Ir para conteúdo
Mochileiros.com

chinaf

Membros de Honra
  • Total de itens

    1.662
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre chinaf

Outras informações

  • Ocupação
    professor
  • Localização
  1. VIAJAR PELOS OCEANOS EM NAVIOS CARGUEIROS

    Olá Kamilla &o Rafael, boa noite ! Só para não ficar sem o link aqui tem mais informações sobre envio da América do Sul para a Europa. Tem de motos, por avião ou por navio O site e em inglês, mas dá para usar o Google tradutor se precisar http://www.horizonsunlimited.com/get-ready/shipping?from=&from_continent=south%20america&to=&to_continent=europe&recommended=All&show_map=1&order_by=0&from_coords_lng=999999&from_coords_lat=999999&from_type=continent&to_coords_lng=999999&to_coords_lat=999999&to_type=continent Espero que ajude também. Além disso aqui tem um blog de um casal que foi com as motos para a Europa e eles contaram à rotina e os preços pagos. http://www.smboilerworks.com/five-weeks-on-a-cargo-freighter-across-the-atlantic-ocean/ Enfim, espero que as informações ajudem. Abraços e bons planejamentos
  2. VIAJAR PELOS OCEANOS EM NAVIOS CARGUEIROS

    Olá Kamila & Rafael, bom dia !! Não querendo responder pela Sônia, que tem contribuído muito com esse tópico. Mas dando uma dica, vou postar um link de um blog de um pessoal que fez esse envio por Montevideo. link http://dare2go.com/getting-a-vehicle-through-customs-and-out-of-port-in-montevideo-uruguay/ Tem várias informações que podem ajudar. Eu acompanho blogs com o envio de motos para a Europa em navios cargueiros, e sim há uma taxa, e tem condições, você tem que ir embarcado no navio para ter direito de enviar o veículo. Vou comentar abaixo sobre o que mais pesquiso que é o envio de motos : Os preços não são vantajosos com relação a envio da moto por avião, tendo em vista que vc passará algumas semanas no navio cargueiro e isso tem um custo, como a Sónia explicou e posso confirmar com as informações que obtive em vários outros blogs. A grande vantagem no caso para motos, é que dependendo do Porto que você fizer o desembarque não haverá nenhuma taxa para o desembaraço aduaneiro, o que não acontece com o envio via avião. Mas, moto é mais fácil, pois ê pequena e vai em aviões.... para carros, imagino que seja muito mais fácil enviar por navio, já vi algumas fotos, inclusive no ótimo livro do Paulo Rollo e seu Santana na África, mas muito lá atrás, não sei nem se hoje seja possível. O link do blog que postei acima, tem várias informações úteis que podem te ajudar no seu planejamento. Uma outra sugestão que o pessoal do fórum HorizonsUnlimited indica é conversar com um casal de Buenos Aires que lida com isso para quem envia motos, não custará nada para eles te passar a informação para carros, já que muitos europeus acabam vindo com seus carros para cá é uma hora acabam voltando. O nome deles é Javier e a Sandra e o site deles é esse http://www.dakarmotos.com Mas, eles são indicados para motos, mas como são sempre prestativos provavelmente podem te indicar os passos para carros. No mais boa sorte com as informações e vão postando o que conseguirem ir além do que postei. Abraços, P.s.: um cara que tem postado os vídeos sobre uma viagem pelo mundo em carro, é o Jorge Sierra do Canal Naranjito y Yo e ele enviou o 2CV 1979 dele em contaniers sempre que precisava..... Se pesquisarem no YouTube poderão ver esses vídeos, mas ele não postou muitas informações dos custos.....
  3. casal ou sozinho ?

    heheheheheeheh para não falarem que só posto vídeos de outros países.... segue um vídeo de um casal brasileiro que pude assistir uma palestra deles uma vez: Link direto: hehehehehhe enfim parece que em algum momento alguém teve que ir no caminhão heheheheheeh do lado de fora heheheheheheeheh Se alguém quiser o link dos relatos desse casal dêem uma olhada nesse site: http://www.dwq.com.br/ Abraços. P.s.: Corrigi alguma coisa do português, tava sofrível..... nada como um teclado de notebook ao invés de teclado virtual com "descorretor" ortográfico.....heheheheheheheheehehheheehehhe
  4. casal ou sozinho ?

    Esse outro vídeo é mais longo e uma viagem mais curta, mas é bem bacana também : Link: Mostra o nosso "quintal" e que nem sempre dá para ver tudo o que se quer, mas muitas vezes dá para curtir a viagem e ficar com gostinho de "quero mais", aliás é até um pouquinho diferente da viagem do Around Gaia, pois em alguns trechos a garupa guia a moto (se você reparar bem heheheheheh). Aqui um outro casal que acompanhei a viagem deles até que chegaram na Espanha. Link direto: Mas tem outros casais que infelizmente só tenho as fotos e os relatos, os vídeos (que é o que atualmente o pessoal gosta mais de ver, eles não postaram). Enfim, espero que o tópico seja útil. Não sei que bagagem cada um deve levar e nem como fazer caber tudo heheheheheheheeh (já imaginando o que alguém pode querer saber...heheheheheh quando entra nesse tópico) isso é totalmente de vocês.... heheheheeheheheheheheh e aí não adianta um tópico só para isso, deveria haver um fórum só sobre isso heheheehehheheheheh Abraços,
  5. casal ou sozinho ?

    Link direto: Pois é..... Enfim, se você está morto de inveja, como eu estou da viagem deles, saiba que existem outros casais que também fizeram viagens fantásticas...... Saiba que existem coisas que você fará e que outras que a sua(eu) parceira (o) fará, nesse vídeo dá para ver claramente o que cada um faz na viagem deles: link direto: Apesar do que você leu desde o início desse tópico, do cansaço, das dores, da visão de um capacete quase o tempo todo hehehehehe..... Portanto se você tem dúvidas se vai levar ou não sua(eu) parceira(o) leia os vários relatos na internet que ainda são poucos, mas são mais que antigamente e veja os vídeos que não existiam antigamente.... e ai tome a decisão com sua parceira.... viajar de moto é mágico, fantástico e sinceramente para mim não há outro veículo no mundo, até hoje, que seja tão bacana para viajar, parece que viagem e moto nasceram um para o outro, mas..... tem pessoas e pessoas e isso é que nos faz tão ricos, a nossa diversidade.
  6. casal ou sozinho ?

    E você vai ver o vídeo e pensar, ah imagina minha moto fantástica sobe isso aí sem problema algum, e eu sou ótimo na moto, o cara é que não sabe andar de moto.... ele é um p... bração.... subo esses lugares ai com garupa sem nem parar ..... Bom então acho que você deve parar de ler aqui, respeito totalmente sua opinião, mas se você é esse cara então confesso que o meu humilde tópico não vai te ajudar em nada..... certamente .... Se você ao contrário, suspeitava disso e começou a entender o que pode acontecer contigo em uma viagem de moto saiba que isso é comum em uma grande viagem de moto. Quando comecei a ler relatos de viagem para planejar as minhas viagens, a internet ainda engatinhava nessa área, eram raros ou nem havia vídeos e muitas imagens ficavam por conta dos poucos viajantes que tinham tido a coragem (para não falar da paciência ou aquela palavra que começa com s.... e termina com aco heheheheheeheh) de contar como foi a viagem deles e o que deu certo e o que não foi tão bom assim. Em poucos relatos ou seja um ou outro contavam com casais viajando longas distâncias de moto. Pois bem, isso se multiplicou nas vezes que encontrávamos os mesmos motoviajantes nas estradas, raros eram os que iam com a esposa, por "n" motivos. Então se você planeja uma viagem com sua(eu) parceira (o) de moto saiba que isso aí é uma pequena amostra de como é para a pessoa que vai na garupa. E viajar de moto é mágico, como você imagina, mas é duro, como você irá saber. Se viaja muito tempo, verá que tem dias que você estará cansado, tem dias que a (o) parceira(o) estará cansada (o) e você terá que saber dosar o que fazer. Isso sem falar nos tombos.... lembre-se dos dois tipos de motociclista/motoqueiro. Uma ideia que tivemos logo na primeira grande viagem, foi desencanar de "focar" no destino, pois para nós ele foi "demorando" a chegar... e ai criava uma ansiedade desnecessária, deixávamos de curtir o momento, somente focando em ver o que tínhamos programado e voltar a rodar para chegar no lugar que estávamos planejando. Então começamos a "focar" só nos próximos destinos ou nos próximos 3 dias.... e lá ver como estávamos para reavaliar o que fazer no próximo dia, você vai conseguir manter muitas vezes o seu planejamento(se ele for planejado na realidade, km em alguns lugares é mero detalhe, às vezes tempo é mais importante, como você deve ter visto no vídeo do Charly Sinewan), enfim a simples mudança, do destino final para o que vamos fazer nos próximos dias, diminuiu a ansiedade e nos fez curtir o momento...... Um casal que tinha postado um vídeo no tópico que foi apagado era o do Around Gaia (o Manu e a Ivana). E eles tem uma viagem de causar inveja em muitas pessoas, inclusive, sobretudo e com certeza, eu.....heheheheeheheh, pois estão rodando já tem alguns anos (na verdade chegaram essa semana no objetivo final da viagem que era chegar na Espanha de volta em Sevilha, onde escolheram partir, passando enfim por todos os continentes, exceto a Antártica (ou Antártida) ...... Mas, tem horas que é duro para um, tem horas que é duro para outro e é importante saber ouvir o outro, entender e escolher junto o que é melhor para a viagem e foi ótimo que eles postaram esse vídeo pois assim dá para você ter uma ideia de como é estar nessa situação, acho que esse vídeo é muito feliz para explicar como é de verdade...... Link direto: E se você não souber como lidar com a situação acima poderá perder isso aqui, que parece o mesmo vídeo, mas te deixará, assim como eu, morto de inveja: Link direto : No vídeo mostra até a situação que eles passaram no Chile quando a Ivana quebrou a perna e teve que escolher entre acompanhar o Manu da maneira que pudesse (e eu pude ler e ver isso nas publicações deles na internet) ou voltar para casa e acho que se ela não tivesse escolhido o que escolheu, eles teriam acabado a viagem em algum momento, pois para o Manu seria bem mais pesado a viagem. O Ricardo Rauen fala que ele cuida de uma parte da viagem e a Mikka cuida de outra, que quando ele viaja solo, além da falta que é natural, ele não consegue manter a mesma viagem que está acostumado, pois ela, segundo ele, é a relações públicas da viagem, consegue coisas que ele não consegue. Eu posso falar da minha pequena experiência e garanto, viajando sozinho é bem mais complicado para mim do que quando viajamos juntos(eu e d.patroa), ela faz a parte dela e eu faço a minha parte e até a moto faz a parte dela também.... heheheheheheheheheeheh O casal do Around Gaia postou um novo vídeo tem pouquíssimas semanas (que não estava lá no outro tópico então vou postar aqui).
  7. casal ou sozinho ?

    Olá a todos, tudo bem ? Vi que um tópico que passei sugestões sobre como planejar uma viagem de moto foi apagado, não sei se pelo autor ou se foi algum problema do fórum, então resolvi postar aqui em um tópico único e se servir para ajudar no seu planejamento já valeu a pena, já que tópico apagado é tempo perdido para quem escreveu e para quem perguntou (já que terá que ler e depois não vai ter mais a fonte da informação). Uma coisa importante esse tópico não é um guia, não é para ser encarado dessa forma, são coisas que passei e que na minha mínima e pouca experiência funcionaram ou foram melhorando com o passar do tempo. Também não é para aquele cara que quer a resposta pronta com garantia de sucesso, felizmente o mundo é cheio de surpresas e cada pessoa é de um jeito (por mais que as novas gerações achem que todos somos isso ou aquilo, Fla ou Flu, etc nós somos bem diferentes uns dos outros e se você ainda não percebeu ou entendeu isso, será uma pena para você pois perderá a oportunidade de ver o quanto rico e diversificado é o mundo, mas ei a leitura e o tempo é só seu, se vai valer a pena ou não é com você, não é comigo). Enfim, você chegou até aqui e foi avisado, como último aviso se não concorda não tem problema, sua opinião se for respeitosa vale para os outros, se não for, não tem problema, cada um poderá ler e tirar suas próprias conclusões ok ? Então o primeiro segredo para se fazer uma viagem de moto com casal é saber se vocês querem fazer essa viagem e se é de moto mesmo. Uma viagem de moto é mais cansativa que uma de carro, dependendo do modelo de moto que você for viajar mais gastona (tem motos que não chegam a fazer nem 11 km/l basta pesquisar, aliás isso é assunto para outro tópico mas lhe garanto o consumo de motos em função dos modelos existentes é tão diverso quanto você possa imaginar, um pneu de moto por exemplo dura pouco se comparado com o de um carro e o preço é equivalente, se pensarmos em carros simples, mas o assunto pneu é melhor deixar para outro tópico), há o problema do clima (que aliás o Ted Simon fala algo assim, viajar de moto é mais interessante, pois você vivencia tudo que está ao seu redor, o clima, se chove, você se molha, se faz sol você passa calor, se pega frio, você se congela e também por ser um veículo tão "desprotegido" te aproxima também das pessoas, ela consegue te enxergar e muitas vezes conseguem ver o seu sorriso ou seus sinais de cansaço, e isso aproxima as pessoas), e também já te aviso, tem um ditado que diz assim, só existem dois tipos de motociclistas/motoqueiros (essa definição por si só já vale um tópico de várias páginas heheheheehh) os que vão cair e os que já caíram (e isso é a mais pura verdade, moto um dia cai com você junto, muitas vezes, ta aí o Dakar para provar, vários e vários tombos, dos melhores pilotos profissionais, ou quase, que existem competindo e muitas vezes caindo nos vários trechos) e o mais importante para o garupa é uma viagem completamente diferente de quem está guiando a moto (se você estiver guiando a moto verá todo o mundo a frente, sem vidros e cantos do carro, sentirá o vento no rosto, curtirá aquele momento mágico de final de dia ou aquela cena incrível de algo que você só viu pq estava na sua frente ou passando perto) para quem está na garupa (o mundo de quem vai na garupa dependendo do modelo da moto e da altura de quem guia, será ver um capacete o tempo todo quando olhar para frente........) Link direto: dá para ter uma ideia de como é olhando esse vídeo do blogueiro Majes de Moto e que fez um capítulo só para explicar como é para a namorada dele andar de moto (a Majesina) infelizmente está em espanhol, mas as imagens ajudam a entender qual é a visão dela na moto. Então você viu que a visão do garupa não é nada parecida com a sua (novamente haverá casos que é exatamente o oposto pela combinação moto x altura de quem está guiando a moto, mas em geral é mais ou menos o que o vídeo mostra). Além disso quem está guiando a moto tem outros "privilégios" que devem ser levados em conta, a sua posição é muitas vezes melhor que a do garupa com raras exceções que novamente dependem das motos. Você em geral terá não só o apoio das pedaleiras, mais o do tanque, mais o do guidão para suportar o seu peso, poderá e estará habituado a se movimentar para esticar as pernas ou mesmo "levantar" para desamassar a "b..." quando ela estiver quadrada e ainda fará as curvas de maneira muito mais confortável que quem estiver na garupa. A garupa tem aquele espaço curto entre você e sua bagagem, se tiver bauletos laterais (que você vai querer um dia se começar a viajar de moto com frequência e para lugares mais distantes normalmente levando mais bagagem do que vai usar.... regra universal.....) será até pior e terá que se conformar com a vista já mencionada acima...... E em muitas ocasiões você terá que pedir para ela descer da moto para você passar aquele trecho que é uma combinação de tombo com a compra de um terreno.... mesmo nas motos tidas como as mais preparadas para esses lugares (outro coisa que nem sempre é o que parece.... ) e ela apesar de tudo o que foi dito acima, muitas vezes com dores nas pernas, joelhos, "b...." terá que descer e andar o trecho todo a pé e depois subir novamente em um lugar muitas vezes apertado e sem apoio além da pedaleira do garupa.... com você ás vezes cansado tentando segurar a moto para ela subir. pois bem, se você não consegue visualizar que lugares seriam esses, segue um vídeo de um canal do youtube que eu acompanho tem um bom tempo, que adoro pois desmistifica muitas coisas em relação a viagens de moto. Link direto :
  8. Dei uma pesquisada aqui em um canal do YouTube que acompanho faz um bom tempo. E vou postar um vídeo de uma tentativa de cobrar propina que ocorreu com o Pablo Imnhoff e seu irmão na Bolivia. Link direto : Vai acontecer com vocês ? Não sei, um amigo que já viajou a América do Sul toda exceto as Guianas e o Suriname, fala que não volta mais a Bolívia, ele perdeu a conta de quantas propinas foi obrigado a pagar.... já o Ricardo Rauen, fala que nunca pagou propina lá e já voltou 3 x, um detalhe é que essa viagem do Pablo foi em 2013, muitas coisas mudam de um tempo para outro. Certamente a Bolívia é um país lindo e com muitas coisas para fazer e ver, além de ser muito barato. Na minha opinião, vale a pena conhecer, mas é um país mais complicado nessa parte e que vocês devem estar cientes disso, pois pode acontecer, como pode não acontecer. Mudando de assunto, se tiver curiosidade sobre o canal do YouTube do pablo, vale muito a pena, pois ele está realizando uma volta a Argentina com uma moto bem antiga (a caprichosa) e mostra lugares que raramente estão nos roteiros mais comuns de viagem de moto.... além dele ter um cuidado bem bacana com as informações é bem detalhista também. Abraços
  9. Ola Luciano, boa noite ! Tem como fazer o caminho todo por asfalto, dependendo das cidades que você escolher conhecer, houve uma expansão das estradas asfaltados nos últimos anos. Sinceramente achei o seu planejamento de 17 dias com mais 3 de reserva muito curto, mas tudo depende do tipo de viagem que vocês forem fazer e o roteiro escolhido. Sugiro ler relatos de viagem de pessoas que foram, o Ricardo Rauen tem dois relatos de ida para lá e esteve o ano passado novamente, mas dessa vez não fez relatos. Com RG você consegue entrar nos países que pretendem viajar, mas se tiver passaporte fica a lembrança dos carimbos. As motos tem que estar com o documento no nome do viajante, se for de terceiros, dai tem uma série de trâmites que é melhor ver consulado por consulado. Na Bolívia tem um documento específico que é a declaração jurada, vale a pena ler essa página do consulado do Brasil em Santa Cruz de La Sierra, como ainda está ativa, imagino que ainda valha cada linha : http://santacruz.itamaraty.gov.br/pt-br/dirigindo_na_bolivia.xml Sobre a carteira internacional de febre amarela, vc consegue na anvisa, normalmente em aeroportos emitem. Como você não menciona o roteiro fica a dúvida por onde vai entrar, portanto não dá para falar mais coisas. Sobre o abastecimento de gasolina na Bolívia, algum tempo atrás, você conseguia abastecer a moto ou o carro usando um galão ou garrafas pets e deixando a moto ou o carro na esquina anterior aos postos.... mas claro, não funciona em 100% dos casos e muda conforme a época, ou seja, isso pode dar certo ou não dependendo do lugar que for e quando for, de acordo com a boa vontade do frentista. Na Argentina terá que fazer o seguro carta verde e eles vão pedir nas barreiras da gendarmeria próximas às cidades brasileiras, depois raramente pedem, mas cada vez que mudar de província vc será parado e pedirão os documentos pessoais e da moto. Em alguns lugares vc não poderá trafegar na pista principal é terá que ir pelas vicinais, por exemplo em corrientes ou pres Roque Saná peña, mas como não disse o roteiro não sei se passará nessas cidades, estou imaginando que sim.... No Peru pedem para apresentar o SOAP que vc em tese terá que adquirir na fronteira, mas tem relatos que pediram e outros que não pediram, de qualquer forma se passar por Juliaca fiquem atentos em geral existe, problemas de propina lá.... mas como disse anteriormente isso tem hora que aparece e tem hora que desaparece... Enfim. Bom planejamento e boas leituras, os relatos me ajudaram muito nos meus planejamentos, mas eram poucos antigamente e a internet ainda engatinhava....
  10. Fala galera, blz ? Já que o autor do tópico não participou mais do tópico.... algo meio comum aqui no mochileiros e eu acho que vale a pena entrar mais ainda na parte do viajar com parceria, resolvi postar alguns vídeos de um casal super viajado que acompanho já tem uns dois anos pela internet. O casal do Around Gaia. Aqui vão dois vídeos da viagem deles. Link direto : E outro que eles postaram no meio do caminho, já mais pra frente, na parte africana da viagem Link direto Apesar da viagem deles ser recheada de muitas fotos, algumas assim fantásticas, eles raramente postam vídeos. Então para quem adorou os vídeos do casal do Around Gaia. Saiba que em muitos momentos, as coisas ficam difíceis mesmo e foi muito legal que eles registraram isso em vídeo quando estavam no Taijiquistao, na cordilheira de Pamir: Link direto : Então se você quer que sua d.patroa faça a viagem com você, e acredite elas sofrem mais que nós e em vários momentos a gente tem que pedir para elas descerem da moto para passar aquele trecho que você sabe que o risco de cair é enorme, como uma subida com lama ou com areião e você passa com a moto e ela tem que fazer o trecho a pé...... bom, depois de descer da moto e ter que subir de novo, ás vezes sem espaço para isso, com os joelhos e pernas doendo..... Tenha certeza que em muitos momentos são elas que vão resolver várias coisas.... depois de ainda passar por tudo isso Como aqui: Link direto : Fica óbvio o papel da Ivana na dupla e como seria mais difícil para o Manu essa viagem sem ela.... Aliás que também poderia ter acabado no Chile quando ela quebrou a perna depois de um tombo da moto e ficou sem poder pisar no chão durante um bom tempo.... acompanhando o Manu do jeito que dava sem ir na moto. Enfim, às vezes fica difícil para um, às vezes para outro.... dai cabe a cada um decidir se vale a pena ou não.... os lugares não saem do lugar, e não existe isso de a última viagem.. ou a viagem da vida, sempre a gente está em movimento, uma hora acaba chegando nos lugares. O importante é curtir a viagem. Enfim, bom planejamento e boa sorte nas escolhas. Abraços,
  11. Olá Eleandro, blz ? Cara acho que a primeira coisa que você deve se responder é se você quer ir com sua esposa ou não. Porque até Ushuaia tem chão, e sim tem o vento lateral e sim tem rípio (ao menos tinha trechos de rípio em Tierra del Fuego entre Cerro Sombrero e San Sebastian, não é muito mais tem) e sim é longe pra caramba..... heheheheheheheeheheh Uma coisa que percebi da minha primeira ida e que me ajudou bastante, foi fazer "metas" mais honestas. Em todas as viagens posteriores usei isso e me ajudou bastante para manter a ansiedade sobre controle. Falo porque viajar de moto, é duro dependendo do dia que você pega (acabei de ver um vídeo do Alex Chacon que para ele os dias mais duros são os que tem chuva e que ele está doente), o Charly Sinewan (que tem vários vídeos fala que são os momentos de buscar um lugar para dormir etc apesar que vendo os vídeos dele seriam os que ele tem que ficar erguendo a moto a cada 500 metros pensa aí 300 kg levantando toda hora não é facil heheheheheheeheheh) o Ewan McGregor nos seus Long Ways (comenta que para eles são os areiões e são difíceis mesmo sobretudo em motos maiores e carregadas) Se você gosta de viajar de moto e sua esposa está preocupada, você tem que decidir se quer ir com ela ou não. São inúmeros os casos de gente que viaja sem as esposas e são poucos os casos do inverso, então a primeira pergunta é essa, você quer ir com ela ? Se quiser deve ter um cuidado maior no seu planejamento para que ela queira ir com você até o fim da viagem, voltar e querer mais. Minha dica é, seu planejamento está durão, você diz a distância e os lugares, ok.... sem dúvidas você já percebeu que nem sempre dá para fazer o planejado, pois você vai ver, você cansa também.... hehehehehehehehehe Imagina alguém que está na garupa e às vezes durante vários km's a única coisa que vê é um capacete na frente heheheheheheheheheheeheheh com dores na perna, na bunda (aliás é algo que você vai sentir bastante também, todos sentem, mesmo com várias técnicas não há como é comum em vários motoviajantes, tem até um vídeo do Alex Chacon que ele postou esses dias que ele menciona isso heheheheheh). Então, se vai com ela,decida com ela se dá para chegar lá, durante a viagem, nenhum lugar foge não, fique tranquilo, ushuaia vai continuar lá.....heheheheheheeh.... Cumpra as metas mais objetivas, daqui x dias chegamos em tal lugar e depois reavalie com ela, o que ela acha. Vá curtindo a viagem com ela, ande no ritmo dela, escolha lugares para ver com ela (Buenos Ayres é uma cidade super bacana para um casal, Montevideo e sua Rambla charmosíssima é fantástica, Colonia é uma cidade muito legal para andar e passar um dia etc). Tem muita coisa para ver no caminho da ida e na volta, vá curtido a viagem, se a sua mulher gostar da viagem com a moto, você vai conseguir que ela vá em outros lugares (tem vários na América do Sul), mas se ela detestar, infelizmente é GAME OVER..... conheço vários casos que as esposas encontram os maridos em alguns lugares e elas vão de avião hehehehehehehe..... e é só..... .... mas cada um é cada um, por isso a sua primeira pergunta deve ser você que vai responder..... Desculpe se falei demais, é que acho importante passar essa primeira dica. Sobre especificamente Torres del Paine, não contrariando o Robram, realmente conheço gente que sofreu bastante lá, mas nem foi por conta do rípio, foi por conta do vento, no rípio, no plato e na curva hehehehehehe..... o Ricardo Rauen teve um dia que ficou um bom tempo parado esperando o vento dar uma trégua e não conseguiu teve que "aprender" o tempo do vento para conseguir sair com sua Super Ténéré..... dê uma olhada lá nos relatos dele..... Em algumas vezes ele foi tranquilo para Torres del Paine, mas nesse dia ai não foi fácil não..... a Mikka teve que ir em um carro de turistas pois ele não conseguiria seguir com ela na garupa.... acho que tem que ter um pouco de sorte ou paciência... em dias de muito vento na patagônia você tem que avaliar se vale a pena, cheguei a ver caminhões parados no acostamento escondidos por algum morrinho esperando o vento baixar para seguir viagem, pois para eles era um risco. E é mesmo, além do consumo que fica altíssimo..... para eles... um caminhoneiro me falou em menos de 1km por litro de diesel..... Mas, você de moto também vai sofrer...... mas é a característica da região, nem sempre dá para convencer o vento de que ele deve dar uma trégua.... nessa hora você dá a trégua heheheheheheheeheheheheheh.... Ushuaia é lugar para teimosos como diz um amigo meu, eu diria que além de teimosos tem que ser os pacientes, pois tem dias que é dureza.... Ah, só não esquecendo de mencionar, o vento patagônico não é só nós que achamos que ele é puxado, vejo e leio relatos de vários viajantes de todo o mundo (do Norte ao Sul, do Leste ao Oeste), todos citam os ventos da patagônia.... heheheheheheeheh... ou seja, é difícil para todos, não tenha dúvida.... mas com teimosia e paciência dá para chegar lá..... com parceria de sua esposa talvez fique mais fácil (acredite não há lugar como o Brasil, mesmo os Argentinos sendo tão gente boa não é a mesma coisa e tem dias que isso pesa no nosso moral.... ter uma parceira que tope passar por tudo isso e ainda querer mais é para valorizar) Enfim, espero ter ajudado. Abraços,
  12. Nao desista dos seus sonhos!

    Bacana sua história. Acho que o que posso falar é não esqueça do planejamento invista bem nele !!! Sei de um monte de gente que fala que não precisa disso ou daquilo, mas planejamento ajuda bem para prever o que você deve ter (documentação sua e da moto), saber o que trocar antes de ir (moto precisa de uma revisão para ir e não te dar problemas, dependendo dos modelos da sua moto nem peças se acha dependendo do lugar que for), lugares onde dormir (tem trechos que vc tem que parar antes para não ficar no escuro no meio do nada sem lugar para domir), lugares para ver (sim, apesar de ter muitos lugares fantasticos para conhecer, nem sempre o tempo bate com a vontade heheheheheehehhe saber os lugares é bom para saber o que ver e o que vai ver na próxima).... E acho que o bacana é começar a ler relatos que podem te ajudar a encontrar essas informações (sempre lembrando que relato é foto daquele momento, as coisas mudam depois de um tempo, então quanto mais relatos ler melhor....) Ah, não esqueça das fotos e do relato..... Legal que já está encontrando companheiros para a viagem, façam uns passeios juntos para ver se "cola", tem um filme do Schurmann que é bem didático.... heheheheheh o pessoal subiu no Brasil e desceu na Argentina e nunca mais se viram..... e olha que eram amigos de um dos filhos.... heheeheheheeh sem querer azedar, longe disso, mas já dando uma dica nesse aspecto Abraços e bom planejamento.
  13. Fala galera, blz ? Conheci esse App pelo blog da Kombi Matilda (que recomendo como site para quem está pensando em comprar uma kombi e ir viajar, eles são bem prestativos, com vídeos bem explicados sobre como montaram a sua kombihome e são tranquilos e calmos no vídeo o que ajuda bastante na hora de assistir, mas isso é algo de gosto pessoal, ok ?) usei esse app em duas viagens antes de postar aqui, pois queria saber se era prático e no meu caso foi uma mão na roda, aliás uma ótima forma de "ganhar" tempo na busca por hospedagem. Ele funciona offline, o que é uma maravilha, e está disponível tanto no iOs como no Android. Na prática só precisa da internet para "olhar" as fotos postadas pelos Overlanders que colocarem as informações (fotos) dos locais que ficaram. As informações vão desde Campings, hotéis e pousadas até campings selvagens, sendo que é possível identificar através de ícones cada tipo, é possível por exemplo saber onde estão também os pontos de Aduana e Postos Fronteiriços dos outros países (o que é ótimo, por exemplo, para quem passa de Corumbá para Puerto Suarez e não sabe onde conseguir todos os documentos). Ele só não faz roteamento, para isso existe uma opção para "linkar" o lugar com algum app, nós por exemplo usamos o Here Go, que também funciona offline. O bom é que as informações acabam sendo fresquinhas e podem ser "atualizadas" por usuários normais. Um detalhe é que há poucas informações do nosso país, no nosso caso, usamos o macamp, o fuiacampar e outros para ajudar na escolha dos campings que vamos parar. Mas logo o iOverlander vai acabar sendo mais prático que esses sites, no caso de outros países já passou a base de dados do acampar ou do solocampings por exemplo. para mais informações aí vai o link: https://www.facebook.com/ioverlander/ Como os usuários são de várias nacionalidades, vimos informações em inglês, francês, alemão, português etc. Os ícones ajudam bastante também (tem para se aceita barraca, motorhome, luz, wifi, água quente nos chuveiros, lanchonete, etc) Enfim, espero que a informação seja útil. Abraços,
  14. Barracas GUEPARDO

    Detalhes da barraca Bolso interno que fica bem no meio da barraca na parte interna, lado esquerdo Se não teve como perceber ainda, se tiver uma luz próxima da barraca, vc terá essa vista a noite toda.... Acreditem é assim mesmo, eu testei a noite toda heheheheheheheeheheheheh Nessa foto tentei mostrar como fica com diferente o "telhado" da barraca com a luz a esquerda E sim as cordas da barraca possuem material refletivo, como "aparece" na foto acima. Comparação de tamanho com uma barraca quechua t3 ultralight que possuo a anos e tirando o problema que tive (explicado no tópico das barracas quechua) posso falar que vem nos servindo bem.... Não peguei chuva com a trekking 2 mas sempre levo comigo um tarp oca da Kampa então se precisar uso (acreditem lavar a barraca no meio de uma viagem não é nada divertido, mesmo em campings) Acho ela super mais ventilada que a Quechua t3 ultralight, mas nem é uma referência assim.... afinal pelo que vejo todas as barracas antigas da Quechua são super quentes....heheheheheheeheheheh Não sei ainda como é comportamento dela no frio, mas logo descubro e posto aqui. Enfim, espero que as fotos e o review meia boca ajudem para quem estiver em dúvida com relação a Trekking 2 Um aviso, na hora de dobrar ela para colocar no saco de transporte, não façam como nas barracas normais (vídeo do fuiacampar pode esclarecer aqui, é só dar uma busca lá) nela vc faz só uma dobra no meio e enrola da parte de trás para frente, se fizer as duas dobras vc ficará com ela pequena, mas gordinha e aí não cabe no saco de transporte. Abraços,
  15. Barracas GUEPARDO

    Fiz fotos sem colchão de ar ou com colchão de ar de solteiro para que vocês vejam e assim possam avaliar, dentro daquilo que buscam da barraca se ela vai atender o que esperam Com o saco de dormir, que infelizmente também é laranja dá para ter uma ideia da altura da parte telada da barraca e do espaço interno. Novamente usando o meu ajudante como escala heheheheheheeh é possível ver como será em um colchão de solteiro E a vista"lateral" da barraca, dá para notar onde acaba a "telha" da barraca incluindo a parte traseira
×