Ir para conteúdo

joycebruja

Membros de Honra
  • Total de itens

    2.231
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que joycebruja postou

  1. Ola , Bergen e Stavanger são os mais próximos da suécia e ficam na Noruega. A Noruega é 30% mais cara que a Suécia , em média. Trem , ônibus são os meios de transporte mais populares. sj.se nettbus.se Sim vale a pena
  2. Eu já disse que é bobagem trocar por Coroas no Brasil! Aqui na Suécia e em toda a escandinávia tem mais casa de câmbio que boteco em Belo Horizonte! Exceto a Finlândia que usa o EURO , nos outros países usam coroas! Qualquer um dos países aceita cartao de credito para comprar qualquer coisa. Qualquer loja grande aceita euro ,mas vc costuma perder na conversão. O VTM so tem dolar e euro , aí vc na escandinávia perde na conversão ,mas é a forma mais segura de transportar dinheiro. Traga euro ou real em espécie e vá trocando aqui mesmo ou verifique se nao fica mais barato pagar o IOF do que trocar dinheiro em espécie. forex.se te dá a cotação na escandinávia.
  3. Silnei, Cadê o botão de curtir para eu poder usar ! Muito bem explicado AdrianoLB
  4. Nos dois países aceitam euro nas grandes lojas, hoteis . Existem casas de cambio espalhadas pra todo canto aqui, se precisar só trocar. :'>
  5. Stephan já me conhece. Estilos de viagens diferentes . Eu jamaissss faria um roteiro desses, mas se é assim que quer fazer , fique à vontade. OPara ter uma ideia de gastos rodoviários entra no via michelin e coloca essa via sacra que fará no mapa deles e te dão o valor aproximado , combustivel , pedagios. Camping , se sobrar tempo para entrar, está numa média de 30 euros/dia contando , eletricidade e 2 pessoas
  6. Olá Katia Enfrentar natureza no inverno escandinavo é meio punk! Primeiro que a natureza no inverno é um quadro de Cézanne : morta. mas tem lagos congelados e neve, muita neve. Portanto minha sugestão é que concentre nas cidades escandinavas. Estocolmo é imperdivel , mas lá tranquilamente sem correria vc pode ficar 2 dias, lembrando que no inverno amanhece mais tarde e anoitece cedissimo. Entao seu período de dia será de no máximo 6 horas. O norte da suecia nao conheco ,mas tenho varios amigos de lá e que acham lindo porém preferem morar aqui mais ao sul ,mas 2 dias tambem é o suficiente para tentar caçar a Aurora boreal. Se tiver tempo vá a Stavanger ou Bergen na Noruega , já que gosta de paisagem lá mesmo no inverno é de tirar o fôlego. Abs
  7. Patricia O metro funciona a noite toda nos finais de semana , mas dias de semana se nao me engano encerra 1 da manha, isso se nao mudaram.Mas a navete que leva entre os campings e o metro encerra as 22:30. Aí se conseguir pegar o metro tem que pegar um taxi ate o camping porque nao é perto para ir à pé. Os dois unicos que conheço sao esses o bois de bologne e o paris camping est. os outros sao muito longe. Mas vc pode fazer uma coisa, va de MH até perto da estação de trem veja se consegue um estacionamento por lá, deixe o MH estacionado durante o dia e pegue no retorno. Pague o estacionamento pelo dia. como eu sou mineira iria um dia antes da viagem ate a estacao e daria uma pesquisada em local para estacionar o bicho.
  8. Ola Paris Camping Est , bem localizado com onibus na porta até o metro . ligue e reserve dependendo da época.
  9. edgar, Realmente nao sei informar a respeito desta matricula provisória em outros países, aqui na Escandinávia não tem isso não, aqui turista fora da EU nao compra nenhum tipo de veículo. Aqui é um outro tipo de mercado. De qqer forma vc precisará de um endereço fixo para e se conseguir comprar um. Olha um MH entre 10 e 15 mil aqui é lixo e tem que arrumar todinho. Nem digo a carroceria mas sim a parte mecânica. Se quisesse alguma coisa mais nova , poderia conversar com alguma locadora de MH, e negociar, tipo vc compraria , usaria o tempo que necessário e depois entregaria para eles. Mas usado assim do jeito que vc quer, acho meio complicado, tente assim mesmo.
  10. Sim stephan aqui é bem comum ter um MH ou Trailler. Os preços de usados são compatíveis com a maioria dos salários e em ultimo caso é possivel financiar ou fazer um leasing. No Brasil infelizmente nao é muito comum viajar de MH. Nos EUA ainda mais barato que aqui . Aqui dá pra comprar um MH usado , em bom estado , pronto para viajar entre 30 e 50 mil euros. Trailler dependendo do ano acha por até mil euros. Aí com certeza tem que dar uma arrumada .kkkkkk E o bom é que o povo não roda muito com os MH , compramos o nosso há 3 anos , ele é 2001 , está super novinho por dentro e por fora, tinha andado 70 mil km, ou seja nada pela idade do bicho. E nós já rodamos em 3 anos mais de 40 mil km.kkkkkkkkkkk Como o tempo de uso é pequeno aqui , a gente viaja quase todo final de semana entre maio e setembro. Depois ele volta para a garagem.
  11. Edgar Legalmente um turista, de qqer nacionalidade que não a de um país europeu, não pode comprar em seu nome um veículo na Europa. Caso tenha algum parente que more legalmente em algum país europeu , deve comprar no nome dele. Imposto e seguro devem ser pagos anualmente, assim como deverá ter um local para estacioná-lo, além de manutenção mecânica normal( manutenção de veículos na Europa é bem cara). Não posso afirmar se Portugal e Espanha obedecem a esta lei. É um caso a verificar pessoalmente. Só uma dica, um veículo desses é facil de comprar e dificil de vender, se vc não é habitante da Europa e nem pretende ser , é preferivel alugar da proxima vez que vier, sai muito mais barato. Vc não passou impressão ruim não. Tá sussa! OBS: Sim , sei que existem leasings de veículos passeio , com tempo limitado de permanencia em território europeu e somente carros zero km.O seu caso é uma questão excepcional e sugiro que entre em contato com algum revendedor a respeito de leasing.
  12. edgar Pra não bagunçar o tópico do Guenio , coloque suas dúvidas no tópico apropriado. Segue o link http://www.mochileiros.com/motorhome-perguntas-e-respostas-t73117.html Na realidade eu tive vontade de te dar umas vassouradas em fazer isso com sua mãe , coitada.Ô maldade! Imagina se fosse uma sogra daquelas bemmmm chatas! O lance do roteiro nem opinei porque o caso aqui é outro e roteiro cada um faz no ritmo que aguenta.O que acontece é que muita gente tem um problema sério com o jetlag e aí os primeiros dias são perdidos. Sim eu moro na Suécia e tenho um MH de 6,00m e 2,90 altura e tenho um trailler também.
  13. Dizem que Deus proteje os bêbados , os pobres e os inocentes.Acho que vc enquadra na terceira opção. Menino vc deu sorte demais. fazer comida com o carro em movimento? Loucura uma pequena faísca em um vazamento mínimo é capaz de explodir tudo a sua volta. Dont.do this! Olha nao vou criticar seu estilo de viagem , só não é a minha ideia de viajar. Cada um na sua! :'> Alerta: Posto de combustivel nao permite que descarregue o toalete quimico ou mesmo o esgoto de chuveiro / pia se nao tiverem o local apropriado. Deu sorte. Alguns países nao cobram pedagio trecho por trecho e sim na divisa vendem um selo para ser colocado no parabrisa dianteiro do veículo. Não foi multado? Deu sorte! Olha , eu nao aconselharia repetirem este estilo de viagem.
  14. ainda bem! Aqui um outro detalhe Viajar por vários campings requer também um cuidado especial com os malditos cabos, cada país é uma tomada diferente e ate mesmo no mesmo país muitos campings têm cabos diferentes. É um sacooooooo! Ah não esqueça dos pedágios ! Na França é um verdadeiro assalto! Outra coisa, vou dar um cocâo no stephan ,pq ta ensinando fazer coisa errada! Em toda a europa é obrigatório o uso do cinto de segurança, em caso de blits a multa é paga na hora e varia de 100 a 300 euros. Portanto tome cuidado com os folgados que querem viajar dormindo. Stephan vc deu foi muita sorte. como disse acima , familia se der ranca rabo é familia e a situação é contornada, mas entre amigos a viagem pode se tornar um pesadelo. Qto a seu roteiro , vc esta rodando por muitas cidades pequenas em um mesmo dia está esquecendo que é dificil trafegar dentro delas algumas ate proibido e achar estacionamento é sempre um parto de porco espinho. Agora uma dúvida. Vc já colocou isso no mapa ? Algumas cidades vc nao pode entrar no centro com ele ,principalmente se for o modelo que o stephan postou acima. Conte em deixar sempre o MH no camping e fazer os passeios em transporte publico. Pq senao alem de ter que "desmontar barraca" todos os dias , perderá tempo em achar caminho,mesmo com GPS,transito . Chega , falei demais!
  15. Ahh faltou um detalhe ,terá um custo com os campings também,muita gente acha que é barato , nem sempre, ou eu sou pão dura demais. por pessoa entre 5,00 e 8,00 E/ dia Eletricidade entre 2 e 3 E/dia Vaga do MH , alguns cobram mais caro por um maior de 6 m. varia entre 5 e 11 E/dia Banho , nem todos incluem e vc tem que comprar a ficha , entre 1 e 2 E variando entre 4 e 5 minutos cada ficha Lavar/secar roupa. entre 2 e 11E por ficha/máquina. Alguns chegam até a cobrar a água potável para abastecer o caminhão ,mercenários esses.
  16. Se pareceu grosseiro de minha parte , peço desculpas ,não foi minha intenção. O que achei que este roteiro está apertado , corrido e cansativo , continuo achando , pois não vai conseguir ver muita coisa com tanto deslocamento pra lá pra cá entre cidades.Mas se a idéia é usar ao máximo o MH então está valendo. CAda um sabe o ritmo que consegue seguir , talvez o meu seja mais lento. 2 dias em paris é melhor nem ir , a não ser que queiram ver o principal só por fora. E assim por diante, mas o nosso caso aqui é falar a respeito de MH. Foi ótimo vc discordar stephanriederer, estamos aqui exatamente para dividir experiências. Pode ajudar o nosso sonhador a definir melhor o que quer. Qto a um MH para 6 pessoas, bato o pé , fica apertado , se observar o perfil da troupe viajante, vc viajou com a familia é uma coisa, viajar com amigos é outra coisa.Nem todos pensam igual e cada um tem um ritmo diferente. Nem sempre funciona bem.(aff eu que o diga) Qto a reserva de campings , sim isso é bem variável . Ano passado fomos para sul da Espanha e Sul de Portugal 8000km ida e volta em 20 dias em julho e os campings estavam vazios. E antes em maio fomos para Berlim , Praga( roots),Salzburgo( foi roots) ,Munique, Paris( roots) e Frankfurt .Tivemos que abortar 1 dia de salzburgo pq não tinha nenhum com vaga, em Praga rodamos umas 4 horas procurando até achar vaga e em Paris tivemos que rodar por 3 campings até conseguir lugar. Portanto é imprevisível. Gosto de sua participação stephanriederer, é sempre bom saber de outras experiências. Tipo vc alugou um MH com chapéu , esses que tem a cama em cima, o primeiro alugamos assim e sinceramente não gostamos, pois vc não consegue andar por que falta aerodinâmica ,o vento contrário impede que o carro desenvolva, definitivamente não é o perfil do pé pesado de meu marido ,optamos então comprar um sem esse chapéu, menor , 4 pessoas ,com 6 metros e menos de 3500 kg , carteira B, conseguimos estacionar em qualquer lugar mesmo em cidades e desenvolve bem na estrada , conseguimos chegar a 140 nas autobhans . Bom para o Guenio avaliar perfis diferentes de viajantes de MH. Fique à vontade em discordar!
  17. Guenio Acho que vc está adaptando um roteiro que faria de trem ou avião para um motorhome. Sinto informar que seu roteiro mesmo se fosse deslocar de trem , ou avião estaria muito apertado , corrido e cansativo. Diminui isso, comece a cortar os lugares. Roteiro zipado de motorhome não funciona. Vc deverá levar em consideração que um motorhome é uma casa ambulante e ainda mais com 6 pessoas , não é o mesmo que entrar no hostel e ter a cama arrumada, só dar descarga e pronto,apertar um botão e ascende a luz. Num motorhome vc tem que fazer tudo, ligar tomadas para ligar a luz, ligar o gáz para ascender o fogão, esvaziar a privada com químico, esvaziar o esgoto no local correto e encher de água potável. Isso tudo vc nao consegue fazer em menos de 1 hora , mesmo com 6 pessoas, aí sim que o treco embaraça. Muito dificil dar certo.Portanto as chegadas e saídas das cidades são mais demoradas.Ah esqueci de um detalhe, fazer café , lavar as vasilhas.Mesmo cada um fazendo uma coisa o tempo gasto é maior. Outra coisa que deve pensar é que os campings são afastados dos centros turísticos, nem toda cidade vc conseguirá ir com o trambolho , porque lembre-se a cada partida vc tem que olhar tudo o que eu disse acima , desligar luz, ver se tem água, desligar gas( alguns modelos desligam automaticamente).Aí vc vai deslocar por no mínimo 20km com ele, lembrando que normalmente nao poderá correr como um carro normal.Portanto deverão pegar um transporte coletivo que nem sempre é direto e nem sempre é rápido e a maioria das cidades tem horário marcado .E um ojutro detalhe em cidades grandes se for de motorhome não achará estacionamento facil e quando acha é também mais afastado do centro.Depende do tamanho do MH. Eu viajo sempre de motorhome e escolho campings que tenham facil acesso a transporte coletivo. E uma viagem de mh é naturalmente mais lenta , por isso tente aproveitar esta viagem curtindo a paisagem e não essa correria que vc arrumou ai nesse roteiro. Olha só , vou agora em julho novamente para o sul da europa, eu sairei de GBG , vou para Berlin 4 , Praga 4,Viena 3 , Zagreb e 1 ou 2 cidades a mais na Croácia 10 . Como irei em alta temporada reservarei todos os campings que já conheço para não ter problemas, só que com um detalhe entre uma cidade e outra sempre deixo 1 dia de standby em caso de atraso ou em caso de resolver parar em alguma cidade. Agora vamos a suas dúvidas Carteira B . para veículos com no máximo 3500kg MH para 6 pessoas é bemmm apertado , nem tanto para dormir se tiver uma cama em cima e outra embaixo e uma para montar. mesmo assim por muitos dias a viagem se torna claustrofóbica. Se tiver mais amigos é melhor e mais confortável 4 X 4 ( ainda tem esse tempo aí de montar e desmontar cama ). Sinto informar que se seguir esse roteiro comida nao terao como fazer em horarios normais, café da manhã e janta , almoço acho complicado. Eu não aconselho a cozinhar frituras ou coisas que fazem muita sujeira, porque a taxa de limpeza é bem alta além do que cheiro forte de gordura em um recinto minúsculo e fechado , para dormir é um sufoco. minha sugestão é corte metade dessas cidades e priorize o que querem visitar. Maio é um bom mes para viajar, so tome cuidado que apesar de ser ainda baixa temporada de verão é alta temporada de eventos. Ano passado em maio tivemos que cortar 1 dia em Salzburgo porque os campings estavam lotados com eventos.e eu nao tinha reservado. diesel varia de pais para país , mas sempre nas auto pistas é mais caro. Use o via michelin que te dá uma ideia de preços. Pena que vem em maio , se fosse julho a gente poderia ir junto.
  18. Os passeios turísticos de barco pelos fiordes funcionam no verão , apartir de maio e junho, existem trajetos de 4 ou 5 horas que saem do cais antigo de Bergen. Este seria o ideal , além de bem mais barato. Apesar de tudo o passeio que compramos, Norge i et nøtteskall, foi muito bonito. O sábado fizemos absolutamente nada de especial ,ficamos o dia todo só andando de bobeira , vendo o ir e vir das pessoas. Tentando decifrar o que eles falavam. aproveitamos para comprar umas coisas para fazer lanche no dia seguinte durante a viagem , que de acordo com a moça da informação turística , tudo seria muito caro pelo trajeto. Pensei cá com meus botões , o que pode ser mais caro que uma coca cola no supermercado custar 27 nok?kkkkkkkkkk Enfim compramos uns sanduiches , voltamos para o hotel . Dormimos cedo porque pra completar no dia seguinte primeiro dia de horário de verão.
  19. marcelo, Estranho isso ,eu sempre traço um roteiro pelo googlemaps e sempre dá certo múltiplas cidades.Eu hein ,boiei nessa! Um que eu uso também o viamichelin , esse calcula alem da rota o preço de combustivel e qto pagará por possíveis pedágios ou balsas. super recomendo
  20. Depende da época. Quando tem muita oferta com valores mais baixos a maioria é jovem,. Em algumas datas específicas como final de junho quando os estudantes comemoram suas formaturas, a maioria é jovem. Fora isso dá de tudo que é tipo de cachaceiro no navio.
  21. Passamos bom tempo admirando a paisagem , o dia, como viram, estava lindo apesar de frio.Por lá encontramos uma figura interessante e enorme o símbolo da escandinávia.Um imenso troll. Museus , igrejas, forte , tem diversão e atração para todo tipo de gosto. Uma igreja que tentamos visitar foi Mariakyrken , fechada para restauração passamos perto mas estava cheia de tapumes. O aquario abre o ano todo e é possível ir á pé do centro, a entrada na baixa temporada é de 150,00 nok e na alta 200,00 ,Logicamente é bom verificar o preço antes de ir pode haver alteração. Como já visitamos pelo menos uns 5 aquarios ano passado , este passou batido , mas para quem nunca foi é uma opção. Podem estar pensando que fomos na hora errada para a cidade, mas digo que não , nossa intenção era fazer o passeio de barco pelos fiordes e descansar, o que vimos extra foi lucro. Após essas horas que passamos no alto da montanha , resolvemos colocar novamente os pés no chão e procurar o bacalhau. Chegamos no centro de informações turísticas, onde a menina informou que o mercado do peixe , a céu aberto, só funciona no verão ,mas tinha uma peixaria no primeiro andar do prédio. Aproveitamos e compramos o nosso passeio de barco.Na realidade não é só de barco e sim trem, trem , barco e ônibus aproximadas 12 horas , saindo de manhã e só retornando o início da noite, valor 1090,00 nok por pessoa. Alí ficamos sabendo que este é um passeio turístico sem ser turístico pois os meios de transportes são os regulares e não há guia nem algum tipo de grupo formado , tudo é vendido como se fosse na estação. Burramente compramos o pacote completo e pagamos a fortuna que pediram. Na hora não raciocinamos que poderíamos ter ido de carro até o porto e pegar só o barco , que nada mais é que um ferryboat e pagariamos apenas 380,00nok.Marcamos para o domingo , pois queriamos fazer absolutamente nada no sábado a não ser procurar o bacalhau. O Bacalhau O mercado de peixe tem de tudo um pouco, de crustáceos vivos a peixe defumado e salgado( bacalhau). é mas não foi desta vez que vi a cabeça dele , aliás quase perdi a cabeça com o preço. Ainda estou por entender , eles são os produtores e conseguem vender mais caro , muito mais caro que compro aqui e todo o bacalhau legítimo é norueguês. O peixe que originou o bacalhau é o torsk ( gardus morhua), esse peixe só aparece em águas frias do norte, fresco ou congelado não tem gosto de absolutamente nada. O interessante no bacalhau é o nome , assim como a cabeça ninguem nunca viu o nome também tem várias hipoteses de como tenha surgido. A versão escandinava é que quando os vikings noruegueses saíam para suas conquistas voltavam com fome e no inverno , como nesse período a armazenagem era mais complicada , não tinham muito o que comer .Resolveram então salgar o peixe , dos poucos que conseguiam pescar na estação ,e guardá-los para poderem consumir quando voltassem de suas viagens. Há também versão espanhola e versão portuguesa. Como o peixe é típico da região nórdica creio mais na versão escandinava. Mas enfim nem cabeça e nem bacalhau. Outras qualidades de peixes são salgadas também , mas o bacalhau é só o torsk, os outros (para os escandinavos) são , peixes salgados.Saí triste da peixaria sem meu bacalhau. Mas o sábado de aleluia estava por vir. Noite festiva no restaurante brasileiro , show de samba, malabarismo com copos e música ao vivo. Muito agradável.
  22. Sexta feira da paixão. SOLLLLLLL! Acordamos cedo , o que foi uma bobagem, tomamos café e fomos explorar a parte antiga da cidade das 7 montanhas. Tudo fechado.Também queria o quê as nove da manhã em pleno feriado? Caminhamos até o local mais famoso e charmoso da cidade " Bryggen"(porto) , fica de um lado de um canal , era parada de comerciantes da liga hanseática e até a segunda guerra mundial tinha o nome de Porto Alemão. Hoje apenas 1/3 das casas da época (1360) estão de pé , outras foram construídas após o período hanseático mas já em alvenaria.Bergen foi a primeira capital da Noruega e é a segunda maior cidade do país. O que na temporada de verão fica cheio de mesas com turistas e moradores em seus diversos bares e cafés ainda estava deserto. O que num ponto foi bom, pois deu para tirar fotos sem turistas passando pra lá e pra cá atrapalhando.Perfeito seria se não fosse um casal de turistas asiáticos que insistiam em nos seguir. As casas são lindas ,porém para quem mora na escandinávia é meio lugar comum , todas muito parecidas, mesmo assim não deixam de ser bonitas. Vale a pena ir no verão e curtir o mercado do peixe .Bem no final do canal no início das casinhas fazem uma feirinha onde vendem de tudo um pouco e principalmente peixe. Neste canal do outro lado as construções são modernas fazendo um contraste entre o velho e o novo em um virar de pescoço. O centro de informações turísticas fica no inicio da parte moderna em cima do mercado do peixe. Toca a procurar bacalhau! Seguimos até o final do cais antigo e chegamos ao porto de onde saem navios para a Dinamarca . O funicular é uma atração interessante, apesar de meu pavo a alturas , esse não deu medo, uns trens modernos e sobem uma montanha . Há um aopção em comprar só um dos trechos 40,00NOk e descer á pé pelo parque . Ida e volta custa 80,00 Nok.A vista do alto é fantástica!
  23. Chegamos já passava das 7 da noite, hospedagem e sair para andar. Tudo fechado em plena quinta feira.Feriado por lá começava antes que aqui.E nada de chuva. Apesar de ser um país caro , bares , pubs , restaurantes estavam funcionando normalmente e cheios. Claro , final de inverno , final de semana , todos querendo tomar umas para esquentar. Muito animado os arredores do hotel , localizado bem no centro da cidade em uma praça moderna. Bem perto do hotel descobrimos uma churrascaria brasileira .Lógico que fomos lá conferir na mesma noite. Vocês devem achar estranho procurarmos logo comida brasileira . como já disse em outra mensagem ,moramos na Suécia e apesar de eu fazer comida brasileira em casa não faço churrasco sempre e aqui não tem churrascaria . Na churrascaria O local bem decorado , sem nada a desejar a qualquer churrascaria de classe no Brasil. Um rapaz veio atender e em inglês explicou como funcionava o serviço da casa, buffet no almoço e rodízio durante a noite com direito ao buffet de saladas. Aí ele perguntou se a gente já tinha ouvido falar em churrasco. kkkkk Eu respondi que sim porque era brasileira e meu marido gaúcho( povinho separatista esse). kkkkk Ele brincou e eu aqui gastando meu ingles com vocês. Veio o churrasco,excelente , carnes de qualidade coisa que é dificil acharmos por aqui onde o prato típico é almondega e salsicha . O preço se for o buffet 149,00 nok e o rodizio 395,00 nok( coroas norueguesas) .Melhor fazerem a conversão ,pois os valores aqui não variam com muita frequência . No início achamos meio caro , pensando em dinheiro ,mas no serviço fornecido vale cada centavo. Ao saírmos do restaurante , paramos em um outro só para comparar preços .Um restaurante de sanduiches servidos no prato, tipo um hamburger 189,00 nok . Ficou barato o rodízio.kkkkkkkkkkkkkk Voltamos para o hotel e apagamos.
×
×
  • Criar Novo...