Ir para conteúdo

camila_fr

Membros
  • Total de itens

    33
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

11 Boa

Outras informações

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. @Vinny Freitas Chiang Mai pode ser uma boa nessa época do ano, já que é um pouco menos afetada pelas monções. Caso vá, recomendamos muito o Patara, que é um santuário muito reconhecido e sério. Sobre suas malas, não pode reconsiderar levar menos? Pense que certamente será muito quente e então é necessário roupas leves apenas. Eu e meu marido, por exemplo, viajamos 23 dias com uma mala de 7kg cada e não sentimos falta de nada! https://umcasaleumamochila.wordpress.com/2016/03/20/sudeste-asiatico-so-com-bagagem-de-mao/
  2. Oi Vinny, Não conheço a Indonésia, mas sobre a Tailândia, Chiang Mai tem muito mais coisas a serem vistas que apenas o santuário (que é bem legal!), vale a pena. Sobre Bangkok, 3 dias é realmente o mínimo que a cidade merece, mas 4 é o ideal (considerando bate-volta de 1 dia para mercados do trem e flutuante e 1 dia para Ayutthaya). https://umcasaleumamochila.wordpress.com/2016/03/31/tailandia-chiang-mai-e-suas-centenas-de-templos/ https://umcasaleumamochila.wordpress.com/2016/03/11/chiang-mai-cuidando-de-elefantes/ https://umcasaleumamochila.wordpress.com/2016/03/23/bangk
  3. Não conheci Kuala, mas Cingapura é bacana (2 dias cobre tudo com folga!), embora tenha uma pegada mais com cara de Europa do que Sudeste asiático... Três dias completos em Chiang Mai é bastante tempo também, dá para tirar um dia ou fazer bate-volta para Chiang Rai. Outra coisa: se seus 4 dias em Bangkok não forem completos (for 2 meios dias com voo de chegada/partida), vale a pena ficar mais porque um dia é só para mercados flutuantes e outros para Ayutthaya. Se achar que está sobrando mesmo tempo, dá para pegar pegar voo Low cost para Vietnã (Hoi An via Da Nang ou Hanoi) ou mesmo a
  4. Não tire Siem Reap! O complexo de templos é muito mais do que só o Angkor Wat (embora ele seja a cereja do bolo) e cada cantinho tem seu charme. Para conhecer os templos mais legas do complexo você vai gastar 2 dias inteiros (ou 1 dia inteiro mais 2 metades dos dias da sua chegada/partida, dependendo do horário dos voos). A cidade em si não tem nada pra fazer mesmo, embora a feirinha noturna seja bacana. O link abaixo pode te ajudar no planejamento e a decidir: https://umcasaleumamochila.wordpress.com/2016/05/26/cambodia-siem-reap/
  5. Olá, Dupliquei meu perfil e um post por engano. Por favor, deletem o post abaixo: Como devo proceder para excluir este perfil?
  6. Ao norte do Vietnã, cerca de 5 horas da capital Hanói, fica situada uma das 7 Maravilhas Naturais do Mundo, a Baía de Halong. O local é um aglomerado de mais de 2.000 ilhas que salpicam um mar de cor verde esmeralda lindo. É tanta ilha, mas tanta ilha, que as vezes tínhamos a sensação de estarmos navegando em um rio estreito e não no mar da China. É possível visitar o local com passeios de de um, dois ou três dias. Um dia é muito pouco, visto que o tempo de deslocamento desde Hanói é de 4-5 horas! Três dias, para nós, é muito tempo dentro de um barco. P
  7. Olá galera, Fizemos um mochilão-safari no estilo self drive (sem guia, dirigindo e acampando por conta própria) na Namíbia e Botswana em outubro e, como tivemos muitas dificuldades em encontrar informações para planejar o roteiro da Botswana, queremos compartilhar um pouco das informações da nossa viagem com quem precise de dicas. Segue abaixo o relato resumido, para mais dicas vejam os tópicos relacionados em https://umcasaleumamochila.wordpress.com Antes de mais nada, a Botswana (Bots, para facilitar) é provavelmente o país mais exótico que já visitamos e, com certeza o país
  8. camila_fr

    Botswana

    Fazer Botswana no estilo backpacker é bem complicado! Também pesquisei bastante sem conseguir encontrar nada... Por fim optei por alugar um carro com barraca acoplada (o que resolve o problema da locomoção e de onde ficar, além de dar muito mais autonomia para percorrer os parques) e foi uma boa escolha, creio que a melhor em termos de custo x benefícios. Para quem precisar, há algumas informações sobre a Bots nos posts abaixo: https://umcasaleumamochila.wordpress.com/2017/10/29/dicas-mochilao-namibia-e-botswana/ https://umcasaleumamochila.wordpress.com/2017/10/31/botswana-rotei
  9. camila_fr

    Botswana

    Reavivando este tópico, também tive uma imensa dificuldade em planejar uma viagem para Botswana... são escassas as informações ainda hoje! Quem estiver precisando de algumas dicas, podem dar uma olhada nesses dois links abaixo e fazer perguntas por lá! https://umcasaleumamochila.wordpress.com/2017/10/31/botswana-roteiro-e-dicas-parte-i-moremi/ https://umcasaleumamochila.wordpress.com/2017/10/31/botswana-roteiro-e-dicas-parte-ii-savuti-chobe-e-khwai/
  10. Oi Sara, Essas companhias “low cost” tem uma política de oferecerem uma passagem a um valor mais baixo e cobram pelos adicionais, como, por exemplo, marcar assento ou despachar a bagagem. Caso sua mochila não seja muito grande respeitando o peso de aprox. 7kg (política de quase todas companhias low cost), você pode até arriscar e tentar embarcar com ela. Como mencionei, vi algumas pessoas que conseguiam embarcar com mochilas de 60L, principalmente, pelo fato de conseguir fazer check in nas máquinas eletrônicas, não necessitando passar pelo balcão onde ficam as balanças. O máximo que pode aco
  11. Se no seu bilhete esta explicitado que você pode despachar 15kg, você pode ir com uma de mão de 7kg + despachar uma de 15kg. Esse tipo de passagem é a que eles chamam de tarifa 2 (a tarifa 3 é para despachar 20kg, tarifa 4 é 25kg e assim vai até 40kg). Quando eu comprei, peguei a tarifa 1, que é bem barata (cheguei a pagar 10 usd por voo), mas só permitia mala de mão!!
  12. Se você comprou as passagens por low costs (AirAsia, NokAir, Bangkok Airways, etc), é só despachar, mas pagando uma taxa salgada!!! Leia com bastante atenção as condições de bagagem no seu bilhete eletrônico porque o preço extra por mala despachada varia de acordo com o trajeto/tamanho do avião/peso da mala e mil outras regras particulares de cada empresa. Agora, se você comprou por empresas regulares, ai tranquilo!
  13. Oi Leo, Fico feliz por você ter gostado! Na teoria, pela política das companhias aéreas low cost não é permitido... na prática, vimos muita gente voando com mochila de 60L e mais uma mochila na mão (mas nenhuma muuuito cheia) e ninguém foi parado. É um risco! Pagar a mais na hora por conta da bagagem sairá bem salgado e vai ser dor de cabeça na certa. Eu fui medrosa e não arrisquei, vai da sua coragem! Nos voos principais (ida e volta), sem problema. Poucas implicam com isso, já vi uma pessoa tendo que despachar pela KLM, mas também não é nada demais porque não pagaria por isso. Abraço
  14. Acho que ficou ótimo! Vai dar para aproveitar com calma! Olha, fiquei 2 dias em Siem Reap e foi um tempo adequado (logico que daria para ter ficado mais e feito as coisas com mais calma)! Eu curti demais, os templos são uma coisa de outro planeta, mas se você pretende voltar ao sudeste asiático, pode deixar para a próxima... Não fui para Pattaya, achei que os templos de Bangkok e Chiang Mai já eram suficientes! Ayutthaya é bem legal, vale a pena (especialmente se você não for para Siem Reap... ela é meio que uma Siem Reap em miniatura...) Em Chiang Mai, pesquisei demais sobre os passeios de
  15. Oi Leo, Olha, depende muito do seu ritmo de viagem e de como você pretende se deslocar entre as cidades, quais são seus interesses e etc! 16 dias é adequado especialmente se você conseguir voos low cost para se locomover ( e aí a ordem você monta de acordo com as promoções!). Não conheço Koh Tao e Raylai, mas em Bangkok tem que ficar pelo menos 3 dias (ideal 4-5), Chiang Mai depende muito do que você pretende ver, mas entre 2-4 dias completos já esta ok e Phi Phi pelo menos 4 (eu ficaria hospedada em pelo menos duas praias diferentes). E fica de olho na previsão do tempo, na costa oeste dizem
×
×
  • Criar Novo...