Ir para conteúdo

Talita O. Redes

Membros
  • Total de itens

    5
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Sobre Talita O. Redes

  • Data de Nascimento 23-04-1993

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Oi, Talita Obrigada viu! Mas você quem merece os parabéns, encarar essa aventura sozinha, fora os hematomas, você é muito corajosa. Que droga isso de ter a câmera furtada, afinal, além de linda ao vivo, TDP é muito fotogênica e é legal poder guardar as fotos da aventura. Espero que possa voltar e fazer muitas fotos (e voltar com elas rs). Você fez o mesmo roteiro? Tivemos muita sorte por termos pego tempo estável. Afinal, com o meu preparo físico, era perigoso parar se tivesse tempo ruim de mais kkk. Parabéns pela sua coragem. Abraço! Oi Claudia!! Fiz o mesmo trajeto que vocês em TDP, só que depois "emendei" com uma viagem para outros lugares do Chile e Argentina (Mendoza - Aconcágua). Esperava encontrar mais mulheres sozinhas no circuito, mas não encontrei nenhuma! Estava bem preocupada em ir sozinha, porque nunca tinha feito nenhum trekking longo, mas no final deu tudo certo! E o que é TDP, né? Fiquei apaixonada...rsrs. Quanto ao tempo, tinha lido muito que a Patagônia é realmente instável, porém os guardas me disseram que o tempo que peguei no Paso J. Gardner foi bem atípico para aquela época do ano, tanto que várias pessoas se machucaram. Achei engraçado pois fui mais ou menos um mês depois que vocês e lá tinha infinitamente mais neve do que vi nas suas fotos! Não dava para enxergar as pedras e cheguei a pisar em locais em que a neve ficou no meu quadril, e olha que tenho 1,70 de altura! rs. No dia dos ventos fortes, os guardas do Italiano estavam avisando todos que ia ser perigoso, mas eu não imaginava que seria com aquela intensidade...rsrs. Outra coisa que me surpreendeu muito foi a atenção do pessoal que fui conhecendo no decorrer dos dias. As pessoas sempre perguntavam se eu estava bem, se precisava de algo. Fora os guarda parques do acampamento Paso, que me deixaram ficar dois dias lá pois viram que eu estava nervosa e machucada. No dia seguinte os encontrei no Grey e me chamaram para jantar com eles e os outros guardas (ceia de Natal), kkkkk. Toda essa atenção e disponibilidade, principalmente dos chilenos me deixou muito feliz e com muita vontade de voltar! Fiquei com vontade de fazer uma viagem para trekkings mais ao sul até a região de Aysen, o problema é que não é uma viagem barata, então demanda um bom planejamento. Quanto a câmera foi realmente triste! Mas é uma desculpa a mais para voltar...rsrs. Abração!!
  2. Oi Cláudia! Parabéns pelo relato, adorei! Estive em Torres do dia 19/12 - 27/12, também fazendo o Circuito O sozinha. Fiquei muito feliz em ver suas fotos, pois furtaram a minha câmera em Santiago e acabei perdendo praticamente todas as fotos que tirei no parque =( Passei alguns apuros em TDP...peguei o Paso J. Gardner com uma tempestade e muuuita neve e estar sozinha me deu um desespero danado! E também no trecho Italiano - Central estava ventando muuuuito e não conseguia nem ficar em pé! Resumindo, cheguei a cair e sai do parque cheia de hematomas e até olho roxo!! De qualquer forma, foi uma experiência inesquecível e já estou pensando em voltar! Aquela região tem outras trilhas maravilhosas e quero muito fazer elas!! rs. Abraços!!
  3. Olha a resposta do Parque galera: Talita, Espero estés bien. Efectivamente el puente sobre el Rio Francés está inhabilitado por el momento, se espera que en 10 días más quede completamente operativo. Sin embargo, no tienes que preocuparte, ya que de no estar operativo cuando vaya al parque, podrás de todas maneras completar el circuito, ya que se habilitó un paso alternativo a 20 minutos del puente ( está señalizado para que puedas acceder sin problemas) Saludos cordiales ¡! Equipo Torresdelpaine.com
  4. Puts gente... Ferrou! Ia começar o O no dia 19/12, estou com tudo reservado e pago... Vou ver o que vão me responder.
×
×
  • Criar Novo...