Ir para conteúdo

FelipeMendes

Membros
  • Total de itens

    24
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

FelipeMendes venceu a última vez em Setembro 17 2018

FelipeMendes tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

14 Boa

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Em duas semanas você não consegue fazer tudo isso de maneira satisfatória. O que recomendo é você escolher entre Portugal + Espanha ou Portugal + Paris e Londres. E, como outros colegas de fórum já falaram, não deixe para voltar a Lisboa no dia do seu retorno ao Brasil. Programe-se para dormir pelo menos uma noite lá antes de voltar (o ideal seria duas), isso diminui a chance de imprevisto, perda de voo e tal.
  2. Dia 4 - passeios Valle Sur e City Tour Retomando a questão dos passeios contratados: a grande diferença, no fim das contas, é relativa ao preço, pois as agências trabalham juntas - isto é: eles se organizam para encher ônibus e vans e otimizar os passeios, independente de qual agência você contratou. Com isso, é certo que há pessoas na mesma van que pagaram preços bem diferentes. Mais uma vez: a Mapis, se não é a mais barata, está bem perto disso. Vista da janela de nosso quarto no hotel Casona Quera. O solzinho engana: tava 3 graus nessa hora. Mas durante o dia esquenta
  3. Dia 1º - chegada a Lima Partimos de São Paulo bem cedo. O voo estava marcado para 7h40, mas atrasou bastante. Embora tenhamos embarcado no horário correto, ficamos dentro do avião por muito tempo "esperando a chegada de um documento", segundo o capitão. Depois disso, voo tranquilo. Tomamos o café (minha esposa pediu refeição vegetariana - o procedimento é feito por telefone com antecedência - e foi atendida, apesar de o atendente dizer que não conseguiria) e dormimos - afinal, tínhamos madrugado. Depois que acordamos, pedimos petiscos e bebidas pois, afinal, estávamos na classe executiva
  4. Salve, pessoal! Segue um relato de uma viagem breve que eu e minha esposa fizemos ao Peru agora na primeira semana de setembro, aproveitando uns dias livres que conseguimos. Foi tudo decidido muito rápido, mas acho que funcionou bem, pois pegamos dicas de amigos que tinham ido e que nos ajudaram bastante a decidir o que fazer. Passagens Compramos as passagens no Submarino Viagens por pouco mais de R$ 1.500 por pessoa, com exatamente um mês de antecedência (compra em 1º de agosto, início da viagem em 1º de setembro). Em outros dias e horários conseguiríamos preços um pouco melhores - nã
  5. Que honra! hahahaha! Espero que curta. Eu estive no Japão também, é outro mundo, né? Mas a África do Sul também é fascinante.
  6. @Juliana Champi que bom que gostou! Se voltasse, acho que faria 3 dias de safári: dois de dia inteiro, um noturno. Mais que isso acho que seria cansativo e um pouco repetitivo. Boas viagens!
  7. Pra resumir: estivemos em três lugares totalmente diferentes entre si e os três são fascinantes, cada um por sua razão. História, clima litorâneo e natureza plena: a África do Sul é sensacional. E há muito mais coisas a ver por lá. Uma viagem de 10 dias, como a que fizemos, serve só para dar um gosto. Há "perrengues", sim, mas nada que nós brasileiros não estejamos acostumados. Lembro de ter lido aqui mesmo no Mochileiros (não salvei a mensagem, infelizmente) algo como "a África do Sul não é a verdadeira África, mas é uma boa introdução". De fato, não acredito que vá encontrar lugares tão
  8. Dia 9: 27 de março - Kruger Park e Joanesburgo Relendo, vi que o post anterior pode ter deixado a impressão de que o segundo dia de safari não foi tão interessante. Não foi o caso. Ficamos fascinados. Vimos dezenas de espécies de animais, a cada momento era uma surpresa diferente. Porém, a impressão de que poderia ter sido melhor veio com o safari do dia seguinte, o último que passamos no Kruger. Mais uma vez acordamos antes das 5h. O café da manhã já estava separado no restaurante do hotel. O carro chegou no momento combinado. Desta vez era um guia muito mais experiente (não sei se e
  9. Sobre o safari: depois de muita pesquisa minha esposa encontrou um pacote que parecia muito interessante na empresa Siyabona Africa, incluindo safaris, transfer e hospedagens a um preço médio de 150 dólares por pessoa por dia. Entramos em contato com eles e fomos atendidos desde o início pelo Dale Geldenhuys ([email protected]), que fez várias sugestões e adaptou as hipóteses de acordo com nossa disponibilidade e nossos desejos. Ele chegou a oferecer, por exemplo, uma atividade de contato com elefantes (e passeios nas costas deles) que, por razões éticas, recusamos (recuse você tamb
  10. Dia 5: 23 de março - Cidade do Cabo Ainda no Brasil reservamos o passeio de dia inteiro com a Baz Bus ao Cabo da Boa Esperança (aqui: http://www.bazbus.com/tickettype.html?rid=17). Foi excelente. Eles marcaram de nos buscar num hostel que fica a poucos metros da casa do AirBnb e atrasaram um pouco. O pessoal do hostel, percebendo o atraso, nos ajudou e ligou pra eles, que disseram que estavam chegando em alguns minutos. Enfim, tudo muito tranquilo e seguro. Ah, pagamos no próprio dia, em dinheiro (poderíamos ter feito o pagamento antecipado por cartão, mas preferimos assim, até por não con
  11. Spoiler: de todas as cidades que já visitei até hoje, acho que a Cidade do Cabo é a mais bonita. A comparação com o Rio é bastante plausível, mas Cape Town é mais bem cuidada e com mais clima de litoral. Vou tentar ser mais sucinto nos próximos relatos sobre os dias, vi que escrevi demais nos anteriores. Pois bem, falando sobre a hospedagem na Cidade do Cabo. Foi a primeira vez que ficamos em um local reservado pelo AirBnb. A cidade é muito turística e as hospedagens tradicionais estavam caras, por isso resolvemos "arriscar". Foi ótimo. Ficamos nesta casa. É a residência de duas senhor
  12. Dia 1: 19 de março - Joanesburgo Partimos de São Paulo no sábado, 18 de março. O voo vem do Rio antes de ir pra Luanda. Sem problemas no embarque, assim como no voo. Servem o jantar pouco depois que parte de Guarulhos e o café da manhã pouco antes de chegar a Luanda. A conexão é meio confusa, assim como a TAAG. O aeroporto é pequeno e quente e tem mosquitos - ou seja, leve seu repelente na mala de mão. Esqueci de relatar no post anterior, mas é necessário ter cartão de vacinação comprovando imunização contra febre amarela dentro da validade. Sem ele você não embarca (e eles voltam a pedir
  13. Caras e caros, este é meu segundo relato aqui no Mochileiros (o primeiro foi este, de viagem ao Japão e à Coreia do Sul). Aos poucos vou pagando a dívida de gratidão com este fórum incrível que já quebrou tantos galhos e evitou muitas furadas. Passamos, minha esposa e eu, uma semana e meia na África do Sul em março de 2017, e é este o relato. Neste primeiro post vou falar detalhes de nossa preparação. Nos seguintes relato a viagem em si. Dia nascendo no Kruger Park Antes da viagem Nossa ideia era ir para a Índia neste ano, mas, assim como centenas de outras pessoas que passam e p
  14. Salve, Diego! Como você fez os deslocamentos entre as cidades? Vou passar 9 dias inteiros na África do Sul, com ida e volta de Joanesburgo. Penso em fazer um roteiro muito parecido com o seu, mas estou em dúvida sobre o que fazer. Muita gente fala pra pegar o avião em Jo'burg pra Skukuza, mas eu estou tentado a arriscar fazer de carro ou pegar um transfer de ônibus. Pra Cidade do Cabo eu vou e volto de avião, naturalmente. Obrigado!
  15. Olá! Não troquei no Brasil. Tinha cogitado trocar Iene por Won na Coreia, mas acabei não fazendo isso por que gastamos mais que imaginávamos no Japão (tivemos de pagar uma noite de hospedagem em cash) e não teríamos o suficiente pra essa troca. Por isso, sacamos em caixas eletrônicos em Seul. Basta liberar o cartão no banco antes de embarcar (mas só conseguimos sacar lá em ATMs de agências bancárias, não conseguimos sacar nas "independentes" dentro de loja ou na rua). Abraços!
×
×
  • Criar Novo...