Ir para conteúdo

Natália C. Santos

Membros
  • Total de itens

    43
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

16 Boa

Sobre Natália C. Santos

  • Data de Nascimento 24-04-1991

Bio

  • Ocupação
    Bibliotecária

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Oi Bianka! Estou pensando em fazer Bolívia em outubro / Novembro. Devo começar por Santa Cruz, fazer Toro Toro, Sucre, Uyuni, La Paz e Copacabana. Como está a sua programação?
  2. 16/09 (Sábado) - Atacama - Pedras Rojas e Lagunas Altiplânicas Sem dúvida um passeio indispensável no Atacama.... É um passeio longo, de 1 dia inteiro, em altitude elevada, com variações enormes de temperatura, mas uma das paisagens mais bonitas que já vi na minha vida. 1 dia antes, umas brasileiras que estavam no meu quarto me informaram que sentiram muito frio no passeio, foi o passeio mais congelante, que as vezes elas não conseguiam sair da van sem as mãos congelarem... bateu um medo e com isso eu coloquei calça segunda pele + leggin + moletom e blusa segunda pele + fleece + corta vento... gorro, luva, cachecol e tudo mais. Na 1° parada, paramos em um lagoa para ver os flamingos e tomar café da manhã.. não achei nada demais, parecia um esgoto de tão fedido o lugar... tiramos algumas fotos e fomos tomar o café da manhã (incluso) bem gostoso, deu para ficar feliz Depois seguimos a estrada e paramos no meio dela para tirar fotos naquele lugar super lindo.. acho que já estávamos a mais de 4 mil metrôs de altitude e Larissa passou um pouco mal, mas levamos folhas de coca e ajudaram bastante e ela ficar boa rápido. Tiramos algumas poucas fotos... (sério, eu nasce mais para olhar que tirar fotos, gente. Desculpa.) E seguimos para as Pedras Rojas... Estava ventando, mas não chegava nem perto do frio que eu esperava.. Então tirei o fleece e o moletom para ficar mais confortável.. e que lugar incrível!!!! Um dos lugares mais lindos que já visitei! Um sapato resistente é indispensável também, pois vocês vão tirar o coro dele!! Ficamos um booom tempo neste lugar, algo em torno de 45 / 1h e seguimos felizes para as Lagunas Altiplânicaas, infelizmente lá ficamos beeeem pouco, não sei bem porquê, mas admiramos um pouco aquela beleza de lugar. Depois ainda fomos até um outro lugar, não me recordo o nome, mas parecia que eu estava dentro de uma pintura!!! Sente o que era aquilo... Depois ficamos um bom tempo na van e paramos para almoço, também incluso, com um suco colorido com gosto de corante com açúcar bem horrível.... mas a comida era bem satisfatória! Em outra cidadezinha tomamos sorvete, vimos umas lhamas fofas e aí já estava um calor desesperador.. eu estava tirando absolutamente tudo o que eu podia de roupa... Estava exausta e vim cochilando até a cidade... Mas como era a minha ÚLTIMA noite no Atacama, Final de Semana de Festa Pátria, único Final de semana permitido ter festa, beber na rua e dançar! Claaaro que iamos pegar uma festinha... Encontrei Larissa no hostel dela e descemos para encontrar 2 amigas chilenas que fizemos amizade... Estávamos morrendo de fome e paramos na Casa de Piedra, onde comi a melhor pizza da minha vida... tomamos umas cervejas e depois seguimos para um bar / karaokê / balada, chamado Lolita, se eu não me engano... São 3 áreas divididas e resolvemos ficar na parte com Karaokê livre, era só por o nome na fila... O bar era LGBT e estava cheio de brasileiros (como em qualquer canto). Pedimos um vinho, porém, para beber precisa pedir comida também Então pedimos algumas empanadas e pagamos 10 mil pesos num vinho que custa 2 mil HAHAHAHAHAHAH Trouxa Ficamos lá bastante tempo, mas começamos achar chato e saímos... entramos na festa pátria, saímos, tomamos mais terremoto e ficamos trebatos.. depois fomos ao hostel das chilenas e ficamos na área comum até ninguém mais conseguir se mantar acordado. Voltei ao hostel, cochilei por exatos 25 min e já tive que acordar as 5h para os passeio ao Geyser!! <3
  3. 15/09 (Sexta) - Atacama - Terma Puritamas e Tour Astronômico Acordamos cedo e um pouco antes das 9h a van já buscou a gente! De novo, as primeiras... Usei uma calça leggin e blusa de manga de fácil transpiração (teladas de exercício físico), com biquíni por baixo. Lá tivemos que pagar uma entrada de 15 mil pesos (150/2 = 75 reais) , que entregamos ao guia e nos deu o ingresso. São 4 ou 5 (não lembro bem ) lindas piscinas naturais com água quentinha que chega a ser torturante sair delas, pois o vento castiga.... O tempo que ficamos não foi muito, mas deu para aproveitar bem cada uma. Levem uma roupa entra para não voltar molhada e toalha de alta absorção. Eu realmente não tenho fotos fotos, estava absolutamente mais preocupada em aproveitar aquilo tudo, mas vou por aqui o pouco que tenho O ingresso A primeira visão do local 2° Piscina Estava um sol bem forte e foi tudo maravilhoso... Depois fizemos uma pequena subida até a van e voltamos para casa ouvindo um reggae espanhol bem gostoso.. Chegando na cidade, almoçamos no conhecido Carritos! Próximo ao Campo de futebol, bem próximo ao centro. Comi um pescado com batata e arroz bem gostoso por 3 mil pesos (30/2 = 15 reais) + um sucão de abacaxi por mil pesos (5 reais). Pança cheia! Partiu tomar um banho e descansar no hostel para o tão grande e esperado passeio do Atacama... O Tour Astronômico!!!! Meu passeio mais desejado, o que me fez ir até o Atacama. O Tour Astronômico, a agência te leva até uma parte do deserto, com melhor visualização do céu e o guia, um astrônomo (geralmente) explica tuuuudinho. Depois ficamos livres para observar os telescópios com o guia ainda explicando cada detalhe e no fim entramos numa casinha, ficamos em volta de fogueira, tomamos chocolate quente e o guia fica aberto a todas as perguntas... foi a coisa mais linda de toda a viagem. Para não ter erro, reservei a data com a Space 1 mês antes http://www.spaceobs.com/en . É a mais tradicional agência do tour astronômico! 20.000 pesos (100 reais) mais bem gastos da minha vida. Agendei o tour em espanhol, mas o astrônomo conhecia o Brasil e também falava português (haviam muitos brasileiros no grupo), ele explicou cada detalhe muito bem, deixa cada pessoa perguntar.. dedicou 1h só de explicação com o laser que chega em casa estrela... A Space também possui mais telescópios e os melhores e maiores do que qualquer outra agência no Atacama... Valeu super a pena. Eles pegam a gente no ponto de encontro pontualmente e nos levam num micro-ônibus e deixam no mesmo lugar no centro. Minhas amigas fizeram com 2 outras agência na mesma noite e sério, a explicação delas foram muito mais precárias, com o tempo dedicado a tirar fotos, pois precisa de uma máquina especial... O que a Space não faz. Se você procura viver mais o momento e ter boa explicação, recomendo a Space, mas se preferir mais um foto para recordar, há várias agências que realizam esse serviço. Obs: No tour astronômico faz um frio absuuuurdo por favor, utilizem as 3 camadas de roupa (Segunda pele, fleece e casaco), cachecol, gorro, luva são sempre importante também!
  4. Chegou o primeiro dia de passeio, já que a ventania de ontem não deixou fazer o vale de la luna !! Como eu já disse, eu já havia fechado tudo com a Carla Boechat e ela foi a responsável por fechar os meus passeios e com isso não precisei me preocupar com absolutamente nada!!! Ela foi maravilhosa e fez essa planilha pra mim com todo o roteiro, preços, horários e entradas: Então o primeiro passeio já começou hard.. pq pedalar peso deserto não é fácil não!!! O nosso guia, o José, foi maravilhoso... é um peruano muito gente boa!! O passeio é particular, somente eu e a Larissa fizemos e tudo no nosso tempo, o Zé era bem cuidadoso e atencioso a todo o momento, as bikes também eram ótimas, com ótimo freio até na terra... Saí do hostel bem cedo, por volta de 7:30, encontrei a Lari no hostel dela e seguimos para o centro onde o ponto e encontro era em frente a um restaurante.. enquanto esperávamos comi uma empada que infelizmente não caiu muito bem, me deixou arrotando o gosto da carne moída a manhã toda ... peguei trauma e nunca mais como empanada de carne hahaha De manhã estava um absurdo de frio!!! Quem fizer o passeio de bike pela manhã, por favor, saiam bem agasalhados (estilo cebola, várias camadas) e levem bandana para cobrir o rosto!!! eu não levei e pedalar levando vento frio no rosto e respirando aquele ar gelado fez a minha "ite" atacar, me causando muita coriza e dor de cabeça... eu havia levado minha bolsinha de remédio para esse passeio e foi bem útil para melhorar os sintomas. Conforme foi passando o dia, o vento gelado foi diminuindo e dando lugar ao calor... eu fui com blusa de esporte, blusa segunda pele, corta vento e cachecol.. tudo bem essencial. O passeio é maravilhoso, nunca tinha visto nada igual!!! fazer o passeio de bicicleta deu um ar de superação. Super recomendo para quem não tem preguiça de atividade física, mas é importante estar mais aclimado e praticar exercícios regularmente para não sentir tanto. Eu faço exercício funcional 3 vezes por semana e mesmo assim senti bastante câimbra quando precisava subir com a bike as montanhas cheias de arreia, mas de forma alguma deixaria de fazer esse passeio. O parque que visitamos de Bike Aqui a gente paga uma entrada de 2 ou 3 mil pesos... Teve lanchinho nesse passeio, mas a fome ainda era negra, então, por volta de 13h acabou nossa aventura e quando estávamos a caminho dos Los Carritos para o almoço, um brasileiro parou a gente e nos convenceu a comer ali perto no centro mesmo... comida boa, mas deu uns 30 reais para cada, achei um pouco caro.. Mas segue a foto do prato bonito o ambiente era bonito e confortável, mas não lembro o nome e nem onde ficava, só que era bem perto da lojinha do Zé... Depois corremos para o hostel para nos prepararmos para o passeio da tarde, a Lagunas Cejar... , a laguna de sal. No hostel tomei banho e coloquei o biquíni por baixo da roupa e novamente fui até o centro para a saída na agência Flamingo.. No centro também encontrei a Loren, curitibana do grupo do whatsapp que também fechou os passeios com a Carla e íamos fazer os passeios juntas. A laguna Cejar tem uma entrada muito cara, mas tem boa infraestrutura, com bastante banheiros e chuveiros de água doce para ajudar a tirar o sal do corpo... a laguna é bem bonita e mesmo a água sendo gelada, eu recomendo entrar sim, depois seu corpo acostuma com a temperatura, mas sabe lá quando haverá outra oportunidade de entrar numa água tão densa de sal... Só cuidado para não manchar seus óculos escuros pq eu me ferrei com isso hahaha Na verdade a laguna que entramos não é a Cejar, pois a mesma é proibida para banho, a que entramos é a laguna ao lado, a laguna Piedra. Laguna Piedra... Depois de ficarmos um bom tempo aproveitado a laguna, fomos para o banho, entramos novamente na van e seguimos para conhecermos outras lagunas e novamente entramos na van para o lanche no por do sol... No Atacama vc nunca pode deixar de levar o corta vento e uma blusa quente (flecee / 2° pele) para todos os passeios, pois a variação de temperatura é enooorme! principalmente de manhã e fim de tarde. O lanche era muito bom! Teve nachos com guacamole, pisco, suco, biscoitos e uma galera muito gente boooa.. havia muito brasileiro, então conversamos muito e foi uma ótima troca de experiência também. Depois do por do sol a van nos deixou no centro e eu e a Loren resolvemos comprar coisas para lancharmos no hostel e fizemos um hamburguer bem delicioso gastando bem pouco.. compramos tudo na rua dos los carritos (próximo ao campo de futebol e do cemitério) lá há várias vendas bem baratas e ajuda a não estourar o orçamento. Próximo capítulo: 15/09 (sexta) - Atacama - Termas Puritama / Tour Astronômico Foto por onde passamos de bike.
  5. @Eliane Oliveira Isso, eu levei dólar e lá troquei pela moeda local.. no meu caso foi o peso chileno. Você sempre vai trocar pela moeda local. Na primeira postagem estou ensinando a fazer o cálculo para saber se levar dólar ou real é mais vantagem, mas esse cálculo vc começa a fazer 1 mês antes da viagem, pois vai precisar saber da cotação da época que estiver indo. Mas eu recomendo levar um pouco em dólar e um pouco em reais. Chile e Argentina possuem um custo bem alto, já foi o tempo que a Argentina era barata também, então o custo não vai ser muito diferente de uma país para outro, só que o Chile possui mais passeios caros, como o Farellones que custou 300 reais com os alugueis das roupas.
  6. @Eliane Oliveira Olá, Eliane! Não sei se entendi bem a sua pergunta "de Santiago ate Atacama vocês alugou um nos hostel ?" Se aluguei algum passeio?? Não, não aluguei nada em hostel.. Eu fechei os 2 hostels aqui do Brasil mesmo, Che Lagarto já é uma rede conhecida minha e sempre tenho preferência por eles e o Chil no Atacama fechei pelo Arbnb pq eu tinha desconto. Eu não lembro qual foi a agência que utilizei em Santiago pq fechei junto com umas meninas e elas que fecharam e só paguei no dia, mas tenho o telefone do vendedor Patrick (brasileiro) +55 19 98166-7899.. pq fechamos em grupo ficou 15 mil pesos (75 reais) Eu já sai do Brasil com os dólares! troquei mais ou menos 2.965,00 reais por esses 900 dólares, mas utilizei somente 690 dólares... voltei para o Brasil com 210 dólares.
  7. 11/09 (segunda) - Santiago - Eu ouvi neve??? - Farellones Nessa dia eu descobri que Santiago demora muuuito a amanhecer... Acordei as 5h, tomei banho, encharquei meu rosto de protetor solar e coloquei milhares de camadas de roupa (blusa de manga comprida de tecido fino, blusa 2° pele, fleece e corta vento + calça 2° pele e legging + touca, luva, cachecol) e as 5:30 o guia ligou para avisar que já estava aguardando na porta, para nossa sorte (sqn) fomos as primeiras e passamos boa parte das primeiras horas rodando santiago todo para ficar catando as pessoas... depois de quase 2 horas rodando paramos em um lugar para alugar as roupas de neve e equipamentos de ski e tomar café da manhã (não incluso).. já era quase 8 horas da manhã quando começou a clarear e saímos da van (um friiio absurdo que estava fazendo) para experimentar as roupas que iríamos alugar. Não aluguei equipamento por medo de estourar o orçamento e eu sabia que em Farellones haveria bastante coisa para brincar na neve.. minha pretensão era alugar a bota, calça, luva e os óculos, pois o meu corta vento era impermeável - cada coisa separada estava 7 ou 8 mil pesos e se alugasse o pacote completo com jaqueta ficava 25 mil. Aceitei o completo... mas me arrependi podia ter alugado somente a bota e a calça (essenciais), pois a luva impermeável compra por 5 mil pesos do seu tamanho em qualquer loja ou barraquinha e os óculos para quem não vai esquiar não serve de nada, são horríveis e praticamente só usei para ajudar a segurar a touca na cabeça e mesmo assim bem pouco (usei meus óculos escuros), a jaqueta impermeável eu já tinha, não precisaria alugar... mas fica a dica para vocês, podem alugar o mínimo possível e economizar uns 50 ou 100 reais! Depois de alugar tudo e me sentir do dobro do meu tamanho, fui tomar o café da manhã num posto de havia ao lado da loja de aluguel.. acho que foi o melhor café de toda a viageeeem. Pqp... Isso era o tal café americano, havia ovos, bancon, suco, café.. estava uma delícia, mas tivemos que comer tudo na van mesmo pq se não ia atrasar o grupo! hahaha Geeente!! Não esquecer de usar protetor solar, usem bastante no rosto... levem bepantol labial ou manteiga de cacau também, a neve ferra com a pele e os lábios! Eu fui prevenida, mas a Lari não e voltou para o Rio com a pela e os lábios bem queimados (não só pela neve, mas pelo Atacama também) Em farellones pagamos a entrada de 20 mil pesos e guardamos nossa mochilinha no armário (levamos água, lanche e outras coisinha), descemos de "teleférico", brincamos de trenó, subimos, fomos na tirolesa, boia... depois de algum tempo um rapaz que estava viajando sozinho se enturmou com a gente, fizemos anjinho, boneco de neve (o Alfredo), guerra de neve... Maravilhada com a minha mão congelando na neve!!! Montando o Alfredo! Fizemos o primeiro boneco de neve do diiia!! Como nevou no dia anterior, estava com muuuita neve e um dia lindo ao mesmo tempo... Saímos um pouco do parque e encontramos outros brasileiros da nossa van lá fora, ele nos deram a senha do wifi do restaurante e podemos dar um oi para a família e avisar como estava sendo o dia na neve e esperamos o resto do pessoal juntar para irmos embora... na volta um menino atrás de mim passou mal e vomitou sujou a minha roupa e o meu cabelo, mas em mim não foi tanto quanto para o caro ao meu lado ... paramos a van por bastante tempo e toda vez que ele enjoava parávamos a van mais um pouco... a van nos deixou próximo ao Cerro de Santa Lucía (fomos quase as últimas), pagamos ao guia os 15 mil pesos e seguimos para o Che Lagarto. Como o dia 11 de setembro é perigoso devido ao aniversário do golpe militar, tivemos que comer na rua correndo já tudo ia fechar entre 19h/19:30 e não é bom andar na rua a noite nesse dia. Logo depois me despedi do Javi, deixei com ele alguns doces e uma cachaça... enquanto isso a Loren, uma curitibana que também conheci no grupo, chegou lá no Che e conversamos um pouco até cansaço bater. No quarto bateu um pouco de tristeza por já estar indo embora, comecei a arrumar as coisas até o Thiago baiano chegar e contar suas aventuras e me tirar um pouco da Bad por estar deixando Santiago... gente boa para caramba, ótimo amigo de quarto! Essa noite tive um pouco de ansiedade por estar indo embora de Santiago com a sensação de não ter aproveitado tudo... o que só aumenta minha vontade de voltar lá... Os 2 próximos dias foram bem tranquilos e sendo mais deslocamento e passeio pela cidade.. 12/09 (terça) - Santiago - Calama - Atacama - Dia de câmbio e deslocamento Esse dia eu viajei sozinha para o Atacama, então acordei um pouco cedo, tomei o café da manhã, peguei uma maçã para a Larissa (ela escolheu se hospedar sem café da manhã), agendei o transfer pelo hostel mesmo por 10 mil pesos (se você estiver com mais alguém, sugiro pegar uber para dividir o valor) saí para realizar o último câmbio (500 dólares), eu e Larissa andamos mais pela cidade, por ser dia de semana havia mais movimento e foi muito bom conhecer a cidade cheia também... comi mais um pouco (é mais forte que eu, não posso ver comida) e voltei ao hostel para pegar o transfer.. era um carro particular, estilo Uber mesmo, o rapaz era um brasileiro gente boa. Ele pediu para eu ir na frente para evitar represálias dos taxistas e quando nos despedimos nos abraçamos para fingir parentesco hahaha. Cheguei cedo ao aeroporto, deu tempo de andar calmamente, despachar a mala e aguardar o voo... foi uma viagem rápida, mas a sky é um tanto apertada e desconfortável, mas mesmo assim dormir boa parte do tempo... Quando cheguei no salão de bagagens a minha malinha já estava lá na esteira!! Eu reservei o transfer pelo hostel e eles fecharam com a empresa Pampa! Foi maravilhoso uma menina já me aguardava e assim que me viu andando veio em minha direção, me colocou no guichê para realizada o pagamento e enquanto aguardava o resto do pessoal para ir a van ela me deu a senha do wifi a van também era bem confortável. Achei uma viagem longa de Calama até San Pedro de Atacama! Parecia não chegar nunca.. meus lábios lá começaram a rachar, olhos arderem, tive dificuldade na respiração e nem havia saído da van para isso... por ser um hostel um pouco afastado do centro (10 min a pé) fui a última, mas o Leonard (foi um amor, tirou todas as minha dúvidas por whatsapp, sempre a disposição para responder) já me aguardava na porta e dizia que quase todos seus hospedes eram brasileiros.. me alocou no quarto compartilhado (6 camas) que havia 4 brasileiras... por estar bem cansada eu só tomei banho e fui a minha cama. Os hostels: Gostei muito do Che, tinha um ambiente legal e bastante brasileiros (eu não falo nenhuma outra língua e ter brasileiro é sempre bom para mim), os quartos, banheiro e roupas de cama estavam limpos, cada cama havia tomada do lado. Os a água quente realmente era limitada e por 2 vezes precisei tomar banho frio e WiFi também possui muita dificuldade de pegar nos quartos, só chegava no dormitório em horários mais vazios, o que era bem raro. o Chill Hostel no Atacama era ótimo! a única coisa contra era um pouco da distância do centro, andar até o hostel depois de um dia cansativo de passeio era um pouco chato, mas pelo preço (203 reais para 5 diárias) e qualidade - cada cama tinha tomada e lâmpada, cama confortável e bastante roupa de cama quentinha, quarto suíte com banheiro limpo, chuveiro com boa pressão e água quente ilimitada... Lá café e chá também podia ser feitos a vontade e a cada era ampla. 13/09 (quarta) - Atacama - Ventania e passeio cancelado Eu já havia feito toda a programação do Atacama com a Carla do blog fuigosteicontei.com.br, então nesse dia eu iria encontrar a Lari que chegou de manhã, conhecer a cidade e a tarde haveria o Vale de la Luna. Fui andando do meu hostel até o da Lari (era próximo do meu, porém, o dela era mais perto da cidade).. damos uma volta pela cidade, comemos empanada que parecia pastel e já fomos localizar a agência Flamingo que seria a responsável por realizar este passeio e também aproveitei para confirmar minha reserva no tour astronômico pelo Spacer. Quando chegou no horário do passeio, as 15h, descobrimos que foi cancelado devido a ventania que estava tendo no Atacama Como não sou de ficar chorando coisas que não posso mudar, resolvermos gastar esse dinheiro com comida em algum lugar bacana e paramos no Casa de Piedra!!! Super recomendo o ambiente, os garçons e a comida Tomamos o famoso terremoto - drink típico feito com sorvete de abacaxi e grenadine... conhecemos mais um pouco da cidade, paramos num mercadinho para comprar guloseimas e ficamos na varanda do meu hostel - era coberta e bem quentinha, pois estava fazendo muuuuito frio a noite, depois a Lari foi embora e dormir torcendo muito para a ventania não estragar os passeios do dia seguinte...
  8. Tu é doida varrida! Hahahahah Mas é por isso, e não só por isso, que eu te amo hahaha E quero relato aqui seu sobre sua aventura desse ano heim!!! Não quero preguiça de escrever dona Larissa!
  9. 10/09 (domingo) - Santiago - Ressaca, ressaca, ressaca Esse dia era para acordar bem cedo e fazer o Cajón del Maipo, mas a bebedeira da noite anterior não deixou a gente acordar Acordei com muuuita dor de cabeça, estava completamente destruída pela ressaca... O menino do nosso quarto, um baiano muito gente boa, desceu comigo para o café da manhã para beber água e tentar comer alguma coisa, mas não conseguia descer nada, nem aquela água salgada que eles dizem ser potável... só conseguia tomar remédio e olhe lá. Durante o café veio o rapaz de floripa perguntar se chegamos vivas e disse que ficou preocupado pelo estado que saímos do hostel.. Tive uma das piores ressacas morais da vida Enfim, história para contar... No dia 11 de setembro sempre há protestos no Chile por conta do aniversário do golpe militar, mas também houve protesto no domingo, dia 10, e acompanhei um pouco da janela do quarto, pois falaram que era perigoso sair com protesto na rua. A ideia para esse dia, depois de perder o Cajón, era ir ao Costanera e Cerro de San Cristóbal.. quando a ressaca melhorou e o protesto acabou saí do hostel, era em torno de 15h... precisava comer algo e também queria passear mais um pouco pelo centro.. fomos até o Palácio de La Moneda e andamos pelo centro... achei o centro muito lindo, ruas lindas, arborizadas, com jardins.. que arquitetura Mas aí começou a chover muito para piorar mais ainda o frio que estava sentido . Ficamos um pouco ilhada num lugar que parecia como uma rodoviária, não entendi muito bem o que era aquilo, comi algo parecido com pudim de leite, só que sem gosto :\. Em Santiago chove bem pouco e por conta disso qualquer chuva alaga e vira caos.. o Javi não conseguiu sair de casa, teve enchente no bairro dele.. com a chuva demorando a passar, entramos numa galeria e ficamos numa lanchonete com esperanças da chuva acabar logo e terminar o passeio, mas foi uma doce ilusão e acabamos saindo em baixo de chuva mesmo e frio + chuva não é boa combinação. chegando no hostel, lanchamos os nossos sanduíches que montamos na noite anterior com as compras do mercado e dormimos cedo pois no dia seguinte teríamos que estar de pé as 5h para conhecer a tão sonhada neve!!! Terei que voltar a Santiago para conhecer o Costanera, o Cerro de San Cristóbal, Cajón del Maipo e Valparaíso Pessoa passando fome já! Barriguinha não parava de roncar hahahah Palacio de la moneda PS: Comprei esse cachecol preto na feirinha de artesanato em frente ao Cerra de Santo Lucía! Ele é maravilhoso de quentinho e foi algo em torno de 10 reais!!! Geeente, nunca que no Rio de Janeiro eu iria ficar andando com o celular assim na rua hahahah E no próximo capítulo eu conto sobre a aventura na neve!!! \o/
  10. Enfim, chegou o dia! 08/09 (Sexta) - Rio - Santiago - Dia tão esperado! Aviso: todas as fotos foram tiradas somente por celular. Eu e Larissa não temos câmera, mas o que vale é a experiência. Saí do Rio dia 08/09/2017, sexta-feira. Peguei um voo direto que saiu as 14:30 e chegou as 19:40 em Santiago. Baixei alguns capítulos de série na Netflix, músicas no Spotify e o voo foi pura felicidade. No avião tive que assinar um documento sobre entrada produtos agrícolas (frutas, plantas...), marquei que entrando no país com esse tipo de mercadoria, pois estava levando pé de moleque caseiro e cocada para um amigo chileno. Não há problema em levar o problema é em não declarar. Saindo do avião peguei minha bagagem e segui com o casal que estava ao meu lado do avião para tentar pegar um táxi ou transfer... O Táxi estava com preço impraticável (não lembro bem quanto, mas acredito que estava na casa de 20 mil pesos (200/2 = 100 reais ) e seguimos para os guichês de transfer... A Mari do guichê do Táxi falou para procurar o guichê do tranfer e solicitar o desconto da Mari! Deu certo, ganhamos 500 pesos de desconto . O transfer fechou a van para mim e mais 2 casais de brasileiros por 6.500 pesos cada e paguei no cartão de crédito, pois estava um roubo cambiar no aeroporto. Cheguei no Hostel (Che Lagarto) por volta de 20:30 (não teve fuso horário) e uma das meninas do grupo do whatsapp da viagem já estava no salão me esperando! Nos abraçamos como se fossemos amigas de infância, mas tínhamos acabar de nos conhecer hahahahah fiquei no mesmo quarto que ela, guardei as coisas no quarto e mensagem para uma amigo chileno me encontrar lá. Assim que cheguei, vi que na porta do hostel havia um ponto de ônibus e barraquinhas de rua vendendo comidas... Eu amo muito comer, principalmente experimentar coisas novas, pra mim viajar sem comer tudo o que vejo não tem a mesma graça. Então, enquanto esperava o Javi chegar até o hostel, corri lá fora e pedi a tal de sopaipillas por 200 pesos (1 real) .. Foi de longe a coisa mais barata que vi no Chile! senhooor como o Chile é caro! Essa sopaipillas é bem gostosa e é bom colocar molho, se não fica muito seca.. me lembra um pouco massa de pastel, só que melhor. Informação extra: Em 2006, enquanto jogava algum jogo online pela internet, comecei a conversar com um menino chileno, trocamos MSN e com o tempo migramos para o para Orkut, Facebook e Whatsapp.. Enfim, mantive contato com ele por 11 anos e nunca nos vimos pessoalmente, então também estava bem ansiosa para além de conhecer um país novo, conhecer este amigo de longa data. Javi, Larissa e eu na porta do Che Lagarto depois de 11 anos virtualmente. Saímos pelas ruas de Santiago atrás de algo para comer e beber... entramos numa lanchonete bem legal e preço razoável. Eu e Larissa pedimos sanduíches, custo médio de 4 mil pesos cada (+- 20 reais), mas era enooorme e nos arrependemos de não ter pedido somente um para dividir.. Também experimentei minha primeira cerveja, a Escudo \o/ Depois desse encontramos, eu e Larissa pegamos um Cabify e fomos até o bairro Providência encontrar a professora de espanhol dela.. ficamos em um bar e depois seguimos todas para uma balada de Rock pesado. Ficamos um pouco lá, mas não era muito a nossa vibe e estávamos cansadas e saímos... Andamos pela rua atrás de Empanada!! Achei uma muito boa por lá e fiquei bem feliz! íamos pedir outro Uber ou Cabify na lanchonete que paramos para voltar ao hostel, mas por ser uma bairro movimentado e cheio de Táxi (Lá Uber e etc são ilegais) aconselharam a não chamar. Tentamos voltar a pé para o Hostel (é somos um pouco doidas, mas estava movimentado e não era tão longe), mas depois decidimos pegar um táxi. Tirei foto da placa antes de entrar e ficamos observando o trajeto pelo Maps (baixando o mapa para ver offline). Deu 2 mil pesos (10 reais) a corrida e dormi igual criança. 09/09 (sábado) - Santiago - Passeio pelo centro de Santiago, comida e Balada!! \o/ Acordamos cedo e decidimos ir na Calle Augustinas cambiar os dólares e depois passear pela cidade... Conhecemos a Biblioteca, Cerro de Santa Lucía, feira de artesanato, Plaza das Armas, Mercado Central... Tudo o que eu via de comer vendendo pela rua eu queria! Bebi um suco de pêssego estranho com soja no fundo Comi Donald, algo parecido com coxinha só que tinha arroz, um outro negócio de carne moída que lembrava bolinho de aipim.. tudo na média de mil pesos (5 reais) cada. Também comprei muuuuito chocolate! São muito gostoso os chocolates chilenos. Fomos no mercado central que era bem sujeira! Só havia locais e peruanos lá e era tudo muito barato... Tinha muitas frutas, legumes, roupas, acessórios, utilidades e vários restaurantes montados estilo trailer. Eu e a Larissa paramos em um com uma moça simpática e pedimos algo parecido com risoto de frutos do mar com sopa e pão de entrada e bebida.. tudo deu 7 mil pesos para as duas! mas o lugar era tão sujo, pombos andando... hahahah tinha certeza que ia dar ruim! Mas sou uma pessoa de sorte e nada me aconteceu, ou meu estomago está acostumado com as sujeiras mesmo... hahahah Compramos vinhos, frios e pão no mercado e voltamos ao hostel... fizemos uns sanduíches para o dia seguinte e começamos o tomar os vinhos da Concha e Toro que lá são bem baratos Javi chegou no Hostel, apresentei a Catuaba de açaí para ele e subimos para o terraço... já tinha bebido 2 garras pequenas de vinho, 1 de catuaba e muitas cervejas... lembro bem pouco dessa noite, mas há fotos do terraço bem cheio e lembro de conversar com algumas pessoas.. argentinos, peruanos, bastante brasileiros, alemã.. foi bem legal! de lá saímos para uma balada chamada Club Matta, é estilo Barra Music aqui do Rio, mas acho que teria gostado mais se estivesse um pouco mais sóbria... coisas da vida Não me recordo quanto gastei em cada dia, mas o meu primeiro cambio foi de 200 dólares e deu para 3 dias (sábado, domingo e segunda), incluindo todos os gatos com Farellones (que é muuuuito caro).
  11. Serro de Santa Lucia - Santiago Fala galera Mochileira!!! Preciso deixar aqui um pouco da minha contribuição para esse site tão maravilhosa que me ajuda em diversas formas!!! Em setembro de 2017 fiz minha primeira viagem internacional. O destino escolhido foi o Chile... amei muito o lugar e pretendo voltar e fazer a patagônia um dia! O destino foi escolhido de forma espontânea, precisava tirar férias... eu tinha programado ir ao Peru, mas estava receosa da fazer uma viagem de 25 dias sozinha pelo Peru , mexendo aqui no Mochileiros.com descobri um grupo no Whatsapp de uma galera que iria fazer o Chile em Setembro, me animei e me juntei a eles! Obrigado @thiagocmuniz !! Ia fazer a minha viagem praticamente sozinha e ir encontrando esses brasileiros no decorrer da viagem de acordo com o roteiro de cada uma... mas por sorte, meu roteiro bateu perfeitamente com uma menina maluca e gente boa e a companhia dela fez toda a diferença nessa viagem, ficamos juntas em todos os momento de alegria, bebedeira e desespero (mochilão sem desespero não é mochilão de verdade). Então eu só tenho a agradecer a esse site por me permitir conhecer pessoas e me proporcionar viagens sem igual. Agora vamos ao que interessa! Meu cronograma foi assim: 08/09 (Sexta) - Rio - Santiago - Cheguei em Santiago 09/09 (sábado) - Santiago - Passeio pelo centro de Santiago, comidas e Balada!! \o/ 10/09 (domingo) - Santiago - Ressaca, ressaca, ressaca e chuva 11/09 (segunda) - Santiago - Eu ouvi neve??? - Farellones 12/09 (terça) - Santiago - Calama - Atacama - Dia de câmbio e deslocamento 13/09 (quarta) - Atacama - Ventania e passeio cancelado 14/09 (quinta) - Atacama - Passeio de Bike / Laguna Cejar 15/09 (sexta) - Atacama - Termas Puritama / Tour Astronômico 16/09 (sábado) - Atacama - Piedra Rojas e Fiesta Patria \o/ - Siiim, pude dançar no Ataca 17/09 (domingo) - Atacama/Santiago - Geiser Del Tatio / desespero! perdi o passaporte. E agora? 18/09 (Segunda) - Santiago - Rio - Até a próxima Vou tentar simplificar um pouco os meus gastos: Levei tudo em dólar. Quando comecei a comprar os dólares a vantagem em relação ao real era enorme, mas quando cheguei lá o dólar desvalorizou bastante e a diferença não foi tão grande. eu realizei do Rio 3 compras de 300 dólares com cotações bem diferentes. Fiz a média do que gastei nas 3 compras do dólar e a média do valor do meu dólar em relação ao real ficou em 3,30... O cálculo para saber se está vantajoso real ou dólar na cotação que peguei: 1 dólar = 622 pesos 1 dólar = 3,30 reais 1 real = 185 pesos 3,30 * 185 = 610,5 pesos Nesse cálculo o dólar estava 21,5 pesos mais vantajoso. Diferença bem pouca, mas toda economia é válida =D Fiz somente 2 Câmbios no Chile - dia 09/09 o dia seguinte que cheguei e 12/09 antes de ir para o Atacama... E foi a melhor coisa!!! No Atacama o Real estava valendo 155/160 e o dólar estava 600 pesos Então, evitem trocar dinheiro no Atacama... Como eu fui prevenida, fiz os meus cálculos de quanto ia gastar e troquei 50 dólares a mais por garantia e com isso emprestei (ambiei) pesos com as amigas que levaram a menos. ATENÇÃO! NÃO FAÇA CÂMBIO NO AEROPORTO!! - Quando cheguei no aeroporto de Santiago estava uma vergonha o câmbio!!! o Dólar estava 540 e o Real estava 145 e ainda paga uma taxa lá d 1% se não me engano. Para sair do aeroporto eu paguei no cartão de crédito 6.500 pesos (+- 35,00 reais) num transfer muito bom que fechou para mim e mais 2 casais de brasileiros que conheci no avião. O tranfer me deixou na porta do Hostel, se não me engano o nome era Delfos... é amarelinho. GASTOS: Transporte aéreo: Rio - Santiago Rio (Latam) - R$ 1117,00 + Santiago - Calama - Santiago (Sky Airlines) R$ 420,00 (atenção, acredito que foi mais vantajoso comprar em Pesos do que em dólar, a conversão estava melhor pelo meu cartão assim) Hospedagem: Santiago - Che Lagarto (4 diárias) - Total - R$ 240,00 com café da manhã bem bom - Cama em dorm. c/8 (Paguei pelo feminino e fiquei no misto para acompanhar a amiga nova. San Pedro Atacama - Chill Hostel (5 diárias) Paguei pelo Airbnb - R$ 203,00 - Cama em dorm c/6 (feminino) Gastos durante a viagem: Como eu disse anteriormente, eu levei 900 dólares. Durante a viagem gastei 690 dólares + 26 mil pesos no cartão Por que eu utilizei o cartão? Foram 6.500 pesos do Tranfe pois não tinha pesos em espécies quando cheguei e 19.000 pesos (+- 100 reais) de um jantar simples com pizza média e bebida no dia 11//09, pois cheguei tarde de Farellones e não consegui trocar dinheiro. Arredondando: O total dessa viagem foi de R$ 4.400,00. Não considerei uma viagem cara, pois se tratando do Chile, consegui fazer o meu dinheiro render (exceto pela passagem aérea que dei bobeira e logo depois que comprei ficou 400 reais mais barata). Eu já saí do Brasil com passeios fechados (todos eu paguei somente quando cheguei) Farellones que reservou foram as meninas do grupo, não me recordo o nome da agência, mas o guia e o vendedor eram brasileiro: Vendedor Patrick +55 19 98166-7899 No Atacama foi tudo com a Maravilhosa Carla Boechat do blog fuigosteicontei.com.br que estava morando lá na época e fechou tudo para mim O que levei? Vestuário: 2 calças térmicas - 2º pele 3 leggins 1 Calça Moletom 1 short 3 Blusas - manga longa 4 blusas - manga curta 2 blusas alça 1 blusa 2° pele 2 fleeces 1 Corta Vento 7 Meias 2 luvas 1 cachecol 1 tênis (All Star) 1 Bota (Nord Outdoor) 1 Chinelo 1 óculos sol e grau 2 biquínis 10 calcinhas 2 Sutiãs calcanheira Higiene: 1 Shampoo 1 condicionar 1 creme para pentear 3 ampolas Pantene - Muito útil 1 papel higiênico 1 lenços umedecidos 1 Sabonete corpo e rosto 1 pinça 1 gilete 1 Bepantol 1 Batom de cacau 2 Toalhas 1 Pente 2 Protetor solar corpo e resto 1 desodorante 1 Repelente 1 Escova de dente 1 Pasta 1 fiodental Saúde band aid Nebacetim esparadrapo Gases Algodão Dipirona Tylenol Resfenol / Benegripe Dorflex Imosec Cataflan Diamox Benalete Alcool em gel descongex / loratadina Neosoro / Rinosoro Vonau Flash (enjoo} Colírio Antissépticos cicatrizantes para machucados em geral (spray) Estomazil, Eno Obs: Usei vários desses.. principalmente pq uma amiga se machucou no Atacama e deixei boa parte da minha farmacinha com ela. Outros: doleira 2 Cadeados 1 carregador de celular 1 caderno 1 caneta 1 copias dos documentos 1 travesseiro 1 adaptador / T - Não precisei Lanterna Pilhas Sobre o clima de setembro Peguei muuuito frio em Santiago.. Houve nevasca no domingo, que foi ótimo para a minha vista em Farellones na segunda! a maioria dos dias em Santiago era difícil ficar sem luva e cachecol. Mas no Atacama é deserto, neh? Era muuuuuito quente durante o dia e muuuuuito frio a noite! (Não subestime o frio do Tour Astronômico! é muito frio mesmo e vc vai precisar de todas as camadas). Próximo capítulo: Enfim, chegou o dia!
  12. Muito obrigada pelo seu relato!!!! Caramba, adorei esse hostel em Cusco por 18,00 reais hahahaha É nele que vou... Uma pergunta, eu li que se vc faz trecho interno pela Avianca (Lima/Cusco/Lima) tem uma taxa de 177 dólares no aeroporto. Vc sabe se essa informação procede?
×
×
  • Criar Novo...