Ir para conteúdo

Tiago Fasano

Membros
  • Total de itens

    20
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Tiago Fasano

  • Data de Nascimento 17-09-1979

Bio

  • Ocupação
    Arquiteto

Conquistas de Tiago Fasano

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

1

Reputação

  1. Alguem sabe dizer se compensa sair do Marrocos e ir para Tunisa ou Egito ou é mais barato voltar a Europa e pegar voo de lá? Quais os meios mais fáceis e baratos? Valeu!
  2. Muito bom Luciana. Mesmo sem conhecer a cidade, eu tinha feito esse roteiro pelo google maps. E sua dica foi boa pelo restaurante. Vou comer lá! rsrs Falta pouco galera. Já arrumei e desfiz a mochila mil vezes. Cada dia eu coloco e tiro roupa. KKKKKKKKKK
  3. Imacuco, Pode ser que dê sim! Mas eu tiraria algumas coisas. Por exemplo. Tiraria La Defense, Opera e o Cemitério de Montmartre. Mas com muita correria voce ver sim. Prepare a sola do tenis e depois separe uma bacia com agua e gelo. Muuuuuuuuitos calos. rsrs Mas nada é impossivel!
  4. Se alguem for em Outubro fala as datas que estará na Cidade. Quem sabe não rola um passeio juntos. hehehe Eu chegarei dia 8 de Outubro à noite e fico até 14 a noite. Abraços!
  5. Formiga Se tem algo mais? hehehe Olha, quatro dias não é nada para Paris. Tem amigo meu que ja foi umas 20 vezes pra lá e ele ainda nao conheceu tudo. Dê uma olhada nos topicos sobre a cidade aqui no Mochileiros e mande ver no Google. Voce vai ver como tem muito mais. Isso aê é só o basico de um passeio por apenas 4 miseros dias, que claro, já dá pra conhecer muito coisa. Abração Tiago
  6. Oi Renata, È o seguinte. Eu passei uma situação louca em Paris. Por volta de 22 horas eu sai do hotel que eu tava em Montmartre (não muito central) e peguei um onibus para o Arco do Triunfo. Pouca gente esse horário, mas um povo estranho, não pararam de me olhar e fiquei com receio. hehehe Pode ser Neura. Na volta eu ia pegar o metro no Arco só que o mesmo ja estava fechado, pois aos sabados ele fecha mais cedo (meia noite acho!) e eu voltei para o meu hotel a pé. Peguei o Boulevard Hausmann e segui olhando o mapa. Mesmo a rua estando praticamente deserta não senti insegurança alguma. Muitas cameras e policia passando sempre! E o melhor, a pé voce vai vendo tudo de perto. E quanto ao Cemitério Père Lachaise‎ é só pegar a linha 3 do Metro e descer na estação de mesmo nome. Abração Tiago
  7. Mais uma matéria do Especial Desbravando a Europa. Hoje, trago os encantos da eterna senhora: Paris! Quando alguém te mandar para a “PQP” diga que irá com o maior prazer. Paris Querida Paris! KKKKK Além do texto algumas fotos para você se deliciar e voar pra lá! A cidade não precisa de muitas explicações. Para conhecer a autêntica Paris, troque a pressa pelos cafés, o metrô pelas pernas e prepare o sorriso, pois ao contrário do que dizem, de mal-humorados os parisienses não têm nada. Aí, sim, a cidade aparece de verdade. E força no inglês, porque falar francês não é para qualquer um. rsrs Não esquecer de pegar um mapa bem legal nas Oficinas de Turismo. Eles ajudam demais a desvendar o traçado das ruas da cidade. Abaixo você confere quatros roteiros para se fazer a pé, a partir de alguma estação de metrô. Você chega até ela e faz tudo a pé. Ao final do dia é pegar o metro de volta para o local de hospedagem. ROTEIRO 01: Da Notre Dame até a Torre Eiffell e esticada até La Defénse O básico de Paris está aqui. Pegue o metro e desça na estação Citê. Caminhe até a Catedral de Notre Dame. Aprecie com calma esta jóia rara. Os arcos botantes, os vitrais, as gárgulas e as torres. Tudo muito lindo. Fique alguns minutos sentado na praça atrás da igreja. É um lugar agradável onde você pode rever o mapa de ruas que irá seguir a partir de agora. Saia em direção ao bairro do Quartier Latin, famoso por seus restaurantes e universidades. Vá caminhando pelo Boulevard Saint Michel até avistar à sua esquerda o Pantheon. Saindo de lá volte para o Boulevard e entre nos Jardins de Luxemburgo. Faça um passeio por dentro dele e siga depois na direção do bosque verde com arvores altas que formam um caminho simetricamente gramado. Vá até a fonte da foto abaixo na extremidade sul do parque. Na minha opinião a mais linda de Paris. Saindo de lá pegue a linha B do RER (Trem) na estação Port-Royal no sentido Robinson (o outro sentido é Carles de Gaule). Desça na próxima estação (Denfert Rochereau). Lá faça baldiação e pegue a linha 6 verde do metrô no sentido Charles de Gaulle Etoíle e desça na estação Cambronne. Siga pela Avenida Lowendal até o prédio da Escola Militar. Lá você já vai avistar o Campo de Marte onde está a Torre Eiffell. Suba nela e tire dezenas de fotos. Finalizando o passeio atravesse o Rio Sena e vá até o Palácio do Trocadero e veja que espetacular é a vista para a Torre. Se ainda tiver pigue e quiser esticar o passeio, pegue o metro até La Defénse. A região é um bairro relativamente novo onde predominam edifícios comerciais e de escritórios. Na praça principal há um espécie de Arco do Triunfo Moderno que está no mesmo eixo da avenida Des Champs-Elysées, local onde fica o Arco antigo. O Por do sol e o anoitecer visto de lá é fantástico. ROTEIRO 02: Do Arco do Triunfo até a Opera Pegue o metro e desça na estação Charles de Gaulle-Étoile. Lá está o Arco do Triunfo. Não tente atravessar a rotatória (de onde partem doze avenidas) que não dá. Use a passagem subterrânea que tem por lá. Faça um passeio depois pela avenida mais charmosa da cidade, a Champs-Elysées. Grifes de roupas, perfumes e carros só para olhar. Observe as pessoas andando na rua. Pense num povo chique! Faça como eles. Vá até uma Prensa (banca de revistas) compre o Lê Monde do dia (não precisa ler - kkkk), sente em qualquer um dos cafés localizados na enorme calçada, peça um chocolate quente e um croassaint e pronto. Você já pode ser considerado um parisiense. Depois de ver todas as vitrines siga até a Place de la Concorde onde tem o Obelisco. Há vários visuais legais de lá. Dá pra ver a Torre Eiffel de um ângulo espetacular a partir da fonte que tem no local. Esta, fez parte da cena final do filme “O Diabo Veste Prada” quando a atriz Anne Hathaway joga o celular dentro dela… rsrs De lá pegue a Rua Royale seguindo até a Igreja La Madeleine. Dê uma entrada rápida. De lá rume pelo Boulevard dês Capucinnes até avistar a maravilhosa Opera de Paris, que é fonte de inspiração para o espetáculo O Fantasma da Opera. Para finalizar o passeio com chave de ouro entre nas Galerias Lafaiette e faça a festa. São muitos andares de ofertas com preços baratos, caros e caríssimos. No ultimo andar a vista é bacana. ROTEIRO 03: Das Tuilleries até a Place dês Vogues Pegue o metro e desça na estação Concorde. Entre nos Jardins dês Tuilleries e vá apreciando a paisagem. Siga até o Arco du Carrossel já próximo ao Museu do Louvre. Dê uma volta pela linda praça, tire fotos da pirâmide e depois pegue a fila. Lá dentro compre o ingresso (se quiser evitar fila de novo compre nas máquinas no cartão), pegue o mapa do museu em espanhol e vá direto para a Ala Denon onde está a Monalisa. Como o museu é gigantesco e não será possível passar muito tempo nele eu indico além da Monalisa um giro pela ala dos pintores franceses e italianos e um pulo na parte de arte egípcia onde estão esculturas bem interessantes. Não deixe de ver a Vênus de Milo e a Vitória de Samotrácia. No mais vá explorando o que achar melhor. Cansou do Museu? Saia pela Rua de Rivoli e continue o roteiro. Repare nas calçadas cobertas por edifícios antigos que tem nessa rua. Todas com lojinhas embaixo. É uma graça. No caminho você vai passar próximo a vários cafés. Vire a direita na Rua du Louvre e depois a esquerda na avenida que margeia o Rio Sena. Siga até a Ponte Notre-Dame e vire a esquerda na Rua Saint Martin. Em cinco minutos você estará no Centro Cultural George Pompidou. Antes de entrar dê uma volta em torno dele. Repare que as pessoas ficam livremente na praça usando seus laptops. Há fontes e esculturas ao ar livre. Repare também nos dutos expostos. O projeto é bastante arrojado e causou uma certa polemica na época, mas o beneficio que ele trouxe para a cidade foi imenso. Entre e veja porque. Ah, e não deixe de subir no Terraço pois a vista lá de cima paga o ingresso. Eu evitei as longas filas chegando no elevador e dizendo: "Chez Georges, s'il vous plait", senha para o restaurante que fica no ultimo andar. É claro que voce não vai comer lá. Depois desça pela escada rolante e compre seu ingresso em uma máquina amarela no terreo. É o famoso jeitinho brasileiro. huahauhauhau Depois de lá siga pela Rue Rambuteau que depois vira Rue dês Francs Bourgeois. Vá seguindo até chegar na Praça que é considerada a mais linda do mundo: Place dês Vogues. Repare na simetria dos casarões e jardins. Antes de entrar lá eu comprei um pedaços de pizza uma coca-cola e comi sentado em um de seus bancos. Ah, tirei o tênis e dei uma aliviada no meu pé que tava cheio de calos. kkkkkkk Repare tambem na casa de Vitor Hugo que fica no cantinho. Eu ainda sai de lá e fui até a Praça da Bastilha onde tem um obelisco lindo. Ao sair pegue o metro e vá para casa descansar e preparar-se para a noite. ROTEIRO 04: De Sacre Coer até Cemitério de Montmartre Pegue o metro e desça na estação Anvers. Lá siga as placas para Sacré-Couer, ou melhor, siga o fluxo dos turistas. Com o mesmo passe de metrô que você comprou que vale para várias viagens, você pode usar para pegar o Furniculaire que é uma espécie de bonde escala a Colina de Montmartre. Ai é só subir a escadaria e pronto. Você está no lugar mais lindo (tirando a Torre Eiffell) para se avistar a cidade. Sem falar na beleza na Basílica. Não deixe de entrar. Muitas fotos fora e dentro. Ao sair de lá pegue o furniculaire de volta e ao chegar na rua vire a direita e siga passeando por um dos bairros mais tranqüilos da cidade. O seu destino agora é o Cemitério de Montmartre, famoso por abrigar ilustres nomes como a cantora e atriz Dalidá. À noite uma das atrações mais legais do bairro é o Moulin Rouge, famosa casa de espetáculos. O ingresso é bem caro, mas se tiver muito afim vá. E acho que é basicamente isso. Você ainda pode visitar outro cemitério, bem mais famoso que o de Montmartre: o Cemitério do Père-Lachaise onde estão Jim Morrison, Edith Piaff e muitos outros. Não ande de ônibus a noite. É sinistro. Prefira a pé mesmo. É mais tranqüilo e tem policia em toda parte.
  8. Aldo, voce vai me fazer um favor grande. rsrs Seguinte! Pesquisando hoteis e albergues em Paris achei na net o Mary's Hotel que fica entre a Republica e a Bastilha. Muito bonitinho e tudo novo. Só que me veio uma duvida. No site de reservas Hostel World há quartos coletivos para quatro pessoas no valor de 15 euros. Baratissimo! Assim como os preços para os quartos privados de 30 à 50 euros. Já no site oficial do hotel há os preços apenas dos quartos privados. Veja aqui http://www.maryshotel.com/espace-ang.htm E agora? Fiquei na duvida. Já como voce mora ai, poderia me fazer um favor de ligar lá no hotel e perguntar isso. Meu ingles é pessimo. Frances nem se fala. Tem ou não quartos coletivos? O telefone do Mary's é esse Tél : 01 47 00 81 70 Se alguem souber de algo fico grato pela resposta. Valeu!
  9. Pesquisando hoteis e albergues em Paris achei na net o Mary's Hotel que fica entre a Republica e a Bastilha. Muito bonitinho e tudo novo. Só que me veio uma duvida. No site de reservas Hostel World há quartos coletivos para quatro pessoas no valor de 15 euros. Baratissimo! Assim como os preços para os quartos privados de 30 à 50 euros. Veja aqui http://www.portuguese.hostelworld.com/availability.php/MarysHotel-Paris-7810 Já no site oficial do hotel há os preços apenas dos quartos privados. Veja aqui http://www.maryshotel.com/espace-ang.htm E agora? Será que é roubada o hostelword ou o site do hotel está desatualizado? Alguem ja ficou lá? Help me!
  10. Rapaz, eu já fui pra Roma. Não é tão perto nao viu? Não compensa ir e voltar no mesmo dia. O ideal seria um dia em Milão e um dia e meio em Roma. De Roma pegue o voo pra Paris. É mais jogo. Não vai dar tempo voce conhecer tudo em Roma, pois a cidade é grande e tem muitas atrações. Eu indico o basico para voce: Coliseu, Forum Romano, Vaticano e as Piazzas Navona, Spagnia e obvio A Fontana de Trevi. Se voce correr dá tempo ver tudo. Em Milão nunca fui, mas ja me falaram que tudo é perto. Duomo, Galeria Vitorio Emanuelle e arredores. Isso é o basico! Que dia voce vai está em Milão e que dia estará em Paris? Abs
  11. Pessoal, to com uma ideia na cabeça. Não sei se vale a pena. Ficarei 7 dias entre Viena, Praga e Budapeste. Tava pensando em fixar-me em um albegue em Viena (achei o Plus Hostel por 14 Euros/dia) e conhecer a cidade. E tirar alguns dia pra ir à Buda e Praga no sistema bate e volta. Será que vale a pena? As distancias são as seguintes. Viena - Praga = 252 Km. Tem trem e onibus o dia inteiro __ Viena - Budapeste = 233 Km. Tambem tem onibus e trem. Alguem ja fez isso?
  12. Quero conhecer o básico de Milão: Duomo, Galeria, Piazza Scala, dar uma volta na Via Napoleone (só pra olhar - rsrs) e algo mais. É possivel fazer isso em um tarde emendando pela noite? Alguem me indicaria algo mais?
  13. Fala Alex Valeu ai pelas informações. Parece que eu li seus pensamentos. Ontem mesmo eu fechei a viagem toda. Grecia vai ficar para outra ocasião. VOu para as cidades imperiais mesmo. Tenho amigos que moram em Buda e conversei com eles. Me deram otimas referencias. já olhei muita foto e li bastante de ontem pra hoje. Valeu ai por sua dica!
  14. Alguem sabe me informar como é a Imigração para quem chega de onibus. To indo de Paris para Londres com a Eurolines. Me falaram que a imigração é em Paris mesmo. Isso é verdade? Se alguem souber me diga por favor. Valeu!
  15. Roney, Se voce for barrado irá voltar pra o Aeroporto de sua origem. Por exemplo, se embarcou em Paris, volta para lá!
×
×
  • Criar Novo...