Ir para conteúdo

poltrona22

Membros
  • Total de itens

    5
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Outras informações

  1. poltrona22

    Japão, por que não?

    Quem nunca teve vontade de conhecer o outro lado do mundo mas logo de cara ficou com preguiça/medo/cansaço de pensar em viajar por mais de 30 horas até chegar lá? Eu já tinha ensaiado várias vezes fazer essa viagem e sempre optava por outro lugar. Daí fui lendo sobre as cias aéreas que oferecem stopover… e a princípio parecia bem interessante a ideia. Dar aquela paradinha (na ida OU na volta) pra conhecer outro país antes de chegar ao seu destino principal. Já tinha me decidido que a parada devia ser feita na ida, pra não chegar morto ao destino, e a quantidade de horas dos voos de volta não importava tanto. Já que depois estaria em casa e teria tempo pra descansar e me recuperar. Então vamos lá… destino decidido e férias marcadas. Tinha 5 meses de antecedência pra preparar tudo. Daria tempo tranquilamente. Por onde começamos a colocar essa viagem na prática? Pelo voo. Sempre. E dá-lhe pesquisar. Pesquisar de dia, de noite, de segunda, de sábado. Tudo pra ver se mudavam os preços, os horários, a duração do voo. Ou se um milagre poderia acontecer. Porque assim, nessas horas, a gente espera qualquer coisa. Eis que nesse meio tempo recebo um e-mail da KLM falando justamente sobre a disponibilização de stopover em Amsterdam. Já tinha voado de KLM, já tinha ido à Amsterdam, já estava querendo voltar. Perfeito! Foquei minhas buscas no site da empresa. Que tem versão em português. Que é super fácil de pesquisar voos. Que finaliza os preços em reais. E que parcela em até 4 x sem juros. Tá bom?! Então tá bom! Paris – Tóquio – Amsterdam. Tava fechado o roteiro. Foram 3 dias na ida em Paris, 11 dias no Japão e 3 dias na volta em Amsterdam. E o melhor, por muito pouco a mais do que as passagens que levam 42 horas pra chegar até Tóquio normalmente. Sério. Acho que só aumentou mesmo as tarifas aeroportuárias. Foi cerca de R$150,00 a mais pra fazer esses dois stopovers. E será que compensa? Só te falo uma coisa: Paris e Amsterdam. Compensa sempre. Vai por mim! Bom, esse apanhado geral é só pra mostrar que dá pra ir pro Japão ou qualquer outro país asiático “confortavelmente” na classe econômica sem chegar lá morto e sem gastar os tubos só com a passagem aérea. No blog você encontra o restante do planejamento. Como eu fiz pra tirar o visto, decidir os hotéis, fazer o câmbio do dinheiro, comprar o passe de trem. Contarei algumas curiosidades e vou indicar lugares legais e passeios imperdíveis. Coisas pra comer e coisas pra comprar. Lá é tudo tão diferente que desperta muita vontade de comprar. E nem sempre é impossível. Muitas coisas são mais baratas que aqui no Brasil. Fora que até as embalagens dão dó de jogar fora. Prepare-se! Mais sobre o Japão você confere no blog Poltrona 22 http://www.poltrona22.com.
  2. Olá, mochileiros! Estive no Japão em fevereiro deste ano e fiquei alucinado com tudo o que o país oferece... cultura, educação, paisagens, gastronomia. Tudo é incrível lá! Comecei os relatos no meu blog Poltrona 22 e espero ajudar muita gente a se organizar pra conhecer esse país fantástico! O 1º post https://poltrona22.wordpress.com/2017/02/01/vou-para-o-japao/ conta como tudo começou... tem muita, mas muita coisa pra escrever ainda! Devagarinho eu darei dicas da viagem toda. Sintam-se a vontade pra escolher um assento e embarcar nessa viagem comigo! Abraços Daniel
  3. Pessoal, boa noite! Estive no Japão em fevereiro deste ano e recomendo fortemente conhecer esse país! Incrível! Relatos da viagem no blog Poltrona 22. Espero ajudar! Qualquer duvida me chama por aqui... ou pelo blog... ou pela página do facebook... ou pelo instagram... Abraços
×
×
  • Criar Novo...