Ir para conteúdo

Diogo Silva

Membros
  • Total de itens

    32
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Bio

  • Ocupação
    Técnico em Edificações atualmente cursando Engª de Agrimensura e Cartográfica.
  1. Saindo de Pucon, acho que pra chegar em Bariloche, passar pelo menos trajeto que saindo de Puerto Montt. O onibus passar por Osorno (a cidade) e ai vai em direção a Argentina. Saindo de Puerto Montt, eu paguei 9.000 pesos (18 dolares) numa viagem de 6 horas.
  2. Eu tenho uma Trail Dust I e acabei de voltar da Patagonia, onde usei ela direto. Realmente, aqui no Brasil, ela escorrega muito em chao de pedra molhado. Tu tem que ser muito mais cuidadoso do que quando utiliza um sapato comum. Porem nas trilhas ele e otimo. Eu nao tenho grandes reclamacoes. O unico problema mesmo e que ele nao tem material impermeavel, entao quando molha, demora muito tempo pra secar. Mas se trocar a meia, mesmo com o sapato molhado, o pe fica seco. Eu inclusive fiz o circuito completo do Torres del Paine e ela foi otima. O unico problema foi quando eu atravessei
  3. Opa. Acabei de voltar da Patagonia, inclusive fazendo o circuito completo em Torres del Paine, onde eu tive que usar muito fogareiro. Eu nao tenho nenhum. Mas viajei com um grupo que conheci la mesmo (Inclusive o Roberio aqui do forum tambem tava la) e tinha dois fogareiros. Um era um MSR Whisperlight. Muito bom. Cozinhava 500ml de agua em 3 a 4 minutos. E gastava muito pouco combustivel. E a benzina blanca usada la no Chile e muito barata, 1500 o litro, o que equivale a 3 dolares. O outro era um propano butano da Doite. Tambem muito bom, mas bem inferior ao MSR. Eu REALMENTE r
  4. Tem da Doite e da NorthFace de pena de ganso. Os equipamentos da Doite no Chile sao muito baratos, entao se alguem passar por la, compra. Eu comprei o meu em Bariloche, duma marca totalmente desconhecida chamada Bajo Zero. Pra -6/-12, paguei 340 pesos, o que equivale a cerca de 117 dolares, 240 reais. E valeu a pena. Vem com fita compressora, sarcofago, pesa mais ou menos 1kg, bolso interno, mantem temperatura mesmo umido. O unico problema e que ele e meio grande e fofo, o que torna ele bem grande e dificil de guardar. Eu vi um de pena de ganso de um americano que tava no meu grupo
  5. Hahahahaha engracado como o cara pode aprender tanto em tao pouco tempo. Agora mesmo to aqui em Puerto Natales, saindo pro Torres del Paine amanha. Ja fiz muita trilha no Chile e Argentina. Vo colocar uma lista do que eu considero indispensavel pra quem for vir aqui pra Patagonia e quer fazer trekking. Anorak impermeavel. Simplesmente indispensavel. O da Trilhas e Rumos è muito bom. Barato, confortavel e bonito. Muitos gringos aqui ja elogiaram. Abrigo de Fleece. Eu so tenho um, mas acho que ter dois è uma boa. Nao precisam ser grossos, mas e bom que tenham gola alta e abertura
  6. Comprei ela por 28.900 pesos aqui no Chile. Isso equivale a 60 dolares, ou seja, entre 120 e 140 reais. E nao e bem uma barraca mesmo, tava brincando com o pessoal aqui que e um saco de dormir um pouco maior. Mas nao da nada, ela pesa 800 gramas e vou usar ela aqui em Torres del Paine. TO saindo amanha. Se ela resistir, vai passar pelo teste. Mochila eu vou deixar na barraca de um dos caras que vai comigo.
  7. Quer dizer que a Doite é uma boa marca? Vale a pena pegar uma das barracas deles? Eu encontrei a Doite Zolo por 340 pesos argentinos. Ou seja, cerca de 113 dolares, uns 230 reais. Esse modelo: http://www.elrefugio.com/webapp/commerce/command/ExecMacro/elrefugio/macros/proddisp.d2w/report?prrfnbr=136009&prmenbr=272 Vale a pena, pra usar aqui na Patagonia? Pesa 0,8kg, aguenta 5.000 de chuva, porem parece que mal cabe a mochila dentro quando tu tambem estiver. E North Face tambem? Se achar talvez compre.
  8. Poutz, acabei de comprar um saco de dormir pra 0 graus achando que ia ser suficiente pra Torres del Paine. Pelo jeito me ferrei. Vou tentar retornar ou vender pra alguem e conseguir outro. ALguem sabe uma boa marca das que rolam aqui na Argentina¨? (estou em Bariloche).
  9. Diogo Silva

    Parka DryTech

    Eu tenho um. Peguei chuva e granizo fraco com ele subindo o Otto Meiling aqui em Bariloche. Nao entrou uma gota, e isso que eu peguei 8 horas combinadas de chuva forte em 2 dias. Eu recomendo. Porem, como ja falaram, ele demora pra secar internamente. As mangas podem ficar bem molhadas se tu utilizar uma camiseta manga curta. Eu ate recomendo usar uma camiseta thermal underwear ou dryfit por baixo pra pegar o suor, e fazer com que fique seco mais rapido.
  10. Fivela pode ser um pro ou contra. No caso de usa-la pra trekking, isso pode ate ser uma vantagem, porque assim tu pode prender mais objetos. Se for usar so pra viagem, talvez nao seja uma boa.
  11. Eu tenho uma, 49 litros, o que eu considero muito pouco. Ela ja me foi muito util, mas nao è grande o suficiente pra uma viagem de muitos dias. Ela è de otima qualidade, assim como todas as mochilas da Kailash. A qualidade de acabamento realmente e otima, mas os precos nao compensam, pelo menos pra mim. E 65 litros è satisfatorio eu acho, pelo menos pra uma mulher. Eu tenho uma Trilha e Rumos de 72 litros e to sentindo falta de uns 10 litros a mais. Mas isso porque trouxe muita roupa. Infelizmente nao da pra comprar nada pra levar pra casa porque nao tem espaco.
  12. Diogo Silva

    Pucón

    Vou aproveitar e colocar mais algumas informacoes. Cotacao em Pucon ta em 500 pesos por dolar. Em Santiago tu consegue entre 515 e 522. Isso no final de fevereiro de 2006. Todas as outras cidades tambem tinham cotacao de 500 pesos por dolar. Inclusive Puerto Montt, que è a capital da X regiao. Comida em Pucon è uma merda. Nao to brincando. E cara, simples e com pouca sofisticacao. Tipo, se tu pedir um hamburguer, vem apenas o pao, a carne e uma fatia de queijo. Isso por 2500 pesos. Se tu quiser maionese, alface, presunto ou qualquer outra coisa, tem que pagar de 300 a 500 pesos. Ou
  13. Diogo Silva

    Pucón

    Da pra fazer Rafting e Trekking em Pucon sim. EU fiz o rafting pela Trancura. Foi OK, mas hoje eu nao faria com eles. Deu alguns problemas, como demora, e o onibus que estragou na volta (causando mais demora). Faz o Alto, è muito show. Custa 18.000 pesos mais ou menos. Treking tem no parque Heurqueue ou coisa parecida. Fica a uma distancia razoavel da cidade, entao nao da pra ir a pe. E possivel pegar um onibus pela JAC que leva em 4 horarios todos os dias, e custa 3.000 pesos. Se tu nao quiser ou perder os onibus, pode pegar um minibus local ate a base da montanha. O minibus l
  14. Diogo Silva

    Pucón

    Flavio, pelo que eu li, a epoca mais chuvosa em Pucon è exatamente entre o meio do ano e fim do mesmo. Eu to aqui em Pucon agora mesmo, e o clima ta otimo, sem previsao de chuva. Alem disso, cheguei aqui no Chile dia 20 e nao peguei nenhuma chuva, incluindo Santiago. Bom, ja vou aproveitar pra relatar um pouco do que eu fiz, espero que ajude voces: Cheguei dia 20, peguei um voo da Varig as 6:30 da manha, fiz escala em Guarulhos, e cheguei perto das 1 da tarde. De Guarulhos ate Santiago é mais ou menos 3:40 de viagem. Paguei 1076 reais ida e volta, saindo de POA. O voo da noite tava 180
  15. Quais são as principais atrações? O que tu recomenda, fora o que já é conhecido? E da pra ficar na tua casa? Brincadeira
×
×
  • Criar Novo...