Ir para conteúdo

diovana15

Membros
  • Total de itens

    20
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

8 Neutra
  1. Abril 2018 :)

    Tenho interesse nessas cidades (exceto Amsterdã), mas a princípio queria ir em março pra tentar pegar neve ainda nas montanhas de Zakopane/Polônia e esquiar
  2. Viagem para Leste Europeu Trem

    @claudia navega Viajando de ônibus ou trem durante o dia você poder ver várias belas paisagens, coisa durante a noite ou de avião não acontece. Com relação a como escolher o meio de transporte, depende muito de para onde você vai e de quanto tempo e dinheiro dispõe. Eu gosto de pesquisar pelo Rome2rio as rotas possíveis, duração e preço médio e daí verifico nos sites das empresas de ônibus/trem os horários e preço para os dias que preciso. No caso da melhor rota (menor preço e duração) ser por avião, é preciso considerar ainda de qual aeroporto o voo sai e se for uma companhia low cost, quanto de bagagem você terá para levar. Muitas vezes a passagem de avião dentro da Europa é muito barata, mas sai de um aeroporto longe da cidade que você está e o ônibus que leva até lá só vai 2 vezes por dia e ainda custa quase o mesmo que o voo em si
  3. Preço de passagens para Espanha em Janeiro 2018

    Vi uma promoção no site da AirChina esses dias, SAO-MAD por cerca de 2000 reais. Não sei se bate as datas e aeroportos que você quer, mas vale a pena dar uma olhada
  4. Leste europeu roteiro.

    Difícil sugerir algo sem nenhum parâmetro. Você já foi para a Europa alguma vez ou será a primeira? Tem algum país que quer visitar mais que os outros? Você esta falando em Leste de verdade (Russia, Ucrania, Bielorussia) ou mais Europa central mesmo (Alemanha, Austria, Rep. Tcheca)? Quantos dias pretende ficar lá? em que mês pretende viajar? A partir dessas informações ficará mais fácil sugerir algo
  5. Cracóvia

    Eu não faria Auschwitz + Wieliczka (mina de sal) no mesmo dia. Ambos fazem você andar muuuuito e cansado vc não aproveita tanto. Museu subterrâneo é tranquilo, talvez dava para colocar ele junto junto com Auschwitz se os horários permitirem (os horários mudam muito dependendo da estação - fique de olho qndo planejar). Talvez na baixa temporada seja mais tranquilo encontrar ingresso na hora para Auschwitz tbm. Se comprar antecipado e chover no dia vai estragar seu passeio, pois a maior parte é ao ar livre, enquanto isso, visitar Wieliczka ou o Museu subterrâneo não teria problema em dias de chuva.
  6. @Wilquer Lima Estive pesquisando os voos a partir de Recife para a Europa e a maioria é operada pela TAP com conexão em Lisboa. O problema é q muitos tem um intervalo de muitas horas desde a chegada até o próximo voo, as vezes durante a noite... se fosse eu, consideraria fazer uma parada maior em Portugal ( uns 2 dias), e aproveitar essa parada para passear tbm ... de qualquer forma, se você selecionar uma conexão mais rápida está saindo mais caro, então talvez foi essa que você tinha pesquisado inicialmente, o que justificaria o preço alto na média temporada...
  7. @Wilquer Lima Acredito que a alta temporada seja praticamente agosto inteiro pois são as férias de verão no hemisfério norte. Se você quer garantir que tenha menos turistas, quanto mais perto do inverno seria melhor, mas aí vc teria q pesar também o clima e a duração dos dias, que vão ficando mais curtos. Quanto a saída ser de São Paulo, como a @LF Brasilia comentou é realmente mais barato por não precisar fazer conexão nacional, mas já vi vários voos baratos com partida de Recife direto para a Europa, e justamente por já ser 'mais perto' as vezes acaba compensando. De todas as cidades que você citou, acredito que apenas Amsterdã possui voos diretos do Brasil, todas as outras vc terá q fazer uma conexão na Europa então engessar seu roteiro desde já definindo que a chegada/partida terá q ser da cidade tal é meio complicado. Em seu lugar eu pesquisaria os preços do deslocamento entre todas as outras cidades e o preço dos voos para qualquer uma dessas antes de definir por qual chegar e por qual sair, já que como vi e outro post seu, tempo não é necessariamente um problema e vc separou dias inteiros para os deslocamentos. Ainda considerando que tempo não é um grande problema, @Wilquer Lima você já considerou desembarcar em algum outro país além dos citados e depois seguir viagem? As vezes pode acabar compensando. Em 2014 fui para a Polônia mas as passagens até Paris estavam em média 500 reais mais baratas, então desembarquei em Paris e segui para a Polônia 2 dias depois. Incluindo o transporte, alimentação e hospedagem, gastei cerca de 500 reais nesses 2 dias, e conheci mais uma cidade (na medida do que é possível conhecer em 2 dias), e a volta comprei direto da Polônia mesmo.
  8. Particularmente achei muito caro. Agosto é um mês ainda relativamente caro, se você puder deixar a viagem para setembro provavelmente encontraria preços melhores. Pretendo fazer um roteiro semelhante ao seu (tirando Amsterdã) e para fev/mar encontrei passagens por 2700, de São Paulo para Praga e voltando de Varsóvia. Passagens para Cracóvia, sempre que pesquisei estavam bem mais caras do que para Varsóvia. Se o teu tempo não é muito corrido talvez valeria a pena desembarcar em Varsóvia, aproveitar um dia ou 2 e pegar um trem ou ônibus para Cracóvia (não esqueça de incluir um dia inteiro para passear em Zakopane quando estiver em Cracóvia). Utilize a ferramenta do Google Flights para fazer as buscas, coloque as iniciais de até 5 aeroportos de interesse e veja por qual deles a chegada e saída estão mais baratos. Os outros deslocamentos vc faz de low cost, trem ou ônibus e possivelmente sairão mais baratos (sugiro pesquisar no rome2rio).
  9. Roteiro Europa 30 dias

    já vi relatos sobre esse bate volta, nos tópicos de relatos aqui e em blogs de viagem ... vale a pena dar uma pesquisada pois pelo que vi, o transporte viena/bratislava é relativamente facil e barato
  10. União Européia sem Euro

    Gostaria de dicas sobre os melhores (e mais baratos) países para se visitar na Europa. Pensei inicialmente no leste europeu: Polônia, Chéquia, Hungria, etc, justamente por não utilizarem o Euro e suponho serem mais baratos. Não tenho preferência por nenhum país em especial, mas meu objetivo é conhecer cidades históricas, com bela arquitetura, e não faço questão de baladas ou bares. Nessa linha, quais seriam os países e cidades mais recomendadas? -Podem ser países que utilizem o Euro, nada contra, desde que sejam mais baratos que a maioria, assim como possíveis países fora da União Europeia onde não seja necessário vistos e autorizações especiais para entrar (a preferência pela Europa seria justamente pela facilidade de entrar e sair de vários países sem passar pela imigração e se preocupar antes com vistos, etc) Ainda não tenho data ou orçamento planejados, gostaria primeiro de definir os lugares e aí começar a procurar o resto (transportes, hospedagens, etc), então sugestões de mês ou atrações nos lugares também serão interessantes
  11. Ouro Preto/Mariana/Tiradentes - Dicas

    Obrigada pelas dicas @Ander7777 Vou tentar arrumar um guia 'baratinho' assim tbm, pois quero aproveitar bem o passeio
  12. Ouro Preto/Mariana/Tiradentes - Dicas

    Alguém pode me dar dicas para uma trip em dezembro, nas cidades de Ouro Preto, Tiradentes, Mariana, etc? Não faço questão de festas e baladas, meu foco é a parte histórica dessas cidades. Não conheço nada em Minas, então preciso de dicas básicas para programar minha viagem: Quais são as cidades e locais imperdíveis da "Estrada Real" próximas a estas citadas? quantos dias é necessário para visitar o básico de cada uma? em quais é necessário pernoite e em quais é possível o bate-volta? Há algo especial no Natal ou Reveillon? provavelmente vou passar uma dessas datas por lá... Já li alguns relatos de viagem, mas ainda tenho dúvidas.
  13. Pretendo sair de Curitiba rumo a Ouro Preto/Mariana/Tiradentes (e possíveis arredores). Período da viagem: entre 20/12 e 05/01 - não todos esses dias, talvez uns 4 ou 5 (ou quantos forem necessários, a depender do roteiro final) Ainda estou começando a montar o roteiro, pesquisar hostels e preços, então companhia e dicas são bem vindas
  14. Octoberfest + Beto Carreiro em Outubro de 2017

    Sobre o Beto Carrero: não dá pra ir em todos os brinquedos em um só dia... mesmo nos dias de pouco movimento, durante a semana, tem filas nos mais radicais. Dois dias é o mínimo pra poder aproveitar tudo, desde que não chova, e recomendo que evite ir em finais de semana, senão vai ficar horas nas filas para cada brinquedo.
  15. Nunca fui pra Indonésia, Filipinas, etc mas passei 3 semanas na Europa com uma mochila de 45 litros (Gonew Jeri) e foi suficiente em questão de roupas e objetos pessoais, só falta espaço mesmo para as compras rsrs. Esse tamanho de mochila passa até como bagagem de mão (cuidado apenas com o peso) então vc pode tranquilamente trazer mais uma mala despachada com compras, presentes, etc se for o caso. Recomendo que você pesquise o clima e pense bem nas coisas que vai levar para que tudo seja útil. A menos que seja uma viagem extremamente curta, é bem provável que você lave algumas peças de roupa preferidas, no chuveiro mesmo, então não precisa de tanta coisa Com relação a shampoo e cremes recomendo que você consiga um frasco pequeno, de no máximo 100 ml para levar. Pode ir até na bagagem de mão (confira as regras com a companhia aérea) e é o suficiente para uma viagem não muito longa e para você não chegar lá desesperada para comprar essas coisas. Se você for ficar muito tempo lá, vai precisar comprar outro de qualquer forma, e pelo menos não vai carregar muito peso. Com relação à remédios não posso te ajudar pois acredito que depende de cada país, mas uma quantidade "normal" de remédios comuns (dor de cabeça, resfriado, etc) ou com receita provavelmente são permitidas. Para a Europa levei até na bagagem de mão e não tive problema nenhum, mas é bom pesquisar a legislação específica e evitar problemas. Recomendo fortemente que você tenha 2 mochilas. Uma grande com tudo para deixar no hotel/hostel e outra tamanho normal e leve para te acompanhar onde for, sempre com água, documentos, dinheiro e algum lanchinho(compras no mercado são mais baratas do que na rua, em qualquer lugar) Desde que você tome cuidado com o dinheiro e documentos, uma mochila nas costas é muito mais prática do que bolsas nos braços.
×