / Namche - Lukla(2840m). 16 Trekking Everest / Lukla(2840m) - Kathmandu(1360m) 17 Kathmandu 18 Kathmandu - Holi Festival 19 Saída de Kathmandu com destino à Nova Deli - Jaipur 20 Holi Festival em Jaipur 21 Jaipur, Cidade Rosa 22 Jaipur - Agra - Faterpur 23 Agra 24 Agra para Orccha 25 Orccha para Khajuraro 26 Khajuraro 27 Khajuraro para Varanasi 28 Varanasi para Delhi 29 Delhi 30 Saída de Nova Deli com destino à Dubai, tarde livre 31 Dubai 32 Abu Dhabi 33 Saída de Dubai com destino à Guarulhos / Guarulhos x Salvador Acho que cheguei ao final do pré-relato, agora é só aguardar o grande dia! Se tiverem alguma dúvida ou se lembrarem de algo que esqueci de colocar aqui, só avisar. To be continued...
  3. Adren-Aline

    Acampamento Base do Everest + Índia + Dubai (em construção)

    Oi Victor! Respondendo sua pergunta e já dando continuidade ao pré-relato(se é que isso existe)! Agência Depois de descartar a possibilidade de fazer com o Morgado, resolvi buscar maneiras alternativas de chegar até lá. Vi que existem basicamente duas formas: indo por conta própria ou contratando uma agência. A primeira descartei desde o primeiro momento. Sozinha não rola! Sei que são muitas variáveis a serem controladas. E se eu passar mal com a altitude como já aconteceu na Colômbia? E se eu me perder? E se eu reservar o vôo pra Lukla e o aeroporto fechar por conta do mau tempo? E se me faltar algum equipamento/acessório/roupa por falta de conhecimento? E se... são muitos IS SIS. Fui convencida por um ex companheiro de aventura a fazer a contratação da agência assim que pisasse em solo catmanduzense. O que sairia em torno de 1000 dólares segundo ele, com tudo incluso. Pesquisa vai, pesquisa vem... Encontrei algumas empresas com valores próximos ao que ele pagou, sendo que ainda incluía um algo mais, como transfer ida e volta para o aeroporto, hospedagem antes e depois do trekking (3 diárias), jantar... Além de emprestar tanto o saco de dormir quanto o casado mais pesado. Então entrei em contato com Aiming Adventure e fechei com eles, pagando cerca de 20% do valor antecipadamente. Quando retornar da trip prometo fazer uma avaliação dessa agência! O pacote do Everest inclui: Aeroporto - Hotel- Aeroporto - veículo turístico privado Hospedagem compartilhada padrão em Katmandu em hotel padrão turístico com café da manhã para três noites Passeio de dia inteiro com guia pela cidade em Katmandu por um veículo particular Jantar de boas-vindas e despedida de cortesia em um dos restaurantes com programa cultural Toda a documentação necessária, autorizações do Parque Nacional e Cartão Tim Voo doméstico para Ktm-Luk-Ktm Todas as refeições padrão durante uma caminhada (café da manhã, almoço e jantar) Casa de chá de montanha na trilha Frutas frescas e temperadas depois de cada jantar, enquanto em uma caminhada Chá / café servido em um copo Água potável purificada durante a caminhada Governo licenciado e bem treinado falando Inglês guia de trekking local e todas as suas despesas O número necessário de funcionários locais e porteiros para levar sua bagagem durante a caminhada. Nós atribuímos um porteiro para cada dois convidados Seguro de Guia e Porter e todas as despesas Jaquetas e sacos de dormir (a serem devolvidos após a conclusão da viagem) Mapa de rotas de Free Aiming Adventure duffel bag, & Trekking Certificado de aventura (após a conclusão da caminhada) Kits de Primeiros Socorros (Básico) Todos os nossos impostos governamentais, IVA, taxas de serviço turístico O pacote do Everest exclui: Taxa de visto de chegada Nepal Excesso de bagagem (s) (15 kg incluído) Acomodação noturna extra em Katmandu por causa da chegada antecipada, partida tardia, retorno antecipado da montanha (devido a qualquer motivo) do que o itinerário programado Almoço e jantar em Kathmandu, exceto jantar oficial Vôos internacionais Taxas de entrada no Patrimônio Mundial Equipamento de trekking pessoal Seguro de viagem e resgate Despesas pessoais (telefonemas, lavanderia, contas de bar, recarga de bateria, carregadores extras, garrafa ou água fervida, banho extra, etc.) Gorjeta para as equipes de funcionários Alguns custos: Agência: 1235 USD (pacote de 15 dias)
  4. Adren-Aline

    Acampamento Base do Everest + Índia + Dubai (em construção)

    Condicionamento físico Sei que aqui só tem atleta! Mas precisamos falar sobre Kevin. Serão 12 dias de caminhada. Que durarão de 5 a 8 horas diárias, numa altitude que varia de 1360 à 5545 metros de altitude. Com a disponibilidade de oxigênio sendo reduzida a cada passo, até culminar em 50% se comparado ao nível do mar. Então “papai” bora treinar! Estava gordinha. Ahhhh pára de tentar suavizar a situação. Aline você estava O-B-E-S-A. Partiu movimentar o esqueleto com atividades aeróbicas e musculação. Até o momento lá se foram 16 quilos. Mas confesso que não sei se estou preparada para o Everest. Apesar de que, segundo muitos dizem, é um percurso palpável para qualquer um que tenha bom condicionamento físico e as articulações no lugar. Tentei o máximo que pude fazer atividade 5 vezes na semana, sendo 3 dias de musculação e dois de caminhada/corrida, durante as caminhadas eu já usava a bota para amaciar e não ter problemas com calo. Também enchia a mochila de roupa, colocava nas costas e simbora. É óbvio que a população da cidade onde moro/trabalho me taxou como louca, mas fazer o que? Ossos do ofício. Altitude Altitude é uma merda. E o pior de tudo é não saber como o nosso corpo se comportará. Não tem conversa... seja você atleta ou não, gordo ou magro, careca ou cabeludo ela vai te “encontrar”. Claro que de forma mais intensa em uns do que em outros. Como forma de prevenir pretendo tomar o DIAMOX, um diurético que minimiza os sintomas da altitude. Encontrei uma tabelinha que ajuda identificar o que fazer de acordo com os sintomas do mal da montanha. Dor de cabeça +1 ponto Náuseas ou perda de apetite +1 ponto Insônia +1 ponto Vertigem +1 ponto Cefaleia resistente à aspirina +2 ponto Vômitos +2 pontos Falta de ar em repouso +3 pontos Fadiga anormal +3 pontos Falta de urina +3 pontos Caso a soma dos pontos seja: 1-3 pontos = LEVE aspirina ou paracetamol 4-6 pontos = MODERADO aspirina, repouso e suspender subida + de 6 pontos = SEVERO descer rapidamente
  5. Tudo começou numa linda manhã de sol do dia 29 de setembro de 1986... Nasci ! E no meu DNA veio escrito o seguinte código genético EBC (confesso que, biologicamente falando, não sei se faz sentido, achava as aulas de biologia enfadonhas). Para quem não sabe, EBC, é como o Acampamento Base do Everest é conhecido pelos íntimos. Que ainda não é meu caso, mas em breve será. Diferente de todos os relatos de viagem que fiz até o momento, resolvi começar esse previamente, 33 dias antes da partida pra ser precisa. Pq? Quando descobrir conto! Mas suponha que seja a ansiedade, talvez seja uma forma de já está viajando e de acalentar a alma. Imaginava que essa viagem só fosse ocorrer após 2020, contudo, viagens sempre são um ótimo incentivo para entrar em forma, seja para se exibir nas belas praias da Tailândia ou para não passar vergonha durante um trekking pelo Himaláia. E eu precisava urgentemente entrar em forma, não que eu não tivesse uma forma definida, mas barril não é minha predileta. Então dei uma antecipada nos planos. Em janeiro de 2018 dei o ponta pé inicial (clichêzona ), comecei com os treinos e em paralelo as buscas superficiais. Encontrei logo de cara o site da agência Morgado Expedições, engoli as dicas e informações contidas nele com a ferocidade de papagaio. Contudo o preço desanimava! Sabia que seria a melhor opção para mim, já que Morgado é um guia renomado, além disso, o público alvo da agência são os brasileiros, o que facilitaria muito minha vida já que não falo inglês. Ehhh pessoal, não falo nem entendo. Mas isso nunca me impediu de viajar, na verdade isso torna a viagem até mais interessante (para os outros rs não para mim, que se acabam de rir com algumas situações inusitadas que acabei relatado nas redes sociais). Melhor época do ano? Confesso que me baseei nas datas do Morgado. Meu plano era, passear serelepe e pimpona pelas ruas de Carmandu, me esbarrar “acidentalmente” no grupo de brasileiros conduzido por ele. Mostrar toda minha simpatia e ser convidada a me juntar ao grupo por um preço acessível ao meu bolso. Mas para aqueles que não se baseiam em algo tão louco, informo que a primavera (março e abril) e o outono (outubro e novembro) são as melhores escolhas, já que a visibilidade é boa e a temperatura tb (na medida do possível, podendo chegar a -12°C). Compra das passagens Gosto de comprar as passagens aéreas logo, isso me dá a sensação de inalterabilidade. Claro que sei que isso não passa de uma sensação, são vários os fatores envolvidos que podem jogar nossos planos no lixo. Percebi que os vôos direto para Catmandu estavam absurdamente caros, então coloquei alguns alertas de preço no Google Flight tanto para Catmandu quanto para Delhi. Esperei pacientemente uma oportunidade e ela surgiu em junho. O preço não era perfeito, mas não quis arriscar esperar mais. Ainda era possível fazer um stopover nos Emirados Árabes Unidos. Não pensei duas vezes, comprei! Aproveitei a deixa e comprei as passagens de ida e volta Delhi x Catmandu e Salvador x Guarulhos. Alguns custos: Passagens Salvador x GRU (ida e volta + bagagens): 684,72 BRL Passagens Emirates GRU x Dubai x Delhi (ida e volta): 4.136,79 BRL Passagem Jet Airway Delhi x Catmandu: 74 USD Passagem Nepal Airline Catmandu Delhi: 348,29 BRL Mala Gosto de arrumar as malas, é tipo um hobby. Então comecei bem cedo dessa vez. Peguei a lista disponível no site da Morgado Expedições através desse link https://www.morgadoexpedicoes.com.br/trek-ao-everest/lista-de-equipamentos e usei como base para as compras. Boa parte das coisas eu já havia adquirido durante o trekking do Monte Roraima na Venezuela, reduzindo um pouco meu custo com as compras. Dei um pouco mais de atenção para as botas e não economizei com elas. Por sorte, achei um anúncio no Mercado Livre, cujo vendedor tinha o último par de uma bota Salomon, no modelo e tamanho que eu precisava e com o preço 20% abaixo das lojas brasileiras especializadas em produtos para trekking. Comprei com bastante antecedência, para poder amaciá-las. Aqui vão algumas fotos das malas já prontas, kkkkkkk já estão assim a mais de 5 meses, vou fazendo simulações de como arrumar e do que é possível retirar ou colocar. Dividi em 4 categorias: Vestuário: - 3 calças de trekking (Decathlon) - 1 Calça de moleton para dormir(Centauro) - 2 calças segunda pele (Decathlon) - 1 bermuda (Decathlon) - casaco pele de ganso (Decathlon) - 1 casaco moleton (made in China) - 2 casacos fleece (Decathlon) - 2 blusas segunda pele (Decathlon) - 5 blusas dry fit - 9 calcinhas - 1 par de botas impermeáveis (Mercado Livre) - 2 bandanas tubulares (Decathlon) - 1 Gorro (Decathlon) - 3 pares de luvas de diferentes materiais (Decathlon) - 6 pares de meias ( Decathlon, Pé na Trilha) - 5 Tops *Além do que pode ser visto na foto, levarei: sandália, chinelo, tênis, par de bastões de caminhada e cachecol. Percebam que não existe nenhum casado pesado na lista, isso pq a empresa que contratei fornecerá tanto o casaco quanto o saco de dormir apropriados para essa atividade. Higiene: - 1 necessaire - lenços umedecidos (também conhecidos como duchas) - lenços de papel - 40 pastilhas de Clorin (para purificar a água durante a trilha) - sabonete líquido - hidratante - shampoo - condicionador - cotonete e algodão - repelente - protetor solar - desodorante - enxágue bucal - creme dental - micropore (para minimizar as bolhas nos pés) - creme de pentear - escova de dente - pente - sabonete - suvacador - espelho - álcool - perfume *Além do que pode ser visto na foto, levarei: minâncora (para o chulé) Variedade: - 2 garrafas de 1 litro cada - caderninho e caneta para anotações - kindle - carregador portátil de 20.000mA - passaporte - adaptador universal de tomada - benjamim - balança - lente - pasta com documentos (reservas de vôos, agências, hospedagem, visto, seguro, contratos, etc) - bastão Gopro - fone de ouvido - 2 carregadores - óculos - cadeado - Gopro - relógio - lanterna de cabeça - acessório gopro - cabos - pilhas extras para lanterna - estojo para eletrônicos - pochete - saco impermeável - tapa olhos - kit costura - almofada inflável de pescoço - kit de primeiros socorros - mochila Curtlo de 63 litros (porter) - mochila Nautika de 40l (ataque) -mochila Curtlo de 17l (passeios) Esqueci de apresentar o mocinho aí do lado. Esse é o Grelhado, meu fiel companheiro de viagens. obs.: A quarta categoria está ainda em construção, será a de medicamentos. Na segunda semana do mês de fevereiro marcarei uma consulta médica para ver o que de fato levarei. Vistos Nepal: o visto de turista para o Nepal pode ser obtido no momento da chegada no aeroporto internacional de Catmandu. Bastando para isso o passaporte com validade mínima de 6 meses e pelo menos uma página em branco. Pagamento da taxa que varia de acordo com o tempo de permanência no país e permite entradas múltiplas. Preenchimento de formulário específico. Além de 1 foto 3x4. Índia: permite que o visto seja tirado eletronicamente (e-visa). Basta entrar nesse site https://indianvisaonline.gov.in/ e seguir as instruções desse outro aqui https://casalwanderlust.com.br/como-solicitar-o-visto-para-a-india-atraves-da-internet-passo-a-passo/ , escrito pela Camila e que está bastante didático! Já reserve uma foto com fundo branco e uma cópia do passaporte em PDF. Emirados Árabes Unidos: Desde 2018 não há mais exigência de visto de turista para brasileiros. Alguns Custos: Visto Nepal: 15 dias / 25 USD – 30 dias / 40 USD – 90 dias / 100 USD Visto Índia: 60 dias / 82 USD Seguro Não estamos falando de qq viagem de “fundo de quintal” né galera? Logo, o seguro precisa estar à altura da façanha. Lendo bastante, percebi que a melhor opção nesse caso seria fazer o seguro da world Nomads, na modalidade Explorer que cobre resgate de helicóptero. Infelizmente só aceitam pagamento a vista! Alguns Custos: Seguro viagem (33 dias): 640 BRL Certificado Internacional de vacinação Alguns países exigem de seus visitantes um certificado internacional que comprove a vacinação contra a febre amarela. É o caso do Nepal e da Índia. Facílimo a obtenção. Basta se dirigir a uma unidade da Anvisa, após tomar a vacina e preencher um pré cadastro no site https://viajante.anvisa.gov.br , levando consigo a cartão nacional de vacinação e documento pessoal. Ahh, a boa notícia é que isso pode ser feito online também. Dá uma googlada pra saber mais!
  6. Lógico que na África não ia perder a oportunidade de refazer uma das cenas que marcaram minha infância. XiaoYing_Video_1510791994470_HD.mp4
  7. Bem, retorno a escrever esse texto, 9 meses após começar, creio que realidade e fantasia já devem ter se tornado um único ser, então... acredite nele quem quiser rs ---- Após passar pela AVIS e sair de lá com um minúsculo carro, Polo Hatch Volkswagen. Iniciamos o teste drive no próprio estacionamento. Muito tranqüilo, como pode ser visto na foto abaixo. Junto com o aluguel do carro adicionamos um GPS, que não funcionou nunca. Além do valor cobrado pelos dias de uso, vc tb arca com um seguro que equivale ao dobro do valor. A soma é cobrada apenas em cartão de crédito, e dias após a devolução do carro, o valor do caução é estornado. Na África do Sul, a direção é inglesa, Fernando rapidamente se adaptou com isso. Seguimos para o hostel 91 Loop. Primeira decepção encontrada, não havia estacionamento, o carro precisou ficar na rua. Lá a “flanelagem” funciona direitinho, os carinhas possuem uma máquina onde é cobrado o valor e dado a multa caso seja preciso. Os quartos são bem confortáveis e um bar funciona no primeiro piso, recomendo o hostel apesar do pesares. Malas guardadas, banho tomado, roupa trocada, lá fomos nós para o V&A Waterfront. V&A Waterfront – é um centro comercial e de lazer, localizado na zona portuária da Cidade do Cabo. Lá é possível assistir algum espetáculo, passear de roda gigante, fazer câmbio, comer, beber e etc. Foi lá onde trocamos uma pequena quantia de dólares apenas pra não ficar sem a moeda local antes de chegar o OMAR. 2º Dia - Bo-Kaap / Clifton Beach / Lions Head Após iniciar o dia com um belo café da manhã sul-africano, com direito a feijão doce. E de quase receber uma multa por deixar o nosso mini carro estacionado após as 8h da manhã (pagamos apenas para o pernoite), seguimos serelepes e pimpões... Bo-Kaap – Bairro malaio colorido. Clifton Beach Lions Head - para chegar nessa vista incrível é necessário um certo esforço. Inicialmente passamos por uma trilha íngreme de terra batida por cerca de 40 minutos, logo em seguida pegamos o trecho de pedra e por fim uma leve escalada por uns grampos presos na pedra. Tudo seguro a medida do possível rs. Confesso que curti mais Lions Head que a Montanha da Mesa, talvez pelo esforço necessário para chegar lá, talvez pela vista de 360 graus... não sei... Montanha da Mesa visto a partir da Lion Head Vista durante a trilha Alguns custos: Diária no 91Loop: 61 reais (por pessoa) Diária do carro: por volta de 100 reais (pegamos 3 diárias)
  8. Fala galera Em março estou com roteiro e passagens compradas para realizar um grande sonho. Serão 33 dias de viagem, passando por 3 países (Nepal, Índia e Emirados Árabes). A ideia é fazer o acampamento base do Everest, 12 dias de trekking. Não tenho agência definida, penso em fechar lá na hora, por enquanto estou sozinha. Logo em seguida partir para Índia, onde me encontro com mais 7 pessoas. Aqui já temos o guia definido, ele fala portunhol, e o pacote inclui hospedagem com café da manhã, guia em espanhol, entradas, deslocamentos (rodoviário e aéreo), dentre outras coisas. Por fim, Dubai, onde dá pra fazer tudo por conta via transporte público. Aqueles que tiverem interesse em se juntar ao grupo é só clicar no link https://chat.whatsapp.com/3tTBoFcnob95mAy3jOyjRU Abaixo segue o roteiro detalhado. 03/03/19 Saída do aeroporto de Salvador para Guarulhos no fim da noite 04/03/19 Saída do aeroporto de Guarulhos com destino à Dubai 05/03/19 Saída do aeroporto de Dubai com destino a Nova Delhi / Nova Deli com destino a Kathmandu 06/03/19 Descanso 07/03/19 Trekking Everest / Kathmandu (1360m) - Lukla(2840m) -Phakding(2612m). 08/03/19 Trekking Everest / Phakding - Namche Bazaar (3440m). 09/03/19 Trekking Everest / Rest in Namche Bazaar for Acclimatization 10/03/19 Trekking Everest / Namche Bazaar - Tengboche(3860m). 11/03/19 Trekking Everest / Tengboche - Dingboche(4410m). 12/03/19 Trekking Everest / Exploration/ Acclimatization at Dingboche . 13/03/19 Trekking Everest / Dingboche - Lobuche(4910m). 14/03/19 Trekking Everest / Lobuche - Gorakhshep(5140m). 15/03/19 Trekking Everest / Gorakhshep - Kalapatthar(5545m)- Dingboche(4410m). 16/03/19 Trekking Everest / Dingboche – Namche Bazaar(3440m). 17/03/19 Trekking Everest / Namche - Lukla(2840m). 18/03/19 Trekking Everest / Lukla(2840m) - Kathmandu(1360m) 19/03/19 Kathmandu 20/03/19 Kathmandu - Holi Festival 21/03/19 Saída de Kathmandu com destino à Nova Deli / Jaipur 22/03/19 Jaipur (Holi Festival) 23/03/19 Jaipur (Cidade Rosa) 24/03/19 Jaipur - Agra 25/03/19 Agra 26/03/19 Agra - Orccha 27/03/19 Orccha - Khajuraho (templos kamasutra) 28/03/19 Khajuraho (templos kamasutra) 29/03/19 Varanasi 30/03/19 Varanasi - Delhi 31/03/19 Delhi 01/04/19 Saída de Nova Deli com destino à Dubai, tarde livre 02/04/19 Dubai 03/04/19 Abu Dhabi 04/04/19 Saída de Dubai com destino à Guarulhos / Guarulhos x Salvador
  9. Adren-Aline

    DÚVIDAS SOBRE VIAGEM À INDIA

    Oi Josi Vou te ajudar respondendo apenas duas perguntas rs. 2) Existe maneira de se contratar um guia que fale no mínimo espanhol? Sim, inclusive é o que pretendo fazer, já tenho 2 contatos de guias que falam espanhol e 1 que fala português. 11) ALGUÉM QUER COMPANHIA? Simmmmm, estou em busca de companhia para Índia. Costumo mochilar sozinhas mas a Índia está me assustando rs. Vou em março de 2019, tenho o roteiro quase montando. Pretendo fazer Agra - Jaipur - Delhi - Varanasi. Além disso chegamos no famoso festival Holi. Se quiser colar me chama no Whatsapp 75 988745299
  10. Adren-Aline

    Índia, Nepal e Butão - busco companhia para viagem

    Olá Diego, eu chego dia 21/03/2019 em Nova Dheli. Farei Agra, Jaipur, Delhi e Varanasi, além de participar do Holi Festival. Entra em contato comigo 75 988745299.
  11. Adren-Aline

    20 dias pela Índia - Mochilando Sozinha

    Olá. Ótimo relato. Vc pode me passar o contato da agência?
  12. Adren-Aline

    Índia - Março 2019

    Olá galera Estou com passagem comprada para a Índia em março de 2019. Mais alguém nesse período? Deixe o telefone para que eu possa adicionar no grupo. Ficarei 10 dias e o roteiro previsto é o seguinte: 1º DIA (23/03/2019) – Chegada em Nova Dheli e partida para Varanasi 2º DIA (24/03/2019) – Varanasi (Rio ganges) 3º DIA (25/03/2019) – Varanasi (Rio ganges) 4º DIA (26/03/2019) – Saída de Varanasi para Nova Dheli 5º DIA (27/03/2019) – Delhi - Agra (Quase 220 km) 6º DIA (28/03/2019) – Agra - Jaipur (Quase 250 km) 7º DIA (29/03/2019) – Jaipur (Cidade Rosa) 8º DIA (30/03/2019) – Jaipur- Delhi (Quase 280 km) 9º DIA (31/03/2019) – Nova Dheli 10º DIA (01/03/2019) – Nova Dheli
  13. Adren-Aline

    Everest - Perguntas e Respostas

    Alguém para o acampamento base do Everest em março de 2019?
  14. Adren-Aline

    VENDO - Mochila Mountaineer 45 Litros Curtlo

    Vendo Mochila Mountaineer 45 Litros MOC007 Curtlo - AZUL C/ CINZA em perfeito estado. Motivo da venda: Tô juntando grana pra viajar rs. 75 98874-5299
  15. Adren-Aline

    Índia, Nepal e Butão - busco companhia para viagem

    Diego, se por acaso mudar a data para fim do ano me avisa!
×