Ir para conteúdo

Marcial Junior

Membros
  • Total de itens

    2
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

5 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Olá pessoal, tenho 22 anos e sou do interior de São Paulo. Resolvi fazer a minha viagem há uns 2 meses atrás, e estava decidido que ficaria 10 dias na Costa Rica, escolhi sair de São Paulo no dia 21/03/2017 e voltar dia 30/03/2017, e logo já fui correndo atrás das passagens. Pesquisei primeiro no site Decolar.com para saber quais seriam as melhores companhias aéreas e então cheguei à COPA AIRLINES. Depois fui ao site da companhia e comprei direto deles, paguei aproximadamente R$2.200,00 com saída de Guarulhos, escala no Panamá e destino final Alajuela, na Costa Rica. Como eu queria conhecer alguns lugares que sempre tive vontade, decidi reservar 3 Hostels em lugares distintos, para eu não me sentir muito "preso", então meu itinerário ficou assim: Dia 01: BRA - Alajuela Dia 02: Alajuela – Jacó Dia 03: Jacó - Jacó Dia 04: Jacó - Jacó Dia 05: Jacó – San José Dia 06: San José – San José Dia 07: San José - Alajuela Dia 08: Alajuela - Alajuela Dia 09: Alajuela - Alajuela Dia 10: Alajuela – BRA - Escreverei todos os horários como se fossem o de Brasília, mas se vocês quiserem saber qual era o horário no Panamá subtraiam 2 horas, e na Costa Rica subtraiam 3 hora - Todos os quartos dos Hostels e Hotel que fiquei foram privativos com banheiro/chuveiro privativo. DIA 01: No primeiro dia sem novidades. Cheguei no Aeroporto e logo vi uma fila gigantesca nos guichês da Copa, mas vi que tinha um senhor dando informações e ele me perguntou se já tinha feito o check-in online e se estava com o meu cartão de embarque impresso, e respondi que sim, logo ele me indicou uma outra fila com apenas 1 casal na minha frente. Então já fica a primeira dica para vocês: façam o check-in online, além de já escolherem o assento, na hora de despachar a mala, tu terás preferência. Como tenho conta no Banco do Brasil eu fiz o saque em dólar direto no caixa eletrônico, paguei mais ou menos R$ 3,14. Como tenho facilidade de dormir, eu fui dormindo nos dois voos e não consegui pegar nenhuma das refeições. Tive que esperar umas 2 horas no Panamá, a partir daqui recomendo a desligarem a chave do Português e ligarem a chave do Espanhol. Eu, que nunca tinha viajado para nenhum país de fora, fui testar o meu espanhol de vídeo game comprando, no próprio aeroporto do Panamá, aqueles travesseiros de pescoço, e até que fui bem, consegui comprar por $10 um belo de um travesseiro de pescoço que tornou as minhas sonecas muito mais confortáveis (segunda dica). O avião do Brasil para Panamá tem uma televisão onde tu consegue escolher alguns filmes (dublados) para ir assistindo, ou músicas para ir ouvindo, e você também consegue reproduzir fotos, músicas e vídeos que você tem em seu pendrive. Em Alajuela fiquei em um Hostel que foi projetado para Estadunidenses, mas como tinha gostado das fotos, preço e localização, resolvi ficar la, até porque eles não iriam impedir a minha estadia porque sou BR né! Reservei por e-mail, e paguei $200 pelas 4 noites. HOSTEL: Alajuela Backpackers ([email protected]) DIA 02: No meu segundo dia, fui para Jacó, uma cidade litorânea que é banhada pelo Oceano Pacífico. Fui de ônibus mesmo, paguei uns 1000 colones (a conversão grosseira pode ser feita 500 colones=1 dolar). Neste dia visitei só a praia da própria cidade mesmo, que tem uma areia grossa e água um pouco mais escura do que estamos acostumados. Em Jácó fiquei em um outro Hostel chamado El Crucero, reservei pelo chat do Facebook, que paguei $130 pelas 3 noites. HOSTEL: El Crucero (https://www.facebook.com/elcrucerolodge/) DIA 03: No outro dia acordei cedo e fui para o Parque Manuel Antônio. Peguei o ônibus em frente a uma loja chamada EKONO, é um ônibus verde que passa a cada hora ímpar, que vai para a cidade de Quepos, de lá tu pega um circular e vai para o Parque Manuel Antônio. O ônibus para Quepos vai LOTADO, então tente pegar o mais cedo possível. Quem visitar a Costa Rica e não for visitar este parque, certamente perdeu uma grande oportunidade, inclua este local no seu roteiro! Estrangeiros pagam $16 para entrar, no parque. No caminho encontra-se vários animais, como bicho preguiça, uns macaquinhos, ..., mas não vá lá com o intuito de ver animais, pois este é só um “bônus”, o principal mesmo é a praia de Manuel Antônio. Praia lindíssima, e com uma bela trilha para se fazer, onde, no meio do percurso, tu encontras alguns mirantes para o mar, não perca a oportunidade de tirar várias fotos nestes mirantes. Neste parque não se pode entrar com alimento, o guarda faz uma vistoria na sua bolsa antes de tu entrar, mas pode-se, e deve levar maquinas fotográficas. Em frente ao local onde compra-se as entradas ficam vários guias oferecendo serviços, mas eu fui sem nenhum guia e consegui ver todos os animais, fazer as trilhas e ir à praia tranquilamente, então eu não recomendo guia não. Além disso o parque é super bem estruturado, tem local para você se banhar depois de sair da praia. Tome cuidado pois na praia há muitas pedras e tu pode se machucar, além disto, a praia é funda, então se não souber nadar, fique bem no cantinho. DIA 04: Fiquei só na praia de Jacó mesmo, sem inventar muita coisa. O que tem para jantar que já conhecemos la é KFC, Pizza Hut e McDonalds. Como não sou muito fã de McDonalds eu acabei comendo mais no Pizza Hut e no Pollolandia, que é um concorrente direto do KFC, e eu o gostei mais do frango da Pollolandia. DIA 05: Neste dia eu saí de Jacó para a capital San José, neste dia eu fui ao Castros’s Bar. Este é outro lugar que também recomendo para terem uma ideia dos ritmos e das danças da Costa Rica. Neste lugar rola um DJ todo sábado, então se for, vá em algum sábado. La vão pessoas sozinhas também, e creio que, se tu pedir para elas te ensinarem um passinho ou outro, creio que elas te ensinarão, eu não tentei, hehehehehe. Para se locomover dentro da própria cidade, qualquer cidade, vá de Uber, é muito barato e eficiente (Dica 03). Hotel: Hotel Novo ([email protected]) DIA 06: Acordei cedo mais uma vez e fui para o Parque Diversiones, fica em San José também e dá para ir de Uber, tu paga para entrar 8mil colones e desfruta de todas as atrações do parque. Recomendo irem com roupa leve e que seca rápido, porque la tem brinquedos que são na água, brinquedos mais tranquilos e também alguns com mais adrenalina. Tem como você alugar um guarda volumes la também. Dentro do parque também tem uma praça de alimentação muito boa com opções de frango, pizza e lanches. Vá cedo para que não pegue muita fila nos brinquedos, então tu vais em todos os brinquedos que queira de manhã, almoça, dá uma descansada, e a tarde vai mais uma vez. No parque há também uma mini fazenda com alguns animais, nada muito diferente da nossa realidade: vacas, galinhas, cabritos, ... DIA 07: Fiz isto também para que ficasse fácil para que eu fosse ao aeroporto no meu último dia também. Voltando para Alajuela, neste dia estava programado para eu ir visitar a Basílica de Nossa Senhora dos Anjos, mas acabei chegando tarde em Alajuela e perdi o horário do trem que ia para Cartago, cidade que fica a Basilica, então resolvi deixar para o dia 09. DIA 08: Talvez este tenha sido o segundo dia mais aguardado por mim (depois de Manuel Antônio), o dia de conhecer o tão famoso Vulcão Poás. Aqui não vou detalhar muito, mas neste outro post (vulcao-poas-costa-rica-t142506.html) eu conto os detalhes só deste dia. Mas adiantando: coloque este destino também na sua lista. Acabei jantando no Subway perto do Hostel mesmo. DIA 09: Como dito acima, no dia 08 eu jantei um lanche do Subway, foi a pior coisa que fiz em toda esta minha viagem. Eu peguei uma intoxicação alimentar que não saía do banheiro! Fiquei todo o dia tomando soro e comendo banana e maçã no Hostel e, por conta disto, não consegui visitar a Basílica em Cartago. DIA 10: Depois de 2 litros de soro ingerido, 1 cacho de banana e algumas maçãs no dia anterior acordei melhor para pegar o meu voo para o Brasil. Como já tinha feito o check-in online e já tinha impresso o cartão de embarque foi só despachar a minha mala, mas desta vez sem fila preferencial porque tinham pouquíssimas pessoas na fila. Cheguei na minha escala no Panamá e fui direto ao meu portão de embarque para o Brasil, e, para minha surpresa, só estava faltando eu. Mas não foi culpa minha o atraso, é que o avião que eu estava vindo da CR tinha pousado mas não tinha finger para que nós pudéssemos desembarcar, então tivemos que ficar esperando uns 20 minutos dentro do avião. No avião do Panamá para o Brasil você já começa a se sentir mais familiarizado com as pessoas, porque a maioria são brasileiras e estão vindo dos EUA, México, República Dominicana e também fizeram escala no Panamá, mas mesmo assim é melhor tu não desligar a chavezinha do Espanhol para tu se comunicar com as aeromoças. Nestes voos, diferentemente dos da ida, eu consegui ficar acordado e pegar as refeições que eles serviram. De CR para Panamá eles serviram um pão com uma salada este da foto abaixo; e do Panamá para BR eles serviram uma macarronada que você podia escolher o molho, de carne moída ou frango, eu peguei de frango e uma CocaCola, mas tinham várias outras opções como Schweppes, vinho, vodka, água, CocaZero. Depois eles passam mais umas duas vezes oferecendo bebidas. Chegando em GRU, peguei a minha mala despachada e na primeira andada já percebi que tinha algo errado, então sentei e fui conferir se não tinha enroscado nenhum plástico ou nada nas rodinhas, foi aí que vi que a companhia tinha quebrado a rodinha da minha mala. • Eles são muito patriotas; nos dias que eu fiquei lá a seleção de futebol deles iria jogar, e muitos homens e mulheres só andavam com a camiseta da seleção deles. • A comida deles é um pouco diferente das nossas, eles gostam muito de frango e mariscos. Eu que não gosto muito de mariscos resolvi ficar só no frango e pizza mesmo. • Eu me identifiquei mais com o reggaeton deles, com a salsa, merengue, bachata, eu não gostei muito não. • Acostume-se em fazer contas rapidamente para tu converter de colones para dólar e depois para Real. A maioria dos lugares fazer a seguinte conversão: 500 colones = 1 dólar = R$ 3,14 (em março/2017). • As coisas são muito caras lá, vá preparado! • Há muitos ATM e ATH para você realizar saques em todas as cidades, pelo menos nas que eu passei: San José, Alajuela e Jacó. • Ande de Uber tranquilamente. • Lá eles gostam muito de brasileiros, porque creio que uns 70% dos visitantes de lá são estadunidenses, então tu falas que é do Brasil, eles piram. • Respeite a cultura deles, pois o estranho lá é você. Então é isto pessoal, esta foi a minha visita à Costa Rica. Quem ainda tiver dúvida ou quiser alguma dica, é só escrever depois nos comentários que, se eu puder e/ou souber, eu vou ajudar sim. Obrigado pessoal!
  2. Olá pessoal, neste post eu vou falar só da minha visita ao Vulcão Poás, em Alajuela no dia 28/03/2017. Há muitos tours particulares que partem de diversas cidades para lá, mas eu recomendo que vá até Alajuela, e pegue um ônibus que sai de lá e vai direto para o Vulcão. Se você for contratar um tour você irá pagar até $100 por pessoa, mas se você não estiver afim de despender de todo este dinheiro, faça como eu, vá de ônibus por 1090 colones (aprox. R$6,50). Só há um ônibus durante todo o dia, se tu perder este, só no próximo dia, e ele sai exatamente às 9h10 (horário da CR), mas recomendo estar la uns 30 minutinhos antes para garantir seu lugar na fila, e a passagem tu compra direto com o motorista. A cor do ônibus é azul, e eu não me lembro o nome da companhia. Tu pega o ônibus e ele vai andar mais ou menos uns 40 minutos até a parada no meio do caminho para tu ir ao banheiro e é neste momento que tu não podes deixar de comer o morango que o rapaz estará vendendo, por 2000 colones (aprox. R$12,50) tu levas um copo de morango com leite condensado ou pode levar na bandeja, mas esta eu não sei o preço porque não perguntei. NÃO SAIA DE LA SEM COMER O MORANGO, mas não cheiro o leite condensado, só o coma, hehehehehe. Depois mais 30 minutos e já estarás no parque. Chegando ao Vulcão o ônibus vai parar na portaria do parque do vulcão, tu desces e compras a entrada por $15, tu volta ao ônibus e ele entra no parque e estaciona, a partir daí já é contigo. O parque tem um café e uma lojinha de souvenires, mas recomendo ir ver o vulcão e o lago primeiro e na saída tu visita estes lugares. Então iniciei a minha caminhada, no meio do caminho, ele se divide e tu pode ir ver o vulcão primeiro ou a Lagoa Botos, mas no final tu vai visitar os dois, pois o caminho é circular. Eu já tinha pesquisado antes na internet sobre este vulcão e vi que muitas pessoas não conseguiram ver a cratera por conta das nuvens que a cobriram então pensei: vou no vulcão primeiro, se ele estiver descoberto, ótimo, mas se ele estiver coberto eu vou à lagoa e depois volto para ver se a cratera do vulcão foi descoberta, mas para a minha sorte em momento algum ela foi coberta e consegui vê-la perfeitamente. O lugar é muito bonito e totalmente diferente dos desenhos animados onde fica a lava vermelha borbulhando, hehehehe, a foto do vulcão e da lagoa está abaixo. Vulcão Poás Lagoa Botos Um detalhe importante, durante a trilha tu sentirá muito, mas muito calor, mas depois que tu parar de andar o frio vai vir agressivo a ponto de tu colocar casaco e ainda sentir frio, então vá de calça e leve blusa de frio. Se tiver um Drone pode levar também que, creio que vá conseguir fazer belas imagens. La eles não barram este tipo de equipamento, creio que não por enquanto, até o pessoal começar a derrubar drones dentro do vulcão, hehehehehe. Na trilha é bem possível que tu encontrarás alguns animaizinhos também. Lembra que eu disse para deixar para ir ao café e à lojinha no fim? Isto é porque tu, andando sem pressa, faz todo este percurso em coisa de 2h30, então depois tu ficarás de bobeira esperando a partida do ônibus, e é neste momento que tu aproveitas e vais visitar a lojinha e tomar um café. Não perca o horário de volta do ônibus, porque tu só terás aquele para voltar. Na frente dele estará escrito o horário que volta, eu não vou nem arriscar a colocar o horário aqui porque não me lembro e posso escrever besteira, mas é entre 13h30 e 15h30 (horário da CR). Então é isso pessoal, esta foi a minha visita ao Vulcão Poás, na Costa Rica. Quem quiser ver o post completo da minha ida à Costa Rica é só pesquisar por 10 DIAS NA COSTA RICA. Quem ainda tiver dúvida ou quiser alguma dica, é só escrever depois nos comentários que, se eu puder e/ou souber, eu vou ajudar sim. Obrigado pessoal!
×
×
  • Criar Novo...