Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Sandi.V

Membros
  • Total de itens

    3
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Olá mochileiros, Resolvi dividir minha experiência sobre minha viagem para Recife e arredores realizada em outubro de 2016, pois sempre tirei muitas dúvidas por aqui. É a primeira vez que escrevo um relato, então me perdoem por qualquer falha e fiquem a vontade para fazer qualquer pergunta que talvez eu tenha esquecido de compartilhar aqui. Dividirei em 5 partes: 1) Chegada à Recife e Praia de Boa Viagem 2) Porto de Galinhas 3) Recife Antigo e Instituto Ricardo Brennand 4) Praia de Carneiros 5) Olinda Fomos para Recife em 4 pessoas partindo de SP, com saída do vôo de Garulhos. Dessa maneira, vou incluir os gastos apenas da viagem, deixando de lado o transporte até o aeroporto e o preço do vôo, pois isso pode ter inúmeras variáveis. Mas se tem uma dica importante que posso dar embora seja bem batida, é: compre seu vôo com antecedência máxima, pois devido à incerteza quanto à minha disponibilidade de tempo, acabei pagando bem mais caro do que vejo por aí. Escolhemos a hospedagem no Airbnb e realmente tivemos muita sorte com nossa anfitriã e com a localização do apto. Como nosso objetivo não era nos limitarmos às praias e conhecermos o máximo possível no nosso tempo limitado, escolhemos Recife como base, no bairro de Boa Viagem. Embora o bairro seja tradicionalmente mais caro, é por lá que estão a maioria dos hotéis, hostels, restaurantes e uma boa estrutura de comércio, além de fácil acesso do aeroporto e linhas de ônibus para todos os pontos da cidade. Pagamos R$ 180 por pessoa para um total de 6 diárias em flat para 4 pessoas com cozinha equipada. Decidida a hospedagem, pesquisei os passeios que não poderíamos fazer por conta em diversas agências para ter uma base de preço, mas não fechei com nenhuma (todas pediam 50% de sinal) e isso foi essencial para o sucesso da viagem, como descreverei mais à frente. Não tenha medo, lá em Recife é possível negociar todos os passeios por um preço bem menor, principalmente para saídas fora da alta temporada. Vamos então ao relato: Primeiro dia: chegada em Recife e praia de Boa Viagem Nosso voo chegou em Recife às 12:30 (horário local- lembrar que PE não adere ao horário de verão), depois de um percurso de quase 3 horas. Nossa anfitriã nos buscou no aeroporto, mas para quem estiver hospedado em boa viagem há opções de táxi e ônibus (linha 26- TI Aeroporto/TI Joana Bezerra- R$2,80). Chegamos ao apartamento e fomos almoçar em uma padaria New Planet na Rua Conselheiro Aguiar por indicação da nossa anfitriã. O bufê não é tão farto, principalmente de opções regionais, mas atendeu às nossas necessidades no momento por um preço razoável. Meu almoço com refrigerante saiu R$12,75. Aproveitamos para passar em um mercado para comprar os mantimentos necessários para a viagem, o que saiu na faixa de R$25 por pessoa. No geral, os preços em Recife são bem parecidos com os que encontramos em várias regiões do Brasil, não aumentando tanto como acontece em outros locais turísticos. Aproveitamos o restante do dia para passear pela praia de Boa Viagem, a qual é bem limpa e organizada com vários quiosques, uma ciclofaixa onde há aluguel de bicicletas e que durante a maré baixa também forma piscinas naturais. Aliás, uma dica MUITO IMPORTANTE ao ir para Pernambuco: OLHEM A TÁBUA DE MARÉS. Todos os passeios às praias dependem do horário certo da maré baixa para que se formem as piscinas naturais. Se na semana escolhida esse horário for incompatível com a hora do seu passeio, você vai deixar de apreciar a verdadeira beleza dessas praias. Essa informação está disponível no site da Marinha. Em frente à praia de Boa Viagem há uma feirinha, onde além de comida, há vários guias independentes que oferecem o mesmo passeio que as agências por um menor preço. Não cheguei a ir nessa feira, pois recebi uma indicação de um guia, com o qual negociei Porto de Galinhas e Carneiros. O nome dele é Paulo Rogério, um cara muito bem humorado, contador de "causos" e essencial para não cairmos em várias pegadinhas que vimos por lá. O telefone dele é (81) 983241811. Depois da praia, voltamos ao apto para descansarmos para o dia seguinte. Curiosidade que a noite caí em Recife exatamente às 17:30, o que era bem cedo para nossos padrões haha. If I am a river, you are the ocean by Sandi V, no Flickr
  2. Também acho bem inviável para 15 dias. Uma pergunta, por que não comprar um vôo com chegada em Amsterdã e saída no último lugar que vocês visitarão? Economiza tempo
  3. Olá pessoal, Estou planejando minha primeira viagem internacional e gostaria de ajuda/opinião de vocês sobre o roteiro escolhido. Vou sair de SP para Bariloche em outubro/16, em 4 adultos. Chegando lá pretendo alugar um carro para fazer os passeios independente de agências. Até agora meu roteiro está assim: Dia 1- Chegada, check in no hotel (ainda não comprei as passagens portanto não sei meu horário de chegada, mas se for cedo quero incluir um passeio pelo centro). Dia 2- Retirada do carro (caso não locar com saída do aeroporto), circuito chico e cerro catedral (pretendo fazer apenas um dos tours de subida da montanha, nenhuma atividade de ski) Dá para conciliar os dois em um dia? Dia 3- Isla Victoria + Bosque dos Arrayanes ou Puerto Blest+ Cascata (qual dos dois vocês indicam mais?) Dia 4- Cerro Tronador Dia 5- El Bolson e lago Puelo Dia 6- San Martin de Los Andes por 7 Lagos ou Circuito Grande (qual dos dois vocês indicam mais?). Devolução do carro (se for no centro) Dia 7- Check out do hotel e volta para o Brasil Diante disso tenho algumas dúvidas: Quais passeios não inclui que são imperdíveis ou quais que inclui que não valem a pena? É tranquilo fazer esses trajetos de carro? Seria mais vantajoso fazer o passeio lacustre no 2º dia com transfer da agencia e alugar o carro a partir do terceiro dia para fazer os demais passeios? Todos os passeios são mais contemplativos ou há algum que exija algum condicionamento físico? (uma das pessoas que vai não pode fazer muito esforço). Obrigada mochileiros!
×
×
  • Criar Novo...