Ir para conteúdo

FernanM

Membros
  • Total de itens

    87
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

31 Excelente

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. @rodrs Concordo com você. @Arthur Moraes Felizmente a cultura de propina muito presente no noroeste argentino tem melhorado, acredito que seja por conta da renovação da polícia. Ser parado é certo, perdi a conta de quantas vezes fui parado entre Corrientes e Salta. Provavelmente você deve seguir até Jujuy, e ali deverá decidir se seguirá pela Bolívia ou pelo Chile. Aí conta bastante o interesse comum do grupo. Indo pelo Chile você consegue dar um pulo rápido no Atacama e seguir para o Peru pela famosíssima Panamericana. Pela Bolívia você "dá de cara" com o Salar de Uyuni. Enfim, é tanto detalhe que eu me atrapalho organizando as ideias. Deu até vontade de voltar a planejar outra viagem para esses lados, rs.
  2. Se puder evite passar pelo Paraguai. Vi que você só colocou o tempo previsto para deslocamento. Inclua no seu planejamento + 3h quando for enfrentar alguma fronteira. Passei 4h de carro tentando sair do Chile para entrar na Bolívia. Dicas de atrações no caminho temos muitas, mas 20 dias eu acho muito corrido. Só de deslocamento para ida você separou 8 dias, sobrariam 12 para curtir o destino final e voltar para casa. Se gastar o mesmo período para voltar sobram só 4 dias em Cusco, sem nenhuma folga para imprevistos. Não querendo te desanimar mas vai ser muito cansativo para todos os ocupantes do veículo, principalmente para o motorista. Sugestão de Road-Trip muito boa e que cabe perfeitamente em 20 dias: POA x Atacama.
  3. Se as passagens foram compradas juntas não se preocupe. Caso você perca o voo seguinte a cia. aérea te coloca no proximo voo.
  4. Roma - Veneza: Trem Veneza - Londres: Avião Londres - AMS: Trem AMS - Paris: Trem ou Onibus. De Onibus dá pra programar uns dias em Bruxelas, já que fica "no meio do caminho". Paris - Barcelona: Trem ou Avião. Trem demora umas 7h, mas pode compensar pelo valor caso compre com antecedência.
  5. Quando fui da primeira vez cheguei na Plaza de Armas e cotei todos os passeios com diversas agencias. Optei por fechar com a QORIANKA TOURS. Mas no final acaba sendo indiferente qual agencia escolher, todas compartilham os guias, passeios, vans e/ou ônibus.
  6. Eu pediria uma pipoca para acompanhar a treta sentado de boa no meu lugar. Hahaha
  7. Alguns pontos precisam ser observados sobre cair na estrada com a CNH provisória. A CNH provisória possui validade de um ano. Afinal, como o próprio nome indica, esse é um documento provisório, válido até o recebimento da CNH definitiva. Essa, por sua vez, vale por cinco anos, quando deve ser renovada. Sua idéia é viajar por mais de 1 ano ou menos que isso? Se ela vencer no meio do caminho, como fará para renovar? Após vencer a validade da CNH provisória, o condutor deverá ir ao Detran e retirar a sua CNH definitiva. Eu curto bastante viajar de moto, mas é preciso um mínimo conhecimento em mecânica, ter alguma grana para manutenções preditivas e corretivas, estar ciente do perigo das estradas, tem a questão da segurança nas grandes cidades.. enfim, são vários tópicos que precisam ser pensados antes de cair na estrada. Mas dá pra fazer, tanto pelo Brasil quanto pelo mundo. Dia desses estava revendo uns vídeos de um rapaz que saiu do interior de SP e foi até o Alaska numa Titan 150.
  8. O site https://www.mapeia.com.br/ te dá essas informações de percurso e gastos.
  9. @Francisco Hermes Matos Matos As empresas Expresso Norte e TurBus oferecem esse itinerário, mas tenha em mente que a distância é muito grande.
  10. Estarei indo em outubro ao Atacama, partindo do Rio, a bordo do meu Troller. Vai no inicio ou final de setembro?
  11. Alemanha. Imigração é no país de entrada/saída.
  12. Eu ficaria os 7 dias em Amsterdam, rs
  13. Como o @D FABIANO disse, só existem as vans, carros (SUV) e microonibus operados por empresas de turismo nestes horarios, e mesmo assim são poucos. O preço é um pouco salgado. O seu roteiro é teoricamente curto, só o trecho Cuenca para Latacunga que é um pouco complicado. Eu optaria por realizar os deslocamentos durante o dia mesmo.
  14. @RicardoRM tem razão. As questões sanitárias são um pouco mais precárias. Fora o valor, que é bem alto para quem é de fora. Alguns artistas fazem o trabalho na rua mesmo, mas não recomendo. No meu caso eu fui num estúdio e pedi para fazerem o desenho para mim, neste caso um Tumi. Obviamente que paguei pelo desenho. Logo que retornei ao Brasil fui no meu estúdio de confiança e passei o desenho para o corpo.
×
×
  • Criar Novo...