Ir para conteúdo

Cabelo do Mato

Membros
  • Total de itens

    4
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Sobre Cabelo do Mato

  • Data de Nascimento 16-10-1983

Bio

  • Ocupação
    Programador / Estudante / Barista / Montanhista / Fotográfo

Outras informações

  1. Olá! Eu também estou super desesperado procurando mais informações sobre a Patagonia no geral. Ja li que o TDP é aberto o ano todo e até agora a minha preocupação é o transponte para chegar lá. Pois imagino que na baixa temporada muitas coisas por lá não devem funcionar. Estou pretendendo viajar no final de maio. Estou procurando um roteiro por lá. Minha intenção é acampar, andar e tirar muitas fotos. Mas a condição para minha viagem é que tem que ser no gelo e na neve. Levando grapons, pá e um machado de neve. Tens alguma sugestão? Abraços!
  2. Olha, confesso que não tive paciência de terminar de ler todas as respotas, e por esse motivo vou tentar não enrolar muito também. 4 anos atrás fui para a Austraia. Cheguei lá com visto de estudante, sem inglês, com AU$2400.00 no bolso e claro a passagem de volta também. O primeiro visto era só para passar 8 meses e passei 3 anos e 10 meses. Em dois meses voltarei para lá. Quer saber o porque? Vá para algum lugar onde será fácil de ganhar dinheiro. Onde exista trabalhos casuais e por ai vai. Aprenda a trabalhar com o que você gosta de fazer. Eu era programador, mas na Australia começei lavando pratos, fui garçon, bar men, barista e hoje em dia também começei como fotógrafo. Invista no que você gosta. Desde quando eu deixei o Brasil vivo sem nenhum luxo. Acordo super cedo para trabalhar, muitas vezes durmo tarde, não tenho residencia fixa e por ai vai. Mas normalmente eu trabalho uns 3 ou 4 meses e enão viajo. Na vez que eu passei 6 meses trabalhando levei minha mãe para viajar comigo. Nos fomos para París para nos encontrarmos ( eu fui de Sydney e ela de Belo Horizonte) onde passamos 3 dias e então passamos para a Thailandia onde passamos 4 semanas curtindo. Resumão: Viva sem luxo, minimize suas contas a pagar, cozinhe sua própria comida sempre que possivel, sempre sorria pois essa linguá é mais entendida do que qualquer outra, esteja disposto para trabalhar ganhando pouco para aprender novas coisas e então depois ganhar mais, tenha um pé de meia para emergências físicas, trabalhei onde a moeda valha mais e gaste onde vale menos. E entregue na mão de Deus, pois quando você está sozinho, quebrado, dormindo em um internet café com sem dinheiro para renovar o visto vencendo em 1 mês é nele que você confia. E ele te dará o que for bom. Qualquer coisa... estamos ai.
×
×
  • Criar Novo...