Ir para conteúdo

Alan Evangelista

Membros
  • Total de itens

    4
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Moro em Campinas e viajo para o Chile no prox domingo. Vou para o sul do Chile (Puerto Montt), passo por Puerto Varas, Pukkon, Santiago, Calama e finalmente o deserto do Atacama. Gostaria de comprar a minha primeira bota impermeavel para trekking para usar por la e estou em duvida se compro uma em uma loja fisica de Campinas (poucas opções, preços razoavelmente altos) ou no Chile, considerando que ouvi que botas sao mais baratas por lá. Se for melhor comprar por la, vcs saberiam me recomendar lojas fisicas com preços bacanas em alguma das cidades que mencionei no roteiro acima ? Obrigado
  2. Correção: subir o Villarica atualmente custa CLP 75.000 (nao 35.000).
  3. Nunca subi um vulcao e gostaria de aproveitar minha primeira visita ao Chile para fazer isso. Li relatos fantasticos do pessoal subindo o VIllarica em Pucón e o Lascar no Atacama, estou em duvida entre os dois. Fatores pra se considerar: - Custo/beneficio. Pelo que li em relatos recentes, Lascar, por ex, custa CLP 100.000, ja Villarica custa CLP 35.000. Essa diferença forte de preço está me deixando mais propenso a escolher o Villarica. Essa dif de preço tem a ver com a diferença de altura ou de dificuldade? Qual dos dois tem a vista mais bonita no cume? - Dificuldade. Vai ser o prime
  4. Olá, amigos viajantes. Vou fazer um mochilao de 2 meses nesses 4 países e gostaria de saber a melhor forma de trocar dinheiro em espécie para gastar em cada um deles. - Argentina: pelo que li, o real é valorizado lá e vale a pena levar reais e trocar lá. Entretanto, eu nao vou passar por cidades grandes como Buenos Aires, apenas o sul da Patagonia (El Calafate, El Chalten e Bariloche). Consigo um cambio bom nesses locais ou melhor trocar aqui no Brasil? - Chile: chego em Santiago, mas ja pego um aviao para Punta Arenas. Melhor trocar reais por pesos chilenos no Brasil, no aeroport
×
×
  • Criar Novo...