Ir para conteúdo

Denis Paulo Costa Reis

Colaboradores
  • Total de itens

    34
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Denis Paulo Costa Reis venceu a última vez em Junho 12

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

6 Neutra

Sobre Denis Paulo Costa Reis

  • Data de Nascimento 07-09-1986

Bio

  • Ocupação
    Servidor Público Federal
  1. Pois é meu amigo. Temos que ficar sempre de olho e admirar a natureza com o máximo respeito. Obrigado por compartilhar essa bela imagem
  2. Parabéns pelo relato. A viagem de vcs foi muito top. Conheço todos esses pontos e escolheram os melhores, sem dúvida. Tem muito mais pra explorar mas já deu pra ter uma noção do que a Chapada Diamantina tem a oferecer. Confesso que não conhecia a Nascente Olho D'água, é realmente incrível. Se puder fale um pouco sobre esse lugar, se é aberto a visitação. Tenho alguns relatos e estou fazendo de uma travessia do Pati que fiz com minha esposa, foi a mais incrível, com toda certeza. Forte abraço e caso queiram mais informações sobre a Chapada Diamantina, contem comigo!
  3. Pois é. Muito post fora do contexto. Aproveita o tempo pra planejamento, estudo, enfim, não é tempo de pensar em sair "por ae", principalmente para fora do país.
  4. Fala meu irmão @Ronaldo Paixão Cara, perdão. Vi sua msg quando não tinha nem mais graça. Me diga ai, conseguiu fazer a trip? como foi?
  5. Chegar ao topo de uma montanha ou se refrescar em uma cachoeira isolada na natureza é algo que todo bom aventureiro deseja. Esse é o objetivo que muitos amantes das atividades outdoor tem buscado para relaxar corpo e mente e apesar de proporcionar experiências incríveis e inesquecíveis, essa busca pode ser muito perigosa, uma vez que acidentes podem acontecer. E se, de repente, toda essa alegria virar medo ao se deparar com uma cobra venenosa? E se o pior acontecer, você for picado por essa cobra, o que fazer? Esse post irá trazer algumas respostas importantes para essas e outras perguntas, além de situações vividas por mim e alguns colegas de aventura, confere ai: - Dei de cara com uma cobra, o que fazer? - Antes de tudo, mantenha a calma. Sei que para a maioria não é tão simples assim mas não entrar em pânico e evitar movimentos bruscos são atitudes corretas para esses momentos. - Agora que conseguiu manter a calma, se afaste lentamente e procure ficar a uma distância segura e deixar que ela siga o seu caminho, na maioria das vezes é isso que vai acontecer caso a cobra não se sinta ameaçada. - Jamais toque na serpente. É melhor tratar toda cobra como venenosa e não correr esse risco desnecessário. Independentemente de conter veneno, uma picada pode ser muito dolorosa e gerar infecção. - Fiz tudo isso e a cobra continua no mesmo lugar, e agora? - Em nenhuma hipótese provoque a serpente jogando pedras, cutucando com algum objeto ou até mesmo batendo o pé, isso irá soar como uma ameaça e pode terminar em um acidente. - Se for possível mude sua rota, faça um caminho diferente. Lembre-se, somos visitantes nesses ambientes e devemos ter o máximo de respeito. - Se o caminho for muito apertado e não tiver outra saída, terá que fazer o seguinte: - Procure um galho firme e que garanta uma distância segura e faça movimentos leves para que a cobra se desloque. Possivelmente isso irá resolver seu problema. - O pior aconteceu, fui picado, o que devo fazer? - Em primeiro lugar, mantenha a calma(mais uma vez, rsrsr). A maioria das cobras não são venenosas, portanto a chance de você ter sido picado por uma cobra não venenosa é maior do que o contrário. - Outro alívio é que, mesmo a cobra sendo venenosa, nem sempre os acidentes são letais. Não adiante entrar em desespero, isso irá complicar muito a sua situação. - Estando calmo, agora é o momento de realizar os primeiros socorros e procurar o mais rápido possível um serviço médico. Lembre-se que a vítima não pode se locomover com os próprios meios, isso fará o veneno se espalhar mais rápido. O que NÃO fazer: Não faça sucção do veneno Não faça torniquete ou garrote Não jogue pó de café, álcool ou qualquer outra substância no ferimento O que fazer: Lave o local com água e sabão Mantenha-se hidratado Procure o atendimento médico mais próximo - Se gosta de atividades outdoor, se previna, evite acidentes: - Antes de realizar qualquer atividade ao ar livre, faça um planejamento e isso inclui saber qual estabelecimento médico mais próximo e que atenda a esse tipo de acidente. - Sempre utilize equipamentos apropriados para cada situação. No caso do trekking, seguem algumas dicas: Utilize calçados fechados e calça comprida. Se for um local conhecido por ter bastante cobra, utilize botas de cano alto e calças mais resistentes; Sempre que for utilizar as mãos para se apoiar, preste muita atenção; Mantenha-se sempre alerta para possíveis encontros indesejados; Ao armar sua barraca, procure limpar ao redor. As cobras podem estar escondidas em folhas ou gravetos ou até procurar alimentos nesses lugares; Jamais deixe sua barraca aberta. Além de cobras, outros animais peçonhentos podem entrar e você não vai querer que isso aconteça. E pra finalizar esse post vou contar uma das experiências que tive com serpentes: Ao iniciar a trilha para o Vale do Pati, na chapada diamantina, subindo a serra do ramalho, me deparei com uma Cascavel e como ela estava próximo a folhas secas não a identifiquei antes de dar o último passo em sua direção, foi quando se sentiu ameaçada e quase um acidente acontece. Nesse momento procurei tomar as medidas indicadas acima. Me afastei lentamente e imediatamente a linda Cascavel seguiu o seu caminho. Foi um encontro assustador e ao mesmo tempo incrível. Foi demais poder ficar tão perto de uma cobra tão linda e ao mesmo tempo assustadora. Cada um seguiu o seu caminho e nossas histórias continuaram. E você, já teve um encontro inesperado assim? Conta ai pra gente... Gostou das dicas? Tem algo que poderia contribuir para nosso aprendizado? Vamos lá, o objetivo desse post é que os aventureiros tenham mais segurança e evitem sempre os acidentes. É curtir a natureza com maior prudência para que essa história dure muitos anos. "Da natureza nada se tira além de fotos, nada se deixa além de pegadas e nada se leva além de lembranças" Instagram - @denis.reis Segue um post sobre um tema muito intessante....
  6. Galera. Quem tiver interesse em mais informações sobre o Vale, se dar ou não pra ir sem guia. Estou a disposição. Conheço bastante o vale, tenho relatos de lá tb, caso queiram dar uma olhada ai no meu perfil. Abçsss
  7. Em Janeiro de 2017 fizemos, mais uma vez, a travessia do Vale do Pati. Em 2015 tínhamos feito essa travessia, porém saindo de Andaraí com destino ao Capão. Dessa vez decidimos fazer a rota inversa. O parceiro Rambo estava na Vila me esperando, já que ele tinha feito a trilha da Fumaça por Baixo saindo de Lençóis e eu não pude ir devido ao trabalho. Então nos encontramos na Vila no dia 08 de Janeiro, passamos a noite no Camping e logo no ínicio da manhã pegamos moto táxi para a vila do bomba. Iniciamos a trilha por volta das 8hs. Nosso primeiro ponto de parada foi no Rancho, onde almoçamos e continuamos nosso caminho até a Igrejinha, já no Vale do Pati. Passamos uma noite muito agradável naquele lugar e como sempre fomos muito bem recebidos pelo João. Pela manhã continuamos nosso caminho e a aventura foi boa demais. Fizemos um vídeo com os principais momentos dessa travessia inesquecível! Confira! "> Você pode conferir também outras aventuras em: https://www.mochileiros.com/travessia-andarai-lencois-pati-capao-em-dose-dupla-t117936.html https://www.mochileiros.com/vale-do-pati-capao-debaixo-de-muitaaa-chuvaaaa-t127573.html https://www.mochileiros.com/desbravando-as-belas-paisagens-da-chapada-diamantina-t134428.html Tire suas dúvias em: ================================== Facebook: https://facebook.com/denisreis07 Instagram: https://instagram.com/denis.reis Email: [email protected] ==================================
  8. Isso ai brother. O segredo é manter a calma e pensar no que fazer!!!
  9. A Chapada Diamantina é composta por belíssimas paisagens naturais. Tem opção pra todo gosto e todas as idades. Desde trekking's pesados até caminhadas bem leves a Chapada Diamantina oferece uma natureza extremamente renovadora. Todos os anos nosso grupo de Trekking faz uma expedição mais longa como pode ser visto nos relatos a seguir: travessia-andarai-lencois-pati-capao-em-dose-dupla-t117936.html vale-do-pati-capao-debaixo-de-muitaaa-chuvaaaa-t127573.html Nosso amigo Gildson, mais conhecido como Rambo, decidiu pegar sua motocicleta e partir em direção a Chapada sozinho. A saída ocorreu na sexta-feira por volta de meio dia seguindo pela Br 116 até Milagres e depois seguindo pela BR 242. A intenção era dormir no topo da Cachoeira da Fumaça, mas no caminho ele decidiu ficar por Lençóis e fazer a travessia até o Capão no dia seguinte. Chegando em Lençóis, ficou acampado na Pousada e Camping Lumiar onde encontrou um aventureiro chamado Nei que vinha de São Paulo, também sozinho, para conhecer as maravilhas da Chapada. Os dois conversaram, saíram pra jantar e decidiram fazer algumas trilhas juntos. Nesse mesmo dia Rambo encontrou Flor, um guia parceiro de todas as horas!!! No dia seguinte decidiram visitar a Cachoeira da Fumaça, considerada a segunda maior Cachoeira do Brasil, com seus impressionantes 380 metros de altura. Essa cachoeira recebeu esse nome porque pela altura da queda, a água evapora-se, formando um panorama visual como se fosse fumaça. É algo que realmente impressiona. Nesse mesmo dia eles decidiram voltar e subir o Morro do Pai Inácio, um dos cartões postais da Chapada Diamantina. Com 1.120 metros de altitude, o morro do Pai Inácio descortina a mais bela vista panorâmica da Chapada. São 360 graus de paisagem de tirar o fôlego. Saindo do Pai Inácio nada melhor que refrescar nas águas geladas do Rio Mucugezinho e Poço do Diabo. Após aquele banho renovador voltaram pra Lençóis. Nessa noite choveu muito na região, impossibilitando de fazer o trajeto que tinham planejado para o Domingo. Rambo decidiu então retornar pra Jequié depois de uma despedida emocionante com seu novo amigo Nei. Foi uma aventura rápida mas muito gratificante em que foi possível construir mais uma amizade que ficará marcada pra sempre. E você vai ficar parado???
  10. Olá Dinah, Vamos começar no dia 15. Vou te mandar um email com maiores detalhes!!!
  11. Brother, tem como conseguir o track da fumacinha pra mim?
  12. Olá pessoal, Estou formando um grupo para fazer a trilha do vale do pati em Setembro. Serão 5 dias, 4 noites curtindo o melhor trekking do brasil. Quem tiver interesse favor deixar o whatsapp ou email ou entrar em contato através do email [email protected] que passo maiores detalhes!!!
  13. Olá Adriana, Estou com um grupo em formação em Setembro pra o Vale do Pati. Vamos fazer o roteiro de 5 dias. Se tiver interesse me manda um email que te mando todos os detalhes. Se tiver alguma dúvida estou a disposição também. Grande abraço!!! Meu email: [email protected] Face: https://www.facebook.com/denisreis07
×
×
  • Criar Novo...