Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

axeschettini

Membros
  • Total de itens

    13
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Países visitados:
    Inglaterra
    França
    Espanha
    Holanda
    Bélgica
    Egito
    Israel
    Estados Unidos

    Países que já estive (sem conhecer)
    Panamá
    Paraguai
    Argentina
    Uruguai
  1. Quinta-feira, dia 25 Hoje, dia de aniversário da Paloma, acordamos por volta das 9h e, como já estávamos à beira da praia, fizemos um pique-nique na orla de Key Biscayne. Comemos e ficamos deitados por um tempo, decidindo assim pegar a estrada rumo a Orlando. Já com pouco combustíveis durante a estrada, paramos num posto muito barato, cerca de U$ 2,19 o galão. Ainda no caminho, eu (Axe) comprei um bolo para a Paloma, que fez 21 anos. Para cantar os parabéns fomos na praia de Launderdale by the Sea, mas choveu muito no local, e por mais que o Axe correu atrás de um isqueiro, a chuva e o vento não deixaram a vela acesa. Com parabéns cantados, continuamos a entrada pela Flórida, próximo da orla. Em direção ao Kennedy Space Center, no Cabo Canaveral, abastecemos novamente, pois estava muito barato. Chegamos na NASA, mas a visitação já havia acabado (não era nosso objetivo ir ao local), vimos as coisas de longe e continuamos em direção de Orlando. Paramos em um outlet para ver uns cremes que a nossa tia havia peço e enviamos os números para ela. Arrumamos nossas coisas que estavam no carro e depois jantamos cebola (na faixa, pois a Paloma estava de aniversário haha) e tomamos um chopp no Outback. Devolvemos nosso Mustang, pegamos o caução de $ 300 com a Advantage e ficamos esperando nosso avião de retorno para Newark. Nossa viagem acabou, inesquecível e lotada de amor.
  2. Quarta-feira, dia 24 Acordamos por volta das 8h, com muito calor, muito mesmo, e seguimos na estrada até Miami. Chegamos lá no final da manhã, devido ao trânsito, e fomos na Apple tentar resolver ambos celulares. Segundo eles, o celular da Paloma não tinha nada errado, já o do Axe deveria ser trocado por um novo, e assim fizemos (por $320). Com celular novo, fomos comer burritos no Taco Bell, bem delicioso, mas o celular não carregava mais e os dados haviam sido perdidos. Voltamos a Apple e tivemos a certeza da perda dos dados (ainda bem que a Paloma tinha quase tudo em seu celular) e confirmamos que os cabos estavam com problemas. Depois disso foi a vez do chip apresentar problema, pois foi trocado de aparelho e a MetroPCS perdeu o sinal. Como havíamos esquecido o número do PIN, saímos chateados pois as coisas só estavam dando errado. Fomos a Miami Beach sentar na areia e tentar melhorar os ânimos. Mais tarde demos muitas voltas de carro e conhecemos Key Biscayne, uma ilha linda, próxima a Miami, cheia de casas e carrões. Nos encantamos pelo local e decidimos fazer um lanche lá, então fomos ao mercado compramos algumas coisas e fizemos sanduíche à beira da praia, uma delícia hahahaha. Começou a chover bastante e ficamos no local até o final da noite, na nossa penúltima da viagem e entrando nas últimas 96h de América, pois retornaríamos ao Brasil no dia 29.
  3. Terça-feira, dia 23 [/b]Meu bem (Axe) acordou muito cedo, para seguir rumo a Miami, vimos o nascer do sol no caminho, na cidade de West Palm Beach, muito lindo, e foi maravilhoso para iniciar o dia, mas ainda na estrada ao lado da praia, a A1A, fomos parados por um policial, pois a velocidade local era 35mi/h e estávamos andando a 52mi/h. Ele nos deu uma lição de moral e continuamos a viagem com a advertência. Paramos em uma laundry para lavar as roupas molhadas do parque do dia anterior e só chegamos em Miami no final da manhã. Fomos na loja da GAP e na Apple, pois o celular do Axe parou de funcionar. Já os dois sem bateria (e sem GPS), fomos para Key West, sendo que no caminho comemos no Wendy's. Chegamos ao local mais ao Sul dos EUA no final da tarde, pegamos um pôr do sol lindo, numa vibe única que a cidade nos proporcionou, nos apaixonamos pelo local e decidimos passar a noite lá. Fomos atrás de um carregador de celular para carro e encontrar algo para comer. Conseguimos o "treco" no Dollar Tree, depois de ir em alguns locais que estava mais caro. Com vontade de comer peixe e camarão, ficamos com a pizza do Papa John's, pois já era cerca de 22h30. Fomos encontrar um local para dormir e decidimos ficar no mesmo local que assistimos o por do sol. Deitamos por volta das 23h, mas às 00h40 fomos surpreendidos por policiais que nos acordaram batendo no vidro. Ao sermos abordados, eles nos explicaram que era proibido dormir dentro de carros em Key West, que deveríamos pegar um hotel ou então ir embora. Assustados, decidimos voltar para Miami, mas o sono não deixou e dormimos no caminho, quase saindo das Keys. Antes de dormir abastecemos o carro pois estava U$2,23 o galão (bem barato).
  4. Segunda-feira, dia 22 Acordamos por volta das 8h para pegarmos o shuttle para os parques da Universal às 8h45, mas foi diferente de como planejamos. Tomamos banho rapidamente, arrumamos as coisas e tomamos um pequeno café, depressa, para pegarmos o ônibus, mas o pessoal do hotel não avisou e ficamos esperando-o dentro do hotel, sendo que o ônibus parou e perdemos ele, mas corremos muito e embarcamos nele no próximo hotel (tá, começamos bem, rs). Chegamos nos parques e primeiramente fomos do lado do Studios, que pensamos em que seria mais rápido, e foi, fizemos a maioria dos brinquedos e atrações para ir ao Adventure Island à tarde, onde era mais divertido hahaha. Fomos nos brinquedos mais legais, inclusive nos de água, que nos deixou encharcados. Mas a chuva veio para fechar com chave de ouro, e acabamos todo molhados, sorte que tínhamos o hotel móvel (nossa mochila de sempre, hahaha) e trocamos de roupa antes de ir ao aeroporto alugar nosso carro. Pegamos o Lyft (que havia desconto de $5 devido ao cancelamento do dia anterior) e fomos ao aeroporto, onde apesar dos contratempos com a National, deu tudo certo, pois alugamos com a Advantage, nosso Mustang conversível laranja, lindo, mas desconfortável, para dormir no carro, kkkk. Seguimos viagem para Miami, mas dormimos no meio do caminho por nossa segurança, devido ao cansaço.
  5. Domingo, dia 21 Tivemos um voo horrível, totalmente desconfortável, sem TV, sem comida, sem bebidas e ainda o banco não reclinava, nem aquele milímetro que os bancos de aviões costumam reclinar. Pousamos no aeroporto de Orlando, na Flórida, descansamos um pouco e nos arrumamos para ir à Disney. Diferente do que pensávamos, o Lyft não saia do aeroporto, então usamos um shuttle, caro por sinal. Passamos um dia lindo na Disney, comemos muitas coisas deliciosas, como uma massa frita com calda de morango, sorvete do Mickey, tacos e muitas águas com muito calor. Assistimos ao emocionante show de fogos no castelo da Cinderela às 21h e fomos embora encantados com o espetáculo. Depois tivemos uma "novela" para pegar um Lyft, sendo que um cancelou bem quando chegamos no carro, e depois fomos para nosso hotel, que não era muito bom, mas tinha o necessário para dormirmos bem. Amanhã é dia de Universal!
  6. Sábado, dia 20 Iniciamos o dia por volta das 8h e fomos lavar roupas em uma laundry, no local um homem bateu seu carro no nosso alugado, mas foi apenas arranhões. Com roupas lavadas e após o pequeno susto, comemos burritos e tacos em um restaurante mexicano no caminho ao aeroporto, onde devolvemos o carro às 11h05. Pegamos o shuttle e fomos até o terminal 5, e de lá pegamos um Lyft para Venice Beach, local lindo e agitado, estilo good vibes. Colocamos nossa "cubertina" no chão e deitamos lá, compramos umas frutas e ficamos assistindo as pessoas jogarem basquete. Depois compramos algumas cervejas (bebemos escondido, rs) e ficamos até o fim de tarde no local, e depois comemos um lanche a base de carneiro, no Malaka Brothers. Curtimos o maravilhoso pôr do sol na praia e olhamos algumas pessoas andarem de skate. Por volta das 20h pegamos um Lyft para o aeroporto, e rimos muito, muito mesmo, quando uma outra carona começou a cantar (hahahaaa). O voo da Frontier Airlines, a pior companhia que já viajamos na vida, atrasou e ficamos um pouco a mais no aeroporto, finalizando nosso último dia na costa Oeste dos EUA.
  7. Sexta-feira, dia 19 Tivemos uma noite revigorante, nada como dormir em uma cama. Tiramos uma foto na famosa placa de ‘Welcome to Las Vegas’, e partimos para um café muito esperado. Tivemos um breakfast bem americano, com ovos, bacon, panquecas e salsichas, no Coco's. Pegamos a estrada rumo ao Death Valley, e lá fomos ao Dantes View, de onde avistamos o Badwater. Depois disso fomos até Badwater pegamos 37 °C, local mais baixo dos EUA, a -85m abaixo do nível do mar, um calor estarrecedor. Saindo de lá continuamos pelo parque e encontramos um deserto árido, com dunas, simplesmente lindo. Vislumbrados com as estradas do Death Valley, nos despedimos do local encantados pela beleza singular. Planejávamos ir ao Sequoia Park, mas já era fim de tarde e não deu tempo. Seguimos em direção a Los Angeles, abastecemos e compramos salgadinhos num local onde pegamos o por do sol, ao fundo com uma gigantesca área com energia eólica, a maior da Califórnia. Chegamos à noite em Panorama City, próxima a LA, e fomos ao Walmart, compramos algumas coisas e dormimos no estacionamento do local, nossa melhor noite de sono no carro.
  8. Quinta-feira, dia 18 Programamos um dia cheio para hoje, acordamos às 6h30, depois de uma noite muito fria, média de -1°C. No mesmo local que dormimos, comemos um McDonald's pela manhã, nos arrumamos e seguimos rumo ao Monument Valley, um lugar incrível, cheio de contato com a natureza e muito bem preservado, é uma parte da reserva da tribo dos índios Navajos, na cidade de Oljato, no Utah. Partimos em direção ao Antelope Canyon, no Arizona, que também faz parte da reserva indígena, onde a visita demorou três horas, e é feita em grupos pequenos por dentro do Cânion, uma visão totalmente diferente do que tínhamos. Pegamos a estrada novamente agora a caminho do Horseshoe Bend, uma vista deslumbrante da curva do rio Colorado, sendo o nome auto explicativo, aproveitamos um pouco o local e pagamos mais cinco horas de estrada até Las Vegas, em Nevada, a geologia e a flora que acompanha as highways são extremamente diversas e encantadoras com suas peculiaridades. Chegando em Las Vegas nos hospedamos no hotel Stratosphere. Depois de 120 horas sem banho, tomamos um, e à noite fomos dar uma volta pela cidade e apreciar o show nas águas do hotel Belaggio, nos surpreendemos e vimos cinco shows hahaha. Fomos no cassino, jogamos e perdemos (obviamente) 7 dólares. Retornamos ao hotel para descansar, afinal, amanhã temos mais um lindo dia de viagem.
  9. Quarta-feira, 17 Iniciamos nosso dia por volta das 7h da manhã, abastecemos e tomamos um suco de morango com banana no Coco's. Fomos conhecer Hoover Dam e depois visitamos a pequena cidade de velho oeste chamada Chloride, fundada em 1863, e possui cerca de 250 habitantes. Depois passamos pela Route 66, onde comemos um Cheeseburger e um Burrito, num dos restaurantes antigos da cidade de Seligman, que inspirou o filme Cars. De lá fomos ao Grand Cânion, que nos surpreendeu muito, mas somente quando ficamos em um local sozinhos e sentimos realmente o local. Era final de tarde e fomos abastecer novamente, e avistamos um índio Navajo no posto, que nos chamou a atenção. Com o intuito de conhecer o Monument Valley, no Utah, e ainda ver o por do sol, tentamos chegar a tempo, mas depois de passar por muito calor, chuva e arco íris, durante o dia, fomos surpreendidos por uma forte neve na cidade de Kayenta, no Arizona. Tentamos nos hospedar em cinco hotéis, mas alguns estavam caríssimos e outros lotados. Como não tivemos escolha, dormimos novamente no carro, pelo quarto dia consecutivo, sendo que estamos há 96h sem banho, apenas com pequenas limpezas corporais (rs). Amanhã vamos tentar conhecer Monument Valley de manhã e chegar à noite em Las Vegas. Já percorremos 1.906 milhas ou então 3.049 km, sendo que destes, 535 milhas ou 856 km somente nesta quarta-feira. Dormimos no estacionamento do Burger King.
  10. Terça-feira, dia 16 Acordamos por volta das 5h e fomos ao Twin Peaks, em San Francisco, assistir ao nascer do sol com a linda vista da cidade. Depois fomos ao Starbucks tomar um café, abastecer e se arrumar para o dia. Descemos a Lombard Street e fotografamos por lá haha. Depois atravessamos a famosa Golden Gate com destino ao parque Muir Woods onde tem as ‘irmãs’ das sequoias. Saindo de lá passamos pela ponte em direção a Richmond, rumo ao Yosemite Park. No caminho comemos uma deliciosa salada e uma pasta no Ferrarese's Deli, em Oakdale. Chegamos ao Yosemite e tivemos umas das vistas mais lindas da viagem, em Yosemite Valley. Depois de visitar o parque, seguimos para Fresno e logo após, em Selma, compramos pizza, café e abastecemos novamente. Chegamos por volta das 2h da manhã de quarta em Las Vegas, e dormimos no estacionamento da CVS, perto do Bellagio. O dia de hoje foi inesquecível e um dos mais cansativos da viagem, pois rodamos 728 milhas ou 1172 km.
  11. Segunda-feira, dia 15 Acordamos por volta das 6h e fomos em direção a San Francisco, onde paramos para tomar um café e comer uma rosquinha, em Malibu. Seguimos pela costa pacífica onde tivemos vistas incríveis, mas fomos surpreendidos por obras na rodovia 1, entre San Luís Obispo e Monterey, e tivemos que voltar na metade do caminho, quando avistamos e paramos para ver os elefantes marinhos. Continuamos nossa viagem e paramos para comer um Burger King na estrada. Por volta das 18h chegamos em San Francisco e fomos direto ao Píer 39 ver o pôr do sol, com vista para a Ponte Golden Gate e a Prisão de Alcatraz. Depois fomos comer um sorvete na primeira fábrica da Ghirardelli. Saindo de lá fomos dar uma volta pela cidade e descemos a Lombard St. Para finalizar passamos pela Oakland Bridge e fomos em direção ao Walmart, em San Leandro, onde compramos um travesseiro, água e salgados, também uma "cubertina" hahaha. Dormimos no estacionamento do local.
  12. Domingo, dia 14 Chegamos em Los Angeles depois de 6h de voo do JFK para o LAX. Alugamos nosso carro, um Chevrolet Impala, ótimo carro, também nosso hostel (rs). Conhecemos o Pier de Santa Mônica, comemos pizza e tomamos limonada, tivemos nosso primeiro contato com o Oceano Pacífico e depois visitamos os lindos bairros de Beverly Hills e Bel Air. Fomos também ao letreiro de Hollywood, mas antes fomos até a calçada da fama e ao Dolby Theatre. No final do dia fomos ao Griffith Observatory e olhamos Júpiter pelo telescópio (tentamos né, rs). No final da noite rodamos o centro de LA e comemos no Umami Burger, simplesmente delicioso, com uma batata frita que a Paloma amou. Depois achamos um local para dormir, entre a 6th st e a Spring st. (Mas no meio na noite fomos dormir num estacionamento em outro local, mas lá não era tão agradável). Boa noite, amanhã é dia de San Francisco.
  13. Então galera, essa viagem eu (Axe) e minha namorada (Paloma) fizemos pelos Estados Unidos de carro, saindo de New York (NY) de avião, até Los Angeles (CA), onde iniciamos a trip. Então, o rolê iniciou dia 14 de maio e terminou no dia 26 de maio, totalizando 12 dias de viagem, passando pelos estados da Califórnia, Nevada, Arizona, Utah e Flórida. Da dúzia de dias, apenas dois dias dormimos em hotel e os outros 10 foram todos dormidos no carro, onde nos proporcionou maior tempo de volante, pois se dormíssemos em hotel, acordaríamos mais tarde, sendo assim, quase todos os dias por volta das 6h ou 7h já estávamos na estrada. O trajeto incluiu três aéreos, que foram: New York (NY) a Los Angeles (CA), Los Angeles a Orlando (FL) e Orlando a Newark (NJ). Nós moramos em Newark, no estado de New Jersey, durante seis meses, e nos organizamos para esta viagem no fim da nossa estadia nos EUA. Claro, por lá, aproveitamos para conhecer bem New York (NY), Philadelphia (PA) e Washington (D.C), que são cidades que estavam próximas a nós, e não poderíamos deixar de conhecer, mas vamos deixar isso para posts posteriores. Esse é o nosso primeiro post, então talvez não esteja tão detalhado, mas a cada dúvida vocês podem deixar nos comentários que tentaremos responder da melhor forma possível. Dados da costa Oeste: Milhas rodadas: 2868mi, ou então 4588 km (praticamente a distância entre New York e Los Angeles, de carro) Tanques abastecidos: oito tanques de cerca de 15 galões cada (120 galões ou 451L de gasolina) Milhas rodadas pela Flórida em três dias: 968mi
×
×
  • Criar Novo...