Ir para conteúdo

Thiago Dias V

Membros
  • Total de itens

    19
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de Thiago Dias V

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Sobre as botas postadas o máximo que sei foi que nas minhas pesquisas eu quase fui na Lowa Renegade mas li alguns (poucos, mas alguns) relatos gringos comentando que essa bota descolava na biqueira depois de certo tempo de uso. As outras não fizeram parte das minhas pesquisas. Não procurei muito sobre as Asolo.
  2. Complementando o Otavio: essas marcas dificilmente são encontradas aqui no Brasil (não sei em lojas físicas de montanhismo em grandes centros como SP). Comprei minhas botas recentemente e as poucas que achei em lojas online dessas marcas eram de modelos antigos que nem vendidos lá fora são mais.
  3. Dando meu feedback inicial sobre a Kailash GTX, a bota chegou, fiz um breve teste de modo urbano, a numeração está perfeita (calço 42 BR, comprei 45 EU), a bota é bem firme no pé e no cabedal, já testei umas formas de amarração e ficou perfeita. Após a prova de fogo dela, a viagem pra Patagônia, coloco como foi a experiência.
  4. Bom saber a experiência de vocês, Marius e Rodrigo (ainda mais porque acabei não adquirindo nenhuma das duas marcas haha). Já adquiri minhas botas (Scarpa) mas fica os relatos pra galera que tá atrás dessas marcas. Sobre as botas citadas como boas experiências, Marius, cheguei a cogitar a Lowa Renegade também, mas nos reviews gringos havia alguns relatos de descolamento da biqueira, coisa que não vi no modelo que adquiri. Foram muitos reviews gringos lidos até escolher uma haha. E também levei em consideração o serviço de pós-venda da marca (por mais que eu tenha dificuldade de realizar um reparo lá fora, já que adquiri na loja online Bergfreunde, que é alemã), pois li relato de um usuário deste fórum de um problema com o cadarço de uma bota Scarpa e o atendimento pós-venda foi excelente. Acabei adquirindo a Kailash GTX da Scarpa (com 20% de desconto devido ao saldão de verão), graças a uma amiga e ao namorado dela, que estavam na Irlanda. Recebi a bota semana passada, ainda não usei em nenhum trekking, testei de forma urbana mesmo e posso dizer que não me arrependi (e espero não me arrepender rs). É gritante a diferença de qualidade entre as botas que tive contato pessoalmente (que, aqui em Fortaleza, não são muitas...predominantemente botas Bull Terrier e Timberland). E, além de ser gritante a diferença de qualidade, o preço foi só um pouco acima do que fabricantes menores cobram em botas de qualidade duvidosa por aqui. Escolhi a Kailash GTX pelo custo x benefício e por ter boas referências sobre o pós-venda, embora houvesse outras botas à disposição nas lojas que pesquisei mas de preço superior, então, concluindo minha pequena experiência com a compra de botas para trekking: se puder comprar fora, mesmo que seja online para um terceiro trazer, e lendo muito os reviews deste fórum e os gringos, faça isso rs. (ainda mais, depois de ter recebido a Scarpa, ter ido numa Centauro olhar por diversão botas de aventura e ver algumas Bull Terrier com o solado completamente mal pintado rs). PS: recomendo as lojas BergFreunde e Cotswold Outdoor, ambas online. Na primeira comprei as botas e na segunda comprei as meias, e os atendimentos foram excelentes. Diria até extraordinários, pra quem estava acostumado somente com atendimento de empresas nacionais.
  5. Hm, deu pra entender melhor agora. Elastano e o lycra são os componentes que darão a elasticidade das meias, e a poliamida e o nylon são meio que a base da meia junto com a lã merino. Suponho que o polipropileno seja o material usado nos reforços da base do pé e do calcanhar. Será? ãã2::'> hahaha Mas valeu, Rodrigo. Já deu uma luz bem boa. :'>
  6. Boa tarde, galera. Surgiu uma oportunidade de comprar fora algumas paradas pro meu trekking na Patagônia em janeiro. Gostaria de saber, pela experiência de vocês, se as seguintes meias, da Bridgedale, com as respectivas composições, estão num preço bom, pois conseguirei comprá-las por R$ 45,50 cada par (e em lojas nacionais não achei um par com merino por menos de 80 pilas): Merino Light Hiker Sock: 30% Merino wool, 32% nylon, 30% polypropylene, 8% elastane Merino Hiker Sock: 29% Merino wool, 41% polyamide, 29% polypropylene, 1% lycra E gostaria de saber, pela galera mais entendida, o que varia entre cada meia pelos materiais delas, como a primeira ter nylon na composição enquanto a segunda não, a segunda ter poliamida enquanto a primeira não (só sei que meias sociais são praticamente de poliamida, então essa seria mais fina? Meio que um liner com merino?), além da diferença entre o lycra e o elastano. Pretendo comprar dois pares, pensei em comprar um par de cada mas gostaria de comprar sabendo da diferença entre elas pelas suas composições rs (não achei explicações sobre esses materiais especificamente em páginas anteriores...posso ter passado batido também caso alguém tenha explicado a função de todos eles...) Valeu.
  7. Tou pesquisando as botas principalmente por sites do Reino Unido, e hoje achei a Scarpa Kailash GTX quase o preço da Nangpa-la no site que vi antes, acho que comprarei uma Kailash também, em vez da Nangpa. Achei também a Lowa Renegade por um preço bom mas acho que vou de Kailash, pelos reviews gringos que li, um comentou que aLowa Renegade abriu o bico depois de um tempo Fui pesquisar preços de meias pra aproveitar o frete (que, no caso, será o namorado da minha amiga, que vai visitá-la e traria as botas pra mim hahauha) mas como é tudo em libra, achei que as meias sairiam bem caras se eu comprasse junto com as botas. Como pretendo comprar segunda pele, anorak, etc, pela decathlon, acho que vou comprar as meias por lá também (mesmo que não tenha tantas opções boas como nos sites gringos, mas o bolso já vai coçar bastante com as botas haha) Mas a dica do site das meias foi boa, ainda não pesquisei bem sobre elas e o link vai ser bastante útil. Valeu. Abraços.
  8. Valeu a dica, Otavio. Seguindo o que tu e o leodpc disseram, comprarei a minha um número maior. Só tava com medo de a forma de uma marca ser diferente da de outra e mesmo um número maior não ficar legal. Mas como a regra de um número acima deu certo pro leodpc que tem uma Scarpa, farei isso.
  9. Hm, beleza. Valeu a dica, leodpc vou comprar 43 BR, 45 Europeu então e rezar pra dar certo ahhuah até porque nos reviews gringos tem gente dizendo que essa bota é um pouco apertada, então outro motivo pra comprar número acima. Quando ela chegar boto as impressões aqui.
  10. Beleza. Tou no aguardo pra ter um norte sobre qual número comprar.
  11. Valeu, Leodpc. Tava pesquisando sobre ela por reviews gringos e vi muita gente dizendo que a impermeabilidade dela não é lá essas coisas. Da sua Kailash é boa? Inclusive nesse site (http://www.cotswoldoutdoor.com/) achei essa Nangpa mais barata, por uns 500 reais. Mas no próprio site vi mais diversidade de botas Scarpa (Terra, Mistral e até a própria Kailash, a mais cara das três) e depois desses reviews falando mal da impermeabilidade da Nangpa fiquei em dúvida se vale a pena investir alto nela. É tanta diversidade que tou ficando doido hahaha ãã2::'> Aliás, a numeração da sua Kailash é quantos números a mais de um tênis usual que você usa? Já que vou comprar sem experimentar tou com dúvidas se compro só 1/2 a mais ou compro um número a mais logo (tênis calço 42 BR, na dúvida se compro 44 1/2 ou 45 EUR a Scarpa).
  12. Alguém conhece alguém que tenha ou saiba se a bota Scarpa Nangpa-la GTX é uma boa bota por 180 euros (algo hoje em torno de 650 reais)? Para uso em trekkings em locais como a Patagônia. Com boas possibilidades de chuva e terreno pedregoso. Link da bota: http://www.scarpa.net/en/nangpa-la-gtx.html
  13. Acabei de lembrar que tenho uma amiga na Irlanda e o namorado dela vai visitá-la em setembro agora. Pensei em pedir pra eles comprarem lá e trazer. Alguém sabe se na Irlanda vendem marcas consagradas como Scarpa, La Sportiva, Vasque e outras que só vendem na gringolandia? Vou pesquisar nos tópicos dos mochileiros que foram pra Irlanda também. Uma luz no fim do túnel agora.
×
×
  • Criar Novo...