Ir para conteúdo

Rayssa Rios

Membros
  • Total de itens

    3
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Pessoal, desculpem pela demora em continuar a escrever minhas aventuras por Toronto.. muita coisa acontece ao mesmo tempo em minha vida, mas agora ja esta tudo ok Vim falar hoje um pouco sobre a escola e o bairro eu estudava e o que eu morava que são relativamente bem próximos (comparado ao restante dos meus colegas que ficavam em Homestay e demoravam mais ou menos 1h para chegar na escola). Bom, EC é uma escola bem conceituada na cidade e pelo o que eu pude perceber também é bem organizada. Não me lembro ao certo quanto eu paguei pois comprei um pacote incluso TUDO, mas fui dar uma olhada esses dias no site da escola e o curso que eu realizei que é de inglês Geral de 20h semanais esta 300 CAD ja incluso os materiais. Eu pesquisei antes de escolher uma escola e decidi optar pela EC pois percebi que a quantidade de brasileiros no mês que eu fui Outubro e Novembro é bem menor, o que facilitaria o meu contato com pessoas de outras nacionalidades, e realmente quando cheguei la pude perceber que o numero não era tão grande mesmo. Por exemplo, teve uma semana na minha aula que eu era a única brasileira, um milagre. Mas em media na minha sala não passava de 4 brasileiros, sendo que em media a aula tem 12 alunos. O fato de ter "muitos" alunos em sala de aula pode ser um diferencial para quem procura uma aula mais restrita.. eu não me importava, ate gostava pois assim pude conhecer muitas pessoas... Outro diferencial que pude perceber na EC é que ela é uma das poucas (se não a única) a realizar aulas em horários alternados, ou seja, um dia você fará aula no período da manha e no dia seguinte a tarde, desse modo pude conhecer Toronto em todos os horários... quando tinha aula a tarde eu ia no parque ou no mercado ou shopping fazer compras e a tarde ia para a aula e ainda tinha tempo de sair a noite... no caso contrario eu tinha aula de manha e tinha a tarde a noite toda livre para passear pela cidade. Achei isso o máximo. Os funcionários da escola desde o principio foram muitos prestativos e simpáticos (acostume-se com a educação canadense, é realmente de outro mundo), eu realmente não tive nenhum problema com eles... ate quando a cabeçuda aqui voltou pro Brasil sem o certificado, eu solicitei a eles e eles foram super ágeis a me enviar. Nota 10 Quanto ao bairro que a escola fica, chama-se Young and Eglinton, ele não fica na região central da cidade, no Downtown por exemplo, mas mesmo assim é um bairro bem movimentado com shoppings, bares e parques para visitar, sem falar que a escola fica ha alguns passos da estação Eglinton de metro. na Young St. que fica ha um quarteirão da escola você pode encontrar shoppings e vários restaurantes de etnias diferentes, cada dia experimentava algo novo, comi comida grega, árabe, caribenha e asiática. Ótimas experiências O bairro em que morei era bem próximo, continuando na Eglinton Av. de ônibus em 15 minutos ja estava na Homestay. O Bairro era Eglinton West e la era bom demais, diversos comércios (baratos), eu amava andar por aquele bairro pois ele era um bairro de imigrantes então via pessoas do mundo todo convivendo entre si e a mixagem de cultura é incrível... Toronto é realmente sensacional Abaixo vou deixar umas gotinhas do bairro... Túnel todo colorido na Dufferin St Folhas vermelha no Outono do Canada. E o bairro da minha Homestay. Pessoal, fiquem ligado que no próximo post vou falar sobre a vida noturna de Toronto.. Os lugares que eu mais curti ir com a galera , e claro, os bares legais para tomar uma Ate mais!
  2. Toronto sempre tinha muita coisa pra fazer. Durante meu intercâmbio eu aproveitava para conhecer cada cantinho da cidade além dos passeios turísticos. Para isso eu contava com a ajuda do TTC, que é o nome do transporte público de Toronto. Confesso que me compliquei no começo, mas depois de alguns dias você se acostuma. Quando cheguei lá, eu adquiri o cartão semanal (como cheguei no meio do mês, eu não pude comprar o mensal, que é uma boa) que é exatamente como este abaixo, na foto. Com ele eu poderia usar semanalmente o ônibus e metrô quantas vezes eu quisesse, sem limites por dia. E nas próximas semanas eu comprava os próximos numa máquina que fica do lado das catracas de qualquer estação. Como no primeiro post eu disse sobre a parte central de Toronto, neste eu vou falar sobre o que podemos fazer nas redondezas da cidade, que você pode chegar de ônibus ou metrô. Conhecer a parte Leste da cidade, esta parte é onde fica a Old Town, tem umas construções bem bonitas e vários lugares para visitar. Um deles é o famoso edifício Gooderham Building, que você pode tirar altas fotos com o contraste da cidade moderna atrás. Para você chegar até lá, pode descer na estação King Station e descer pela Young St. até cruzar com a Front St. Dá uma olhada na contrução Gooderham Building em contraste com a cidade moderna atrás. Dá uma olhada na parte de trás do prédio. Fizeram uma arte incrível, não? Seguindo pela Front Sr. há poucos metros você vai deparar com o St. Lawrence Market, que nada mais é que o Mercadão da Cidade de Toronto. Muito bacana lá, o que eu mais gostei foi de uma confeitaria que tem no subsolo do mercado (que eu esqueci o nome) que foi onde eu comi o melhor cookies da minha vida, recheado de Nutella! MARAVILHOSO! Além disso, lá também é um lugar legal para comprar lembranças. Eu em frente ao St. Lawrence Market. Continuando caminhando pela Front St. (Se você preferir pode pegar um ônibus, mas é que eu adoro conhecer a cidade a pé) você chegará no Distellery District que é um lugar único em Toronto. Lá era uma antiga Destilaria. Atualmente ele abriga 18 lojas, 5 cafés, 7 restaurantes, 22 galerias de arte, 4 escolas ligadas às artes e também a sede de 17 companhias artísticas, ufa! Infelizmente no dia que eu fui, estava quase tudo fechado, porém mesmo assim pude caminhar e tirar algumas fotos para recordação desse lugar incrível The Distillery District, uma graça essas luzinhas de noite. A palavra LOVE, feita de cadeado que os apaixonados deixam na grade no Distillery DIstrict. Para quem gosta de Graffiti e artes alternativas, essa região é cheia delas. Eu AMO Graffiti e por isso que fiquei tão apaixonada por essa região. Me perdendo pelas ruas da Old Town eu achei um lugar, na verdade é uma quadra de basquete com um Graffiti lindo e de fundo para a CN Tower, é mole? Olha só como tudo conspira para esta cidade ser incrível: Quadra de Basquete com a CN Tower ao fundo. Outro Graffiti, para variar. Voltando para o metrô, você poderá visitar o Hockey Hall of Fame, que é bem interessante para você conhecer um pouco melhor do esporte favorito dos canadenses. Pode conhecer também a Cathedral Church of St. James que é linda por dentro e por fora e continuar vagando por essa região incrível e histórica da cidade. Irei continuar descrevendo minhas experiências em Toronto no próximo post. Beijos!
  3. Oi Pessoal. Acredito que vcs chegaram ate a mim pois estão planejando a viagem a Toronto ou ao Canada, e eu digo uma coisa: Vão firme nessa ideia! Vcs não vão se arrepender... o pais é incrível! Eu na realidade fui ao Canada para fazer um intercâmbio de um mês em uma escola de idiomas chamada EC Toronto e no mesmo pacote eu contratei a hospedagem que foi em uma homestay. Tive sorte pois a homestay ficava relativamente perto da escola, torno de 15 minutos de ônibus, e realmente me dei bem, pois meus colegas de classe demoravam algumas vezes mais de uma hora para chegar na escola (que era no perto do centro da cidade). Fazer um intercâmbio de um mês foi uma escolha muito boa no meu caso, que ja sabia falar inglês e queria apenas aperfeiçoar, eu recomendo esse período para pessoas que como eu ja sabiam falar, caso contrario acho que vale a pena apenas pela experiência de viajar e conhecer gente nova, pois sinceramente acho que ninguém aprende inglês em um mês. Esse método de viagem também é relativamente barato comparado a uma viagem que você teria que gastar hospedagem em hotel, alimentação e passeios.... Eu com certeza gastei bem menos do que fosse viajar somente para passear, isso porque a homestay é uma hospedagem bem barata e em alguns casos (no meu por exemplo) tinha incluso cafe da manha e jantar, assim acabei economizando (e muito). Enfim, vamos ao que interessa... Toronto é uma cidade incrível e muito cosmopolita, ela recebe imigrantes de vários lugares do mundo, você pode reconhecer vários idiomas durante uma caminhada no centro e comer em restaurantes de varias etnias, acho bem legal isso. No centro da cidade é onde ficam a maioria das atrações da cidade. Tem o shopping Eaton Centre que você pode chegar de metro, pois ele fica dentro do shopping pelas estações Queens ou Dundas, sem duvidas um dos meu shoppings favoritos pois fica no meio de tudo, do ladinho do City Hall e Nathan Phillips Square (onde fica aquele letreiro escrito TORONTO) e de Frente pra Dundas Square (tipo uma Times Square de Toronto). Esse shopping tem uma loja da Apple (que vive sempre lotada e uma praça de alimentação muito boa. No centro também tem a China Town que você poderá chegar através do Street Car, que é são bondes de rua típicos de Toronto ou pela estações Osgoode ou St. Patrick de metrô. Lá você encontrará vários tipos de bugigangas baratinhas e na minha opinião é o melhor local para você comprar lembrancinhas de Toronto. Além disso, nessa região, no quarteirão da Spadina Ave. com a Dundas St. tem um pequeno bairro super Indie/Hippie/Folk/Alternative hahaha chamado Kensington Market. A rua principal lá chama-se Augusta St. (coincidência, não?). Eu to pra achar o nome da sorveteria maravilhosa que eu tomei um sorvete vegano de blueberry (MARA!) e assim que eu tiver eu posto aqui. Perto do Kensignton Market tem a Queen Street, que era uma das minhas preferidas para passear a noite e tomar um café ou até mesmo uma cervejinha. Ela é uma rua bem boêmia, várias pessoas passeando pela noite e com vários parques no trajeto dela que o pessoal passeava com o cachorro. Ainda na região central você encontrará vários outros locais para conhecer e passear, como a Universidade de Toronto por exemplo, os museus Art Gallery of Ontario e o Royal Ontario Museum o City Hall, o Old City Hall a University Ave, seus monumentos e etc... Em baixo vou deixar algumas fotinhas desses lugares que citei acima, e fiquem espero que já volto com mais dicas. Dundas Square, a praça fica em frente ao Shopping Eaton Centre Uma esquina estilosa no Kessington Market, fica bem rpóximo da China Town Mais um cantinho da Kesington Market Nathan Phillips Square, atrás fica a atual prefeitura de Toronto.
×
×
  • Criar Novo...