Ir para conteúdo

michelle.melo

Colaboradores
  • Total de itens

    21
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra

Sobre michelle.melo

  • Data de Nascimento 19-06-1978

Bio

  • Ocupação
    Engenheira Química

Outras informações

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Olá Thiago! Nossa, até o Ushuaia está na nossa lista, espero que em breve possamos fazer essa viagem. Quanto à roupa de chuva, usamos essa da Quechua muitas vezes durante a viagem (pegamos muita chuva) e diversas outras vezes depois disso. Até hoje não rasgou e se mostrou bem eficiente em manter a roupa de baixo seca. Realmente ela não é feita especificamente para usar na moto mas, se fosse vocês, para garantir, como a viagem é mais longa, eu levaria uma roupa de chuva reserva. Até porque as roupas de chuva para motocicleta também não dão garantia de quão mais resistentes são. Esper
  2. Tenho certeza que você vai AMAR! Me conta depois como foi!
  3. Obrigada Giovanni, fico feliz que tenha gostado! Recomendo muito que vá assim que puder, é surreal de tão lindo!
  4. Oi Elaine, é uma delícia mesmo! Ainda não fizemos outra longa depois dessa para o Uruguai, mas os planos são ir até Ushuaia na próxima, ainda sem data definida.
  5. Oi Eliane, é uma delícia mesmo! Ainda não fizemos outra longa depois dessa para o Uruguai, mas os planos são ir até Ushuaia na próxima, ainda sem data definida.
  6. Texto: Michelle Melo Detalhes e mapas da viagem no blog: http://destinosfotosesabores.com No final de 2014 estávamos meio sem planos para as festas de fim de ano e com uma motoca na garagem. Com 12 dias de folga nos perguntamos: até onde podemos ir (e voltar)? Uruguai foi a resposta. Rota definida e malas prontas, Jonas (meu marido) e eu seguimos viagem. Relato abaixo o nosso dia a dia para inspirar a todos os motociclistas (e garupatroas) a encararem uma bela viagem sobre duas rodas. PRIMEIRO DIA: Mogi das Cruzes (SP) - Curitiba (PR) 10 horas de viagem até Curitiba deba
  7. Nova York, concentração de tudo um pouco, tudo ao mesmo tempo agora! E a primeira vez na cidade, como não se render aos clássicos? Nas minhas primeiras visitas a qualquer lugar eu não abro mão de ir aos lugares turísticos mesmo, que estão nos guias e que são meio que senso comum. Na minha opinião, o papo de fugir do óbvio é até válido mas eu prefiro fazer isso às pitadas buscando conhecer locais de interesse específico, no meu caso (quase sempre) algo relacionado a comida. Meus favoritos na Big Apple Central Park Na minha primeira visita à cidade, querendo fazer tudo ao mesmo
  8. Texto de Michelle Melo Blog: http://destinosfotosesabores.com Facebook: https://www.facebook.com/destinosfotosesabores/ Ouvi essa pergunta de algumas pessoas assim que eu comentava que passaria férias na Islândia e fiquei pensando qual seria a resposta mais adequada: "porque sim", "porque eu quero", mas seria indelicado e por fim não é nem um pouco justo com tudo o que o país nos proporcionou. Agora depois de ter viajado pela ilha, consigo listar os 5 porquês que melhor respondem a essa pergunta. 1. Porque é grátis As belezas naturais estão lá para quem quiser ver e tiver dis
  9. Texto de Michelle Melo Blog: https://destinosfotosesabores.com/ Facebook: https://www.facebook.com/destinosfotosesabores/ Minha primeira viagem longa na garupa de uma motocicleta foi uma experiência incrível, e que gostaria de recomendar a qualquer mulher que estiver com aquela "vontadinha" de explorar o mundo da motocicleta sem necessariamente precisar pilotar uma. O cenário Final de 2014, 10 dias de férias, sem planos para as festas de fim de ano, uma moto na garagem e um desafio pela frente: fazer uma viagem sobre duas rodas. Para mim que nunca tinha entrado em uma aventur
  10. Texto de Michelle Melo Blog: https://destinosfotosesabores.com Facebook: https://www.facebook.com/destinosfotosesabores Viagem chama viagem! E por mais que eu tente, nunca consigo fazer só um destino por vez. Logo no planejamento, abro o Google Maps e começo a pesquisar se tem algum país vizinho que seria possível visitar também. Nesta viagem, em que o destino principal era a Islândia, foi possível passar uns dias em Copenhagen e ainda fazer um bate-volta na Suécia. E como poderia resistir se a Suécia estava a uma ponte de distância de Copenhagen? Impossível! A ponte Øresund em
  11. Texto de Michelle Melo http://destinosfotosesabores.com Viagem chama viagem! E por mais que eu tente, nunca consigo fazer só um destino por vez. Logo no planejamento, abro o Google Maps e começo a pesquisar se tem algum país vizinho que seria possível visitar também. Nesta viagem, em que o destino principal era a Islândia, foi possível passar uns dias em Copenhagen e ainda fazer um bate-volta na Suécia. E como poderia resistir se a Suécia estava a uma ponte de distância de Copenhagen? Impossível! A ponte Øresund em si já é uma atração: são quase 8 km de ponte que “mergulha” n
  12. Na garupa até o Uruguai http://destinosfotosesabores.com/2016/10/15/5000-km-na-garupa-ate-o-uruguai Minha primeira viagem longa na garupa de uma motocicleta foi uma experiência incrível, e que gostaria de recomendar a qualquer mulher que estiver com aquela "vontadinha" de explorar o mundo da motocicleta sem necessariamente precisar pilotar uma. O cenário Final de 2014, 10 dias de férias, sem planos para as festas de fim de ano, uma moto na garagem e um desafio pela frente: fazer uma viagem sobre duas rodas. Para mim que nunca tinha entrado em uma aventura semelhante, tive uma
  13. Uma viagem sobre rodas, especialmente a primeira, requer um certo planejamento. Além de decidir o roteiro, é necessário entender quais as melhores estradas, quantos quilômetros percorrer por dia, o que levar na bagagem… Compartilho minha experiência de viagem: 5000 Km na garupa até o Uruguai. Como foi o planejamento e coisas que aprendi na estrada. http://destinosfotosesabores.com/2016/10/15/5000-km-na-garupa-ate-o-uruguai
×
×
  • Criar Novo...