Ir para conteúdo

Igor LS Rocha

Membros
  • Total de itens

    6
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra
  1. Olá Nayara, tudo bem? Não quero te desanimar, mas a menos que você queira curtir a folia, o Carnaval é a pior época para conhecer o Rio. Mas isso não significa que não seja possível! Digo isso porque a cidade fica simplesmente lotada, o que acaba encarecendo a estadia aqui. Em virtude dos blocos de rua muitas vias ficam fechadas, mas como agora o metrô chega na barra, fica tranquilo andar de transporte coletivo. Tente comprar com antecedência o ingresso pro cristo no site https://tickets.paineirascorcovado.com.br/, com o transporte em Van partindo do Shopping Città América na Barra
  2. Fala amigo, beleza? Não, essa taxa você tem que pagar de qualquer jeito, é uma espécie de seguro internacional do carro, apenas com ele você consegue sair do país. Você apresenta na fronteira tanto na entrada e saída dos países e ele recebe um carimbo, é o Passaporte do veículo. Em todas as aduanas que passei eles primeiro pediam meu passaporte e depois este documento. Na hora de devolver o carro a locadora me cobrou ele, por isso a importância de guardar este documento :'>
  3. Legal cara! Não se esqueça de encher sempre o tanque! Os unicos postos no caminho são o de Esperanza e o de Tapi Aike (onde termina o atalho de rípio não recomendado). Depois disso não há nenhum no lado chileno. Fique atento também à entrada para o atalho de rípio recomendado, que corta o caminho e evita passar por Puerto Natales. Não lembro de ter visto placa de indicação, ele passa despercebido (tanto que perdi a entrada na ida hahaha). Sugiro ir verificando no GPS e ficar atento às entradas à direita, não fica muito depois do posto Tapi Aike. Logo após passar pela aduana Chilena, ex
  4. Pessoal, uma dúvida: Se eu estiver numa cidade na altitude (ex: Huaraz no Peru), já aclimantado, voltar para uma cidade litorânea por uns dias (ex: Lima) e depois ir para Cuzco, eu "perco" a aclimantação? Tem prazo de validade? Rsrs.
  5. Voltei de Calafate recentemente e contei nesse link: patagonia-el-calafate-e-torres-del-paine-basico-com-apenas-4-dias-de-carro-alugado-mar-17-t142451.html Sobre a roupa, fiz o Minitrekking com segunda pele e um casaco 2 em 1 que comprei na decathlon (R$ 350 da Quechua), que tem revestimento interno de fleece e o externo impermeavel que também funciona como corta vento. Na calça usei uma segunda pele com jeans mesmo, não foi necessario roupa impermeavel. Aguentou bem, até senti calor. Minha esposa foi com calça legging por cima da segunda pele e também aguentou de boa. Na Decathlon peça aj
  6. Olá pessoal! Primeiramente, gostaria de explicar que sim, 4 dias para esse lugar é muito pouco e eu já sabia disso antes da viagem. Acontece que iríamos ao casamento de um amigo em Buenos Aires e queríamos encaixar no roteiro algum lugar da Argentina que ainda não conhecíamos e a decisão foi, claro, PATAGÔNIA! Durante as pesquisas vi que muita gente também teria poucos dias pra conhecer esse roteiro e pedia dicas de o que priorizar e como se deslocar. Que passeios priorizar em Calafate? Ir a Torres del Paine sem fazer trekking vale a pena? Contrata o passeio bate-volta para TDP ou va
×
×
  • Criar Novo...