Ir para conteúdo

Tatiana Germuzesque

Membros
  • Total de itens

    96
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Tatiana Germuzesque postou

  1. Oi gente, tudo bem? Eu e meu marido estamos pensando em ir esse ano para Arraial do Cabo, vamos de carro saindo de Curitiba no dia 25 ou 26/12, ficar lá até o dia 31/12 e passar o Ano Novo no Rio de Janeiro. Alguém da região sabe me dizer como é o trânsito Rio/Arraial e Arraial/Rio nestes dias? É muito congestionado para ir de uma cidade a outra? Qual é o melhor horário para fazer essa travessia, de madrugada? Sei que é tudo lotado, mas só conseguiremos pegar férias nessa época do ano. Obrigada!
  2. Oi Anne! Que legal! Vão conhecer muitos lugares incríveis! Respondendo suas perguntas: 1. Com relação ao cambio, se é mais adequado fazermos aos poucos, ou nas cidades de fronteira? Cambio em fronteira e em cidades turísticas pequenas é sempre mais caro! Troque somente aquilo que achar necessário para comer, abastecer e pedágio, deixe para trocar em cidades maiores. Na Argentina acho que vai achar o melhor preço em Jujuy, já no Chile fique atenta, pois depois da fronteira com a Argentina a primeira cidade será SPA, então, precisa abastecer e/ou comer em Susques, última cidade argen
  3. Oi Anne! Que legal! Vão conhecer muitos lugares incríveis! Respondendo suas perguntas: 1. Com relação ao cambio, se é mais adequado fazermos aos poucos, ou nas cidades de fronteira? Cambio em fronteira e em cidades turísticas pequenas é sempre mais caro! Troque somente aquilo que achar necessário para comer, abastecer e pedágio, deixe para trocar em cidades maiores. Na Argentina acho que vai achar o melhor preço em Jujuy, já no Chile fique atenta, pois depois da fronteira com a Argentina a primeira cidade será SPA, então, precisa abastecer e/ou comer em Susques, última cidade argen
  4. Olha, difícil viu!!! Tudo vai depender da grana que tem, porque pelo que pesquisei até agora acho que para a Europa o valor fica maior do que para a América do Sul. Mas independente da escolha não tenho dúvida que será uma viagem incrível, ambos possuem lugares maravilhosos, haha! Já montaram o roteiro para a Europa??? Eu estou com o roteiro praticamente pronto, só esperando ter dindin pra ir, hahahaha!
  5. Oi Jackson! Acho que vale a pena sim! Rosário é uma cidade linda e você consegue visitar os principais pontos turísticos em apenas uma tarde (ficamos uma tarde e uma noite nessa cidade também!). Pessoalmente eu preferi muito mais Rosário do que Córdova, essa já é uma cidade maior e mais universitária, boa para quem quer balada, o que não foi o nosso caso. Rosário já conta com mais pontos turísticos, é menor e mais simples, particularmente acho que vale mais a pena. 870 km é puxado, mas dá pra fazer em um dia, fizemos essa distância algumas vezes, eu recomendo a troca!
  6. Oi Renato, tudo bem? Faça, você vai adorar! Quando você diz que quer ir para a Argentina e atravessar a cordilheira, você diz de Mendoza para Santiago? Porque de SP acredito que o melhor caminho seja indo para Foz do Iguaçu, entrando na Argentina (contornando o Paraguai, porque fiquei sabendo que não vale a pena passar por lá) para atravessar a cordilheira depois de Salta, está pensando em ir por onde? Se quiser ir pelo Sul, entrando na Argentina pelo Uruguai ou RS, acho melhor pegar a 116 até Curitiba e depois pegar a 376, que vira SC 101, pra chegar até Porto Alegre vale muito mais a
  7. Oi Renato, tudo bem? Faça, você vai adorar! Quando você diz que quer ir para a Argentina e atravessar a cordilheira, você diz de Mendoza para Santiago? Porque de SP acredito que o melhor caminho seja indo para Foz do Iguaçu, entrando na Argentina (contornando o Paraguai, porque fiquei sabendo que não vale a pena passar por lá) para atravessar a cordilheira depois de Salta, está pensando em ir por onde? Se quiser ir pelo Sul, entrando na Argentina pelo Uruguai ou RS, acho melhor pegar a 116 até Curitiba e depois pegar a 376, que vira SC 101, pra chegar até Porto Alegre vale muito mais a
  8. Olá, tudo bem? Recomendo muito fazer essa viagem, você não vai se arrepender! O nosso carro é flex sim e não tivemos nenhum problema, acho até que fez uma média melhor que o normal, chegando até a 18km/l, lembrando que ele é 1.6 (claro que sem pisar muito). Só não rola ir com carro a álcool porque nesses países só existe gasolina
  9. Olá, tudo bem? Nossa, até Ushuaia deve ser lindo também, adoraria fazer esse trecho um dia! Então, o cambão compramos no Mercado Livre, vou ver com o meu marido se consigo o link do vendedor e te passo! Kit de primeiros socorros montamos em casa mesmo
  10. Oi Alisson, por Montevidéu fica bem mais fácil, apesar de que o caminho de Porto Alegre até o Chuy é lindo, mas fica para uma próxima. As estradas são ótimas e as cidades são próximas (no máximo uns 250 km). Não sei como funciona o aluguel de carros lá, mas se for aqui você pode pegar os itens que tem preferência (exemplo ar condicionado, GPS, cadeirinha) e vai pagando um valor maior por isso. Eu também estou esperando o dólar baixar, hahaha! Mas quando fui até que o real tava com um preço legal, não precisa levar dólar não, tá? Em Montevidéu tem muito restaurante que aceita real e o câmbi
  11. Oi Alisson, tudo bem?? Que fofa, essa vai ser mochileira, desde cedo já viajando, hahaha! Vocês vão adorar conhecer o Uruguai!! Tá, mas você vai até qual aeroporto, Porto Alegre ou de Montevidéu mesmo??? Se for Porto Alegre tem que ver se pode sair do país com carro alugado. Quanto à dirigir no país é muito tranquilo e essas cidades que pretende ir são bem próximas uma da outra. De Montevidéu até Punta dá umas 2 horas de carro, bem susse, de Montevidéu a Colônia também, mas Colônia e Punta ficam em sentidos opostos, um a leste e outro à oeste da capital. O tempo em cada cidade
  12. Oi Samuel, tudo bem? Todo mundo que fala que quer fazer uma viagem dessas eu sempre digo a mesma coisa: faça mesmo! É uma viagem inesquecível que vale muuuito a pena, depois que você faz a primeira viagem de carro quer fazer todas as outras, hahaha! Para entrar na Argentina você precisa de cambão e carta verde, isso é realmente necessário e sem isso provavelmente você vai ficar na estrada se for pego. O kit de primeiros socorros confesso que fiquei muito na dúvida quando estava pesquisando antes de viajar, alguns diziam que precisava outros que não, de qualquer modo, como precisávamos
  13. Bom dia Daiana, tudo bem? Levamos dois GPSs, um da Foston e outro da Multisaler, ambos simples que utilizam o Igo. Atualizamos os dois com os mapas que compramos pelo Mercado Livre: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-694363649-mapas-gps-igo-primo-amigo-america-do-sul-brasil-radar-_JM Este é um ótimo negócio porque custa R$ 10,00 todos os mapas da América do Sul e é difícil encontrar mapas que funcionem bem. Como o meu marido é técnico em informática, ele instalou o Igo Amigo, que é mais simples, no GPS da Foston e o Igo Primo no Multilaser e carregou os mapas do Uruguai,
  14. Oi! eu de volta rs Qual o valor que você pagou pelo tour às lagunas lickan antay? Sei que a entrada é $5.000, mas e o tour na agência? Oi Camylla, desculpe a demora! O tour separado era esse - Lagunas Lickan Antay (das 15h às 20h, parada na Laguna e no mirante Lickan Antay, incluso lanche no final da tarde): $ 18.000 por pessoa + entrada Lagunas Lickan Antay $ 5.000 por pessoa Mas como éramos em três e pegamos todos os passeios com eles, ganhamos um desconto, hehe!
  15. Oi Jackson! Que delícia, quase dois meses de viagem! Muito bom! Você vai ficar alguns dias em Corrientes e Resistência? É que lá uma cidade é ao lado da outra e, pelo menos pelo meu ver, não são muito turísticas, então aconselho não passar muitos dias por lá. De Santiago vai voltar direto para Buenos Aires ou vai passar por alguma cidade? Quanto a gasolina, fez sim, pois a média máxima na estrada aqui no brasil na gasolina é de 16 km por litro, na Argentina o carro chegou a fazer 18 km por litro, já no Chile não lembramos. Como não abastecemos no Uruguai, não vou poder te dizer
  16. 15/01 Era o dia de retornarmos para Curitiba, mas como a chuva nos desanimou no dia anterior, acordamos bem cedo e fomos visitar Itaipu. A usina fica do outro lado da cidade, na direção totalmente oposta do parque. Deixamos o carro no estacionamento, já com tudo arrumado para pegar a estrada, pagamos a entrada e fizemos o tour simples. Primeiro você assiste a um vídeo sobre a história de Itaipu e depois um ônibus leva os turistas até o centro de usinagem, passando por diversos pontos, como em cima do vertedouro e ao lado da represa. Neste tour não é possível entrar na usina, mas se tiv
  17. 14/01 Acordamos um pouco mais tarde neste dia e fomos para as Cataratas do Iguaçu. É muito fácil chegar lá de carro, só seguir a Avenida das Cataratas sentido Argentina, passar a entrada para a fronteira e seguir reto! Na frente das Cataratas tem o Parque das Aves, é só atravessar a rua. Optamos por visitar as Cataratas primeiro. Deixamos o carro no estacionamento, compramos as entradas e, como o hotel não tinha café da manhã, tomamos o café por lá (caro, não aconselho, haha). O parque é lindo e muuuito bem cuidado, atendimento, limpeza, conservação, ônibus, tudo muito impecável. Pegam
  18. Olá! Na verdade levamos galões de gasolina próprios. Aqui no Brasil é permitido levar desde que seja nestes galões próprios para combustível (e não garrafa pet!). Não tivemos problema em nenhuma fronteira, na Argentina e no Chile inclusive falamos que estávamos levando os galões e não fizeram nenhuma restrição quanto a isso! Obrigado pela resposta. Você teria uma foto do tipo de galão que você usou? Só para que eu possa me basear Oie, não tenho. Mas eu sei que os galões são comercializados em alguns postos. É mais ou menos como o da foto no link: http://seuposto.com/bomb
  19. Olá! Na verdade levamos galões de gasolina próprios. Aqui no Brasil é permitido levar desde que seja nestes galões próprios para combustível (e não garrafa pet!). Não tivemos problema em nenhuma fronteira, na Argentina e no Chile inclusive falamos que estávamos levando os galões e não fizeram nenhuma restrição quanto a isso!
  20. 13/01 Acordamos cedo e tomamos um belo café da manhã no hotel. Quando acordamos, percebemos que tinham MUITOS brasileiros hospedados no hotel e pela cidade, a maioria indo ou voltando de SPA. A cidade é relativamente grande e é um bom ponto para parar para comer, dormir e descansar. Do outro lado do Rio Paraná fica Corrientes, outra cidade grande, maior que Resistência, e que também é ponto de parada para os viajantes de carro. Fomos abastecer, mas ainda tínhamos os dois galões de gasolina que levávamos ainda no porta-malas. Paramos em um posto e demos um jeito de fazer os 10 litro
  21. 12/01 Acordamos cedo, tomamos café e partimos novamente para a estrada em direção à Resistência, nossa próxima parada antes do Brasil. Abastecemos antes de sair e seguimos viagem. Como não conhecemos a cidade de Salta, não podemos dizer se vale a pena ou não ficar uns dias por lá. A estrada até Resistência é longa e cansativa, parte dupla, parte simples, esta bem ruim e esburacada, com várias obras e com muito mato ao redor. Nessa região pegamos vários quilômetros de nuvens de borboletas, matamos milhares. Mas o pior mesmo era o calor! Senhor, que calor infernal, nunca tinha estado em
×
×
  • Criar Novo...