Ir para conteúdo

maria.alves

Membros
  • Total de itens

    41
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que maria.alves postou

  1. Temos um instagram e facebook da nossa viagem que é @world.ootb Como eu disse no início, não é fácil ser mochileiro em Cuba, mas é sim possível e quanto mais tempo você tiver por lá, mais chances de economizar e aproveitar esse país você terá! Esteja preparado para perrengues e a não ser tão bem tratado, nessas zonas não muito turísticas, talvez por cultura de um país que ficou um tempo fechado para o mundo. Minha dica é sempre buscar as ligações das cidades que tenham ônibus cubano ou caminhões, DIRETOS! Porque de verdade é muito mais econômico e não é tão desconfortável assim! E
  2. DIA 13 – TRINIDAD / CIENFUEGOS – PLAYA JAGUÁ Acordamos bem cedo para voltar a Cienfuegos, conseguimos pegar um ônibus direto a Cienfuegos direto por 20CUP cada um, não estava cheio e não encheu, então não é necessário passar por tudo que passamos para chegar aqui, mas e necessário sair bem cedinho. Em Cienfuegos, tentamos um caminhão para Playa Girón, mas como era domingo, não tinha (mas tem direto, que vimos outro dia), então demos uma olhada no nosso mapa offline e vimos um lugar escrito “área de campismo popular” e resolvemos tentar. Ele fica na Bahía de Jagua. Tentamos ir pa
  3. DIA 10 – CIENFUEGOS - TRINIDAD Para chegar a Trinidad não existem caminhões. As opções mais rápidas seriam ir de via azul por 6CUC cada ou de táxi compartilhado por 25CUC os dois. E das maneiras alternativas, existem 3 opções: Tomar um ônibus dentro do terminal sentido Arimao (2CUP), descer no último paradeiro da estrada e de lá correr botella. Mas é necessário chegar no mínimo 30 minutos antes do horário do ônibus e verificar os horários porque só existem 3 saídas e às vezes uma é cancelada; Tomar o ônibus Rutero- Parquevilluendas - Circulavacion (1CUP) até descer um semáfo
  4. Dia 07 – VARADERO / SANTA CLARA Quando amanheceu começou um dos piores dias para locomoção e vocês vão descobrir porque. Olhamos no mapa que a cidade grande mais perto de Santa Clara era Colón, então se não tivesse ônibus direto, poderíamos ir para essa outra cidade. Em Varadero perguntamos aonde saíam os caminhões, mas ninguém sabia dizer. Então, seguimos caminhando até Santa Marta. Ao chegarmos lá, perguntamos a várias pessoas, algumas disseram que teríamos que ir a Cardenas e pegar uma máquina (táxi compartilhado, mas Colón estava longe pensamos que saíria caro) e outras pessoas q
  5. Dia 04 – VARADERO Tomamos café da manhã no Pelota, que fica na praça central: dois cafés com leite e 2 pães com tortilla por 10CUP, e seguimos para o ponto de ônibus na ponte para tomar laguagua a Varadero. O primeiro que passou foi um caminhão que levava até o centro de Vadareiro (Calle 56) por 15 CUP, não pensamos duas vezes e lá vamos nós! E em 30 minutos estávamos lá. OBS: Varadero é uma península extensa (21km), se você não quer ir ao centro, existe uma a opção de tomar um transporte até Santa Marta e então você só tem que travessar a ponte e ir até a praia na altura da Cal
  6. DIA 01 -LA HABANA Desembarcamos em Havanna e logo já tivemos o primeiro choque, meu namorado foi perguntar como poderíamos ir ao centro no posto de informação turística e lhe disseram “só de táxi”, então ele foi perguntar o valor do táxi e adivinhem? 25 CUC, os dois Enquanto estávamos na fila para trocar dinheiro, fiz a mesma pergunta a um guardinha e então nós descobrimos a maneira cubana de ir ao centro: Sair do aeroporto pela porta de baixo e seguir a calçada para esquerda, esperar debaixo do viaduto (10metros), tomar o ônibus que vale 0,50 CUP cada um até Avenida Rancho
  7. Mas como assim, Cuba com menos de 10 dólares por dia? É isso mesmo pessoal, e para sermos mais exatos, gastamos exatamente $8,70 dólares cada um por dia, mas como o nome do post diz, foi um mochilão raiz e por isso eu advirto vocês que NÃO FOI FÁCIL, mas é possível. Então, antes de começarmos, preciso dizer duas coisas: - PRIMEIRO: Eu e meu namorado estamos fazendo um ano sabático e tivemos a oportunidade de encontrar bons preços nas passagens a cuba, saindo de Bogotá- Colômbia e depois seguindo a Miami/NY-Estados Unidos. Então lá vamos nós com pouca grana e sem ter pesquisado m
  8. Boa noite, todos vcs já fizeram viagem, eu faço em outubro/017 Alguém conseguiu pegar os ônibus, sabem me informar alguma coisa? obrigada
  9. DIA 10 – 04/03 Não tenho muitas informações relevantes sobre o passeio. Apenas queria dizer para aqueles que tem medo de pegar caronas, que podem ficar tranquilos! Mato grosso pelo menos é um local bem tranquilo para fazer assim, assim como na ida, na volta nos pegamos diversas caronas, e vou tentar resumir: Acordamos bem cedo, após o café, nos despedimos e saímos. Caminhamos até o posto Ipiranga, que é na saída da Chapada, mas sentido campo verde e esperamos. Mesmo com o movimento baixo, após 10 minutos,o Padre Alexandre parou e nos levou até primavera do Leste (DICA: não tivemos
  10. DIA 09 – 03/03 Resolvemos ir embora apenas no dia seguinte, então pegamos carona com o casal que a Pat havia conhecido na cachoeira, até a entrada do parque, pois eles iriam fazer o circuito das cachoeiras com o Anderson e teriam que ir até lá e eu queria conhecer a cachoeira véu da noiva. Então, descemos juntos até o mirante que tem a vista da cachoeira. Estava muito sol, sério um sol para cada cabeça, e só por isso a trilha que é super fácil cansou um pouquinho. Depois de algumas fotos o grupo do Anderson seguiu para a entrada do circuito e eu fui até a lojinha do parque comprar a
  11. DIA 08B – 02/03 Agora vou contar como foi o dia da Pat, já que ela não quis ir ao circuito das cachoeiras. Ela pegou algumas informações com a Rose, inclusive todos os horários dos ônibus e resolveu ir até o Parque Nacional para fazer as aquelas trilhas que eu mencionei no começo do post que são auto-guiadas. Ela foi até a rodoviária da Chapada, para pegar o ônibus que sai as 10h30 sentido Cuiabá. Dependendo do local que você desce, o valor da passagem é diferente, então ela informou que desceria em Buriti na Entrada do Parque Nacional, a passagem foi R$6,90 e o trajeto durou 15 mi
  12. DIA 08 – 02/03 Acordamos cedo e mais uma vez não sabíamos nosso roteiro. Conhecemos o Evandro, um mineiro que atualmente vive em Curitiba e que estava de férias pelo MT. O Anderson havia combinado de fazer o circuito das cachoeiras (só precisa pagar o guia) com um casal, encaixou o Evandro e nos convidou para ir também, como o grupo já era reduzido, era fez um desconto para nós duas, no valor de R$35 reais cada uma , mas a Pat estava cansada e queria um tempo de autoconhecimento e descanso. Então eu resolvi ir com o Evandro e ela resolveu ficar (vou contar o dia dela no próximo pos
  13. DIA 07 – 01/03 O café da amanhã no hostel começa as 7h30, então acordamos cedo. Nossa ideia era fazer o circuito dentro do parque nacional, pois não necessita de guia, a entrada é gratuita e poderíamos ir de carona com o Yoann (GENTE INFORMAÇÃO IMPORTANTE: talvez o parque será privatizado igual foz do Iguaçu, pode ser que melhore, ou pode ser que não, quem puder aproveitar como esta, eu recomendo!) Então, o Anderson conseguiu nós juntar a um grupo que ia fazer o circuito das cavernas, então resolvemos mudar os planos e ir com ele. Estávamos em 9 pessoas (4 era do interior de SP, 2 de
  14. Obrigada pelo comentário Rodrigo! Você chegou a subir também no dedo de Deus? Muito incrível né? Lá tem muitos lugares ainda para serem explorados, aproveita quando voltar lá! Nós próximos dias, eu termino os posts! Brande Abraço
  15. DIA 06 – 28/02 O café da manhã no hotel começava 6h30, então acordamos bem cedinho e tomamos um belo que um café da manhã com tudo que tínhamos direito kkkkk Iamos seguir pela BR-070 que liga Brasília à divisa da fronteira com a Bolívia em Cáceres, passando por Cuiabá. Sendo que ela cruza Barra do Garças, então saímos do hotel e andamos cerca de 2km para tentar nos afastar da zona central. Porém, ali não era ainda o melhor local para tentarmos carona, só que havia uma subida imensa pela frente, então começamos a pedir carona ali mesmo. Não demorou muito até que um moço parou, ele ia
  16. DIA 05 – 27/02 Acordamos cedo, nossas mochilas já estavam prontas. Não tínhamos um plano de como seguir, pensamos em ir para a região do Xingú e até para a ilha do bananal, mas não era uma boa época. Então resolvemos voltar para Barra do Garças e ai decidir o próximo passo. No café da manhã, eu vi o Jeter, aquele curitibano que eu comentei, arrumando as coisas dentro do carro para ir embora. Então pedimos uma carona para ele, já que ele teria que passar em Barra do Garças e seguimos viagem juntos. Ele nós contou que havia passado em Prudentópolis, Bonito, Chapada dos Guimarães
  17. DIA 04 – 26/02 No dia anterior havíamos combinado de ir para Nova Xavantiva, pois um dos passeios que gostaríamos de ir - Lagoa Sagrada – não estava acontecendo, pois estavam tendo um problema com a tribo Algumas pessoas foram embora de manhã e chegaram outras, um casal de Brasília e o Jeter, um curitibano que estava fazendo um mochilão de carro, passou no Rocandor para seguir até a Chapada dos Veadeiros. Como era o primeiro dia deles, a programação deles foi fazer a trilha do guardião e o rio do ouro com o Gabriel, enquanto nós faríamos esse outro passeio com o Maurinho. Confesso qu
  18. DIA 03 – 25/02 Acordamos cedo, mas estava chovendo muito. Haviam chegado mais algumas pessoas na casa do Maurinho, dentre eles um casal de São Paulo,outro casal ali da região do Araguaia e três amigos de Campo Grande. Decidimos fazer a trilha das TORRES GÊMEAS, mas íamos esperar a chuva diminuir e as pessoas novas se acomodarem. Então, o Carlos, a Pat, o casal de SP e Eu, resolvemos ir até o Vale dos Sonhos com o Maurinho para comprar algumas coisas e comer o pão de queijo super famoso da rodoviária. Ao lado da rodoviária, tem uma moça que vende vários tipos de raízes e uma castan
  19. DIA 02 – 24/02 (SEGUNDA PARTE) Após almoçarmos, queríamos um passeio mais tranquilo. Então deram a ideia de irmos até o Rio do Ouro, que fica a mais ou menos 37km da Casa do Maurinho. Como a Bruna estava de carro, conseguimos ir com eles. A promessa era que íamos parar o carro na beirada do Rio, então era tranquilo ir de chinelo. O Rio do Ouro fica em outra propriedade particular, para chegar até ele pegamos a estrada sentido Barra do Garças, andamos cerca de 4km e entramos na 1º direita, aonde tem uma placa indicando FAZENDA SERRA AZUL. ***Já vou deixar de DICA para vocês, que e
  20. DIA 02 – 24/02 Como eu disse no post anterior, eu durmi a viagem toda, não quis nem descer na parada, então não posso opinar se ela é boa RS Só sei que chegamos em Barra do Garças as 5h25, e descobrimos que o ônibus que estávamos ia até Vila Rica (divisa do MT com o Pará), ou seja, ele passaria pelo Vale dos Sonhos, mas como nossa passagem era até Barra, tínhamos que descer ali mesmo. Como ele só sairia as 5h30, corremos para o guichê para verificar se havia lugares disponíveis, e por nossa sorte a resposta foi SIM! Compramos a passagem, por R$19,50 reais e corremos para a plata
  21. Resolvi fazer um relato desta viagem, porque existem poucas informações sobre a serra do roncador, principalmente sobre valores e logísticas de passeios. Quando comecei as pesquisas encontrei muitas informações desatualizadas e não conseguia estabelecer algum tipo de roteiro. Então gostaria de ajudar os próximos mochileiros que forem para essa região incrível. A ida para a chapada dos Guimarães foi um plus na viagem, porém acho que não custa nada falar sobre ela também, pois é um local incrível. Mas, antes de qualquer coisa, eu queria agradecer a todas as pessoas que fizeram essa vi
  22. Oie, faz tempo que vc fez esse poste, mas não esta muito fácil encontrar infos sobre a serra do roncador e região, estou tentada a ir par alá agora no carnaval/2017 se vc puder me dar umas dicas, eu ficaria super feliz! obrigada
  23. Oie, gostei do seu relato ai e ajudar a montar meu roteiro!! Senti invejinha dessa passagem de cascavel por 80 reais, pesquisei e para o ano todo a mais barata é 280 reais beijo
×
×
  • Criar Novo...