Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Jackson Lincoln Lopes

Membros
  • Total de itens

    327
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    3

Jackson Lincoln Lopes venceu a última vez em Junho 28

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

76 Excelente

Sobre Jackson Lincoln Lopes

  • Data de Nascimento 12-05-1984

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Jackson Lincoln Lopes

    Alguém tem informações recentes quanto a crise enfrentada pela Alitalia?

    Galera, alguma novidade da Alitalia? Tenho passagens compradas para 20/dez a Roma.
  2. Embora eu criei o tópico e o abandonei... Mais uma vez não poderei ir ao Ushuaia. Consegui um preço bom de passagens para Roma e Espanha. Então, mais uma vez irei ao velho continente. Ushuaia ficará para 2019/2020 ou 2021/2022. Boa sorte aos que vão.
  3. Jackson Lincoln Lopes

    Como é voar pela Royal Air Maroc (RAM)?

    Oi @Giovanna Bompani, tudo bem? Eu comprei no decolar.com era possível marcar os assentos no site do decolar ou mesmo na RAM. Eu entrava com o código da minha reserva no consultar minha reserva, ai tinha opções do lado direito. Bem simples.
  4. Jackson Lincoln Lopes

    Como é voar pela Royal Air Maroc (RAM)?

    @Apaula.Sales Ahhhh, já que você vai para o melhor lugar do mundo, dê uma olhada no meu relato! Comenta lá Quem sabe te ajude. Vai que você passa por uma destas cidades.
  5. Jackson Lincoln Lopes

    Como é voar pela Royal Air Maroc (RAM)?

    @Apaula.Sales Eu comprei as passagens separadas sabe, ida fui de Latam. Um B777 apertadíssimo. O avião da RAM era zerado, um Boeing 787 Dreamliner. Veja no seu bilhete se é esta aeronave. Pra você ter ideia de como as malas vieram intactas, eu trouxe umas 8 garrafas de vinho. Eu também li muito a respeito da RAM justamente nessa época do ano passado. E estava morrendo de medo. Eu li tanta coisa ruim, que não sei se tive sorte ou as pessoas que li tiveram azar. Por que elogiar, ninguém elogia também, agora, reclamar... Eu tinha comprado esta passagem pelo decolar.com. 5 meses antes da viagem, foi mudado a malha aerea da RAM para o Brasil, e pensei que teria problemas para remarcar o voo. Você acredita que eu entrei em contato pelo twitter com a RAM por DM, eles pediram o telefone e me ligaram (em inglês). Resolveram tudo. Só precisei do decolar para remarcar mesmo, mas eles (RAM) tinham me mostrado todas as alternativas dos voos. O aeroporto de Casablanca é super pequeno. Em 10 minutos (se não tiver muita gente, claro) você entra no aeroporto e já estará em seu terminal. Como disse, não sei se tive sorte. Mas, um conselho. Leve as roupas mais importantes, caras e que você mais gosta na bagagem de mão. Agora, eu estou em uma sinuca de bico. Comprei passagens para a Europa pela Alitalia, minha viagem é em dezembro, e dizem que depois de 30 de outubro a Alitalia vai falir. Mas, de boa. Nem vou esquentar a cabeça. Já comprei parte dos euros também. É só esperar. Se der certo deu, se não der. Fico no aguardo.
  6. Jackson Lincoln Lopes

    Como é voar pela Royal Air Maroc (RAM)?

    Oi @Apaula.Sales, tudo bem? Viajei sim. Foi ótimo! Voo de Paris/Casablanca e Casablanca/SP. 3 horas a primeira perna e 9 horas a segunda, esperando 6 horas no Marrocos. O avião Marrocos/Brasil era zerado, com bom espaço entre as pernas. Nem um minuto de atraso, nem malas extraviadas. Comida boa (por ser árabe achei que nem iria comer). Voaria tranquilamente de novo. Procurei, procurei, procurei preços na RAM nestes últimos 2 meses. Mas, não achei. Lá no Marrocos tem atendentes que falam português sim, não é um primor, mas ajudam. Os agentes dos aeroportos ficaram todos felizes quando viram nosso passaporte do Brasil, começaram até falar de futebol. Acabei comprando passagens da Alitalia SP/Roma e Madrid/SP para dezembro.
  7. Jackson Lincoln Lopes

    Passagens para Europa

    Ufaaaaa! Finalmente encontrei!!! SP/Roma (20/12) e Madrid/SP (31/12) pela Alitalia. Saiu 5100 para duas pessoas ida e volta!!! Vou viajar!!!
  8. Jackson Lincoln Lopes

    Passagens para Europa

    Nando, ainda não consegui encontrar por menos de 3100. Se eu achar algo em torno de 2800 eu já fecho. Sempre busco a partir de SP, mesmo sendo do PR.
  9. Jackson Lincoln Lopes

    Passagens para Europa

    Acabou maio, e nada de passagens sem preços abusivos em janeiro para a Europa... Alguém comprou?
  10. Jackson Lincoln Lopes

    Passagens para Europa

    E o dólar e o euro subiram mais. Negócio é ir para a Argentina que o Peso esta desvalorizando mais que o real. Estou achando que minha viagem para o Ushuaia vai sair do papel. Mas ainda tenho vontade de ir para Colômbia e Peru.
  11. Jackson Lincoln Lopes

    Itália + Paris: 16 dias – Janeiro de 2018 com muitas fotos e custos.

    Arrivederci, Italia! Ciao! Ci vediamo ancora altro giorno. Bem, acabou a a parte da Itália, logo mais conto como foi em Paris. Esta foto é dos Alpes italianos, sai de Firenze para chegar a Paris (CDG).
  12. Jackson Lincoln Lopes

    Itália + Paris: 16 dias – Janeiro de 2018 com muitas fotos e custos.

    Firenze – Luogo dei pensatori Quinta-feira, 11 de janeiro de 2018. Depois de vários dias acordando bem cedo, acordamos um pouco mais tarde, em torno das 8 da manhã. Tomamos café no hotel e logo saímos. Tínhamos este dia todo para explorar Firenze, pois no dia seguinte conheceríamos Pisa. O dia amanheceu meio nublado, com cara de que iria chover, mas teve apenas alguns chuvisqueiros leve, saia o sol, voltava nuvens e ficou assim. Mas foi ótimo. O clima, bem frio. Media de uns 8º C. Estava bem gostoso, para quem pegou zero em Torino. Duomo di Firenze. Nosso hotel não ficava na região histórica de Firenze, nem próximo a nenhuma das duas estações de trem, ficava entre elas. Eu estava muito preocupado com isso, pois era media de 1,5km a 2km de distância destes locais. O preço nestas regiões citadas, estava elevado. Confesso que acertei mais uma vez. Para duas pessoas jovens que gostam de andar, 15 minutos caminhando a mais ou menos, não atrapalha, pelo contrario, você vê como a cidade se comporta. Passamos em frente a escolas, comércio, casas. Enfim, vimos um pouco da “italianada” em suas rotinas. Rua típica de um bairro em Firenze. Claro que, a primeira atração que visitaríamos seria a catedral Santa Maria de Fuori, ou o Duomo di Firenze e por ali ficamos nas redondezas. Até vimos de entrar nela e tal, mas tinha uma fila pequena, só que o que pegou mesmo foi o valor. Estava bem salgadinho. Era aproximadamente 20 euros. Não lembro o valor exato. Firenze tem um comercio popular bem forte, tem muitas lojinhas, que aqui no Brasil seria chamado de “paraguaizinhos”. Passamos pela Piazza della Reppublica, pela Ponte Santa Trinita (paralela a Ponte Vecchio) e fomos em direção ao Giardino Bardini e ao Giardino delle Rose, até que chegamos na Piazza Michelangelo. Lá de cima tínhamos uma vista fenomenal da cidade de Firenze e sues arredores. Passamos também pelo Mura de Firenze, uma muralha gigantesca que cerca uma parte da cidade. Ponte Vecchio. Mura di Firenze Pallazio Vecchio Depois descemos e andamos por todo o centros histórico novamente e fomos almoçar já era mais de duas da tarde no famoso restaurante Perseus, aquele das famosas bisteca Fiorentina. Não comemos a carne, pois era um absurdo, se vi direito eram 50 euros uma bisteca daquelas que vinha próximo de 700 gramas de carne, super mal passada. Saindo sangue mesmo. Fomos ao mercado Esselunga que ficava próximo ao restaurante e já comprei uns vinhos, chocolates, e guloseimas para ter o que comer nos últimos dias de Itália. Escadinha básica para chegar aos jardins e a praça de Michelangelo. Prepare o fôlego. Voltamos a andar pelo centro histórico e jantamos em uma pizzaria. Uma das melhores pizzas que comemos em toda Itália. Gigantesca. Preste atenção na plaquinha de proibido fumar, bem embaixo dela, estávamos nós. Quando estavam preparando a pizza, e estávamos esperando, o pizzaiolo estava com seu cigarrinho do capeta lá fumando escondido. O cara era muito gente fina, mas isso era sacanagem né? Eu nada falei, a pizza estava uma delícia. Voltamos ao hotel e dormimos um pouco cedo, em torno das 10 da noite, pois sairíamos cedinho para Pisa. Gastos do dia: €36,00 – Almoço – Dinheiro. €26,00 – Mercado – Dinheiro. €31,00 – Jantar – Dinheiro. €8,00 – Sorvete – Dinheiro. Total: €101,00 Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018. Stazione Pisa Centrale. Nosso trem para Pisa partia às 7 da matina da stazione Firenze Santa Maria Novella. Então, 6 horas da manhã já estávamos comendo no hotel e saindo ás 6h30 do hotel. Chegamos na hora, tranquilo. A viagem até Pisa foi aproximadamente 50 minutos. Tivemos algumas paradas pelo caminho em cidadezinhas minúsculas, a maior delas foi Empoli. Vista de Pisa as margens do Rio Arno (o mesmo de Firenze) Fomos a pé da estação central de Pisa até a Piazza del Duomo e todo seu arredor. A cidade é basicamente voltada para este local. Li bastante que tinha algumas outras coisas, mas nosso foco era apenas este ponto histórico marcante. Tudo era muito bonito por lá e o clima estava muito bom como podem ver nas fotos. Subimos apenas na torre, pois o pacote completo sairia meio carinho e tomaria muito tempo. Para subir ao topo da torre eram 18 euros por pessoa. As outras atrações eram pagas a parte, 5 euros por atração ou 8 euros (um combo) as outras três atrações. Nem precisa de legenda. Confesso que se soubesse como seria subir lá em cima, não teria ido. Pode ficar o tempo que quiser, mas mais que meia hora é loucura ficar lá. Não tem o que fazer. Não recomendo a ninguém subir lá, a não ser que tenha dinheiro sobrando. Eu usaria estes 18 euros para comprar um bom vinho toscano ou comer massas. A visão lá de cima é até boa, mas são muitas grades atrapalhando tudo. Não sai uma foto legal. Escadarias.... Visão lá de cima. Voltamos por outro caminho a estação central e conhecemos um pouco mais da cidade. Adiantamos nossa estadia em Pisa e pegamos o trem das 12h30 ao invés de 13h00. Como os trechos de cidades próximas valem por 4 horas, optamos por antecipar nossa viagem. Este era um trem mais rápido e em meia hora estávamos em Firenze. Não rodamos muito e resolvemos comer na Trattoria San Lorenzo, o restaurante que levava o nome do time do Papa Francisco. Apenas por isso entramos. Claro que não, era pelo preço e ambiente que vimos. Basílica di Santa Croce di Firenze. Andamos nos mercadinhos populares, fomos ao mercado central e fomos conhecer outra parte da cidade. Ficamos um dia e meio em Firenze. Gostaria de ter ficado um dia a mais na Toscana para conhecer alguma vinícola, mas ficará para uma próxima vez. Dumo di Firenze la note. Esse era nosso último dia de Itália e na manhã seguinte iríamos para Paris. Mesmo sem conhecer Paris (e foi muito bom) eu trocaria tranquilamente esses 4 dias na capital francesa por 4 dias na Itália em qualquer canto. Caras, a Itália superou todas as minhas expectativas, todas mesmo. Eu não tenho um “A” do que reclamar, e nem mudaria meu passeio, apenas deixaria mais dias para Roma. Mas eu voltarei a Itália com certeza e não vai demorar muito, no mais tardar na década que vem. Não tenho nenhuma origem italiana na família, mas sempre curti a Itália, pela culinária, pela história, por seus esportistas fantásticos, pela música. Por tudo. Eu já estava com saudades da Itália mesmo antes de deixá-la. Ainda estou. Gastos do dia: €35,60 – Firenze/Pisa/Firenze – Comprado no Brasil. €36,00 – Subir na Torre de Pisa – Dinheiro. €27,00 – Almoço – Dinheiro. €5,00 – Sorvete – Dinheiro. Total €103,60
  13. Jackson Lincoln Lopes

    Passagens para Europa

    Fala galera, beleza? Estou abrindo deste tópico aqui, pois não encontrei nenhum aqui, se for inútil, por favor deletem e deixem o link do tópico já existente. Ano passado nessa época do ano, eu já tinha comprado minhas passagens para a Europa (viagem foi entre 30/12/17 e 17/01/18). Paguei um preço que achei justo e bom. R$4500,00 para duas pessoas, ida e volta. Fui de Latam e voltei de Royal Air Maroc (sim, comprei os trechos separados). Fui para a Itália e Paris. Estou querendo fazer Lisboa, Barcelona, Madrid e Roma em janeiro de 2019. Mas, os preços estão exorbitantes. Entendo que o dólar subiu e tal, mas mesmo antes do dólar disparar, já estava esse preço, aliás, até mais caro. Não acho passagem para janeiro de 2019 por menos de 6500 para 2 pessoas. Como sou professor (e acredito que tem muitos também no mochileiros.com) só posso viajar final de dezembro e no mês de janeiro. Gostaria de saber o que a galera tem achado de preço, quem está para comprar ou quem já comprou para esta época. Abs
  14. Jackson Lincoln Lopes

    Itália + Paris: 16 dias – Janeiro de 2018 com muitas fotos e custos.

    @Cibeli Andrade tudo bem? Obrigado pelo elogio do relato. Falta terminar uma parte ainda. Sobre o celular: comprei o meu no Paraguai. Funcionou normalmente. Os caras fazem alguma coisa na configuração sim do celular. Por exemplo, aqui uso TIM. Lá eles modificaram aquela parte de redes e tal. Mas eles mesmo fazem. Só colocar o chip e tal. Se não funcionar, vá a uma loja. Estamos na Europa. Lá as coisas funcionam. O RomaPass não pode usar trens, mas opde usar o metro. Você vai andar muito, mas muito e querer andar mais . As vezes a perna vai pedir arrego e nessa hora o RomaPass vai te colocar no "metro de graça". Vou fazer a última parte de Firenze.
  15. Jackson Lincoln Lopes

    Itália + Paris: 16 dias – Janeiro de 2018 com muitas fotos e custos.

    Nossa, jurava que já tinha terminado isso aqui. Que vergonha! Vou ver se termino nesse feriado. Olha, gente estou com muitas dúvidas para a próxima viagem. Nós queremos ir para Espanha e Portugal, mas o euro a 4,60 não dá né. Pensei em ir para o Peru e Colômbia, essa dobradinha em uns 18 dias. Me deem uma ajuda ai
×