Ir para conteúdo

vanessa.miranda

Colaboradores
  • Total de itens

    116
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    6

vanessa.miranda venceu a última vez em Dezembro 19 2020

vanessa.miranda tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

97 Excelente

1 Seguidor

Sobre vanessa.miranda

  • Data de Nascimento 14-04-1988

Bio

  • Ocupação
    Economista - regulação de serviços de saneamento

Outras informações

Últimos Visitantes

1.911 visualizações
  1. @iscaglioni eu não fui até a plaza francia.... Dormi uma noite em confluencia e de lá direto pro campo base no dia seguinte... Mas pode jogar suas dúvidas aí que tento ajudar no que eu souber!
  2. @GERALDOGFILHO , obrigada! Pode fazer quantas outras perguntas quiser! 1. porque vc escolheu o mês de dezembro para a acensão? Pq não em janeiro, na alta temporada? Foi por uma conjunção de fatores....primeiro pq eu coloquei na cabeça que iria em dezembro kkk (pensei que estaria mais bonito, com mais neve, mais limpo, com menos gente, mais com cara de montanha selvagem, e realmente tudo isso foi verdade); segundo porque a permissão era bem mais barata na baixa/média temporada; terceiro porque foi quando deu pra conciliar as férias.. 2. em relação a sua preparação física, você te
  3. Água, água, água. Dormir bem a primeira noite em Huaraz. Evitar comer mta carne e comida gordurosa, pq a digestão consome muito oxigenio. Eu preciso de muito carboidrato, meu metabolismo fica aceleradíssimo. Se sentir dor de cabeça de altitude durante a aclimatação, toma ibuprofeno 600g (é o mais indicado pra altitude) e toma mais água. Se não passar é porque não está aclimatando bem. Coisas com cafeína e coca ajudam nos sintomas mas são diuréticos, então se usar vai ter que tomar mais água ainda. Eu indicaria o seguinte pra aclimatação: usa o primeiro dia pra resolver coisas em huaraz, cambio
  4. Olá Rodrigo! to indo explorar el chaltén mês que vem e tenho a mesma dúvida que vc tinha... Como foi lá em relação a acampar fora dos campings oficiais, deu certo ou não rolou? E pegou clima ruim em abril? Obrigada!!
  5. Oi @robson.gomes-jpa ! vc lembra o nome ou a localização desses dois hosteis de 150 pesos? obrigada!
  6. @Carlos Eduardo Dum Dum @Thiago Cintra @Danilo.Pereira Olá! comprei a himalaya em 2016 pra usar no aconcágua, e testei antes em alguns lugares aqui no brasil com vento e chuva (pico da bandeira e serra dos órgãos). Achei ela excelente pra vento forte e chuva, estrutura muito resistente, mesmo mal montada. O chão é bastante forte, não rasga/fura fácil mesmo dormindo sobre pedras pontiagudas. O sistema de ventilação é mto bom tbm, e dá pra usar de boa no calor, por ser possível abrir as duas janelas laterais e as duas portas enormes. Vi basicamente dois problemas nela: o tamanho/peso (é um tr
  7. @mateus.passos-de-souza O gás era desses sim, não lembro se os que levei pro Aconcágua eram na proporção 70/30 ou 75/25, mas já usei das duas proporções em altitude e não notei diferença relevante. Sobre o frio, essa composição é suficientemente boa pra temperatura baixa, não falhou nem quando tava -20º (antes eu tinha lido sobre eles falharem, mas nunca aconteceu comigo...) Não tivemos mto cuidado com manter os cartuchos aquecidos, só mantivemos dentro da barraca, claro. No Huascarán teve um dia que o cartucho grudou no gelo enquanto tava derretendo neve fora da barraca, e tivemos que deix
  8. @mateus.passos-de-souza, sim, por pessoa, e já considerando uma boa folga por precaução. Não sei dizer ao certo quanto gastei nos acampamentos altos.... Lembro por exemplo que quando derretemos neve juntos pra 3 pessoas no Cólera, suficiente pra beber bastante, cozinhar e levar pro cume, gastamos 1 cartucho cheio e um pouco de outro. Não tenho certeza de qual marca foi o gás, mas acho que era Coleman. Em santiago custou o equivalente a uns 9 ou 10 reais cada cartucho de 230g (isobutano e propano). Em Mendoza custava mais ou menos o dobro.
  9. @caiorsd considerando "alta montanha" como acima de 5500m, eu até tinha alguma experiencia no Peru, pequena, mas que fez diferença. Além da vivência, conversei com muita gente lá, o que me ajudou a ir construindo o conhecimento que precisava. No mais, pesquisei e li tudo que pude encontrar na internet (relatos, vídeos, livros, pesquisas científicas, filmes etc.) As conversas no outro tópico que abri aqui no mochileiros na época pra buscar companhia também ajudaram bastante a ir amadurecendo os planos, principalmente com as dicas e experiência dos que já tinham tentado o Aconcágua. Sobre a
  10. Oi @caiorsd ! Respondendo suas perguntas: 1) Eu considero que o grau de aventura/desafio muda bastante, mas isso é abstrato. Não levando em conta opiniões pessoais e custos, acho que a maior desvantagem é a falta de flexibilidade. Vc pode perder o cume pq a janela de tempo bom vai ser um dia depois do fim do prazo contratado (aconteceu com vários grupos quando eu estava lá)... Ou pode ter que desistir pq está se sentindo mal e seu grupo está bem e vai continuar subindo, sendo que se vc pudesse fazer seu próprio cronograma bastava descansar/aclimatar mais um dia e continuar depois, po
  11. Olá! Comprei direto lá usando a carteirinha ISIC. Isso foi em outubro/2015. Tbm usei para entrar num museu em Cusco; na trilha nos Canions de Colca em Arequipa; e na travessia de San Pedro do Atacama (Chile) para Uyuni (Bolívia).
  12. isso, nosso "cume" foi ali nos 6200 mesmo, bem quando chega no "ombro" da crista pro cume. A greta tinha uns 2 metros de largura pra saltar, e uns 40 de profundidade. Um grupo levou escada, mas imagina carregar uma escada até lá! Achei a montanha bem mais técnica do que eu imaginava, tinha uma parede com mais de 70°...subir aquilo carregando escada é só pros mais malucos mesmo. E dava também pra passar rapelando até um ponto mais abaixo e subindo pelo outro lado, mas o gelo tava bem ruim ali, umas partes com rocha quase exposta e tal... Possível, mas arriscado. A gente até pensou em tentar, ma
  13. Legal de1000, eu queria ter feito Ischinca também! mas acabou não dando tempo... fiz só o Chopi e tentei o Huascarán, sem cume... Cordillera Blanca é demais!! Fique à vontade para fazer mais perguntas. Abs
  14. Olá de1000! Não há cobrança pelo camping, apenas para uso do banheiro, talvez. Digo "talvez" porque a informação oficial é de que há um banheiro para uso gratuito em cada acampamento base, porém, na prática, tem que procurar bastante pra descobrir que banheiro é esse. Contratando o serviço básico de mulas, já ganha o direito ao uso dos banheiros da empresa, além de poder usar a barraca domo comunitária da empresa para cozinhar e descansar. O acesso a água nos acampamentos base é o mesmo para todas as pessoas. Não há distinção. Em plaza de mulas cada empresa prepara um local específico par
×
×
  • Criar Novo...